Miss Chanandler Bong

Miss Chanandler Bong

167
ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 10

O Espetáculo

Chega o momento da segunda parte da quarta etapa do desafio de Olympia, será que S/N, Eric e Laura irão receber a insígnia? De qual deus será a próxima carta?

2 finais alternativos e 1 secreto

Cena 1

https://jooinn.com/sunny-sky.html
https://jooinn.com/sunny-sky.html

Era uma deliciosa manhã, era um dia de sol, mas estava bem refrescante, os pássaros cantavam, tudo estava tão tranquilo e bonito. Você, Laura e Eric tomavam café da manhã enquanto conversava sobre a competição.

- Enfim chegamos ao dia da segunda parte da última etapa - Diz Laura.

- Verdade, nem consigo imaginar qual será a prova do dia - Você responde.

- Eu também não, mas como Selena já nos adiantou, deve ser alguma prova de combate novamente - Eric responde.

- Será que devemos enfrentar algo sozinhos? - Laura pergunta.

- Acho que sim - Você responde.

- Eles devem nos colocar para enfrentar alguns daqueles monstros que vimos na floresta - Eric diz.

- Será? Eu só consegui sobreviver por causa de vocês - Laura fala.

- Eu também, passei metade da prova tentando fugir daquela Quimera, só parei quando vocês me ajudaram a derrotá-la - Eric diz.

- Eu também fugi, aquele Ciclope me cansou tanto - Laura diz.

- E você S/N? - Eric pergunta.

  • Eu consegui enfrentar uma Hidra
  • Eu fugi de uma Hidra que me seguia

Cena 2

- Uma Hidra de Lerna? Você viu uma? - Laura pergunta surpresa.

- Não só viu como matou uma - Eric responde.

- Sim, eu matei - Você fala.

- Que orgulho, sabia que você não me decepcionaria - Laura diz.

- Se eu soubesse disso, tinha deixado você matar a Quimera sozinho(a) - Eric fala rindo.

- Não é para tanto, a Quimera foi bem mais difícil -Você responde.

- Mas se S/N tivesse matado a Quimera sem a nossa ajuda, nós não iríamos ter conseguido a Tessália tão fácil - Diz Laura.

- Verdade, não sei nem o que teríamos que fazer para conseguir aquela fruta - Você responde.

- Prefiro nem pensar sobre isso, aquela Esfinge era muito estranha, tinha certeza que ela iria devorar um de nós - Eric diz.

- Você é muito exagerado, acho que ela apenas não daria a fruta, o que seria visto como falha - Laura fala.

- Foi tão curioso como assim que ela sumiu, nós encontramos a saída da floresta - Eric diz.

- Sim, nós andamos por aquela floresta o dia inteiro e não achamos a saída, mas assim que pegamos a fruta, conseguimos sair com facilidade - Você fala.

- Acho que tem algum tipo de magia naquela floresta, se não, teríamos nos encontrado com outras equipes - Laura diz.

- Eu já imaginava isso, a maioria das provas parecem ter sido feitas em lugares mágicos - Eric fala.

- Será que realmente é mágica? - Laura pergunta.

- Não faço a mínima ideia, só sei que quero sair daqui logo - Eric responde.

- Também não sei se é mágica, mas eu tive a sensação que alguém me observava durante toda a prova e quando a Esfinge disse que nos viu, eu imaginei que tinha sido ela - Você diz.

- Engraçado, eu também tive essa sensação de estar sendo observada a todo momento - Laura fala.

  • Avançar

Cena 3

- Uma Hidra de Lerna? Você viu uma? - Laura pergunta surpresa.

- Sim, eu vi - Você responde.

- Deve ter sido uma experiência horrível - Eric diz.

- Foi sim, ela era gigante, gritava muito e era muito rápida - Você fala.

- Fico feliz que nada de ruim tenha acontecido com você - Laura diz.

- Aquele lugar era tão esquisito, quase que pensei em fugir sozinho - Eric fala.

- Mas se você tivesse fugido, acho que não teríamos conseguido vencer a Quimera e muito menos a Tessália - Diz Laura.

- Verdade, não sei nem o que teríamos que fazer para conseguir aquela fruta - Você responde.

- Prefiro nem pensar sobre isso, aquela Esfinge era muito estranha, tinha certeza que ela iria devorar um de nós - Eric diz.

- Você é muito exagerado, acho que ela apenas não daria a fruta, o que seria visto como falha - Laura fala.

- Foi tão curioso como assim que ela sumiu, nós encontramos a saída da floresta - Eric diz.

- Sim, nós andamos por aquela floresta o dia inteiro e não achamos a saída, mas assim que pegamos a fruta, conseguimos sair com facilidade - Você fala.

- Acho que tem algum tipo de magia naquela floresta, se não, teríamos nos encontrado com outras equipes - Laura diz.

- Eu já imaginava isso, a maioria das provas parecem ter sido feitas em lugares mágicos - Eric fala.

- Será que realmente é mágica? - Laura pergunta.

- Não faço a mínima ideia, só sei que quero sair daqui logo - Eric responde.

- Também não sei se é mágica, mas eu tive a sensação que alguém me observava durante toda a prova e quando a Esfinge disse que nos viu, eu imaginei que tinha sido ela - Você diz.

- Engraçado, eu também tive essa sensação de estar sendo observada a todo momento - Laura fala.

  • Avançar

Cena 4

https://br.freepik.com/fotos-premium/rubi-e-uma-joia-vermelha-bonita-por-natureza-para-fazer-joias-caras_6049740.htm
https://br.freepik.com/fotos-premium/rubi-e-uma-joia-vermelha-bonita-por-natureza-para-fazer-joias-caras_6049740.htm

Vocês ainda conversavam quando escutam o toque da sirene que anunciava a chegada de Selena. Vocês saem da cabana e vão em direção ao palco onde ela estava, todos ficam em silêncio quando ela começa a falar:

- Bom dia a todos, espero que estejam todos bem depois da prova de ontem, fiquei sabendo que muitos demoraram para terminar a prova e poucos conseguiram a nossa Tessália, fico triste com essa notícia, pois a Tessália influencia diretamente na sua pontuação para conseguir a insígnia, porém não desanimem, pois o seu desempenho na prova de hoje também tem influencia e isso significa que se conseguirem ir bem, pode ser que ainda consigam conquistá-la. Hoje daremos início a segunda parte da nossa etapa, assim como já havia dito anteriormente, nessa etapa o objetivo é a Insígnia Vermelha do elemento Fogo e serão testadas suas habilidades em combate, porém dessa vez em individual, por favor sigam os representantes que os levarão até a nossa arena onde os combates irão acontecer. Boa sorte e que as benevolências dos deuses caia sobre você.

Selena termina de falar e todos se olham assustados e confusos, muitos sabiam que teria um combate, mas não que seria em uma arena onde os outros assistiriam.

- Em qual momento Olympia se tornou o filme "Gladiador"? - Eric pergunta.

- Não faço a mínima ideia - Você responde.

- Eles vão transformar nossa luta em um espetáculo? - Laura pergunta confusa.

- Pior que isso, eles vão transformar nossa morte em um espetáculo - Eric responde.

- Para de falar isso, ninguém vai morrer - Laura diz.

  • Avançar

Cena 5

http://reino-de-grimoire.weebly.com/arena.html
http://reino-de-grimoire.weebly.com/arena.html

Os representantes levam vocês para os carros, todos colocaram suas vendas e o carro seguiu em direção a arena que Selena tinha falado. Foi um caminho bem longo, o que fazia você pensar em tantas possibilidades para esse desafio, seu coração estava acelerado e suas mãos tremiam, era uma sensação de pânico, o que era estranho já que dessa vez não era uma prova onde você não saberia o que iria acontecer, você sabia que era um combate, mas a ideia disso lhe assustava ainda mais do que uma prova desconhecida.

O carro finalmente para e os representantes abrem a porta, eles pedem para que vocês tirem as vendas, era uma enorme sala escura, eles apontaram para uma porta e todos entraram, ao abrir a porta, chegava em uma arquibancada com vários assentos, você, Eric e Laura procuraram um local para sentar e tentavam descobrir o que estava acontecendo.

- Esse local é enorme - Diz Eric.

- Verdade, além de estar bem cheio - Você responde.

- Nós vamos assistir as castas duelarem - Laura fala.

Enquanto vocês conversavam e olhavam o lugar, um homem alto e com um microfone entra na arena e e começa a falar:

- Senhoras e senhores, bem vindos a mais uma edição de Olympia, meu nome é Tales e hoje serei o apresentador dessa edição. Como todos sabem hoje será o dia da segunda parte da nossa quarta etapa de provas, como um bom seguidor da Casta de Ares, não posso negar que combate é uma das minhas grandes paixões e me sinto honrado de ser convidado para esta etapa. Primeiramente, irei explicar para nossos jovens como será feito o combate, aqui nessa arena vocês irão enfrentar pessoas de outras castas, acho que fica bem claro quem será o vencedor, deixo claro que você pode fazer o que bem quiser com sua luta, se sinta a vontade para atacar o quanto você quiser, isso inclui finalizar ou não seu oponente. Atrás de mim vocês podem observar uma enorme janela escura, vocês não podem ver quem está lá, mas eles podem os ver, ali estão nossos grandes Deuses do Olimpo, eles fizeram questão de julgar suas capacidades de luta pessoalmente e eles irão decidir se vocês irão receber a nossa preciosa Insígnia de Fogo, por isso, lutem como verdadeiros heróis. Muito boa sorte e que a benevolência dos deuses caia sobre você.

O homem sai do centro da arena e todos ficam ainda mais assustados, ninguém pensou que poderia correr um risco real de vida.

- Gente, eu não posso morrer, eu sou muito novo - Eric fala com medo.

- Calma, não vamos entrar em pânico, não acredito que os outros participantes vão ter coragem de fazer isso - Laura o responde.

- Eu não tenho certeza, não podemos confiar nas pessoas das outras castas - Você fala.

- Será mesmo que eles fariam isso? - Laura pergunta confusa.

- Pior que S/N tem razão, nunca se sabe como eles podem reagir em meio a um combate - Eric diz.

  • Avançar

Cena 6

Vocês ainda estavam tentando processar todas as informações dadas, quando um telão anuncia a primeira luta, era um menino da Casta de Apolo contra um menino da Casta de Hermes.

- São duas castas que não tem a guerra e combate como foco - Diz Laura.

Os dois meninos entram na arena e muitas pessoas começam a gritar, assim que o juiz permite o início, os dos meninos começam a brigar fazendo com que as pessoas gritassem ainda mais como animais, a luta era bem forte e por ser livre, os meninos usavam todas as maneiras possíveis para vencer até mesmo mordidas e bater em lugares inapropriados, era difícil de assistir pois os dois já sangravam muito até que o menino da Casta de Apolo começou a diferir vários socos no outro fazendo que o menino desmaiasse. O juiz interfere depois de alguns golpes e a luta acaba, uma equipe médica entra e retira o menino caído, as pessoas que tinham ido só para assistir gritavam animadas, já os outros competidores ficaram em silêncio chocados com o que tinham acabado de presenciar.

- Isso realmente aconteceu? - Laura pergunta assustada.

- Infelizmente sim - Você responde.

- Como nós passamos de uma prova onde o amor nos ajudou a pegar uma fruta para uma prova onde podemos tirar a vida de alguém? - Eric pergunta.

- Eu não sei, eu estou apavorada, o que vamos fazer? - Laura te pergunta.

- Eu não faço a mínima ideia - Você responde.

- Nós vamos ter que matar para não morrer - Eric diz.

- Você não pode estar falando sério - Responde Laura.

- É o único jeito - Eric diz triste.

- O que você acha disso? - Laura te pergunta.

  • Eu não sei o que fazer
  • Também acho que vamos ter que matar alguém
  • Não, tem que haver outra saída

Cena 7

- É o jeito S/N - Eric diz.

- Não Eric, tenho certeza que os outros não serão tão agressivos assim - Laura fala.

- Eu também acho que nem todos irão querer matar - Você diz.

- Vocês estão apenas se iludindo, essa etapa é comandada por Ares, o deus da guerra, ele quer saber o nosso limite - Eric diz.

- Ele quer nos testar, mas não precisa matar ninguém, se não poucas pessoas vão entrar nas castas - Laura fala.

- Isso é exatamente o que eles querem, Olympia é uma desculpa para os mais fortes sobreviverem e os mais fracos sofrerem com as consequências, é uma forma deles nos controlarem - Eric responde.

- Isso não é verdade - Você diz.

- Você acha mesmo que eles iriam aceitar qualquer pessoa nas castas deles? Até mesmo aqueles que não conseguiram ir bem em nenhuma prova e não receberam ao menos uma insígnia? - Eric pergunta.

- Eu odeio esse lugar - Diz Laura.

  • Avançar

Cena 8

- Não S/N, tenho certeza que os outros não serão tão agressivos assim - Laura fala.

- Você estão apenas se iludindo, essa etapa é comandada por Ares, o deus da guerra, ele quer saber o nosso limite - Eric diz.

- Ele quer nos testar, mas não precisa matar ninguém, se não poucas pessoas vão entrar nas castas - Laura fala.

- Isso é exatamente o que eles querem, Olympia é uma desculpa para os mais fortes sobreviverem e os mais fracos sofrerem com as consequências, é uma forma deles nos controlarem - Eric responde.

- Isso não é verdade - Laura diz.

- Você acha mesmo que eles iriam aceitar qualquer pessoa nas castas deles? Até mesmo aqueles que não conseguiram ir bem em nenhuma prova e não receberam ao menos uma insígnia? - Eric pergunta.

- Eu odeio esse lugar - Diz Laura.

  • Avançar

Cena 9

- Eu concordo com você - Laura lhe responde.

- É o jeito gente - Eric diz.

- Não Eric, tenho certeza que os outros não serão tão agressivos assim - Laura fala.

- Eu também acho que nem todos irão querer matar - Você diz.

- Vocês estão apenas se iludindo, essa etapa é comandada por Ares, o deus da guerra, ele quer saber o nosso limite - Eric diz.

- Ele quer nos testar, mas não precisa matar ninguém, se não poucas pessoas vão entrar nas castas - Laura fala.

- Isso é exatamente o que eles querem, Olympia é uma desculpa para os mais fortes sobreviverem e os mais fracos sofrerem com as consequências, é uma forma deles nos controlarem - Eric responde.

- Isso não é verdade - Você diz.

- Você acha mesmo que eles iriam aceitar qualquer pessoa nas castas deles? Até mesmo aqueles que não conseguiram ir bem em nenhuma prova e não receberam ao menos uma insígnia? - Eric pergunta.

- Eu odeio esse lugar - Diz Laura.

  • Avançar

Cena 10

https://universaljp.org/a-ultima-lagrima/
https://universaljp.org/a-ultima-lagrima/

Enquanto vocês conversavam era anunciado o novo combate, mas dessa vez era Diego que estava entrando em combate contra uma menina da Casta de Afrodite.

- Que os deuses protejam o Diego, eu não sei o que vou fazer se algo acontecer com ele - Laura diz desesperada.

- Calma Laura, vai dar tudo certo, não se desespere antes da hora - Você fala.

O combate se inicia, mas de um jeito estranho, Diego sorria e ficava provocando a menina, ás vezes até mesmo deixando a guarda baixa, sem se preocupar que ela poderia ataca-lo a qualquer momento.

- Como você teve coragem de namorar uma pessoa assim Laura? - Eric pergunta.

- O que você está falando? - Laura pergunta confusa.

- Ele está provocando só porque ela é uma menina e é da Casta de Afrodite, deusa do amor e da beleza - Eric responde.

- Diego não faz isso por favor, ela pode te matar se tiver armada - Laura fala com a voz embargada.

As pessoas começaram a vaiar devido a demora para a lutar iniciar de verdade, até que a menina acertou o soco em Diego, então ele começou a bater nela também, Diego estava desferindo golpes, mas ainda fazia algumas provocações, o que parecia deixar a menina ainda mais nervosa, tudo estava indo bem e parecia que iria terminar como uma luta normal até que a menina acerta Diego que cai no chão, ela vai para cima dele e começa a disferir vários socos com muita força, a cena era horrível e o rosto dele ficava cada vez mais desfigurado, ele já não reagia mais e a menina não parava até que o juiz correu para parar a luta. Diego parecia não respirar e não se movia, os paramédicos tiveram que usar uma maca para tirá-lo e correram para algum lugar com ele, as pessoas comemoravam e batiam palmas.

- Isso não está acontecendo, diz que é mentira - Diz Laura chorando.

- Fica calma Laura, ele só deve ter desmaiado, não foi nada grave - Você fala.

- Eu preciso saber como ele está - Diz Laura se levantando e correndo para a porta por onde vocês entraram.

Ela vai até lá, mas um dos representantes a para, conversa com ela e manda ela voltar para o lugar dela, Laura obedece e volta a sentar com vocês.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- Eles disseram que as pessoas estão sendo divididas, aqueles que venceram, aqueles que perderam e aqueles que ainda não lutaram, não pode ter contato - Laura responde.

- Isso é errado, nós deveríamos ter o direito de ver nossos amigos - Diz Eric.

- Acho que é para não ter confusão, se não depois de ver ele, eu iria bater naquela menina, não se bate em pessoas desacordada - Laura fala.

  • Avançar

Cena 11

https://habblive.in/noticias/4526
https://habblive.in/noticias/4526

Depois de algumas lutas, chega a vez de Laura que iria lutar contra um menino da Casta de Ares.

- Não tinha uma outra casta? - Eric pergunta.

- Eu não acredito nisso - Você responde.

- Espero que ela consiga ir bem, não tem nada pior que enfrentar alguém da Casta de Ares em uma etapa que o próprio Ares criou - Eric diz.

- Mas eu sei que ela vai conseguir, ela sempre foi boa em luta e até mesmo nos ensinou - Você fala.

A luta se inicia e realmente parecia ser uma luta de duas pessoas preparadas, tanto Laura, quanto o menino sabiam exatamente qual era o momento de ir para cima e o momento de recuar, ela nada lembrava sua amiga, parecia outra pessoa, os olhos nem piscavam e pareciam analisar cada movimento do menino, Laura sempre foi muito competitiva e você sabia que ela não seria do tipo que se daria por vencido, a luta foi difícil, ela se machucou bastante, mas conseguiu acertar um mata leão que fez com que o menino pedisse para parar e assim ela fez, mesmo sendo competitiva, ela nunca mataria alguém, só precisou fazer o bastante para ser vitoriosa.

- Essa é a minha amiga - Eric fala animado.

- Eu sabia que ela iria conseguir, ela nunca me decepciona - Você diz alegre.

- Queria poder vê-la para comemorar, mas eles não vão deixar - Diz Eric.

- Eu também queria, mas sei que nós três iremos vencer e vamos para a mesma sala e lá iremos comemorar - Você fala.

- Você se sente preparado(a)? - Eric pergunta.

  • Sim, não vejo a hora de ser minha vez
  • Não, mas é o jeito

Cena 12

about:blank
about:blank

- Entendo - Eric diz - Eu estou tão preocupado, espero que dê tudo certo para nós.

- Vai sim, eu tenho certeza - Você responde.

Mais algumas lutas se passaram, algumas tinham morte, outras não, parecia que aquelas em que alguém morria, as pessoas gostavam mais, nem se importavam que eram apenas pessoas de 18 anos perdendo suas vidas tão cedo, como Eric disse mais cedo, eles apenas se importavam com o espetáculo que as lutas iriam proporcionar, as vidas não eram interessantes.

Depois de algum tempo foi anunciado uma luta que fez seu coração acelerar ao olhar para o telão, foi anunciado o combate entre seu/sua namorado(a) contra Taylor, você não conseguia acreditar no que seus olhos assistiam, quando já estavam na arena, a luta começou, era uma luta realmente difícil entre duas pessoas que sabiam o que faziam, quando um lado acertava um soco, o outro lado também acertava, as pessoas gritavam empolgadas de ver duas pessoas tão preparadas lutando. Seu/sua namorado(a) lutava bem e você sabia disso, mas naquele dia parecia que era uma pessoa profissional lutando de tão bem que ia, porém Taylor parecia ter nascido para isso, cada golpe, cada defesa, tudo era bem feito, estrategicamente pensado e bem analisado como se conseguisse prever qual era o próximo movimento do oponente. Taylor consegue acertar um chute que derruba seu/sua namorado(a), Taylor começa a bater com muita força como se quisesse finalizar a luta, era difícil assistir aquilo, você lutava contra suas lágrimas, pois sabia que aquele era o fim da vida de alguém que era importante em sua vida, porém Taylor para de bater, se levanta e olha em sua direção e dá um leve sorriso, era como se quisesse falar que só não finalizou por sua causa. As pessoas gritavam pedindo para a luta continuar, mas o juiz chega e dá a vitória para Taylor.

- Ainda bem que seu/sua namorado(a) não foi finalizado, espero que esteja tudo bem - Diz Eric.

- Eu também espero, o pior é que não posso nem ao menos ver como ele(a) esta - Você responde.

Algumas lutas estavam sendo bem rápidas e outras mais demoradas, cada vez mais o local onde vocês estavam assistindo ficava mais vazio, até que chegou a vez de Eric que foi anunciado.

- Boa sorte Eric, nós vemos na sala dos vitoriosos - Você diz.

- Obrigado, boa sorte pra você também, sei que você vai vencer - Eric diz sorrindo enquanto sai.

Alguns minutos depois Eric chega a arena e você vê que o oponente dele era Eva, a menina da Casta de Dionísio que vocês conheceram na festa, ela e Eric pareciam tão próximos que você e Laura chegaram a achar que eles eram um casal e agora Olympia iria fazer com que eles lutassem um contra o outro. Você estava triste por ver dois amigos se enfrentarem, mas pelo menos sabia que nenhum teria coragem de matar o outro, o que fazia você se sentir aliviado(a) por não ter que perder nem Laura e nem Eric, seus dois melhores amigos.

A luta se iniciava e os dois começaram a brigar, Eva parecia saber lutar bem mais que Eric, pois ele nem tentava bater, apenas se defendia dos ataques, ele realmente não era bom em lutas, mas pelo menos se lembrava de todos os movimentos de defesa que você e Laura ensinaram várias vezes, a luta era mais lenta e demorada que as outras, o que faziam com que as pessoas ficassem com raiva, pois elas gostavam de ação e apenas Eva tinha coragem de ir para cima, enquanto Eric ficava na defensiva, até que finalmente ele teve coragem de acertá-la, as pessoas começaram a se animar, então Eric começou a entrar na luta de verdade, ambos acertavam bons golpes, mas nenhum bom o bastante para derrubar o outro e acabar a luta, tudo se encaminhava para uma vitória de Eva, já que Eric estava cansado e bem machucado, ele sangrava bastante e ela parecia intacta, até que ela conseguiu derrubar Eric, que já era o bastante para vencer, porém Eva fez algo que ninguém imaginaria, ela retirou uma adaga da bota e começou a acertar Eric, as pessoas se chocaram com tamanha brutalidade e o juiz parou a luta, Eva foi dada como vencedora e os paramédicos levaram Eric que sangrava muito enquanto chorava e gritava de dor.

Você não conseguia acreditar que isso estava acontecendo, Eva que se dizia uma amiga teve coragem de tentar matar Eric, seu coração começou a acelerar novamente e tudo que você queria saber era se Eric estava bem, mas os representas lhe impediram, até que um apareceu para dizer que era sua vez de lutar.

  • Avançar

Cena 13

https://www.pexels.com/pt-br/foto/corredor-desocupado-entrada-escurecer-2556788/
https://www.pexels.com/pt-br/foto/corredor-desocupado-entrada-escurecer-2556788/

Você saiu da arquibancada e acompanhou os representantes, era um corredor escuro e você tentava olhar ao redor para ver se conseguia encontrar Laura ou Eric, mas era impossível devido a escuridão, os gritos das pessoas cada vez mais próximo, você desceu algumas escadas até que chegou em um corredor onde os representantes pediram para você seguir em frente.

Quando começou a andar chegou na arena, as pessoas gritavam muito e viu que uma menina ruiva já estava lhe esperando, ao olhar no telão leu o nome Anna da Casta de Dionísio, a menina não parecia estranha, mas você não sabia de onde tinha visto ela, deve ter sido na festa ou algo do tipo.

Vocês estavam de frente se olhando antes do juiz autorizar o início da luta, quando a menina fala:

- Que coincidência você não acha?

- Como assim? - Você pergunta.

- Nós iremos combater, pouco tempo depois de passarmos por uma prova onde éramos colegas de equipe - Ela responde.

- Você é a menina da segunda etapa? - Você pergunta.

- Já não lembrava mais de mim? Assim fico decepcionada, mas pode deixar que não irei levar isso para o pessoal - Anna responde com um sorriso.

O juiz finalmente autoriza o início da luta e vocês começam.

Qual será o seu primeiro movimento?

  • Me defender
  • Atacar ela

Cena 14

Você fica em posição de defesa quando Anna parte para cima e começa a tentar acertar vários golpes em você, ela fazia com muita força e tentava lhe machucar a todo custo, como percebeu que você se mantinha na defensiva, ela começou a lhe chutar e intercalar entre acertar suas pernas e acertar seu rosto, mas você conseguia se proteger para evitar danos piores.

  • Avançar

Cena 15

Você parte para cima de Anna sem medo e com muita vontade, ela consegue se defender, mas ao tentar te atacar, acaba sendo acertada algumas vezes, o que faz com que ela fique mais em posição de defesa, você continuava a disferir vários golpes em Anna.

  • Avançar

Cena 16

https://www.bigodino.it/blog/15-drammi-organizzativi-per-un-compleanno-tragicamente-imperfetto.html
https://www.bigodino.it/blog/15-drammi-organizzativi-per-un-compleanno-tragicamente-imperfetto.html

Ás vezes Anna lhe acertava, outras vezes você conseguia se defender, você continuava tentando acertar ela em qualquer falha de defesa dela, a luta era bem difícil e Anna ainda gostava de lhe provocar, o que fazia com que sua raiva só aumentasse, parecia que todo o ódio que você tinha por Olympia ter feito tão mal a Diego, Eric e seu/sua namorado estavam sendo direcionador a Anna, era como sua raiva lhe controlasse, o que fazia com que os seus golpes fossem ainda mais fortes e machucavam Anna.

- Achei que você sabia correr, mas estou vendo que também sabe bater, eu não preciso de nenhuma arma, mas vou acabar com você igual minha amiga acabou com aquele seu amiguinho Eric - Diz Anna.

Aquilo só conseguia lhe fazer sentir ainda mais raiva de Anna e você começou a dar mais golpes nela.
Você deu mais:

  • Chutes
  • Socos

Cena 17

Você começou a dar vários chutes em Anna, com toda a força que conseguia, aquilo já estava lhe cansando, mas sua raiva estava tão grande que você não parava, os chutes intercalavam entre chutes na perna dela e outros na cabeça, ela se defendia, mas também acertava socos em seu rosto, você conseguia sentir o gosto do sangue na boca com cada soco, mas não sentia muito dor.

  • Avançar

Cena 18

Você começou a disferir vários socos em Anna que fazia de tudo para conseguir se proteger, alguns ela até conseguia se defender, mas outros eram tão rápidos que era impossível reagir a tempo, seu sangue fervia tanto de raiva que parecia que você tinha se tornado uma máquina e batia naquela menina com toda a sua força, elas ás vezes acertava chutes bem doloridos em seu corpo, até mesmo acertou um em seu rosto que fez com que você conseguisse sentir o gosto do sangue na boca, mas nada que lhe causasse muita dor.

  • Avançar

Cena 19

Imagem da cena

Vocês já estavam brigando a um certo tempo e a pessoas gritavam alegres, diferentes das outras lutas, não tinha um momento de respiro, vocês se atacavam a todo o momento, o que fazia todos vibrarem.

Até que chegou um momento em que em meio a tantos golpes, você acerta um chute que derruba Anna, ela estava no chão e você começa a bater nela, ela tentava te empurrar, mas você conseguiu prendê-la e começou a dar vários golpes.

O que você faz?

  • Para de bater em Anna e a poupa
  • Bate nela até finalizar

Cena 20

Você bate em Anna por mais um tempo até perceber que ela já não tinha mais forças, então se levanta e para a luta, as pessoas gritam para que você continue batendo, mas você não faz, o juiz percebe que você não iria continuar, então ele vai até Anna, bate a mão no chão enquanto conta até 10, mas ela não consegue se levantar.

As pessoas começam a gritar, algumas com raiva por você não ter finalizado, outras gritavam felizes com sua vitória, o juiz se levanta seu braço para o alto para mostrar que você venceu, você olha para o telão e vê seu rosto todo machucado, nem parecia mais seu rosto, alguns médicos chegam para ajudar Anna que consegue se levantar com um pouco de dificuldade, ela lhe olha e dá um sorriso e sai.

  • Avançar

Cena 21

Você bate em Anna por um longo tempo e com muita força, as pessoas vibravam com cada golpe que você dava, o juiz chega perto e lhe tira do lugar, pois a menina já estava desacordada, quando você é puxado(a), percebe que Anna continua caída sem se mexer, o rosto dela estava horrível e era quase irreconhecível.

As pessoas começam a gritar felizes com sua vitória, o juiz levanta seu braço para o alto para mostrar que você venceu, você olha para o telão e vê seu rosto todo machucado, nem parecia mais seu rosto, alguns médicos chegam correndo com a maca para levar Anna embora, eles a colocam na maca e você percebe que ela estava bem mole.

  • Avançar

Cena 22

Os representantes lhe chamam para sair da arena, você caminha com dificuldade, então eles te carregam até uma sala branca.

- Você vai ficar um tempo aqui nesse quarto da enfermaria enquanto seus ferimentos são tratados - Diz o homem.

- Não, eu preciso ver o Eric e a Laura - Você fala.

- Depois você os verá, primeiro é preciso tratar esses ferimentos para que eles não infeccionem, você venceu o duelo do combate, tem que estar perfeitas condições para receber sua insígnia - O homem diz.

- Eu ganhei a insígnia? - Você pergunta.

- Claro que sim, você venceu a duas etapas, é seu direto - Ele diz e vai embora.

Você se senta na cama e tenta descansar, pois estava começando a sentir as dores de cada golpe que Anna lhe deu, você sentia dores em cada parte do seu corpo. Uma enfermeira chega e pede para você tirasse suas roupas e colocasse uma daquelas roupas de hospital, você foi no banheiro e trocou de roupa, ela lhe ajudou a deitar na cama, deixou uma bandeja com comida ao lado de sua cama e saiu.

Você começou a comer e olhava por todo o quarto, era um quarto pequeno, todo branco, com uma janela bem pequena no alto, ele tinha uma televisão que a enfermeira deixou ligada para você assistir. Quando você foi pegar o suco que estava na bandeja viu um envelope laranja e começou a ler.

"Querido(a) S/N, inicio essa carta lhe parabenizando por ter feito um trabalho tão incrível, seu talento e coragem ao enfrentar a prova que ajudei a criar, me animou e por isso seria uma honra ter alguém como você em nossa casta, espero que no final você tome a decisão certa, que as bençãos caiam sobre você, Ares"

Você nem acreditava que tinha lido isso, a Casta de Ares era uma casta muito grande e importante, mas você não imaginava que iria recebe-la já no hospital, mesmo sendo algo tão bom, você nem conseguiu comemorar muito, pois sua mente só pensava em Eric.

Você encontrou um final secreto!
Jogue novamente pare ler os outros finais 😀

Cena 23

Os representantes lhe chamam para sair da arena, você caminha com dificuldade, então eles te carregam até uma sala branca.

- Você vai ficar um tempo aqui nesse quarto da enfermaria enquanto seus ferimentos são tratados - Diz o homem.

- Não, eu preciso ver o Eric e a Laura - Você fala.

- Depois você os verá, primeiro é preciso tratar esses ferimentos para que eles não infeccionem, você venceu o duelo do combate, tem que estar perfeitas condições para receber sua insígnia - O homem diz.

- Eu ganhei a insígnia? - Você pergunta.

- Claro que sim, você venceu a duas etapas, é seu direto - Ele diz e vai embora.

Você se senta na cama e tenta descansar, pois estava começando a sentir as dores de cada golpe que Anna lhe deu, você sentia dores em cada parte do seu corpo. Uma enfermeira chega e pede para você tirasse suas roupas e colocasse uma daquelas roupas de hospital, você foi no banheiro e trocou de roupa, ela lhe ajudou a deitar na cama, deixou uma bandeja com comida ao lado de sua cama e saiu.

Você começou a comer e olhava por todo o quarto, era um quarto pequeno, todo branco, com uma janela bem pequena no alto, ele tinha uma televisão que a enfermeira deixou ligada para você assistir. Quando você foi pegar o suco que estava na bandeja viu um envelope violeta e começou a ler.

"Querido(a) S/N, inicio essa carta lhe parabenizando por ter feito um trabalho tão incrível, seu talento e coragem ao enfrentar a prova e principalmente sua vitória, causaram uma grande alegria em meu ser e por isso seria uma honra ter alguém como você em nossa casta, espero que no final você tome a decisão certa, que as bençãos caiam sobre você, Ártemis"

Você nem acreditava que tinha lido isso, a Casta de Ártemis era uma casta muito importante, mas você não imaginava que iria recebe-la já no hospital, mesmo sendo algo tão bom, você nem conseguiu comemorar muito, pois sua mente só pensava em Eric.

Você encontrou um final alternativo!
Jogue novamente pare ler os outros finais 😀

Cena 24

Os representantes lhe chamam para sair da arena, você caminha com dificuldade, então eles te carregam até uma sala branca.

- Você vai ficar um tempo aqui nesse quarto da enfermaria enquanto seus ferimentos são tratados - Diz o homem.

- Não, eu preciso ver o Eric e a Laura - Você fala.

- Depois você os verá, primeiro é preciso tratar esses ferimentos para que eles não infeccionem, você venceu o duelo do combate, tem que estar perfeitas condições para receber sua insígnia - O homem diz.

- Eu ganhei a insígnia? - Você pergunta.

- Claro que sim, você venceu a duas etapas, é seu direto - Ele diz e vai embora.

Você se senta na cama e tenta descansar, pois estava começando a sentir as dores de cada golpe que Anna lhe deu, você sentia dores em cada parte do seu corpo. Uma enfermeira chega e pede para você tirasse suas roupas e colocasse uma daquelas roupas de hospital, você foi no banheiro e trocou de roupa, ela lhe ajudou a deitar na cama, deixou uma bandeja com comida ao lado de sua cama e saiu.

Você começou a comer e olhava por todo o quarto, era um quarto pequeno, todo branco, com uma janela bem pequena no alto, ele tinha uma televisão que a enfermeira deixou ligada para você assistir. Quando você foi pegar o suco que estava na bandeja viu um envelope cinza e começou a ler.

"Querido(a) S/N, inicio essa carta lhe parabenizando por ter feito um trabalho tão incrível, seu talento e coragem ao enfrentar a prova, me animou muito e por isso seria uma honra ter alguém como você em nossa casta, espero que no final você tome a decisão certa, que as bençãos caiam sobre você, Atena"

Você nem acreditava que tinha lido isso, a Casta de Atena era uma casta muito alta, mas você não imaginava que iria recebe-la já no hospital, mesmo sendo algo tão bom, você nem conseguiu comemorar muito, pois sua mente só pensava em Eric.

Você encontrou um final alternativo!
Jogue novamente pare ler os outros finais 😀

Cena 25

Os representantes lhe chamam para sair da arena, você caminha com dificuldade, então eles te carregam até uma sala branca.

- Você vai ficar um tempo aqui nesse quarto da enfermaria enquanto seus ferimentos são tratados - Diz o homem.

- Não, eu preciso ver o Eric e a Laura - Você fala.

- Depois você os verá, primeiro é preciso tratar esses ferimentos para que eles não infeccionem, você venceu o duelo do combate, tem que estar perfeitas condições para receber sua insígnia - O homem diz.

- Eu ganhei a insígnia? - Você pergunta.

- Claro que sim, você venceu a duas etapas, é seu direto - Ele diz e vai embora.

Você se senta na cama e tenta descansar, pois estava começando a sentir as dores de cada golpe que Anna lhe deu, você sentia dores em cada parte do seu corpo. Uma enfermeira chega e pede para você tirasse suas roupas e colocasse uma daquelas roupas de hospital, você foi no banheiro e trocou de roupa, ela lhe ajudou a deitar na cama, deixou uma bandeja com comida ao lado de sua cama e saiu.

Você começou a comer e olhava por todo o quarto, era um quarto pequeno, todo branco, com uma janela bem pequena no alto, ele tinha uma televisão que a enfermeira deixou ligada para você assistir.

Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Não perca o próximo capítulo!

Miss Chanandler Bong ainda não publicou o próximo capítulo.


Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

Anterior
O que você achou deste capítulo?
Paulo André

Paulo André Quase chorei na parte do Eric, ou muito sensível;-;
Ódio da Eva mano Ò-Ó

2d 13 ResponderMais
☽ 𝖓𝖎𝖓𝖍𝖆 ☾

☽ 𝖓𝖎𝖓𝖍𝖆 ☾ ta, posso matar a Eva agora ou deixo pra depois?

2d 8 ResponderMais
Cat bread

Cat bread essa história tá muito perfeita, ansiosa pro próximo episódio

2d 7 ResponderMais
my conquister

my conquister ganhei uma carta de Ares com um final alternativo

e eu achando que se poupasse a Anna eu poderia receber uma carta de Zeus pela honra na luta e por ter misericórdia 🤡🤡🤡🤡

2d 5 ResponderMais
Tally

Tally Eu queria ter lutado com a Eva para matar ela sério odeio essa menina. Velhooo cadê o Eric ?? Tô preocupada espero que ele esteja bem. Ansiosa para os próximos capítulos/episódios e para ver o que vai rolar heheh Continua tô amando.

2d 4 ResponderMais
Anna/Zero Two

Anna/Zero Two Eu queria ter a oportunidade de desfigurar a cara dessa Eva até ela esquecer qual o nome dela

1d 4 ResponderMais
Vitor Lima

Vitor Lima pera ai você realmente mata a anna dependendo da sua escola ?

2d 3 ResponderMais
Thxxredz

Thxxredz Muito bom!

Obrigado pelo capítulo <3

2d 3 ResponderMais
Jujuba Mazato

Jujuba Mazato A espera do próximo, tá muito bom.

2d 3 ResponderMais
Black Swan

Black Swan MDS! Que tiro foi esse???? Que capítulo foi esse??? Não, sério... Eu tô em choque! Vou matar a dona Eva! Não quero saber, ninguém machuca meu bebê Eric! 😤 E caramba... Lutar justo com a Anna! É muita coincidência! Tá de parabéns, ainda tô nocauteada com esse capítulo kkkkk 😵😍💖😂

2d 3 ResponderMais

WebFic

Entre no WebFic para ler & interagir com suas webfics favoritas!

Cancelar
Cancelar