ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 116

Repentino

Publicado em 29/01/2021

Após a prova, chega o momento de ir embora, porém uma surpresa aparece no caminho de S/N.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Você e Eva terminaram a prova e estavam caminhando em direção a saída para encontrar com os representantes e finalmente poder voltar para Eólia.

- Ainda bem que essa prova não foi tão difícil - Diz Eva.

- Você não achou difícil? - Você pergunta.

- Foi difícil, mas ela foi melhor do que imaginei - Eva responde.

- Como assim? - Você pergunta.

- Eu tive o prazer de comandar uma equipe e conheci guerreiros de verdade - Eva responde.

- É, foi bem interessante conhecer eles dois - Você fala.

- Só me fez ter ainda mais certeza de que quero ser uma guerreira, quero que as pessoas olhem para mim com tanto respeito quanto olham para eles, quero também fazer parte de missões importantes - Ela diz.

- Que bom que você se identificou com eles - Você fala.

- Não tem como não se identificar, eles são tudo o que sempre quis ser. Desde quando era nova, sempre senti que eu era diferente dos outros, nunca quis me contentar com pouco, eu queria me tornar uma guerreira e receber o reconhecimento que tanto mereço - Diz Eva.

- Espero que você consiga - Você fala.

- Eu vou conseguir, disso eu não tenho dúvida - Ela diz.

- Certo, eu acredito - Você fala.

- E você? Não quer ser guerreiro(a)? - Ela pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Claro que quero
  • Eu ainda não sei

Cena 2

- Seria bem decepcionante para o seu pai saber que o/a filho(a) não seguiu os mesmos passos que ele - Diz Eva.

- Ele não se decepcionaria, nós somos pessoas diferentes com vontades diferentes, não é porque sou filho(a) dele que tenho que seguir os mesmos passos - Você fala.

- Você quer ir contra só por causa do seu pai? Vai se tornar rebelde? - Ela pergunta.

- Não disse que quero me rebelar, apenas tenho que basear as minhas decisões nas minhas vontades e não no que os outros acham que eu deveria fazer - Você responde.

- Tudo bem, eu entendo, ser um guerreiro não é para todos, precisa ter coragem e personalidade - Eva diz.

- E o que você quer dizer com isso? - Você pergunta.

- Você é muito emocional, coloca seus amigos acima de tudo e guarda ressentimentos por algo que eu não tive escolha, essas não são qualidades de um guerreiro - Eva responde.

- Então para ser guerreiro é preciso ser um egoísta que mata pessoas inocentes sem sentir remorso? - Você pergunta.

- Isso é o que você diz, não me arrependo do que fiz com Eric, era ele ou eu e eu não iria abrir mão de conseguir uma insígnia apenas por causa de amizade - Ela responde.

- Não sei qual é o certo para ser um rebelde, mas sei que nós temos visão bem diferentes sobre o que é ser um - Você fala.

- É, no final vamos ver quem está certo(a) - Ela diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

- Agora consigo ver que essa prova só não foi melhor porque tive que fazer equipe com você - Diz Eva.

- Como se eu quisesse fazer equipe com você, só aceitei pois era o único jeito, mas você nunca seria minha escolha - Você fala.

- Você também nunca seria a minha escolha, preferia qualquer outra pessoa, até mesmo a ex-rebelde só para não ter que lidar com pessoas desequilibradas como você e Laura - Ela diz.

- Desequilibrado(a)? Não acredito que estou ouvindo de você, parece até piada - Você fala.

- Nunca vou entender o motivo de você receber tanta atenção, deve ser por causa de seu pai pois sozinho(a) não iria conseguir nada - Ela diz.

- Vamos voltar de novo para esse assunto? Não preciso de muito para ter certeza que sou melhor que você - Você fala.

- Isso eu pago para ver, espero que um dia a gente se enfrente em algum combate, então tiramos a prova - Eva diz.

- Vou esperar por esse dia - Você fala.

- Quanta confiança, não consegue nem fazer o básico. Você é uma pessoa emocional demais, mesmo se conseguir ser guerreiro(a), não acho que vai durar muito - Ela diz.

- Eva, você deveria mais se preocupar consigo e não comigo pois eu tomo conta da minha própria vida - Você fala.

- Faça o que você bem entende, eu não me importo com você - Ela diz.

- Eu também não me importo com você - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

Você e Eva já tinham discutido tanto que caminharam o resto do caminho em silêncio para evitar ainda mais estresse, você já estava muito cansado(a) devido a prova e tudo o que menos queria era cansar ainda mais a sua mente.

Finalmente vocês chegam ao lugar onde deveriam encontrar os representantes, porém se surpreendem ao ver que não havia ninguém naquele lugar, apenas um envelope onde estava escrito " Queridos(as) Competidores(as)".

- O que está acontecendo? - Eva pergunta.

- Não faço ideia - Você responde.

- Que estranho, eles deveriam estar aqui - Ela diz.

- Lê o envelope para sabermos se tem algum aviso - Você fala.

- Certo - Ela diz e começa a ler a carta que estava dentro do envelope.

- O que está escrito? - Você pergunta.

- "Olá competidores(as), sei que vocês devem estar confusos(as) sem entenderem o motivo de não encontrar os representantes para irem embora, a verdade é que a prova ainda não acabou, ainda há uma segunda parte a ser cumprida. Como vocês já sabem, estão na Ilha de Eritia, então terão que arrumar alguma forma de sair da ilha para chegar até o outro lado e encontrar os representantes. Boa sorte e que a benevolência dos deuses caia sobre vocês" - Eva termina de ler e te olha com uma expressão desesperada.

- Isso é sério? - Você pergunta.

- Infelizmente sim - Ela responde.

- Isso não pode estar acontecendo - Você fala.

- Eu sabia que teria uma pegadinha, eles não iriam formar uma equipe que quase não ficou unida - Eva diz.

- É verdade - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Você e Eva passaram um bom tempo sem reação olhando para aquele mar tentando pensar em alguma forma de conseguir trabalhar em equipe e também sair daquele lugar.

- O representante disse que era uma ilha, mas eu nem tinha prestado atenção que o mar estava ao redor do lugar todo - Diz Eva.

- Eu também nem prestei atenção nisso - Você fala.

- Mas tem algo muito estranho - Eva diz.

- O que? - Você pergunta.

- Como chegamos até aqui de carro? - Ela pergunta.

- Deve ter sido por alguma ponte - Você responde.

- E onde essa ponte está? - Ela pergunta.

- Não faço ideia, o que você quer dizer? - Você pergunta.

- Você não acha que existe a possibilidade de ser alguma ilusão? - Ela pergunta.

- Ilusão? Não faço ideia - Você responde.

- Sim, talvez tenhamos que encontrar a ponte que está escondida - Ela diz.

- Acho que não, isso não faz sentido - Você fala.

- Sei lá, só estou desesperada e pensando em várias possibilidades - Ela diz.

- Só vamos pensar em algo para conseguir sair desse lugar - Você fala.

- É, isso é o mais importante - Ela diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

- O que vamos fazer? - Você pergunta.

- Eu não faço a menor ideia - Eva responde.

- Temos que pensar em algo para atravessar esse lugar - Você fala.

- Podemos nadar até o outro lado - Ela diz.

- Será? Isso pode ser bem cansativo - Você fala.

- Eu acho que não - Ela diz.

- É melhor pensar em outra coisa - Você fala.

- Também podemos procurar pela ponte, talvez ela esteja escondida por ilusão, não seria a primeira vez que eles nos iludem - Ela diz.

- Não tenho certeza sobre essa opção - Você fala.

- Qual outra coisa grande mente? - Ela pergunta.

- Talvez construir algo como um barco para atravessar - Você responde.

- É uma boa ideia, mas vai ser bem demorada - Ela diz.

- Eu sei, só estou pensando nas possibilidades - Você fala.

- Mas o problema é que se essa prova levar horário em consideração, pode nos atrasar muito - Ela diz.

- Verdade, não tinha nem pensado nisso - Você fala.

- E o que você acha melhor? - Ela pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Construir um barco
  • Achar a ponte

Cena 7

- Pode ir, eu acho uma péssima ideia - Diz Eva.

- E o que você prefere? Nadar? - Você pergunta.

- Não, eu prefiro procurar pela ponte, eles podem estar fazendo uma brincadeira para nos testar - Ela diz.

- Mas essa é uma prova em equipe, não podemos fazer as coisas separadas - Você fala.

- Eu sei disso, mas não gosto da sua escolha - Ela diz.

- Eva, esse não é um momento para briga, temos que pensar em equipe e agir como uma equipe - Você fala.

- Certo, vamos fazer assim, você vai montar o seu barco e eu vou procurar a ponte, quem conseguir primeiro, chama o/a outro(a) - Ela diz.

- Tem certeza disso? - Você pergunta.

- Claro que sim, não se preocupe comigo, eu vou me dar bem - Ela responde.

- Não é preocupação com você e sim com a prova, não quero perder pontos por sua culpa - Você diz.

- Não vai acontecer - Ela fala.

- Certo, então nos vemos depois - Você diz.

- Boa sorte na sua escolha - Ela fala.

- Eu digo o mesmo - Você diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

- Pode ir, eu acho uma péssima ideia - Diz Eva.

- E o que você prefere? Nadar? - Você pergunta.

- Não, eu prefiro montar o barco - Ela diz.

- Mas essa é uma prova em equipe, não podemos fazer as coisas separadas - Você fala.

- Eu sei disso, mas não gosto da sua escolha - Ela diz.

- Eva, esse não é um momento para briga, temos que pensar em equipe e agir como uma equipe - Você fala.

- Certo, vamos fazer assim, você vai procurar a ponte e eu vou montar um barco, quem conseguir primeiro, chama o/a outro(a) - Ela diz.

- Tem certeza disso? - Você pergunta.

- Claro que sim, não se preocupe comigo, eu vou me dar bem - Ela responde.

- Não é preocupação com você e sim com a prova, não quero perder pontos por sua culpa - Você diz.

- Não vai acontecer - Ela fala.

- Certo, então nos vemos depois - Você diz.

- Boa sorte na sua escolha - Ela fala.

- Eu digo o mesmo - Você diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

Você e Eva se separam e cada um(a) vai em uma direção diferente, você ainda não gostava da ideia dela de se separar pois isso poderia se tornar um problema e até mesmo afetar os pontos de vocês, mas infelizmente ela estava irredutível e não importa o que você fizesse, nada iria mudar.

O melhor que você poderia fazer, era tentar montar o barco o mais rápido possível para conseguir convencê-la a ir junto, o que não seria fácil e causava uma certa revolta, mas era o único jeito de salvar sua prova.

Infelizmente, derrubar árvores e cortá-las não era algo tão fácil como o que via na televisão, por mais que você odiasse admitir, Eva estava certa e aquilo iria demorar muito para ser feito, mas era a ideia mais inteligente para sair em segurança daquela ilha.

Um bom tempo depois, você finalmente consegue montar algo parecido com uma jangada que tinha o tamanho necessário para caber vocês, então chegava o momento de testar antes de chamar Eva.

Você já estava cansado(a) da primeira parte da prova, mas criar aquela jangada sozinho(a) conseguiu retirar o resto das energias que você tinha, sem contar que estava com as mãos bem machucadas por causa do trabalho.

Você coloca a jangada no mar e felizmente ela não afunda, agora era a vez de subir em cima dela para saber se ela aguentaria e com uma certa dificuldade, ela se mantém flutuando. Você nem conseguia acreditar no que estava acontecendo, todo o seu sofrimento estava começando a ser compensado e agora só faltava saber se iria dar certo para chegar até o outro lado e claro, convencer Eva a subir na jangada.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

Você começa a correr em busca da Eva para chamar, você estava com medo de gritar pelo nome dela e acabar atraindo a atenção de alguém ou algum ser que poderia piorar ainda mais a sua situação.

Depois de andar por um bom tempo, você finalmente vê Eva a beira de um local alto que parecia ser muito perigoso e logo corre até ela.

- Eva, o que você está fazendo? - Você pergunta.

- O que você acha? Estou tentando encontrar a ponte - Eva responde.

- Mas esse lugar é perigoso, você poderia cair - Você fala.

- Eu já disse para você que sei me cuidar, não entendo o motivo de tanta preocupação - Ela diz.

- Chega de procurar pela ponte, eu terminei a jangada, nós já podemos ir - Você fala.

- Você terminou? - Ela pergunta surpresa.

- Sim, foi difícil, mas consegui - Você responde.

- Tem certeza que irá aguentar? - Ela pergunta.

- Precisamos testar, mas acho que vai dar certo - Você responde.

- Certo, vou tentar acreditar em você - Ela diz.

- Vamos logo para ir embora desse lugar - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

Você e Eva caminham de volta ao local onde você tinha deixado a jangada, no início ela não gostou da ideia, mas depois de muita insistência da sua parte, finalmente ela aceita subir e para surpresa de vocês, a jangada aguenta vocês sem afundar.

- Eu não acredito que vamos nisso - Ela diz.

- Foi a melhor ideia - Você fala.

- Tenho minhas dúvidas se foi realmente a melhor ideia - Eva diz.

- Agora não tem mais como voltar atrás, eu me matei de tanto trabalhar para construir esse negócio - Você fala.

- Eu não ajudei porque não achava uma boa ideia - Eva diz.

- Eu só estou te levando pois não quero perder ponto já que é uma prova em equipe, mas se não fosse isso, eu te deixava aqui - Você fala.

- Eu digo o mesmo, gostaria de não ter você nessa prova - Ela diz.

- Chega de reclamação e começa a remar para conseguirmos chegar do outro lado - Você fala.

- Só vou fazer isso porque quero chegar rápido do outro lado para não ter mais que ficar no mesmo lugar que você - Eva diz.

- Será um sonho não ter que lidar mais com a sua companhia - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

Você já não aguentava mais estar naquela jangada com Eva, ela era bem preguiçosa e não queria remar, sem contar que vocês discutiam por tudo, seu cansaço estava tão alto que fazia seu estresse aumentar e sua maior vontade era de derrubar Eva da jangada, mas não podia fazer aquilo por causa da prova, naquele momento você entendia muito bem o motivo de Laura ter perdido a paciência no treino.

Após muita dificuldade e discussões com Eva, finalmente vocês começam a se aproximar do outro lado e veem os representantes esperando, aquilo lhe deixa tão feliz que dá mais energia para remar com mais forças para chegar logo.

- Estamos chegando - Diz Eva.

- Estou vendo, rema com mais força para chegarmos - Você fala.

- Meus parabéns - O representante diz se aproximando para ajudar vocês a saírem da jangada.

- Obrigado(a) - Você fala.

- Nem consigo acreditar que finalmente chegamos - Eva diz.

- Sim, parece até que é mentira - Você fala.

- Agora finalmente vocês cumpriram a prova e podem ir embora - O representante diz.

- Ótimo, é tudo o que mais quero - Você fala.

- Tchau S/N - Diz Eva.

- Tchau Eva - Você fala.

- Até que você é uma pessoa esperta e por mais irritante que você seja, fomos uma boa equipe - Ela diz.

- É, acho que sim - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 13

Você e Eva se separam e cada um(a) vai em uma direção diferente, você ainda não gostava da ideia dela de se separar pois isso poderia se tornar um problema e até mesmo afetar os pontos de vocês, mas infelizmente ela estava irredutível e não importa o que você fizesse, nada iria mudar.

O melhor que você poderia fazer, era tentar encontrar a ponte o mais rápido possível para convencê-la ir junto, o que não seria fácil e causava uma certa revolta, mas era o único jeito de salvar sua prova.

Infelizmente o caminho era péssimo e com muitos buracos, o que lhe faria ficar muito cansado(a) e até mesmo machucar seu pé, por mais que você odiasse admitir, Eva estava certa e aquilo iria ser difícil, mas talvez os superiores pudessem estar lhe testando e se você conseguisse encontrar a tal ponte, seria bem mais rápido para sair daquela ilha.

Um bom tempo depois, você chega perto de uma parte bem alta da ilha e percebe que parecia que era um local onde uma ponte havia sido construída e destruída a pouco tempo, será que eles realmente tinham destruído a ponte só para que vocês não pudessem sair ou a ave teria destruído?

Felizmente, a ponte não havia sido totalmente quebrada e tinha alguma chance de vocês conseguirem chegar lá, mas precisava de algo que ajudasse a levar vocês até lá, talvez se você conseguisse acertar uma flecha com uma corda amarrada, daria para vocês se pendurarem e irem até o local onde ainda tinha ponte.

Você já estava cansado(a) da primeira parte da prova, mas caminhar tanto sozinho(a) conseguiu retirar o resto das energias que você tinha, sem contar que estava com as pés bem machucados por causa do trabalho, mas começou a caminhar mais para tentar achar alguma corda ou cipó que fosse seguro o bastante para usar.

Para sua sorte, você consegue encontrar uma enorme corda que alguém deveria usar para algo, então pega a corda, amarra em uma das flechas do arco e flecha que o representante havia lhe dado e começa a disparar em direção a ponte, não foi nada fácil e você precisou disparar muitas vezes, mas finalmente consegue acertar e então testou, percebeu que estava bem firme. Você nem conseguia acreditar no que estava acontecendo, todo o seu sofrimento estava começando a ser compensado e agora só faltava saber se iria dar certo para chegar até o outro lado e claro, convencer Eva a ir com você.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 14

Você começa a correr em busca de Eva para chamar, você estava com medo de gritar pelo nome dela e acabar atraindo a atenção de alguém ou algum ser que poderia piorar ainda mais a sua situação.

Depois de andar por um bom tempo, você finalmente vê Eva sentada tentando cortar uma árvore para montar um barco e logo corre até ela.

- Eva, o que você está fazendo? - Você pergunta.

- O que você acha? Estou montando a jangada - Eva responde.

- Mas você pode se cortar assim - Você fala.

- Eu já disse para você que sei me cuidar, não entendo o motivo de tanta preocupação - Ela diz.

- Chega de montar essa jangada, eu encontrei a ponte, nós já podemos ir - Você fala.

- Você encontrou? - Ela pergunta surpresa.

- Sim, foi difícil, mas encontrei - Você responde.

- Tem certeza que vai dar certo? - Ela pergunta.

- Precisamos testar, mas acho que vai dar certo - Você responde.

- Certo, vou tentar acreditar em você - Ela diz.

- Vamos logo para ir embora desse lugar - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 15

Você e Eva caminham de volta ao local onde você tinha encontrado a ponte, no início ela não gostou da ideia, mas depois de muita insistência da sua parte, finalmente ela aceita tentar se pendurar na corda para ir.

- Eu não acredito que vamos nisso - Ela diz.

- Foi a idade mais rápida - Você fala.

- Tenho minhas dúvidas se foi realmente a melhor ideia - Eva diz.

- Agora não tem mais como voltar atrás, eu me matei de tanto andar para chegar nesse lugar - Você fala.

- Eu não ajudei porque não achava uma boa ideia - Eva diz.

- Eu só estou te levando pois não quero perder ponto já que é uma prova em equipe, mas se não fosse isso, eu te deixava aqui - Você fala.

- Eu digo o mesmo, gostaria de não ter você nessa prova - Ela diz.

- Chega de reclamação e começa a ir para conseguirmos chegar do outro lado - Você fala.

- Só vou fazer isso porque quero chegar rápido do outro lado para não ter mais que ficar no mesmo lugar que você - Eva diz.

- Será um sonho não ter que lidar mais com a sua companhia - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 16

Você já não aguentava mais estar naquela corda com Eva, ela era bem preguiçosa então queria fazer pausa a todo momento, sem contar que vocês discutiam por tudo já que ela parava de reclamar, seu cansaço estava tão alto que fazia seu estresse aumentar e sua maior vontade era de derrubar Eva, mas não podia fazer aquilo por causa da prova, naquele momento você entendia muito bem o motivo de Laura ter perdido a paciência no treino.

Após muita dificuldade e discussões com Eva, finalmente vocês terminam a parte na corda e começam a correr na ponte que parecia que iria cair a qualquer momento, então começam a se aproximar do outro lado e veem os representantes esperando, aquilo lhe deixa tão feliz que dá mais energia para ir com mais forças para chegar logo.

- Estamos chegando - Diz Eva.

- Estou vendo, acelera para chegarmos - Você fala.

- Meus parabéns - O representante diz se aproximando.

- Obrigado(a) - Você fala.

- Nem consigo acreditar que finalmente chegamos - Eva diz.

- Sim, parece até que é mentira - Você fala.

- Agora finalmente vocês cumpriram a prova e podem ir embora - O representante diz.

- Ótimo, é tudo o que mais quero - Você fala.

- Tchau S/N - Diz Eva.

- Tchau Eva - Você fala.

- Até que você é uma pessoa esperta e por mais irritante que você seja, fomos uma boa equipe - Ela diz.

- É, acho que sim - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 17

Você se despede de Eva, então logo entra dentro do carro do representante e coloca a venda em seus olhos pois tudo o que você mais queria era chegar logo em Eólia para poder descansar e saber como seus amigos estavam.

- Como foi a prova? - O representante pergunta.

- Foi muito cansativa - Você responde.

- Gostou dos guerreiros? - Ele pergunta.

- Sim, foi legal conhecer eles - Você responde.

- E como foi a prova de equipe? - Ele pergunta.

- Foi péssima - Você responde.

- Eu percebi que vocês não se deram muito bem - Ele responde.

- Ficou tão nítido assim? - Você pergunta.

- Sim, vocês nem se abraçaram ou se parabenizaram - Ele responde.

- Nós não nos damos bem - Você fala.

- Mas não se preocupe mais, as pegadinhas acabaram e agora você poderá ver seus amigos de verdade - Ele diz.

- Isso é tudo o que eu mais quero, ver meus amigos - Você fala.

- Descansa um pouco que logo chegaremos - Diz o representante.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Karla ♡

Karla ♡ Acho que a surpresa da prova foi tanta que eu nem esperava a parte 2,por mais que parecesse meio óbvio

Espero que o combate final seja entre S/n e Eva(Laura também serve)só pra ela ser finalizada e finalmente parar de ser chata

Vai enteder a Eva,resolvi procurar pela maldita ponte e a bonita decide o quê?fazer um barco...devido fazer o barco/jangada e ela decide o que?a ponte....se decide né amada,até a porquê a prova é em DUPLA

Eva só sabe reclamar,se eu fosse a S/N teria feito a mesma coisa que a Laura(independente se iria atrasar pra sair da ilha ou ia perder ponto)

A prova foi pra testar a paciência..Não duvido que tenha sido Taylor×Sam,Laura×Marina,Eric×alguma pessoa que só possa reclamar(pensei na possibilidade da Melissa,não sei porquê)

Espero que todos tenham ido bem,e que não tenha sido eliminados

29/01/21 14 ResponderMais
mah 🦋 | offzona

mah 🦋 | offzona Odeio a Eva, totalmente insuportável, tô querendo matar ela em algum combate.

Amei demaiss o capítulo, ansiosa para o próximo 💖

29/01/21 10 ResponderMais
ѕєяgιинο🏳️‍🌈

ѕєяgιинο🏳️‍🌈 Capítulo maravilhoso 💗💗💗💗💗

Não acredito que sobrevivi a esse capítulo... Tô chorando de ódio! Nunca senti tanto ódio na minha vida quanto nesse capítulo! Eva é insuportável! A vontade que eu tava era de enfiar uma granada no *u dela e ver a des***çada se explodir! Uma pena que não podia deixar a infeliz naquela [email protected] de ilha, senão eu deixava! Ou empurrava ela da jangada e dizia pro representante que ela foi morta por um dos habitantes da Ilha.

29/01/21 7 ResponderMais
LeBlanc_Fox

LeBlanc_Fox Mim deu uma vontade de sair daquele lugar e não chamar a Eva!
Que garota CHATA!

Amei Miss

29/01/21 3 ResponderMais
gregorio_breno

gregorio_breno kkkk entendi totalmente a Laura por esse capítulo. Agora sei que não foi exagero dela 😅

29/01/21 3 ResponderMais
Helo_Isa

Helo_Isa Só porque eu disse que tinha sido tranquila a prova com Eva kkkk

29/01/21 3 ResponderMais
Isah Taconiツ

Isah Taconiツ Confesso que estou com ranço da Eva
Inexplicável

29/01/21 3 ResponderMais
~Luna~

~Luna~ Enfim Eva ridicula, queria lutar com ela em um combate pra mostrar quem é S/n de verdade, e o ep está perfeito como sempre

30/01/21 2 ResponderMais
NicF

NicF 🧡😍 Amei Sz

29/01/21 1 ResponderMais
Isah Taconiツ

Isah Taconiツ 1° de novo chupaaa sociedade!

29/01/21 1 ResponderMais
Cancelar