ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 105

Lobos

Publicado em 09/01/2021

Após a última prova, S/N ainda está se recuperando da luta e buscando por seus amigos, além de receber informações inesperadas.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Você dormia tranquilamente quando acorda com o representante que lhe chamava, você retira a venda que tampava seus olhos e ao olhar pela janela do carro, percebe que já era fim de tarde.

- Você já está em Eólia - Diz o representante.

- Nossa, eu dormi tanto que perdi a noção do tempo - Você fala.

- Eu entendo, você se cansou muito - Ele diz.

- Sim, tudo ainda parece um sonho, nem acredito que aconteceu de verdade - Você fala.

- Está mais para um pesadelo né? - Ele pergunta rindo.

- Com certeza, foi um péssimo pesadelo - Você responde.

- Agora vamos no hospital para cuidar desses machucados? - Ele pergunta.

- Sim, isso está doendo mais do que deveria - Você fala.

- Eu imagino, são muitos cortes, acredito que sujou o banco de sangue - Ele diz enquanto colocava a mão no rosto como se estivesse fazendo drama.

- Seu único problema é o sangue no carro? - Você pergunta.

- Estou brincando criança, agora vamos para o hospital - Ele diz rindo enquanto tirava o sinto do carro.

- Espera! - Você fala impedindo que ele saia do carro.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- Vou precisar da sua ajuda para sair do carro, ainda estou sem forças - Você responde.

- Certo, vou ajudar, mas não se acostume, eu sou apenas um simples motorista - Ele fala.

- Hoje você realmente está dando uma de comediante - Você diz.

- É a minha forma de esconder meu nervosismo - Ele fala.

- Tenho um amigo que também é assim - Você diz.

- Ele é muito esperto por usar essa tática - Ele fala.

- Será mesmo? - Você pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

O representante sai do carro, abre a porta onde você estava e lhe ajuda a sair do carro, você se apoia nele e ele te ajuda a chegar no hospital mas bem lentamente pois dessa vez aquele leão realmente tinha te machucado, você não se sentia tão dolorido(a) assim desde o combate na arena de Olympia, mas felizmente em ambas as situações, saiu com a vitória.

Depois de muito sofrimento e dores, vocês finalmente chegam no hospital e como já imaginava, Suzana veio correndo desesperada em sua direção para saber o que estava acontecendo.

- S/N? - Ela diz.

- Oi Suzana, quanto tempo - Você fala.

- Você está bem? - Ela pergunta.

- Sim, só com um pouco de dor - Você responde.

- Representante, me ajude a levar S/N para um dos quartos - Suzana fala.

- Claro que sim - Ele diz.

Você estava bem machucado(a), mas ainda conseguia andar mesmo com dificuldade, mas naquele momento se sentiu bem estranho(a) pois o representante te segurou do lado direito e Suzana te segurou do lado esquerdo fazendo com que você levantasse e eles te carregaram até um dos quartos.

- S/N, não se preocupe, você vai ficar bem - Diz Suzana.

- Eu sei Suzana, não se desespere - Você fala.

- Como não se desesperar? Parece que todos os alunos estão voltando machucados, não sei se tem médico para tanta gente - Ela diz.

- Suzana, acho que isso não é algo que você pode falar - O representante fala confuso.

- Ah, sinto muito S/N, ver você e todos os outros alunos nessas situações me causou desespero, eu vou sair para encontrar alguém para te ajudar com os seus machucados - Ela diz tentando manter a calma.

- Tudo bem, os medicamentos que você me deu já estão ajudando bastante - Você fala.

- Pode ir Suzana, vou ficar com S/N até você voltar - Diz o representante.

- Muito obrigada senhor, eu volto logo - Suzana fala e sai.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

- Coitada, a mulher vai enlouquecer - Diz o representante assim que Suzana sai.

- Ela deve estar lidando com muita coisa hoje - Você fala.

- Ela parece se importar bastante com você - Ele diz.

- É, desde quando eu estava na Casta que ela me trata assim - Você fala.

- Pelo jeito você é uma pessoa com uma enorme fã base - O representante diz rindo.

- Acredito que seja uma fã base do meu pai que está espelhando ele em mim -Você fala.

- Não diga isso, você também tem muitos talentos - Ele diz.

- Mas não os mesmo que meu pai - Você fala.

- Não acho, vocês são pessoas diferentes, ele era mais racional, já você age mais com o sentimento - Ele diz rindo.

- Mas isso é muitas vezes visto como o meu defeito - Você fala.

- Claro que não, é preciso muita coragem para colocar aqueles que ama a frente de suas próprias vontades - Ele diz.

- Ou muita burrice - Você fala.

- Um dos grandes motivos que eu aposto que você será um(a) grande guerreiro(a) não é apenas por ser filho(a) de seu pai ou por ser um(a) incrível lutador(a), mas também é devido o modo como você pensa, você não age por impulso e nem por egoísmo, sempre pensa no bem maior, você tem as atitudes de um(a) líder que poderia proteger uma nação - Ele diz.

- Acho que você é um dos poucos que pensa assim, os outros sempre ficam decepcionados por eu pensar muito em meus amigos ou quando não "finalizo" alguém que eles não gostam - Você fala.

- Esse lugar faz isso com as pessoas, ele não cria seres pensantes com opiniões próprias, ele cria pessoas com um enorme domínio de conhecimento naquilo que eles querem - Ele diz.

- Nossa, não esperava ouvir isso de representante - Você fala.

- Não conte para ninguém, se não vou ser demitido - Ele diz rindo.

- Pode deixar, esse será mais um de nossos segredos - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

- Você sabe mais sobre meu pai? - Você pergunta.

- Eu sei algumas coisas, mas não tanto quanto você queria - Ele responde.

- Me fala mais sobre ele - Você fala.

- Seu pai era bem diferente de você, ele era um "lobo solitário" já você é como um filhote do lobo que gosta de andar em bando - Ele diz rindo.

- Isso não é verdade, eu acabei de fazer uma prova sozinho(a) - Você fala.

- Aposto que em algum momento da prova pensou se o resto do seu bando estaria bem e se tinha conseguido vencer - Diz o representante.

- Mas é claro, eu me preocupo com eles - Você fala.

- Porque eles fazem parte do seu bando, um bom lobo é fiel ao seu bando e protege os mais fracos - Ele diz.

- Não fala assim dos meus amigos, eles não são fracos - Você fala.

- Tá bom, foi sem querer, eles não são fracos, mas ainda tem o que melhorar - Ele diz.

- Agora ficou melhor - Você fala.

- Mas vamos ser sinceros, claramente você e Laura são alfa naquele bando - Ele diz rindo.

- Quanta maldade com Eric e Sam - Você fala.

- Sam tem muito potencial, precisa de um pouco mais de confiança e Eric parece ser do tipo mais pacifista que só esta aqui porque foi obrigado - Ele diz.

- Pior que você tem razão - Você fala.

- Eu sou bom em interpretar as pessoas - Ele diz orgulhoso.

- Você é bom em julgar as pessoas - Você fala.

- Pode ser também, mas não se irrite - Ele diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

- Mas que história é essa do meu pai ser um "lobo solitário"? - Você pergunta.

- Ninguém nunca te falou sobre isso? - Ele pergunta.

- Não - Você responde.

- Seu pai conheceu sua mãe em Olympia, eles se apaixonaram e construíram um "mundo" onde só existia eles dois - Ele diz.

- Disso eu sei - Você fala.

- Seu pai estava tão apaixonado que contrariou todos os superiores e resolveu ir para a Casta de Hefesto já que era a que sua mãe queria ir - Ele diz.

- Também sei disso - Você fala.

- O que você não sabe é que sua mãe acabou engravidando quando ainda era uma aluna, então ela não pôde fazer parte dessa competição para ser um guerreiro - Ele diz.

- O quê? - Você pergunta.

- Acho que ela não contou para você para não ficar mal vista ou para você não seguir os mesmos passos que seus pais e ter um filho tão cedo - Ele responde.

- Eu não acredito nisso - Você fala.

- Sua mãe estava grávida naqueles que deveriam ser os períodos de aprendizado, o que acabou irritando os deuses, porém seu pai fez um acordo que se eles não penalizassem ela, ele iria participar da competição e se tornaria guerreiro, os deuses amaram a ideia pois o queriam desde o início de Olympia já que ele era muito bem treinado e forte. Então sua mãe apenas foi expulsa do colégio, mas teve direito de poder viver sua gravidez tranquilamente na Casta de Hefesto - Ele diz.

- Ela nunca me falou isso - Você diz sem acreditar no que ouvia.

- É nesse momento que entra o momento "cavaleiro solitário" de seu pai, como ele não queria que a esposa e o bebê sofressem nenhuma consequência, ele se dedicou mais que qualquer outra pessoa, sempre ia muito bem nos treinos e nas provas, fazia tudo como os deuses queriam, ele nunca fazia amizades e nem criava laços, apenas formava equipes por interesse, assim ele não se apegaria a ninguém e não teria problemas quando fosse necessário enfrentar essas pessoas em outras provas - Ele fala.

- Ele era assim? - Você pergunta.

- Sim, os deuses ficaram encantados com tanta paixão e dedicação, não havia nada que seu pai não fazia para agradar os deuses, ele foi ficando adorado até entre as outras pessoas, era um exemplo de devoção, então ninguém se surpreendeu ao ver que ele conseguiu se tornar guerreiro e que conseguiu um pouco dos poderes de cada um, mas quando isso aconteceu, ele começou a passar bastante tempo lá no Olimpo e com isso foi aumentando ainda mais a fama entre as Castas, ele era uma lenda viva, toda vez que tinha uma missão em alguma Casta, as pessoas sempre o recebia com aplausos e flores, todos queriam ver ele chegar com o cavalo que ele tanto amava, um enorme cavalo negro chamado de Alpha - O representante responde.

- Eu já vi fotos desse cavalo, mas nunca o vi pessoalmente - Você diz.

- Eu o vi uma vez quando seu pai visitou minha Casta, era muito bonito - Ele fala.

- Eu não sabia de nada disso - Você fala.

- Infelizmente, as pessoas resumem seu pai a três momentos, o primeiro momento foi o sucesso em Olympia, o segundo sobre ele ter se apaixonado e escolher a "pior Casta" e o terceiro é por ele ser um guerreiro tão incrível que morreu pelos deuses e as Castas, mas esquecem que durante tudo isso, foram muitos anos de glórias - O representante fala.

- Isso é verdade, mas não foram tantos anos de glórias né - Você fala.

- Infelizmente sim, seu eu não me engano, sua mãe engravidou quando eles tinham 20 anos se não me engano - Ele diz.

- Isso mesmo, e o meu pai morreu quando eu tinha 8 anos e agora tenho 18 - Você fala.

- Foi uma vida curta, mas de muitos feitos incríveis - Ele diz.

- Como você sabe tanto sobre meu pai? - Você pergunta.

- Ele é alguém que estudamos muito já que é considerado uma lenda - Ele responde.

- E você sabe sobre a morte dele? - Você pergunta.

- Até a morte dele é motivo de admiração das pessoas, até onde eu sei, ele morreu em um combate, dizem que foi uma situação muito feia, vários guerreiros morreram - Ele responde.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

Você ainda tentava absorver tudo aquilo que tinha ouvido sobre seu pai quando escuta alguém batendo na porta e quando abre, era uma médica.

- Olá S/N, como está? - Ela pergunta.

- Estou com muitos machucados - Você responde.

- Estou vendo que alguns são mais profundos, o que irá ser necessário de alguns pontos - Ela fala enquanto analisava cada um de seus machucados.

- É, eu imaginei - Você diz.

- Mas até parece que você está reagindo bem a dor - Ela fala.

- S/N é forte, não iria se abalar tão facilmente - O represente diz.

- Que nada, só pareço bem porque Suzana me deu uns remédios tão forte que acho que nem sinto meu corpo direito - Você fala.

- Agora faz sentido - A médica diz rindo.

- Que decepção, achei que isso tudo era força mental - O representante fala.

- Eu ainda preciso aprender muito para ter tanto controle para que meus machucados não me incomodem - Você diz.

- Tudo bem, um dia você chega lá - Ele fala rindo.

- Eu espero - Você diz.

- Agora vou deixar você com a doutora pois sei que está em boas mãos, se cuide e nos vemos na próxima prova - Ele fala se levantando da poltrona.

- Certo, muito obrigado(a) - Você diz acenando.

- Ah e vê se toma um banho, você está cheirando a cachorro molhado - O representante diz rindo.

- Mas é claro, eu acabei de sair de uma floresta onde lutei com animais, que cheiro você esperava? - Você pergunta sem acreditar no que tinha acabado de ouvir.

- Eu sempre espero mais de você - Ele responde e sai.

- O cheiro está muito ruim? - Você pergunta para a médica.

- Sendo sincera, não é bom, mas já lidei com coisa bem pior - Ela responde rindo.

- Que vergonha, prometo que vou tomar um banho - Você diz fazendo ela rir ainda mais.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Algumas horas tinham se passado, a médica já tinha feito os curativos em seus machucados e graças ao medicamento, você já não sentia tanto as dores, felizmente, eles trouxeram uma roupa do hospital e você pode tomar banho pois sabia que a qualquer momento poderia receber a visita de um de seus amigos e não queria recebê-los com um cheiro horrível.

Você estava sozinho(a) naquele quarto e não conseguia dormir, já que só conseguia pensar em seus amigos, será que eles ainda estavam fazendo a prova? Será que eles já tinham terminado, mas estavam no hospital? Será que conseguiram capturar o ser certo?

Esses questionamentos não saíam da sua mente e isso já estava te causando agonia porque além de tudo, tinha que ficar naquele quarto devido aos seus machucados, então não conseguia pegar informações com ninguém, sua única esperança era Suzana aparecer para pedir alguma informação deles.

Seus pensamentos são interrompidos quando vê Suzana e alguns enfermeiros que entravam com uma cama, tinha alguém deitado, mas você não conseguia ver pois a pessoa estava com o rosto coberto pelo enorme curativo que ela tinha.

- S/N, hoje o hospital está um pouco mais cheio, então agora você terá companhia em seu quarto - Diz Suzana sorridente.

- Quem é? - Você pergunta.

- É um menino da Casta de Hermes, ele teve o azar de enfrentar um quimera e ela acertou fogo no rosto dele, coitadinho - Ela responde.

- Ele vai ficar bem? - Você pergunta.

- Vai sim, só que vai passar um tempinho para se recuperar - Ela responde.

- Caramba, isso deve doer - Você fala.

- Sim, o pior é que ela deixou ele desacordado, então você vai ter uma companhia, mas não poderá falar com ela - Ela diz.

- E como vai ser quando a nova prova chegar e ele estiver desacordado? - Você pergunta.

- O quê? Ele não conseguiu capturar a quimera, assim que ele acordar, ele vai ser eliminado - Ela responde.

- Sério? - Você pergunta sem acreditar.

- Claro, ele não conseguiu fazer o básico da prova, pense em uma prova normal de escola, se você não atinge a pontuação mínima, os professores não vão te passar - Ela responde.

- Mas essa não é uma prova fácil, uma quimera é bem difícil de vencer - Você diz.

- Não posso fazer nada, não é culpa da prova de matemática se o aluno não sabe fazer conta - Ela fala e sai.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Assim que Suzana sai da sala junto dos enfermeiros, você fica paralisado(a) pois nem conseguia acreditar no que tinha acabado de ouvir pois mesmo sabendo que os superiores eram tão bonzinhos, você não imaginava que eles iriam tratar os alunos com tanta frieza.

Pelo jeito, aquela seria uma prova que iria eliminar muitas pessoas na melhor das hipóteses, pois ainda havia a chance da pessoa acabar morrendo dependendo do ser mitológico que ela acabasse pegando.

Será que teriam muitas pessoas como esse menino e que nem ao menos sabiam que seriam eliminadas? Isso só lhe fazia pensar ainda mais em seus amigos, o pior é que sua surpresa tinha sido tão grande que acabou esquecendo de perguntar para Suzana se ela sabia algo sobre eles.

Felizmente Laura era a menor das suas preocupações pois sabia que ela iria conseguir, mas mesmo assim ainda sentia um pouco dela acabar tendo um machucado mais grave.

Suas maiores preocupações eram Eric e Sam pois ambos tinham uma certa dificuldade com esse tipo de prova contra seres mitológicos já que ainda carregavam o trauma de quase morrerem em um combate. Então você tinha muito caso um deles sofresse alguma lesão ou se até mesmo ficasse igual aquele menino, você não queria reviver o péssimo sentimento de ter um amigo internado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

Você passou tanto tempo pensando em seus amigos que acabou dormindo, porém assim que acordou, já se sentia melhor, então se levantou da cama e saiu do quarto para ir até a recepção em busca de informações sobre seus amigos.

Durante a caminhada no corredor, você passava por muitas salas e pessoas, o lugar estava bem cheio e o sentimento era horrível, ao passar por uma sala, conseguia ouvir o som desfibriladores sendo utilizados, médicos passavam correndo por um lado e para outro, alguns alunos choravam sentados no chão.

Você finalmente chega na recepção e procura por Suzana, mas como não a encontrou, resolveu pedir ajuda para uma outra moça que estava lá.

- Olá, bom dia - Você fala.

- Bom dia - Ela diz e olha espantada para você.

- Aconteceu algo? - Você pergunta.

- Você é paciente, deveria estar deitado(a) e descansando - Ela responde brava.

- Eu sei disso, mas não foi nada grave, pode ficar tranquila - Você fala.

- Não importa, são machucados recentes que podem abrir ou infeccionar - Ela diz.

- Eu já vou voltar para meu quarto, só preciso de uma informação - Você fala.

- Que informação? Dependendo do tipo de informação, eu não posso passar - Ela diz.

- Eu só queria saber alguma informação dos meus amigos que fizeram prova ontem, por favor - Você fala.

- Quais são os nomes? - Ela pergunta.

- Eric, Laura e Sam - Você responde.

- Só um minuto, vou procurar no sistema - Ela diz.

- Certo - Você fala feliz.

- Bom, Sam e Eric estão no mesmo quarto, o 015, já Laura está em um quarto individual, o 027 - Ela diz.

- Muito obrigado(a) - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

Assim que a mulher passa as informações sobre seus amigos, você vai em direção ao quarto 015 onde estaria Eric e Sam pois sua preocupação era maior com eles por medo de algo grave ter acontecido.

Você caminha pelos corredores com um pouco de dificuldade pois ainda estava machucado(a), mas finalmente encontra o quarto e logo entra. Eric ainda dormia, já Sam tinha acordado e felizmente ambos pareciam bem.

- S/N! - Diz Sam alegre.

- Sam, que bom te ver - Você fala indo em direção a ele(a).

- Também estou tão feliz em te ver, como você está? - Sam pergunta.

- Estou bem e você? - Você pergunta.

- Estou bem, com dores, mas nada muito grave - Sam responde.

- Isso é o que mais importa - Você fala.

- Verdade - Sam diz.

- E ele? - Você pergunta se virando para Eric que dormia.

- Está bem também, apenas fazendo drama, mas nada sério - Sam responde.

- Isso é muito bom, pelo jeito não tivemos nada grave - Você diz.

- Acho que não. E a Laura? - Sam pergunta.

- Ela está em outro quarto, daqui a pouco irei vê-la - Você responde.

- Mas ela deve estar bem - Sam fala.

- Disso eu tenho certeza - Você diz.

- E como foi a prova? - Sam pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Foi difícil
  • Foi divertida
  • Assustadora

Cena 11

- E o que você achou? - Você pergunta.

- Não posso negar que senti medo, aquela floresta era muito estranha - Sam responde.

- Verdade, aquele lugar parece que foi criado para nos enlouquecer - Você diz.

- Qual animal teve que capturar? - Sam pergunta.

- Um leão - Você responde.

- O de Neméia? - Sam pergunta sem acreditar.

- Acho que sim - Você responde.

- Isso é incrível S/N, o leão de Neméia é uma das criaturas mais poderosas - Sam fala.

- Eu sei, nem acredito que consegui capturá-lo - Você diz.

- Você é uma pessoa admirável S/N - Sam fala.

- Obrigado(a), mas e você, o que capturou? - Você pergunta.

- Um minotauro, até que foi bem tranquilo - Sam responde.

- Mas é uma criatura bem forte também - Você diz.

- É, tive sorte - Sam fala.

- Eu tive que capturar um ciclope, ele era horrível e tinha um sorriso estranho - Diz Eric com voz sonolenta.

- Eric, você acordou! - Você fala indo em direção a ele.

- Tão bom te ver S/N - Ele diz.

- Também estou feliz em te ver, estava tão preocupado(a) com você - Você fala.

- Não esperava que a gente iria conseguir? - Eric pergunta.

- Claro que não, só era preocupação normal - Você responde.

- Estou brincando, mesmo sabendo que você sabe se cuidar, eu fiquei preocupado com você - Ele diz.

- E acabei me machucando feio, mesmo "sabendo me cuidar" - Você fala.

- Isso é normal, cicatrizes contam histórias e nos deixam sexy - Eric diz rindo.

- Não acredito que você disse isso - Você fala.

- Acho que são os efeitos do remédio - Ele diz rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

- Mas agora me diga, onde está Laurinha? - Eric pergunta.

- Ela está em um dos quartos, ainda vou até lá para vê-la - Você responde.

- O quê? Você deveria ter ido lá primeiro - Eric diz.

- Calma, é a Laura, ela vai estar bem - Você fala.

- Eu sei que ela é igual a você, então teimosa do jeito que ela é, já teria fugido do quarto para nos procurar - Eric diz.

- Você tem razão, acho que tenho que ir atrás dela - Você fala.

- Nós vamos também - Diz Eric saindo da cama.

- Tem certeza? Vocês estão bem para isso? - Você pergunta.

- Claro que sim, não vou deixa a Laura só - Eric responde.

- Nós podemos ir, não se preocupe - Sam fala.

- Então vamos logo porque o Eric conseguiu me deixar preocupado(a) - Você diz.

- Se acalmem, não vai ser nada demais, ela só deve estar dormindo mais do que o normal por estar cansada - Sam fala.

- Espero que você tenha razão, se não vou enlouquecer - Eric diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 13

Vocês três caminham pelo hospital em passos lentos devido aos machucados e ás vezes até mesmo tinham que parar para recuperar o fôlego, mas finalmente conseguem chegar ao tal quarto 027 e ao entrar se surpreendem pois Laura não parecia estar apenas dormindo, mas sim sedada, ela fazia uso de aparelhos.

- O que está acontecendo? - Sam pergunta.

- Eu não faço a menor ideia - Você responde.

- Laura, você me ouve - Eric fala enquanto a balançava.

- Não faz isso, pode machucar ela - Sam diz.

- Eu preciso saber o que está acontecendo, ela está com vários machucados e curativos - Eric fala já em desespero.

- Crianças, o que fazem aqui? - Diz Suzana.

- Suzana, o que aconteceu com a Laura? - Você pergunta.

- Vocês deveriam estar em seus quartos descansando - Ela diz.

- Diga primeiro o que está acontecendo com a Laura e nós iremos sair - Você fala.

- Eu vou contar, mas por favor, mantenham a calma pois temos muitos ótimos médicos qualificados - Suzana diz e faz uma pausa.

- Fala logo - Eric grita.

- Vocês conhecem uma Equidina, a famosa "Mãe dos Monstros"? - Suzana pergunta.

- Sim - Vocês respondem.

- Ela foi sorteada para lutar com a Laura. Como vocês sabem, metade do corpo da Equidina é serpente e já no final da prova, ela despertou enquanto estava sendo transportada e soltou um veneno na Laura - Suzana responde.

- O quê? - Vocês perguntam.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
bruna ⚤︎/⚢︎

bruna ⚤︎/⚢︎ tá, ngm me pediu, mas aq estão as minhas reações em algms cenas dos caps (leia dps q acabar o cap 😼)

*literalmente tds as interações do representante com S/n*

MANO, EU TO SURTANDO??!?!?!??!?!?!? TIPO, EU VIA O REPRESENTANTE COMO UM VELHINHO DE SLA 70 ANOS, AGR ELE TEM 20 NA MINHA CABEÇAUWUWJAI
ALÉM DISSO, FOI SÓ EU FALAR SOBRE ESTAR APAIXONADE PELO ITALO NOS COMENTÁRIOS DO OUTRO CAP E GERAL FALAR Q TAVA APAIXONADE PELO REPRESENTANTE Q A MISS COLOCOU INTERAÇÃO P KRL COM ELEHSHWJWJ representantes stans estão chorando de felicidade agr
tbm to bem brave pq ele me iNSULTOU, ME CHAMOU DE FEDIDE 😭😭😭😭

*a conversa sobre o pai de S/n*

gnt, sei q é td um mistério ou sla, mas eu vou ficar mto triste se, tipo, o pai de S/n fosse super dedicado à casta, tipo taylor, sabe? cegx p krl. tá, ele abandonou td por amor, mas vai q, né 😩✋🏼

*s/n pedindo informação p mulher da recepção*

esse vai ser bem breve, mas eu aMO COMO S/N NUNCA QR SABER DX TAYLOR WUBWJWJWJSJJS, elxs tem q se esbarrar no corredor do hospital p s/n lembrar da existência delxHSJSIWJWJA

*laura quASE MORRENDO*

LAURA, SEGURA MINHA MÃO, EU TO AQ, VOCÊ VAI VIVER CALMAAA RESISTE MAIS UM POUCO, MENNINAAAAAAAAA eu te amo cara n morre faz favor 😭

9/01/21 26 ResponderMais
LeBlanc_Fox

LeBlanc_Fox O QUÊ?!!!
POR FAVOR AUTORA QUE LAURA NÃO MORRA!!
juro que choro...

Morri de rir com o representante e o Eric.

Por favor Miss que Laura fique bem,please

9/01/21 14 ResponderMais
Luck C 😜👽🖖

Luck C 😜👽🖖 AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, Laura não pode morrer!!!! E nem ser eliminada!!!!! Não vou aguentar se algo disso acontecer!!!! Laura!!!!!!!!!!!
Eu pensando que iria comentar do representante que contou coisas do meu pai, isso foi incrível mesmo, adorei isso, o representante é muito querido, será que ela já nos conhecia? Tipo desde criança? Ou que ele é meu pai?? Sim eu me boto muito no personagem.

Lauraaaaaaaaa!!!!! Acorda!!!!! E esteja bem!!!!!
É sacanagem a Laura ter que lutar com uma equidna! Sei que ela é super forte, a melhor na vdd, mas sacanagem, parece até que foi planejado pra ela não conseguir, mas pq fariam isso?? Ela é ótima! Pq tirariam uma guerreira tão boa da competição? Ela tem que acordar e estar bem!!!!!! E não pode ser eliminada de jeito nenhum!!!!!
Como sempre ameiiiiii ♥️♥️♥️, e vc Miss sempre me matando de curiosidade
🙄 Kkkkkkkk

Ameiiiiii ♥️♥️♥️

9/01/21 11 ResponderMais
Helo_Isa

Helo_Isa Amei o representante, ele é muito legal, finalmente entendi pq o pai de S/N era tão cego em relação aos deuses. Melhor representante de todos ♥️
Estou morrendo de medo pela Laura, ela conseguiu passar pela prova e ainda foi envenenada. Por favor, que ela fique bem 🥺
Capítulo surpreendente 🥰

9/01/21 8 ResponderMais
@;;𝙠𝙖𝙤𝙧𝙤𝙠𝙖𝙩𝙞𝙚

@;;𝙠𝙖𝙤𝙧𝙤𝙠𝙖𝙩𝙞𝙚 LAURA POR FAVOR NÃO MORRA AAAAAAAA
JUSTO ELA MANO, SE ELA MORRER EU CHORO— 😭
Espero mil vezes que ela fique bem, mesmo em estado grave, sejamos otimistas.
Ainda bem que pelo menos Eric e Sam estão bem, infelizmente vamos de ansiedade pela Laura.

Sobre o representante, eu amei quando ele se ofereceu a contar um pouco mais sobre a história do pai de S/N. Agora deu pra perceber que parte da dedicação dele em sua vida como guerreiro foi pela mãe de S/N. Tudo o que ele queria era o bem dela, e por isso ele fez aquele trato com os Deuses e aconteceu aquela história toda.
Com todo o esforço e treino do pai de S/N, ele foi reconhecido por todas as Castas e se tornou o guerreiro mais famoso.
Eu resolvi anotar todas essas informações do capítulo pois achei interessante kkk

A partir de agora, considero esse representante oficialmente como um dos melhores amigos de S/N :)
Por mim, o representante é muito mais um pai para S/N do que um interesse romântico.
Eu sei que ele tem todas as qualidades pra ser um par romântico, eu sei, mas sei lá.... acharia estranho KKKK
O que eu falei no meu comentário anterior sobre S/N ficar com o representante era brincadeira, ok?

Miss, vc caprichou de mais nesse capítulo, consideraria como um dos melhores que eu já li 🥺✨🧡

9/01/21 7 ResponderMais
Victor Daniel De Souza Pereira

Victor Daniel De Souza Pereira Obg pelo capitulo

9/01/21 5 ResponderMais
✨💞💗

✨💞💗 Eu to chocada,a Laura ñ Pd morrer,ela ñ 😭,ainda bem q pelo menos Eric e Sam estão bem,eu amo o representante,ele é mt engraçado e agora ainda mais por ele ter me feito entender mais sobre a história do pai de S/N,agora entendi aquela dedicação todas ao deuses,eu ñ entendo pq minha Laura tinha q enfrentar logo aquela criatura😭estou aqui mt ansiosa para o próximo para saber Laura vai ficar bem

9/01/21 5 ResponderMais
Bebelly

Bebelly Queria por o representante num potinho de tão legal que ele é

9/01/21 5 ResponderMais
K-poperotaku

K-poperotaku Perfeito

9/01/21 4 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca Está perfeito como sempre ♥️♥️ Miss pelo amor de Deus se vc matar a Laura eu juro q eu morro junto! Sinhora, falar morro de morrer parece q escrevi errado... Aiai o Representante é perfeitooo né kkkk aiai finalmente um ser q fala sobre nosso pai! N aguentava mais! Nossinhora eu vou matar a Selenaa infernoooooooooooooooooooooooooooo q mulher des***çadaaaaa!

9/01/21 4 ResponderMais
Cancelar