ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 130

Prioridades

Publicado em 25/02/2021

Após o treino, tudo o que todos mais querem é saber quando as provas irão começar e como elas serão, mas será que eles estão realmente prontos?

Continua depois da publicidade

Cena 1

Você dormia e acordava a todo o momento pois não conseguia dormir direito ainda pensando sobre a conversa que havia tido com Ítalo, aquilo havia realmente lhe deixado mal e mesmo sem querer, sua mente não parava de te relembrar daquela conversa.

Seu celular desperta e você logo o desliga, o som do alarme só lhe causa ainda mais frustração pois percebeu que já chegava a hora de se levantar para se arrumar e ter que enfrentar seja lá o que aquele dia lhe reservava.

Sua vontade de se levantar da cama era mínima pois seu corpo ainda estava bem cansado por ter dormido tão mal, mas infelizmente não havia nada que poderia fazer já que o dia estava apenas começando .

Enquanto ainda estava na cama, além de pensar sobre o que Ítalo havia lhe falado, você também pensava sobre o que ele deveria ter dito ao seus amigos pois todos estavam bem chateados e não tiveram coragem de compartilhar nada sobre o que ele disse. Pelo jeito, não era apenas você que tinha sido atingido(a) pela palavras sinceras dele, mas a verdade é que todos estavam sofrendo do mesmo veneno e ainda estavam tentando digerir tudo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Após passar um tempo na cama, você finalmente une suas energias e forças para se levantar da cama e ir em direção ao banheiro para fazer sua higiene pessoal. Enquanto estava indo em direção ao banheiro, você vê Laura que estava saindo de lá.

- Bom dia - Diz Laura sorridente.

- Bom dia - Você fala.

- Dormiu bem? - Ela pergunta.

- Não muito e você? - Você pergunta.

- Também não dormi bem devido a ansiedade para a prova - Ela responde.

- Será que vai ser hoje? - Você pergunta.

- Eu acho que sim e você? - Ela pergunta.

- É tem uma grande chance de ser - Você responde.

- Ainda bem que hoje estou bem melhor - Ela diz.

- Está completamente bem após a festa? - Você pergunta.

- Sim, hoje estou pronta para qualquer coisa - Ela responde.

- Que bom ouvir isso - Você fala.

- É, ontem estava bem mal, mas hoje me sinto uma nova Laura - Ela diz.

- Isso é importante, espero que Eric também se sinta assim - Você fala.

- Eu também - Ela diz.

- Precisamos estar muito bem a partir de agora - Você fala.

- Sim, só espero que o que o Ítalo falou ontem não afete ninguém - Ela diz.

- Como assim? - Você pergunta.

- Percebi que ontem, todo mundo que falou com Ítalo ficou triste, então imagino que a conversa não foi muito boa com ninguém - Laura responde.

- Entendo, isso é verdade - Você fala.

- O que você achou da sua conversa? - Ela pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Foi bem triste
  • Ele disse o que eu já imaginava
  • Foi um tapa na cara

Cena 3

- E como foi a sua? - Você pergunta.

- Foi bem sincera - Laura responde.

- Como assim? - Você pergunta.

- Ele falou algo que eu já imaginava, mas também falou de outras coisas que eu não esperava - Ela responde.

- Entendo, é difícil ouvir criticas dessa forma - Você fala.

- Sim, parece que o Ítalo não sabe falar delicadamente com uma pessoa - Ela diz.

- É, ele tem único de falar - Você fala.

- Levemente grosso, mas entendo - Ela diz rindo.

- Temos que entender porque tenho certeza que ele não vai mudar - Você fala.

- Verdade, mas acho que o mais importante é que temos que entender que essa sinceridade é dolorida, mas é para o nosso bem para que possamos melhorar nessa competição - Ela diz.

- É, acho que se pensarmos dessa forma, não iremos ficar tão atingidos - Você fala.

- Sim, estou pensando nisso para que eu não fique triste com a sinceridade dele - Ela diz rindo.

- É uma boa ideia - Você fala.

- Agora vá tomar seu banho e vou me arrumar para tomarmos café da manhã - Laura diz.

- Certo, até daqui a pouco - Você fala.

- Até - Ela diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

Depois de conversar com Laura, você vai em direção ao banheiro para fazer sua higiene pessoal e tomar seu banho para se preparar antes de ir tomar o café da manhã.

Durante o banho, você já pensava sobre a possibilidade de ter uma prova ainda hoje e qual seria o tipo de prova, será que eles iriam começar com uma prova mais fácil ou iriam colocar já uma prova difícil para assustar a todos? Seria difícil controlar sua ansiedade e sua curiosidade, mas esperar era a única opção.

Outra coisa que você também pensava muito era em relação a conversa que havia tido com Laura, pois aquilo que ela falou sobre a conversa com Ítalo lhe trouxe um pouco de conforto mesmo sem que ela tivesse percebido já que a ideia de que ele tenha falado isso para o seu bem e seu desempenho, era melhor do que pensar que ele estava lhe dando um aviso sobre o que você teria que mudar para que eles voltassem a gostar de você na competição.

Sem dúvidas, as opiniões que Ítalo tinha sobre você haviam sido afetadas por seu descontrole e principalmente por ter machucado ele, então iria demorar um pouco até que ele voltasse a ser como era antes e te tratasse normalmente, mas conforme você demonstrasse seu talento, ele iria mudar.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Após terminar de se arrumar, você saiu do banheiro e foi em direção a cozinha para ajudar Laura a fazer o café da manhã, não demora muito e logo Sam e Eric também chegam na cozinha para que vocês pudessem comer juntos.

- Será que hoje teremos prova? - Eric pergunta.

- Eu acho que sim - Sam responde.

- Também acho - Você fala.

- Sério? Todos acham? - Eric pergunta.

- Sim - Laura responde rindo.

- Que horror, vocês são péssimos amigos, achei que teria alguém tentando me animar - Ele diz.

- O máximo que podemos dizer para te animar é que tem uma grande chance de ser uma prova fácil já que é a primeira - Sam fala.

- Isso é verdade - Você diz.

- É, acho que isso serve - Eric fala.

- Mas não crie muitas expectativas pois pode se decepcionar - Laura diz rindo.

- Nossa, que péssima amiga você é - Eric fala revirando os olhos.

- Estou sendo sincera, pode ser que seja uma prova difícil, não podemos desconsiderar nada - Ela diz.

- Sério? Que tipo de prova vocês acham que vai ser? - Eric pergunta.

Continua depois da publicidade
  • De combate
  • Com poderes
  • De inteligência
  • De escapar de algum lugar

Cena 6

- Eu não faço ideia, mas não acho que será de poderes - Diz Sam.

- Sério? - Eric pergunta.

- É, não acho que já vão fazer isso no início - Sam responde.

- Faz sentido já que os poderes já eliminam metade dos competidores - Laura fala.

- Não tinha pensado nisso, então pode ser que realmente seja uma prova mais simples e eles evoluam até as mais difíceis - Eric diz.

- Sim, mas pode ser misturado já que eles podem achar que já estamos esperando que o nível de dificuldade evolua de acordo com a prova - Sam fala.

- Concordo, essa também é uma possibilidade - Você diz.

- Então temos que ir preparados para qualquer tipo de situação - Sam fala.

- Verdade, não podemos ser pegos de surpresa para que isso não nos afete na competição - Laura diz.

- É, qualquer deslize pode causar nossa eliminação - Você fala.

- E estamos na reta final, já é tão perto - Eric diz.

- Nós vamos conseguir, vencer, não se preocupem - Laura fala confiante.

- Gostei de ouvir isso, precisamos ter essa confiança - Sam diz sorridente.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Depois de conversarem por um bom tempo enquanto tomavam o café da manhã, vocês saíram da cabana e foram em direção ao centro do campo para se prepararem para esperar para o anúncio do dia.

Não demorou muito e logo a sirene tocou anunciando que todos deveriam se reunir no centro para ouvir o que Selena ou Ítalo teria para falar.

- Finalmente chegou a hora da verdade - Diz Sam.

- Sim, vamos descobrir o que vai acontecer - Você fala.

- Fiquem calmos e respirem fundo, seja o que for, nós iremos conseguir - Laura diz.

- Com certeza, disso eu não tenho dúvida - Sam fala.

- Vocês estão bem confiantes - Eric diz rindo.

- E é bom você ter confiança também pois nenhum de nós será eliminado - Laura fala.

- Se não for combate ou prova com poderes, até terei uma chance de vencer - Eric diz.

- Não fala isso, você vai conseguir ganhar - Você fala.

- Eu espero que sim - Ele diz.

- Mantenha a confiança e não tenha medo - Laura fala.

- Vou tentar - Eric diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Assim que todos os alunos chegam perto do palco, finalmente Selena chega e começa a subir os degraus para falar com todos. Enquanto Selena caminhava com um sorriso largo e brilhante, as expressões dos alunos era de um misto de nervosismo com curiosidade pois mesmo imaginando que seria uma prova, ainda era assustador pensar nela.

Logo Selena se aproxima do microfone e começa a falar fazendo com que todos ficassem em silêncio para prestar atenção no que ela tinha a dizer:

- Olá a todos, espero que estejam bem e que principalmente estejam preparados para a prova que irá iniciar. Como eu já havia dito, nós iremos entrar na reta final de nossa competição onde vocês irão passar por 12 provas correspondentes aos nossos 12 deuses do Olimpo. Assim como Hércules que passou por 12 trabalhos para provar sua força e divindade, vocês irão passar por 12 trabalhos para se tornarem guerreiros que são os seres mais próximos dos deuses nos níveis de superioridades. Se vocês conseguirem passar por esses trabalhos sem serem eliminados, irão chegar a grande glória e irão dar orgulho a todos, ao seus familiares, amigos e pessoas da Casta em que nasceram e a que pertencem. Dito isso, agora vou falar sobre nossa primeira prova que não irei dizer a qual deus pertence, mas o que posso dizer é que nessa prova os representantes irão levá-los até um local, vocês terão que voltar aqui no centro. É uma prova fácil, sei que irão conseguir vencer tranquilamente e não irão ter dificuldade, então não me decepcionem e nos vemos amanhã onde irei falar sobre o desempenho de todos. Uma boa sorte e que a benevolência dos deuses caia sobre vocês.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

Assim que Selena termina de falar, ela se retira do palco e todos os alunos começam a conversar confusos sobre a prova, alguns pareciam desesperados, já outros pareciam até tranquilos com o anúncio.

- Isso é estranho - Diz Sam.

- O que? - Você pergunta.

- Parece muito fácil, deve ter alguma pegadinha - Sam responde.

- Será mesmo? - Laura pergunta.

- Acho que sim - Sam responde.

- Tipo o que? - Você pergunta.

- Talvez deve ter algo na floresta, então tomem muito cuidado e prestem atenção em tudo - Sam responde.

- Eu espero que você esteja errado(a), eu estava tão feliz com a prova ser tranquila e agora você vem com isso? - Eric pergunta.

- Não querendo te desanimar Eric, mas concordo com Sam, deve ter alguma pegadinha - Laura responde.

- Parabéns, agora estou com medo - Eric fala.

- Agora é esperar para ver - Sam diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

Vocês ainda conversavam quando os representantes começam a aparecer para levar os alunos até o local que Selena havia dito, então logo você se despede de seus amigos e vai em direção ao carro do representante que já te esperava sorrindo.

- Bom te ver novamente criança - Diz o representante.

- Também fico feliz em te ver - Você fala.

- Está pronto(a)? - Ele pergunta.

- Sim, vamos logos - Você responde entrando no carro.

- Coloque a venda que estamos partindo -Ele diz enquanto entra no carro.

- Não vejo a hora de começar logo - Você fala.

- Para sua sorte, o lugar não é longe - Ele diz.

- Que alívio - Você fala.

- Vê se você consegue se controlar hoje - Ele diz rindo.

- Muito cedo para esse tipo de piada - Você fala.

- Ainda? Estou brincando - Ele dá uma gargalhada alta.

- Você é péssimo - Você fala sem acreditar.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

Realmente o representante não demora muito e logo você sente o carro estacionando, então você consegue ouvir o som da porta do carro se abrindo e logo sente a porta ao seu lado abrindo.

- Pode tirar a venda - Diz o representante.

- Mas já? - Você pergunta enquanto tira a venda.

- Eu disse que era rápido - Ele responde.

- Mas não imaginava que seria tão rápido - Você fala saindo do carro.

- S/N, seja bem-vindo(a) ao seu local de prova - Ele diz abrindo os braços para mostrar a floresta que já era uma velha conhecida.

- Eu já conheço bem esse lugar - Você fala.

- Isso não é bom? - Ele pergunta.

- É, pode ser - Você responde.

- Como a Selena já explicou a prova, não preciso falar mais nada - Ele diz.

- Sim, eu já entendi - Você fala.

- Tem alguma dúvida? - Ele pergunta.

- Acho que não - Você responde.

- Ótimo, então pode começar - Ele diz.

- Mas já? - Você pergunta.

- Sim, talvez tenha um relógio contando as horas - Ele responde.

- Sério? Ela não disse isso - Você fala sem acreditar.

- Eu disse talvez, não que era certeza - Ele diz rindo.

- Vocês são inacreditáveis - Você fala.

- Boa sorte S/N - Ele diz acenando para que você se afastasse.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

Você se despede do representante e logo começa a andar por dentro da floresta pois se ele estivesse falando a verdade, se realmente houvesse algo contando o tempo de prova, talvez isso poderia influenciar em quem iria vencer ou perder na prova.

Enquanto caminhava pela floresta, você tentava encontrar algum ponto que se lembrasse para ter certeza que estava no caminho certo, porém parecia que você caminhava por aquele lugar pela primeira vez pois mesmo já tendo feito tantas provas naquela floresta, nunca a conhecia verdadeiramente.

A única coisa que se mantinha do mesmo jeito naquela floresta era o fato dela ser bem densa, assustadora e muito silenciosa, você não conseguia ouvir nada além dos sons dos animais que tinham lá.

Durante o caminho, você começou a ouvir um som como a voz de uma pessoa, então seguiu em direção ao som para ver se era algum aluno ou outra coisa. Você foi caminhando com muito cuidado para não chamar atenção e então viu de longe uma menina caída que parecia estar com o pé preso, ela parecia chorar e estar com uma expressão abatida.

O que você faz?

Continua depois da publicidade
  • Vai ajudar a menina
  • Prefere ignorar e seguir seu caminho

Cena 13

Você se sentia mal pela situação dela, mas sabia que ela iria te atrapalhar na prova e infelizmente não poderia ajudá-la pois era sua permanência na competição que estava em jogo e como já havia dito com seus amigos, qualquer deslize poderia ser fatal.

Outra coisa que também pensava em relação a garota é que ela poderia ser apenas uma distração da prova e não uma aluna de verdade, o que lhe fez pensar em duas possibilidades, será que eles estariam julgando se você ajudaria os outros em situação de perigo ou estariam julgando o seu lado racional se iria priorizar a vida de alguém ou o seu desempenho?

Você preferiu focar em sua convicção e seguiu em frente no caminho da floresta tentando ignorar a garota que estava presa, então foi pelo caminho que parecia ser o mais certo e continuou sua jornada em busca de Eólia.

Enquanto você caminhava, você começou a ouvir um som estranho e de folhas se mexendo como se alguém estivesse correndo muito rápido, aquilo começava a lhe causar calafrios pois tinha a sensação de ser observado(a) como se algo ou alguém estivesse lhe caçando. Seu nervosismo começou a aumentar, mas você tentou manter a calma, porém o som de algo correndo parecia cada vez mais alto e você percebeu que não era apenas algo da sua mente, mas sim a realidade.

O que você resolve fazer?

Continua depois da publicidade
  • Correr o máximo que pode
  • Enfrentar

Cena 14

Você se sentia mal pela situação dela, mas sabia que ela iria te atrapalhar na prova e tinha que pensar muito bem no que fazer pois era sua permanência na competição que estava em jogo e como já havia dito com seus amigos, qualquer deslize poderia ser fatal.

Outra coisa que também pensava em relação a garota é que ela poderia ser apenas uma distração da prova e não uma aluna de verdade, o que lhe fez pensar em duas possibilidades, será que eles estariam julgando se você ajudaria os outros em situação de perigo ou estariam julgando o seu lado racional se iria priorizar a vida de alguém ou o seu desempenho?

Mesmo morrendo de medo das consequências, você resolveu ajudá-la pois não iria conseguir seguir em frente sabendo que deixou uma pessoa em perigo, então caminhou em direção a tal menina.

- Oi - Você fala se aproximando.

- Quem é você? - A garota pergunta assustada.

- Sou S/N e você? - Você pergunta.

- Eu sou Esther - Ela responde.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- Enquanto estava fazendo a prova, acabei prendendo o meu pé - Ela responde apontando para o pé que estava preso por algumas pedras.

- Eu posso te ajudar - Você fala.

- Sério? - Esther pergunta animada.

- Claro que sim - Você responde.

- Seria ótimo e eu serei eternamente grata - Ela fala.

- Vou te ajudar - Você diz e começa a puxar as pedras fazendo com ela comece a chorar de dor.

- Devagar - Ela fala.

- Aguenta um pouco que o quanto mais rápido, melhor será - Você diz.

Depois de um certo tempo, finalmente você consegue empurrar as pedras e ela tira o pé, porém agora ela estava mancando pois o pé ficou realmente machucado.

- Muito obrigada - Diz Esther.

- Não foi nada - Você fala.

- Claro que foi - Ela diz sorrindo.

Enquanto vocês conversavam e davam risada, começaram a ouvir um som estranho como se algo estivesse correndo atrás de vocês, o que faz com que vocês comecem a se assustar.

- O que está acontecendo? - Ela pergunta.

- Não faço ideia - Você responde.

- Será que é uma criatura? - Ela pergunta.

- Pode ser - Você responde.

- O que vamos fazer? - Ela pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Fugir
  • Nos esconder

Cena 15

Você sabia que não valia a pena enfrentar a coisa pois sabia que sua energia ainda era bem baixa, então tinha chance de acabar se machucando seriamente, então começa a correr e nem faz questão de olhar para descobrir o que era a tal coisa.

Você conseguia ouvir que o som ficava cada vez mais alto e até mesmo conseguia ouvir uma respiração bem estranha se aproximando, o que fazia com que seu medo aumentasse cada vez mais, o que era algo realmente desesperador.

Seu coração estava acelerado, sua respiração estava bem alterada e o cansaço já começava a atacar, mas você continuava correndo como se sua vida realmente dependesse daquilo, então correu com todas as suas forças até que finalmente começou a ouvir um som de vozes conversando e já imaginava que estava se aproximando de Eólia.

Assim que passou por uma árvore, você entrou em Eólia e percebeu que no mesmo momento o som das pisadas e da respiração que te seguiam ficam inaudíveis e quando olha para trás, percebe que não havia nada, o que lhe deixa bem confuso(a).

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 16

Você sabia que não valia a pena enfrentar a coisa pois sabia que sua energia ainda era bem baixa, então tinha chance de acabar se machucando seriamente, então levanta Esther, faz com que ela se apoie em você e assim começam a correr sem nem fazer questão de olhar para descobrir o que era a tal coisa.

Você conseguia ouvir que o som ficava cada vez mais alto e até mesmo conseguia ouvir uma respiração bem estranha se aproximando, o que fazia com que seu medo aumentasse cada vez mais, o que era algo realmente desesperador.

Seu coração estava acelerado, sua respiração estava bem alterada e o cansaço já começava a atacar, sem contar que ainda tinha que lidar com o peso de Esther já que ela não conseguia tocar o pé no chão, mas você continuava correndo como se sua vida realmente dependesse daquilo, então correu com todas as suas forças até que finalmente começou a ouvir um som de vozes conversando e já imaginava que estava se aproximando de Eólia.

Assim que passou por uma árvore, você entrou em Eólia e percebeu que no mesmo momento o som das pisadas e da respiração que te seguiam ficam inaudíveis, sem contar que Esther não estava mais ao seu lado e quando olha para trás, percebe que não havia nada e nem Esther, o que lhe deixa bem confuso(a).

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 17

Mesmo com medo do que poderia ser a tal coisa e também com medo de acabar se cansando já que suas energias ainda estavam bem baixas por causa dos medicamentos, você resolveu parar e tentar enfrentar a coisa.

Infelizmente, você não estava com nenhuma arma, então teria que lutar apenas com seus punhos e um pedaço de madeira que tinha no chão perto de algumas árvores, o que não seria nada fácil, mas você iria tentar mesmo assim.

Você respira fundo, pega o pedaço de madeira e se prepara em uma posição de ataque para enfrentar seja lá o que fosse aparecer naquela floresta estranha.

Não demora muito e um enorme ciclope aparece correndo em sua direção, mas ele parecia ser diferente normal, seu olho era vermelho e ele parecia louco como se realmente estivesse disposto a te matar, o que lhe faz questionar sua ideia de enfrentá-lo, mas não tinha mais como voltar atrás.

Assim que ele segue em sua direção, você começa a pegar o pedaço de madeira e acertá-lo o máximo que podia, ele era bem esperto e rápido e conseguia desviar da maioria dos golpes, mas felizmente você conseguia acertar alguns com uma certa dificuldade. Ele conseguia te acertar e causar alguns machucados, mas você não desistia e estava disposto(a) a acabar com ele.

Depois de um bom tempo de uma luta bem difícil, você consegue acertá-lo com mais alguns golpes e em um momento de deslize dele, você acerta o pedaço de madeira dentro dele fazendo com que ele caia no chão no mesmo momento.

Quando o ciclope cai, você começa a correr pois sabia que sua energia já estava pouca e não teria mais força para lutar com ele, então apenas corre o máximo que pode para sair daquela floresta com vida.

Você ainda escuta algumas pisadas como se ele corresse atrás de você, mas continua acelerando até que finalmente consegue sair da floresta, chegando em Eólia e no mesmo momento percebe que o som para e ao olhar para trás vê que não havia nada lhe deixando confuso(a).

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 18

Você ajuda Esther a se levantar e logo começam a correr com uma certa dificuldade em direção a um lugar para se esconder e assim sair de perto da tal coisa que parecia estar atrás de vocês.

Carregar Esther não era algo fácil pois devido ao pé machucado, ela não conseguia apoiá-lo no chão e assim colocava todo o peso do corpo sobre você, então você já conseguia perceber que tinha feito a decisão certa pois não iria conseguir correr com ela e iria ser bem cansativo já que você ainda não estava completamente recuperado(a).

Com uma certa dificuldade, vocês consegue chegar perto de um tipo de esconderijo formado por árvores e pedras, parecia que alguém já tinha passado por ali e feito aquilo para se proteger de algo.

- O que vamos fazer? - Ela pergunta desesperada.

- Ainda não sei - Você responde.

- Não podemos ficar muito tempo aqui, isso pode descontar pontos na competição - Diz Esther.

- Eu sei disso - Você fala.

- Temos que fazer algo - Ela diz.

- O que você sugere? - Você pergunta.

- Nós temos que correr ou enfrentar a coisa - Ela responde.

- Não sei se dá para correr pois você está machucada, não vamos correr bem - Você fala.

- Eu sei, mas é uma boa possibilidade - Ela diz.

- Também não sei como enfrentar a coisa já que não temos armas - Você fala.

- Nós podemos roubar a de alguém - Ela diz.

- Como assim? - Você pergunta.

- Enquanto corríamos, eu vi um menino que tinha uma adaga, podemos roubar a adaga dele - Ela responde.

- O que? - Você pergunta sem acreditar.

- Eu posso distraí-lo e você pega a adaga - Ela responde.

- Não sei se isso é certo - Você diz.

- E o que você acha? - Ela pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Correr para fugir da coisa
  • Roubar a adaga do menino para enfrentar a coisa

Cena 19

Você sabia que não valia a pena enfrentar a coisa pois sabia que sua energia ainda era bem baixa, então tinha chance de acabar se machucando seriamente, então levanta Esther, faz com que ela se apoie em você e assim começam a correr sem nem fazer questão de olhar para descobrir o que era a tal coisa.

Você conseguia ouvir que o som ficava cada vez mais alto e até mesmo conseguia ouvir uma respiração bem estranha se aproximando, o que fazia com que seu medo aumentasse cada vez mais, o que era algo realmente desesperador.

Seu coração estava acelerado, sua respiração estava bem alterada e o cansaço já começava a atacar, sem contar que ainda tinha que lidar com o peso de Esther já que ela não conseguia tocar o pé no chão, mas você continuava correndo como se sua vida realmente dependesse daquilo, então correu com todas as suas forças até que finalmente começou a ouvir um som de vozes conversando e já imaginava que estava se aproximando de Eólia.

Assim que passou por uma árvore, você entrou em Eólia e percebeu que no mesmo momento o som das pisadas e da respiração que te seguiam ficam inaudíveis, sem contar que Esther não estava mais ao seu lado e quando olha para trás, percebe que não havia nada e nem Esther, o que lhe deixa bem confuso(a).

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 20

- Vamos roubar a adaga - Você responde.

- Ótimo, vem comigo que ele está perto a um pequeno lago - Esther diz.

- Mas como vamos pegar a adaga sem que a coisa nos veja? - Você pergunta.

- Vai dar certo, não se preocupe - Ela responde.

- Certo, vamos tentar - Você fala.

Você e Esther saem do esconderijo e começam a correr em direção a algumas pedras e então veem um menino que estava distraído fazendo algo e você vê a adaga que estava perto dele.

- O que será que ele está fazendo? - Ela pergunta baixo.

- Não faço ideia - Você responde.

- Eu vou distraí-lo, quando você tiver chance, pegue a adaga - Ela diz.

- Certo - Você fala.

- Vamos começar - Esther diz e começa a andar com dificuldade em direção ao menino.

Esther pega uma pedra e joga longe fazendo com que o menino se assuste e logo ele começa a caminhar em direção a floresta, você aproveita o momento para pegar a adaga que ele tinha deixado no chão e assim que a coloca no bolso, você começa a se afastar com muito cuidado para que ele não ouvisse e assim que se afastam com uma certa distância, começam a correr.

- Não acredito que você conseguiu - Esther diz rindo.

- Nem eu - Você fala.

- Agora vamos enfrentar a tal coisa - Ela diz.

- Certo - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 21

Enquanto vocês caminhavam, logo começam a ouvir novamente o som de alguém perseguindo e correndo atrás de vocês e então já imaginavam que era a tal coisa novamente, Esther se afasta um pouco por estar machucada e você pega a adaga para se preparar para a luta.

Você respira fundo, pega a adaga e se prepara em uma posição de ataque para enfrentar seja lá o que fosse aparecer naquela floresta estranha.

Não demora muito e um enorme ciclope aparece correndo em sua direção, mas ele parecia ser diferente normal, seu olho era vermelho e ele parecia louco como se realmente estivesse disposto a te matar, o que lhe faz questionar sua ideia de enfrentá-lo, mas não tinha mais como voltar atrás.

Assim que ele segue em sua direção, você começa a acertá-lo o máximo que podia, ele era bem esperto e rápido e conseguia desviar da maioria dos golpes, mas felizmente você conseguia acertar alguns com uma certa dificuldade. Ele conseguia te acertar e causar alguns machucados, mas você não desistia e estava disposto(a) a acabar com ele.

Depois de um bom tempo de uma luta bem difícil, você consegue acertá-lo com mais alguns golpes e em um momento de deslize dele, você acerta a adaga dentro dele fazendo com que ele caia no chão no mesmo momento.

Quando o ciclope cai, você segura Esther para que ela se apoie e então começam a correr pois sabia que sua energia já estava pouca e não teria mais força para lutar com ele, então apenas corre o máximo para que vocês saíssem com vida.

Você ainda escuta algumas pisadas como se ele corresse atrás de você, mas continua acelerando até que finalmente consegue sair da floresta, chegando em Eólia e no mesmo momento percebe que o som para e que Esther não estava mais ao seu lado, ao olhar para trás vê que não havia nada lhe deixando confuso(a).

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 22

Você estava tão cansado(a) com a prova que apenas se joga no chão para poder descansar um pouco já que suas energias já tinham sido esgotadas e você já percebia que quase não conseguia completar a prova.

Enquanto descansava, você ainda pensava em tudo o que tinha acabado de acontecer, pois não sabia se tinha tomado as decisões certas e muito menos tinha entendido o que tinha acontecido, será que tudo tinha realmente acontecido ou era apenas uma ilusão?

Você estava deitado(a) na grama descansando e pensando sobre a prova, mesmo não tendo tanta certeza se tinha feito tudo certo, agora tudo o que você mais queria era poder focar em descansar e saber como seus amigos tinham ido na prova. Seja lá qual fosse o resultado, teria que esperar o próximo dia para descobrir, mas só pela primeira prova, você já imaginava que essas 12 provas seriam mais difíceis do que você imaginava.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Franklin Lins

Franklin Lins Eu tô tão viciado que a cada hora eu venho ver se saiu no cap kakkakakakakakakakakaa

25/02/21 14 ResponderMais
Melissa

Melissa aiii a sdd q eu tava dessa ficccc,miss isso ta perfeito mano,eu fiquei tão fixada na fic q nem vi o tempo passar enquanto lia,mlr fic da vida,nem sei oq comentar sobre ela,ta PERFEITO

25/02/21 10 ResponderMais
LeBlanc_Fox

LeBlanc_Fox Certeza que Esther é apenas uma ilusão.

Amo o representante!

Estava com saudades dessa fic. Amei essa prova e o capítulo!!

25/02/21 8 ResponderMais
karla schechtel

karla schechtel Tenho certeza que aquela mina lá era uma distração, ignorei mesmo kkkkk.
Adorei o cap de hoje, estava incrivel!!!!!!!

25/02/21 6 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca Perfeitoooo como sempreeee ♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️

25/02/21 3 ResponderMais
𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛

𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛 Ameiiiiiiiiiii!!

25/02/21 2 ResponderMais
Koku the Beginning

Koku the Beginning Perfeito

25/02/21 2 ResponderMais
Bebelly

Bebelly Gostei dessa prova, foi bem fácil kkk

25/02/21 2 ResponderMais
𝑭𝒆𝒍𝒊𝒙 𝒍𝒆𝒆 💖🌈✨

𝑭𝒆𝒍𝒊𝒙 𝒍𝒆𝒆 💖🌈✨ Pefeitoo como sempreeeee

25/02/21 2 ResponderMais
my conquister

my conquister passei direto pela garota porque sabia que era uma ilusão. mas resolvi enfrentar o ciclope (na real eu só escolhi enfrentar porque tava achando que os sons de corrida dele eram ilusões também, então não queria sair correndo pela floresta e acabar me perdendo)

tô tentando imaginar de que deus é essa prova 🤔
achei meio estranho porque foi fácil demais 😏😏😏

25/02/21 1 ResponderMais
Cancelar