Capricornio Vermelho

Capricornio Vermelho

22
Recomeçar
14

Recomeçar Capítulo 12

Tudo termina em pizza!

Magoar uma amiga não é uma das melhores sensações do mundo, mas um pequeno mal entendido não é nada para quem realmente se importa.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Estava completamente pilhada naquela tarde, havia definido um café do centro da cidade como local de encontro, em adição a sua preocupação com a reação que Sabrina viria a ter quando finalmente a visse, também não conseguia parar de pensar nas coisas que conversou com Helena na noite anterior.

Toda aquela situação era um prato cheio para sua mente ansiosa, seus pensamentos iam e viam de um ponto ao outro, nem mesmo fazer as unhas mais cedo ali por perto foi capaz de fazê-la se distrair.

Não existia nada mais óbvio que seu desconforto, ali sentada em uma mesa dentro da cafeteria, ajeitava-se em seu acento constantemente ou movia algo sobre a mesa, sem contar no relógio que era verificado a cada dois minutos ou em menos tempo, até a pessoa mais relapsa conseguiria ler em sua face a aflição a qual sentia.

Pensava na possibilidade dela ter te dado um bolo, para que se sentisse como ela no dia anterior, sendo esse o caso, não haveria como reclamar sem ao menos se passar por uma hipócrita. Mas ela jamais a revidaria dessa forma, amigas não fazem isso... certo?

- Como ficaram as unhas? -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7

Cena 2

Imagem da cena

Nenhuma mensagem nova de Sabrina no seu telefone, não queria bancar a desesperada e bombardear seu telefone de mensagens perguntando onde ela estaria ou porque ainda não havia chegado, então só lhe restava a opção de esperar e torcer para não levar um bolo.

Na busca de um distrativo tira da bolsa um livro o qual havia trazido consigo, abre na página sinalizada por um marcador e assim prossegue sua leitura. Começa a se envolver na história de "Madame Bovary", um romance escrito pelo francês Gustave Flaubert, como sempre se interessou por esse gênero não foi nada difícil se deixar dominar pelo enredo, bem como esquecer o mundo a sua volta.

- Escolha uma roupa para o café -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7
  • 8
    8

Cena 3

Imagem da cena

Completamente imersa na história de Emma nem se dá conta ao que passava-se ao redor, até o momento em que duas mãos são colocadas na frente dos seus olhos bloqueando completamente sua visão, seguida de uma doce voz sussurrada em um dos seus ouvidos, que a faz a consecutiva pergunta: "Advinha quem é?".

Você: Hmm, essa vai ser difícil de acertar... - usa um tom de brincadeira.

Ouve uma risadinha quando termina sua resposta, as mãos saem do seu rosto, logo que se encontra livre se vira para encarar a dona da tal "voz misteriosa".

Sabrina: Surpresa! - com um sorriso estampado do rosto, ela faz um gesto animado.

Ao contrário do que esperava, a recepção de Sabrina foi bem calorosa e amistosa, nada daquilo com o qual se preparava a manhã inteira para enfrentar, foram discursos imaginários jogados fora. Foi um alívio extremo vê-la desse jeito, não queria se desentender com uma das suas únicas amigas na Itália, além do fato de que brigar com Sabrina consequentemente resultaria num provável conflito com Harry também, tendo em vista os laços que aqueles dois possuíam um com o outro antes mesmo que você os conhecesse.

Você: Estou tão chocada por encontrá-la aqui, no café que marcamos e no horário que combinamos... Que coincidência, não?! - aproveitando seu bom estado de espírito, faz uma piada o que a faz rir mais ainda.

Sabrina: Amei seus sapatos! Depois daqui você poderia me levar no lugar onde os comprou.

Você: Merci! Ou como dizem os italianos, Grazie! - Faz um gesto com as mãos para que ela se sente a sua frente.

- Escolha entre os sapatos -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7
  • 8
    8

Cena 4

Imagem da cena

Após sinalizar o acento para que Sabrina se sentasse, ela o faz sem hesitar e você também. Sem se perder no assunto, prossegue a conversa com a mesma.

Você: Nós podemos ir depois daqui, você trouxe seu passaporte? Porque vamos precisar viajar de volta para França, eu os trouxe de lá.

Sabrina: Ah, verdade! Vivo me esquecendo que você não mora aqui, para mim você já é uma italiana. Mas pra ser sincera, não me importaria de ir para França qualquer hora... - fala enquanto folheia o cardápio.

Você: Então porque não? Você pode ir comigo passar uma temporada por lá quando eu voltar para casa.

Uma explosão de alegria contagia Sabrina assim que ouve suas palavras, você se deixa levar por aquela animação e começa a rir com ela. Sem dúvidas seria uma experiência incrível mostrar a ela um pouco mais sobre você, além de ser a oportunidade perfeita para se aproximar ainda mais da loira.

Você: Meu Deus, Sabrina! - diz entre risadas - Nunca te vi tão empolgada, pensei que já tivesse ido para França antes.

Sabrina: Pra falar a verdade eu já fui algumas vezes, mas dessa vez vai ser especial, porque eu vou com você - Ela se anima novamente, os olhos dela brilhavam como duas esmeraldas, fixos nos seus - Vai ser foda! Onde você mora? Eu queria visitar Paris, acredita que eu nunca sequer botei meus pés naquela cidade? Dizem que é um lugar tão romântico!

Você: Paris é legal, inclusive é bem perto da onde eu moro, mas não se limite apenas à Paris! Eu vou te mostrar a parte mais histórica e glamourosa da França, Reims.

Ela aparenta continuar empolgada com toda aquela situação, quanto a você, seguia confortada pela reação que Sabrina tivera mais cedo. Já mais sossegada, segura um espelho de mão, logo após dá um leve retoque nos lábios com o batom que carregava em sua bolsa.

- Como estava a maquiagem? -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7
  • 8
    8

Cena 5

Imagem da cena

- Para finalizar, escolha somente um acessório -

Continua depois da publicidade
  • Colar
    Colar
  • Brinco
    Brinco
  • Anel
    Anel
  • Nenhum
    Nenhum

Cena 6

Imagem da cena

- Qual destas opções de colares você usava? -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7
  • 8
    8

Cena 7

Imagem da cena

- Qual destas opções de brincos você usava? -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7
  • 8
    8

Cena 8

Imagem da cena

- Qual destas opções de anéis você usava? -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6
  • 7
    7
  • 8
    8

Cena 9

Imagem da cena

Sabrina: Reims? - ela se mostra bem curiosa - Nunca ouvi falar, mas se você mora lá é porque deve ser um lugar incrível!

Você: E é, acredite em mim! Se aqui na Itália vocês são loucos por vinho, em Reims nós somos sommeliers em champagne, é o nosso maior orgulho - fala com uma entonação vivaz.

Sabrina: Hmm, parece cativante, mal vejo a hora de conhecer sua cidade natal.

Você: Reims é o meu pedacinho no paraíso, mas depois falamos mais sobre esse assunto, por ora, vamos pedir nossos cafés? - chama um garçom logo em seguida, o qual apanha seus pedidos.

As duas perdem a noção do tempo e conversam horas a fundo, a socialite vivia voltando no assunto da viagem à França, a ideia de conhecer a região de Champagne-Ardenne afetou profundamente seu estado de espírito, de forma positiva. Nem acreditava como aquela agradável tarde prosseguia, nada de discussões ou desentendimentos entre as jovens moças, entretanto pensava em se desculpar com sua amiga pelo dia anterior, devia isso a ela.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

Imagem da cena

Estava tarde, quando olham no relógio se dão conta que já passavam de umas oito, anoiteceu antes mesmo que vocês duas se dessem conta, e como haviam ficado por um longo período no café, era hora de deixar o local.

Contudo ambas as partes não queriam terminar seu encontro tão cedo, com isso decidem não dá a noite por encerrada, pegam um táxi com destino à uma pizzaria a fim de finalizar o rolê em grande estilo. Sabrina sugere que fossem ao "Le Follie di Romualdo", uma das suas pizzarias favoritas, e você logo veria o motivo de sua preferência.

Nota que na parte externa algumas mesinhas ao ar livre, algumas ocupadas por diversos grupos de amigos, antes mesmo que tivessem a oportunidade de entrar no lugar uma funcionária vem atendê-las e as leva até o espaço interno. Ao entrar neste local, você sente o ambiente agradável, não demora muito para que o restante da simpática equipe as receba. Existia uma fabulosa junção do excelente atendimento e a comida magnífica, definitivamente o serviço naquele restaurante é algo que se pode chamar de profissional.

Vocês aproveitam de uma ótima refeição regada a taças e mais taças de vinho, nem sabiam ao certos quantas garrafas tinham bebido enquanto estavam lá aproveitando a companhia uma da outra. Entre uma taça e outra, antes que você chegasse a um estado altamente alcoolizado, decide que aquele era o momento ideal para se desculpar por aquele evento inoportuno do dia anterior.

Você: Olha, talvez não seja a melhor hora pra tocar nesse assunto, mas eu realmente preciso falar disso - o rosto de Sabrina é como um ponto de interrogação, ela fica em silêncio esperando que fale - Sobre ontem, eu...

Percebe que seu rosto escurece no instante em que menciona o dia passado, ficando imediatamente desconfortável, certamente ela não tinha gostado daquilo e mesmo assim não fez disso um problema.

Sabrina: Maeve, eu imagino o que você vai falar, tá tudo bem, vamos esquecer isso...

Você: Não dá, aquilo não foi legal, se fosse comigo eu também não ia gostar - você pega delicadamente suas mãos que estavam sobre a mesa e a olha com ternura - É sério, me desculpa por ontem.

Ela levanta o olhar até você, parecia um pouco magoada, no entanto conforme você foi explicando a situação daquele dia, sobre a mensagem de ex marido e tudo mais, seu rosto foi se iluminando novamente.

Sabrina: Eu não acredito que ele fez isso! Quanta audácia, eu não sabia disso, Ma. - dessa vez é ela quem segura sua mão - Eu já tinha te desculpado há muito tempo. Claro que eu fiquei chateada por você não ter me dito nada ontem, mas eu gosto muito de você pra deixar de falar contigo por algo tão bobo.

Você: Ai, Sabrina, você é uma pessoa muito iluminada! - sorri alegremente na direção dela, que corresponde com outro sorriso.

- Qual sabor de pizza escolheram? -

Continua depois da publicidade
  • 1
    1
  • 2
    2
  • 3
    3
  • 4
    4
  • 5
    5
  • 6
    6

Cena 11

Imagem da cena

Na hora de irem embora, as duas aguardavam seus respectivos táxis para suas casas, tendo em vista que era totalmente inviável qualquer uma das duas voltar dirigindo.

Continuavam conversando tranquilamente enquanto nenhum motorista tinha aparecido, até que o carro de Sabrina surge na esquina, fazendo com que ela se virasse para se despedir de você.

Sabrina: Ele chegou, vou indo, Ma. Vamos marcar algo pra depois? - ela pergunta plantada na sua frente, bem próxima à sua face.

Você: Com certeza, dessa vez, prometo não surtar e desaparecer. - brinca com ela, que parece gostar dando-lhe uma sútil risada.

Sabrina: Se você surtar, eu vou ficar do seu lado pra te acalmar.

Você sorri para ela, estava feliz por ter amigos os quais poderia contar em momentos sufocantes, no segundo seguinte a abraça com ternura e sussurra um: "Obrigada". Após seu abraço, Sabrina te olha nos olhos por alguns breves segundos com uma expressão indecifrável, e para sua surpresa, logo em seguida lhe rouba um beijo, curto e suave.

Assim que o termina, morde os lábios olhando para baixo, talvez tivesse ficado arrependida, antes de se virar para entrar no carro ela diz uma última frase.

Sabrina: Tchau, Maeve - Ela sai sem sequer esperar por uma resposta.

Você permanece lá, parada e sem esboçar nenhuma reação, vendo ela sumir na estrada. Quando seu carro chega, troca poucas palavras com o motorista, apenas um "Boa noite" e o seu destino, o resto da viagem de volta para casa é feito em silêncio, com mil pensamentos voando por sua mente.

Então, quer dizer que Helena estava certa o tempo todo?

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Talvez esse não foi o beijo que alguns esperavam, mas ao menos teve algum, e podem ter outros.

- Uma observação aleatória: Sigo chocada que tem pessoas que realmente gostam do que eu escrevo, as vezes eu acho que é um delírio da minha cabeça, mas obrigada mesmo!

- Outra observação: Como essa é uma história que não é só minha, mas também de quem lê e acompanha, eu obviamente coloco elementos que eu gosto, ou gostaria de ver em outras fanfics, mas também gosto de saber do que vocês gostam ou esperam, assim como gosto de saber se tem coisas que desagradam nos capítulos. Por isso eu valorizo o que vocês falam nos comentários, acho importantíssimo ter um feedback de vocês, até pra me orientar um pouco. Enfim, só queria deixar todo mundo a vontade para palpitar, fazer suposições das histórias, perguntar coisas, etc.

Perdoem o textão, acho ficou até maior que a cena final...

- Capricornio Vermelho
Não perca o próximo capítulo!

Capricornio Vermelho ainda não publicou o próximo capítulo.


Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

Anterior
O que você achou deste capítulo?
Cynthia Rayane

Cynthia Rayane Sem sombra de dúvidas essa é a minha fanfic favorita

2d 5 ResponderMais
Gabrielly Telles

Gabrielly Telles AAAAAA eu sabiaaaa que a Sabrina gosta da Emma, porém esse beijo foi inesperado

MINIINAAAAA sua fic É SENSACIONALLLL hihi <3

capítulo perfeito, maravilho e tudo de bom <33

2d 4 ResponderMais
Marina Tavares

Marina Tavares Voce arrasa! Olha pra ser sincera eu procuro várias, e várias fic mas nunca acho uma lgbt. Isso me deixa triste pq eu sou BI. Então eu amo isso de poder ter essa relação de amor entre mulheres aqui. Afinal love IS love. E se eu posso dar uma dica eu digo; coloca opção de escolha pra ter uma relacionamento. Entre escolher o Apolo, ou a Sabrina. Óbvio que eu escolho a Sabrina, mas e questão de escolha né kkk

2d 3 ResponderMais
Cynthia Rayane

Cynthia Rayane Sua história é simplesmente MARAVILHOSA

2d 3 ResponderMais
Cynthia Rayane

Cynthia Rayane Parabéns pelo ótimo trabalho

2d 2 ResponderMais
☁️☁️

☁️☁️ Continua pelo amor de deus 🙏 necessito

2d 2 ResponderMais
Letícia🍥

Letícia🍥 p**a [email protected], que capítulo maravilhoso! Eu amo essa história, que, sem dúvidas, é a minha favorita 😀

Bom, você poderia fazer um romance coreano, seria muito legal, já que você escreve muito bem! Mas só quando você terminar essa história, e se você quiser também🙃

Ps: não sou muito fã de kpop, mas amo romances orientais

Aiai, pensa na minha ideia por favor🙏🏻😊

1d 1 ResponderMais
@gabiihgomes

@gabiihgomes Ameiii

2d 1 ResponderMais

WebFic

Entre no WebFic para ler & interagir com suas webfics favoritas!

Cancelar
Cancelar