Mazum

Mazum

219
Eu odeio você
16

Eu odeio você Capítulo 7

Eu odeio você-cap 7

Olá, curtam e comentem para que assim a webfic ganhe mais visibilidade, agora fiquem com o capítulo❤

Cena 1

Você vai no banheiro que fica no fim do corredor
Saindo do banheiro...
SP: oi
Clara: ta fazendo o que aqui? Você não ia jogar com os seus amigos hoje?
SP: já joguei gatinha
Clara: escuta, eu tenho que fazer um trabalho com o meu amigo, agora com licença
SP: ele está la na sala né? Fica aqui mais um pouquinho vai (diz passando a mão no seu cebelo)
Clara: olha o que você fez comigo hoje (diz mostrando as marcas), eu não aguento mais isso, eu não aguento mais você (diz chorando)
SP: bebê, prometo não fazer mais nada, mas só se você fizer uma coisinha comigo (diz a abraçando e tentando a beijar)
Clara: sai, eu tenho nojo de você, nojo, eu me sinto suja depois que você faz essas coisas
SP: eii, não fala essas coisas de mim, ou se não vou ter que ser malvado com você (diz passando a mão na sua bunda)
Clara: me deixa em paz pelo amor de deus
SP: é o seguinte, vou te deixar fazer o trabalho com o seu amiguinho, mas hoje a noite já sabe
Clara sai correndo
SP: e antes que eu me esqueça (diz a segurando pelo braço), nada de falar pro seu amiguinho, você não ia gostar de perder ele também né?
Clara: não (diz chorando)
SP: engole esse choro
Clara: ta bom (diz secando as lágrimas e indo pra sala)

  • Avançar

Cena 2

Clara: oi, voltei... Ricardo? Onde você está?
Você ouve uns barulhos vindos no fundo do corredor
Clara: ei, que iss... Ta maluco????
Ricardo: me escuta, eu vi tudo, deixa eu te ajudar, acabei de bater nele e chamei a polícia
Clara: como eles vão acreditar em você? (diz desesperada)
Ricardo: eu gravei tudo
Clara: não, isso é muito constrangedor, ninguém pode ver isso (diz chorando desesperada)
Ricardo: Clara, eu sei, mas você sabe que vai ser melhor assim
Você fica sem reação
Ricardo: vem ca (diz a abraçando, vocês ficam assim por um bom tempo)
Passados alguns minutos sua mãe e a polícia chegam

  • Avançar

Cena 3

Policiais: senhor Alberto Carvalho, venha comigo, o senhor está preso
Alberto começa a chorar
MC: eu não acredito! (diz gritando) Eu não acredito (diz soluçando de chorar). ALBERTO, A QUANTO TEMPO VOCÊ ESTÁ COMIGO? UMA DAS PESSOAS QUE EU MAIS CONFIAVA ASSEDIAVA MINHA FILHA TODOS OS DIAS. EU TE CONTEI COMO PERDI O CHÃO QUANDO MEU MARIDO MORREU E É ISSO QUE VOCÊ ME DA EM TROCA? EU NÃO ACREDITO QUE FEZ A CLARA FICAR QUIETA POR TRÊS ANOS, E POR MAIS QUANTO TEMPO VOCÊ IA FAZER ISSO HEIN? SE O RICARDO NÃO TIVESSE GRAVADO ISSO IA ARRUINAR A VIDA DA MINHA FILHA, EU MAL POSSO IMAGINAR O QUE VOCÊ IA FAZER COM ELA HOJE SEU IMUNDO, SEU IMUNDO (diz berrando e perdendo o ar)
****CENAS FORTES AGORA, POR FAVOR, SE TIVEREM ALGUM GATILHO COM MORTE NÃO LEIAM****

  • Ler
  • Não ler

Cena 4

Alberto tira uma arma escondida
Policiais: ABAIXA ESSA ARMA AGORA (diz apontando as armas para ele também)
Alberto: os senhores não precisam se preocupar, não vou machucar ninguém, nunca mais (apontando a arma nessa cebeça)
Policiais: eiii, abaixa isso, calma, da a arma aqui
Alberto: eu só faço mal as pessoas
Policiais: da a arma aqui, vamos (diz calmamente)
Alberto faz que não com a cabeça fecha os olhos e se suicida

  • Avançar

Cena 5

Alberto pega uma arma que tinha escondida e acaba se suicidando...

  • Avançar

Cena 6

Nesse momento MC cai de joelhos no chão, chora soluçando e perdendo o ar, estava vermelha e inchada de tanto chorar sem nenhuma reação.
Naquele momento em que Alberto apontou a arma em sua própria cabeça, Ricardo que já estava abraçado com Clara tampa seus ouvidos, onde a cara da Clara estava apoiada em Ricardo a impossibilitando de ver o ocorrido também.
Todos nós começamos a chorar, inclusive alguns policiais que não resistiram pois era uma cena muito pesada

  • Avançar

Cena 7

Os policiais levaram o corpo de Alberto. Eu, Ricardo e minha mãe ficamos sem reação por um bom tempo, nesse dia ninguém conseguiu falar muita coisa, muito menos sobre o ocorrido.
MC: filha, eu não vou conseguir falar com você hoje, eu quero conversar amanhã ta (diz com dificuldade soluçando)
Clara: ta, não se preocupa (digo a abraçando, vocês ficam assim por um bom tempo)
MC: Ricardo, também quero falar com você amanhã, mas tudo que eu consigo dizer agora é obrigada (ele a abraça também). Vou no meu quarto, eu preciso pensar
Ricardo: tudo bem
Clara: mãe, ele pode dormir aqui hoje? Não quero ficar sozinha depois disso
MC: pode (diz subindo para o quarto)
Clara: por você tudo bem?
Ricardo: claro (diz sorrindo fraco)

  • Avançar

Cena 8

De noite...
Nós estavamos deitados e eu não consegui dormir de jeito nenhum
Clara: você pode me abraçar?
Ricardo: assim?
Clara: isso
Vocês acabam dormindo de conchinha

  • Avançar

Cena 9

Dia seguinte...
Clara: bom dia
Ricardo: bom dia
Clara: quer comer alguma coisa?
Ricardo: eu não tô com fome na verdade
Clara: é, nem eu, mas acho que vou tomar uma água
MC: meninos, como estão? (diz com uma voz estranha)
Clara: mãe que isso? Você está bêbada?
MC: nãoooooo (diz fechando os olhos)
Clara: ah, não acredito, vem aqui (diz a levando para o sofá)
MC: Clara, eu preciso... (e acaba vomitando)
Clara: ah, que merda, vou limpar isso
Ricardo: não, pode deixar que eu limpo
Clara: tem certeza?
Ricardo: sim, onde tem um pano?
Clara: ali ó (diz apontando)
Ricardo limpa e Clara vai pro banheiro com a sua mãe
Clara: Ricardo, vai pra sua casa, você deve estar cansado, e já fez de um tudo aqui
Ricardo: não, eu não vou deixar você sozinha aqui cuidando da sua mãe
Clara: tudo bem
Vocês ficam o dia inteiro cuidando da MC até que ela consegue se recuperar da ressaca
MC: Ricardo, eu posso falar em particular com a Clara? Depois eu falo com você
Ricardo: tudo bem
Ricardo vai para o quarto da Clara e fica mexendo no celular
.............

  • Avançar

Cena 10

MC: eu sou uma péssima mãe, filha, você podia ter sido estuprada ou sei lá eu, imagina se isso acontece com você? E como eu não percebi isso? Qualquer mãe notaria. Te perguntava se você estava bem e você respondia que estava, eu percebia que não mas não queria forçar nada, filha, eu estou me sentindo tão culpada, não era pra você passar por isso, por nada disso
Clara: para de falar besteira, ele estava me ameaçando, é claro que eu não ia falar, e você não ia descobrir, ele é um mentiroso idiota, mas não deixa isso afetar a gente, a nossa relação de mãe e filha. Eu te amo tanto mãe, você não fez nada de errado, isso não é culpa sua
MC: ai Clara (diz a abraçando), eu também te amo, mas no momento que você estava mais precisando de mim fiz você cuidar de mim, e o Ricardo também, que vergonha
Clara: para com isso, nós vamos passar por isso juntas, eu cuido de você e você cuida de mim
MC: tudo bem, filha, se um dia quiser falar sobre tudo que aconteceu eu vou estar aqui
Clara: quem sabe um dia, mas agora não estou pronta
MC: tudo bem
Clara: estamos resolvidas?
MC: sim, estamos meu amor. Agora quero falar com ele
Clara: tudo bem

  • Avançar

Cena 11

Clara: Ricardo, minha mãe está te chamando
Ricardo: tudo bem
.........
MC: acho que não nos conhecemos exatamente do jeito que queria (sorri fraco)
Ricardo: não mesmo (sorri fraco também)
MC: eu não sei como durante três anos eu nunca percebi isso, e você percebeu...
Ricardo: isso é porque ele não sabia que eu estava vendo aquilo, se fosse você faria o mesmo
MC: faria
Ricardo: eu sei que isso pode parecer meio estranho vindo de um adolescente, mas se quiser conversar comigo sobre isso vou estar aberto
MC: estranho? Eu sempre desabafo com a Clara haha, se precisar de qualquer coisa vou estar aqui também. Obrigada por tudo, tudo mesmo
Ricardo: não precisa agradecer
MC: ô se preciso, vem aqui (diz o abraçando), gostaria tanto que você fosse meu genro, você é tão bonzinho
Ricardo fica vermelho de vergonha
MC: ah, desculpa, não queria deixar você envergonhado, as vezes eu falo tudo que eu penso e acabo nem percebendo (diz rindo)
Ricardo: que isso (diz rindo também)

Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Menina fria💔💔

Menina fria💔💔 Gente eu não sou normal eu ri na hora que o padrasto dela morreu seu eu fosse a clara eu ia samba acima dele o cara idiota bem feito mas tirando isso eu amei

2d 14 ResponderMais
Loka_das_fic

Loka_das_fic quer que eu fale a verdade?! aquele filho da puta do padrasto dela só colheu o que plantou. Pelo menos, estamos sem um filho da puta no mundo. Em pensar que isso acontece com varias garotas todos os dias, que ódio mano. Se todo filho da puta desses morresse o mundo seria muito melhor e se as mulheres estivessem no poder de tudo como diz a música da eva max, Kings & Queens, nós faríamos jús ao trecho: Nós estourariamos champanhe e fariamos um brinde

2d 8 ResponderMais
𝐬𝐨𝐟𝐢𝐚

𝐬𝐨𝐟𝐢𝐚 eu queria sentir pena do padrasto dela mas eh impossível. sinceramente? que ele queime lá 😍

2d 7 ResponderMais
Raquel

Raquel Aí meu coração, não sei se estou feliz pelo sp ter morrido ou não, mas graças a Deus isso tudo acabou, chorei rios aqui

2d 5 ResponderMais
Rayssa Celestino

Rayssa Celestino Ameeeeeeiiii,posta outro hj pfvr

2d 5 ResponderMais
Polyyy

Polyyy Caaiii de paraquedaaas!!! Mano,melhor rpg que ja liii ✊♥. Tomei ranço com o padrasto dela,mas ja morreu ta tudo okay entao... E o Ricardo?mds!!! Se ela n ficar com ele, eu fico pq ele n e de se jogar fora 😘♥...

1d 5 ResponderMais
Sarah Santos

Sarah Santos Ahhhhhhhhbbbhhhhhhhh eu vou morrer quando sai o procimo ep???????

2d 3 ResponderMais
Biaah

Biaah Manooo eu desabei no choro kkkk to muito sensível esses dias kkk

2d 2 ResponderMais
domiZINHA3107

domiZINHA3107 AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
N SEI SE FICO ELIZ COM VC POR TER MATADO ELE OU BRAVA POR NAO TER ME DEIXADO AJUDAR

1d 2 ResponderMais
lulu ARMY

lulu ARMY eu chorei muito eu n vejo a hora desses
dois namorarem

1d 1 ResponderMais

WebFic

Entre no WebFic para ler & interagir com suas webfics favoritas!

Cancelar
Cancelar