ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 133

Preocupações

Publicado em 02/03/2021

Após a última prova, Tudo o que S/N mais quer é saber como seus amigos estão.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Você dormia tranquilamente quando acorda e vê uma forte luz branca na sua frente, você enxergava com uma certa dificuldade, mas conseguiu perceber que estava no quarto do hospital. No mesmo instante, começou a sentir uma enorme sensação de desespero pois achava que estava novamente naquele hospital de quando tinha perdido o controle sobre seus poderes.

Seu corpo inteiro estava muito dolorido, o que tornava ainda mais difícil para se movimentar mas com muito esforço conseguiu se sentar na cama e sentiu um grande alívio ao ver que o representante estava sentado no sofá lendo um livro. Ele percebe a movimentação e olha para você com um leve sorriso.

- Olá - Diz o representante.

- Oi - Você fala.

- Como está? - Ele pergunta.

- Estou bem e você? - Você pergunta.

- Estou bem também - Ele responde.

- Eu dormi por muito tempo? - Você pergunta.

- Mais ou menos, mas não foi nem o tanto de tempo que você dormiu e sim o quão pesado é o seu sono - Ele responde rindo.

- Por que? - Você pergunta.

- Você não acordava de nenhuma forma, então tive que pedir ajuda a outro representante para lhe tirar do carro e trazer para o hospital - Ele responde rindo.

- Sério? Sinto muito por todo o trabalho - Você fala sem graça.

- Sem problema, faz parte do trabalho - Ele responde rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

- Há quanto tempo estou aqui? - Você pergunta.

- Não faz muito tempo, não se preocupe - O representante responde.

- Que bom, achei que tinha apagado por dias novamente - Você fala.

- Achou que estava novamente naquele lugar? - Ele pergunta.

- Por um instante sim - Você responde.

- Não se preocupe, está no hospital de Eólia mesmo - Ele diz.

- Que ótimo, uma preocupação a menos - Você fala.

- É, pode acreditar, tanto que a qualquer momento Suzana pode aparecer aqui para ver como você está - Ele diz.

- Verdade, se for Eólia, Suzana vai aparecer - Você fala.

- Ela realmente gosta de você - Ele diz.

- Não sei muito bem - Você fala.

- O jeito dela é bem diferente, mas ela parece realmente gostar de você - Diz o representante.

- Será? - Você pergunta.

- O que você acha sobre a Suzana? - Ele pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Não sei nem o que pensar
  • Acho que ela deve gostar mesmo de mim
  • Acho que ela tem segundas intenções

Cena 3

- Eu acho que ela gosta de você - Diz o representante.

- Eu não teria tanta certeza - Você fala.

- Não dá para ter certeza sobre nada, mas acho que ela gosta de você, mas tem um jeito único de demonstrar os sentimentos - Ele diz rindo.

- É, pode ser - Você fala.

- Ela estava louca quando viu você daquela forma - Ele diz.

- Imagino, eu não estava nada bem - Você fala.

- Nem um pouco, você estava péssimo(a) - Ele diz.

- Essa prova foi bem complicada - Você fala.

- Sim, não é todo mundo que vai bem nela - Diz o representante.

- Eu nem sei como consegui - Você fala.

- Eu tinha certeza que você iria conseguir, você é mais forte do que imagina - Ele diz.

- Agradeço pelo elogio, mas não teria toda essa confiança - Você fala.

- Eu confio, estou acompanhando uma boa parte das suas provas e vejo que seu desempenho é bem acima da maioria - Ele diz.

- Muito obrigado(a) - Você fala.

- Eu tenho certeza que você vai conseguir ser um(a) guerreiro(a) - Ele diz.

- É, espero que sim - Você fala.

- Pode confiar, eu trabalho a tanto tempo nisso, sei do que estou falando - Ele diz.

- Então vou me tranquilizar - Você fala.

- Mas não se tranquilize tanto, estou dizendo para mostrar meu apoio e para te dar mais confiança, mas não seja convencido(a), pessoas convencidas acabam se dando mal por subestimar as coisas - Ele diz.

- Não se preocupe, eu nunca subestimo nada - Você fala.

- É bom mesmo, não quero te ver perder para o seu ego - Ele diz.

- Isso nunca vai acontecer - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

- Posso te perguntar uma coisa? - Você pergunta.

- Claro que pode, mas não sei se eu posso responder - O representante responde.

- Vou arriscar - Você fala rindo.

- Pode arriscar, você sabe que sempre tento responder - Ele diz.

- Eu estou curioso(a) em relação a suas atitudes comigo - Você fala.

- Como assim? - Ele pergunta.

- Eu sinto que você me ajuda, isso é realmente a verdade ou é impressão minha? - Você pergunta.

- Te ajudar? Me dê um exemplo - Diz o representante com uma expressão confusa.

- Você acendeu o farol para me ajudar a encontrar naquela prova que enfrentei o leão e também usou aquele spray para tirar as sanguessugas - Você fala.

- Isso? - Ele ri - Isso é algo básico para um representante - Ele diz.

- Sério? - Você pergunta.

- Sim, o spray era para que você não trouxesse sanguessugas para o carro, para Eólia e o hospital - Ele responde.

- Entendi, então é só um protocolo que você segue - Você fala.

- Mais ou menos - Ele diz.

- Como assim? - Você pergunta.

- O spray para sanguessugas faz parte do protocolo, já a luz não, eu me arrisquei tentando te ajudar - Ele responde rindo.

- Mas por que você fez isso? - Você pergunta.

- Eu escutei o rugido e me desesperei pois realmente não esperava que você iria enfrentar um leão, então quis ajudar a que você saísse rápido antes que ele te matasse - Ele responde.

- Isso é muito legal da sua parte - Você fala.

- Você não viu o que aconteceu com sua amiga naquela prova? Eu não queria que algo do tipo acontecesse com você, alguns seres que estavam naquela floresta eram bem mais fortes que os que vocês deveriam enfrentar. Um aluno não deveria enfrentar uma Equidna ou um leão de Neméia - Ele diz.

- Concordo e agradeço por isso - Você fala.

- Você pode até perder ou ser eliminado(a) dessa competição, mas eu não vou aceitar que você morra aqui - Ele diz.

- Fico feliz em ouvir isso - Você fala.

- Sei que posso estar me arriscando, mas nunca vou aceitar que um aluno morra aqui e vou sempre fazer tudo o que esta ao meu alcance para evitar isso - Ele diz.

- É bom saber que existem pessoas como você aqui, me faz me sentir melhor - Você fala.

- É uma honra ser essa pessoa - Ele diz sorrindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Você e o representante passaram um tempo conversando até que escutam alguém bater na porta e logo Suzana aparece.

- S/N - Diz Suzana sorridente.

- Oi Suzana - Você fala.

- Que bom te ver acordado(a) - Ela diz.

- Também estou feliz por isso - Você fala.

- Como você está? Está bem? - Ele pergunta preocupada.

- Estou bem, não se preocupe - Você responde.

- Sente alguma dor? - Ela pergunta.

- Um pouco, mas nada grave - Você responde.

- Tem certeza? - Ela pergunta.

- Sim, estou bem, são machucados simples que logo devem cicatrizar - Você responde.

- Eu fiquei tão preocupada quando vi os dois representantes te levando até o hospital, pensei até mesmo no pior - Ela fala.

- Sinto muito pelo susto, mas felizmente não foi nada - Você fala.

- Não foi nada? Sua pele está toda machucada - Ela diz.

- É normal isso acontecer em uma prova - Você fala.

- Eu sei, mas não foi uma cena nada boa - Ela diz.

- Tudo bem, mas o importante é que agora estou bem - Você fala.

- Verdade, mas você precisa tomar mais cuidado - Ela diz.

- Eu sei, vou me cuidar, mas não prometo nada - Você fala.

- Você quer me deixar preocupada não é? - Ela pergunta.

- Claro que não - Você responde rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

- Suzana, agora vamos deixar S/N descansar um pouco - Diz o representante.

- Eu sei disso - Suzana fala.

- Mas já? - Você pergunta.

- Sim, eu preciso ir, só fiquei pois queria esperar você acordar - Ele responde.

- Muito obrigado(a) - Você fala.

- Não há de que, é um prazer te acompanhar durante essa competição - Ele diz.

- O prazer é meu de ter você do meu lado - Você fala.

- Quanta união entre vocês - Suzana diz surpresa.

- Não tenha ciúmes Suzana - O representante fala rindo.

- Claro que não tenho ciúmes, toda relação é válida - Ela diz.

- Eu concordo, mas S/N gosta mais de mim - O representante fala rindo.

- S/N te vê como um tiozão que faz piadas ruins e acha que é um sábio - Diz Suzana rindo.

- Quanto rancor, S/N me vê como amigo e vê você como a tiazona que quer dar uma de mãe - Ele fala como se estive ofendido.

- Coitado, não se iluda tanto - Ela diz rindo.

- Agora vamos deixar a criança descansar - O representante fala.

- Certo, vamos fazer isso - Diz Suzana.

- Mas parem de brigar - Você fala rindo.

- Não brigamos, só gosto de brincar com Suzana - O representante diz.

- Ele adora irritar todo mundo que conhece - Suzana fala.

- Isso eu concordo - Você diz rindo.

- Esperava mais de você S/N - Ele fala.

- Estou brincando - Você diz rindo.

- Estamos indo, qualquer coisa é só chamar - Suzana fala.

- Certo - Você diz.

- Até qualquer hora - O representante fala.

- Até - Você diz e acena para eles.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Imagem da cena

Depois que Suzana e o representante saíram, você ficou sozinho(a) naquele estranho quarto branco de hospital, o que já não era mais assustador pois desde que tinha entrado naquela competição, as visitas a hospitais estavam ficando cada vez mais constantes, seja como visitante ou como paciente.

Era incrível como o representante tinha a mesma capacidade que seus amigos de conseguir te acalmar e esquecer um pouco da vida maluca que estava vivendo, ele era tão bom nisso que até mesmo Suzana que sempre foi alguém que te causou confusão e um certo receio, parecia mais leve do que o comum.

Você estava viajando tanto em seus pensamentos sobre o representante e a relação que estavam construindo que até mesmo por um momento tinha esquecido de seus amigos, mas logo eles vieram em sua mente e se lembrou que ainda tinha que descobrir o que tinha acontecido com eles.

Como você iria descobrir o que tinha acontecido com seus amigos se ainda estava um pouco mal para sair do hospital? Você precisava que alguém fizesse isso por você, mas quem seria? Suzana? Você deveria ter pedido ao representante para que ele fizesse isso pois ele era o único que faria uma missão por você nesse lugar.

Infelizmente o único jeito era dormir e esperar pelo amanhã para conseguir alta e descobrir mais sobre como seus amigos teriam se saído, mas seria bem difícil já que sua curiosidade conseguia ser maior que seu cansaço.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Você ainda pensava nas inúmeras teorias do que poderia ter acontecido com seus amigos quando seus pensamentos são interrompidos por alguém que batia na porta e você já imaginava que deveria ser Suzana.

- Com licença - Diz Taylor abrindo a porta.

- Você aqui? - Você pergunta surpreso(a).

- Sim, quem mais seria? - Taylor pergunta enquanto entrava.

- Não sei, estava esperando por meus amigos - Você responde.

- Que maldade - Taylor fala enquanto coloca a mão no peito como se tivesse sido ofendido(a) - Você não me considera parte do seu grupo de amigos?

- Você entendeu o que eu quis dizer - Você responde.

- Vou fingir que entendi, mas me magoei - Taylor diz de forma dramática.

- Ás vezes você exagera não é? - Você pergunta.

- Só um pouquinho, mas é porque gosto de brincar com você - Taylor responde rindo.

- É, eu percebi - Você fala.

- Mas me diga, como está? - Taylor pergunta.

- Estou bem e você? - Você pergunta.

- Estou bem, com alguns machucados, mas nada demais - Taylor responde mostrando os curativos no braço.

- Também estou do mesmo jeito - Você fala.

- Um pouco pior não é? - Taylor pergunta segurando o riso.

- Claro que não, estou ótimo(a) - Você responde.

- S/N, você mente muito mal - Taylor fala rindo.

- Eu estou falando a verdade, se você não quer acreditar, não posso fazer nada - Você diz.

- Tá bom, vou fingir que acredito - Taylor fala rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

- Por que eu tenho a sensação que metade dos nossos encontros acontecem no hospital? - Taylor pergunta enquanto se senta na poltrona ao lado da sua cama.

- Também tenho a mesma sensação - Você responde rindo.

- Gostaria de um dia poder te encontrar em um lugar mais animador - Taylor fala.

- É, eu também, mas não há muito lugares animadores por aqui - Você diz rindo.

- Isso é verdade, mas se bem que dizem que quem faz a festa são as pessoas e não o lugar, acredito que isso pode ser usado nesse lugar também - Taylor fala.

- Eu não acho que funciona nesse lugar porque esse lugar não tem nada de animador - Você diz.

- Eu sei que esse não é o melhor lugar do mundo, mas acredito que existem piores - Taylor fala.

- Quais por exemplo? - Você pergunta.

- Uma prisão eu acho ou talvez a Casta de Hefesto - Taylor responde e no mesmo momento começa a rir.

- Eu ia concordar sobre a prisão, mas não precisava humilhar a Casta que nasci - Você diz tentando segurar o riso.

- Sinto muito, mas era impossível não fazer essa piada - Taylor fala.

- Quanta maldade, só porque você nasceu na Casta de Zeus - Você diz.

- Eu iria adorar conhecer a Casta de Hefesto para saber em que tipo de lugar você cresceu - Taylor fala.

- Acho que você não iria conseguir gostar, você cresceu em uma das melhores Castas, não há nada melhor que a de Zeus. Se você fosse conhecer a Casta de Hefesto, iria ficar horrorizado(a) - Você diz.

- Eu não me surpreendo tão fácil, mas acho que você tem razão. Quando vi as habilidades que você e Laura possuem com armas, só consegui pensar: Será que eles(as) cresceram naqueles lugares onde as pessoas precisam caçar para comer? - Taylor pergunta rindo.

- Você é ridículo(a), nós temos habilidades porque treinamos, não tem nada a ver com o que vivemos em nossa Casta - Você fala jogando um dos travesseiros em Taylor.

- Estou brincando - Taylor diz rindo.

- Estou mal e você ainda quer me irritar? Que péssima visita - Você fala segurando o riso fazendo com que Taylor dê risada.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

- Taylor, você está bem? - Você pergunta.

- Sim, por que? - Taylor pergunta.

- Você poderia fazer um favor para mim? - Você pergunta.

- Não sei - Taylor responde.

- Por favor, não é nada difícil - Você fala.

- Vai, diga o que é e eu vou pensar a respeito - Taylor diz.

- Eu preciso que você descubra como Eric, Laura e Sam estão - Você fala.

- Sério isso? - Taylor pergunta.

- Sim, por favor - Você responde.

- Não acredito nisso - Taylor diz.

- Eu preciso saber como eles estão, mas ainda não estou bem para descobrir - Você fala.

- Eu achei que você estava muito bem e que não tinha se machucado gravemente - Taylor diz.

- Eu estou bem, mas Suzana pediu para que eu ficasse em repouso - Você fala.

- Você está se aproveitando de mim - Taylor diz.

- Claro que não, é só um favor bem bobo - Você fala.

- Eu merecia uma recompensa por isso - Taylor diz com um sorriso malicioso.

- Nem pensar, se você não quiser fazer tudo bem, eu peço para a Suzana - Você fala.

- Tá bom, eu vou - Taylor bufa - Daqui a pouco eu volto.

- Obrigado(a), você realmente faz parte do meu grupo de amigos - Você fala sorridente.

- Interesseiro(a) - Taylor diz com uma expressão engraçada e sai.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

Imagem da cena

Enquanto você esperava por Taylor voltar, estava bem feliz pois tinha conseguido alguém para descobrir como seus amigos estavam e assim não teria que ficar em desespero esperando até o próximo dia.

Mesmo que ainda não tivesse total confiança na personalidade de Taylor, era impossível ignorar que cada vez mais conseguia ter bons sentimentos em relação a ele(a) e assim sentia que poderia construir uma boa amizade com o passar do tempo e claro, se não houvesse nenhuma ação suspeita.

Agora a única coisa que lhe restava era ter que conter sua ansiedade para esperar por Taylor com as respostas sobre o que poderia ter acontecido com Laura, Eric e Sam para conseguir dormir e descansar bem.

Tudo o que você mais torcia era para que Taylor voltasse com boas notícias sobre seus amigos pois se já era difícil ter que lidar com seus próprios problemas, ter que lidar também com as preocupações por seus amigos poderia ser ainda pior para alguém como você que ainda estava em fase de recuperação.

Seria difícil lutar contra o turbilhão de sentimentos que sentia naquele momento, mas você iria manter a calma pois não iria deixar que nada afetasse o seu estado já que ainda estava tentando controlar seus sentimentos que influenciavam diretamente em seus poderes.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

Um bom tempo se passou e você virava de um lado para outro na cama tentando dormir um pouco para estar bem para o próximo dia, mas infelizmente já imaginava que só iria conseguir dormir realmente bem quando Taylor aparecesse com as informações sobre seus amigos.

Você escuta alguém batendo em sua porta e logo se senta na cama com uma certa dificuldade devido as dores. Seu coração estava acelerado de ansiedade e no momento que vê Taylor sente um alívio pois finalmente iria descobrir a verdade.

Taylor tinha uma expressão indecifrável para saber se era uma notícia boa ou ruim, então Taylor se senta na poltrona e começa a falar:

- Terminei minha investigação - Diz Taylor.

- E o que você descobriu? - Você pergunta.

- A ligação entre vocês é tão grande que estão todos no hospital - Taylor responde.

- O quê? Não é possível - Você fala em desespero.

- Não se preocupe, não é nada grave - Taylor diz.

- Como não é grave? - Você pergunta.

- S/N, você não percebeu que você está no hospital e que eu estou com curativos? - Taylor pergunta.

- Eu percebi sim, mas o que isso tem a ver? - Você pergunta.

- Todos os alunos estão no hospital - Taylor responde.

- Como assim? - Você pergunta.

- Todos sofreram alguma consequência da prova, alguns com algo mais leve e outros com algo mais grave - Taylor responde.

- Em que classificação meus amigos se encaixam? - Você pergunta.

- Laura está na mais leve, ela disse que irá vir te visitar, mas ela está em observação por causa dos machucados causados por aquelas plantas cortantes, eles querem ter certeza que o veneno não a afetou - Taylor responde.

- Certo e os outros? - Você pergunta.

- Sam está bem, mas está com um leve desconforto para respirar porque sofreu um tipo de aperto durante a prova. Eric machucou o pé, mas também está bem - Taylor responde.

- Não sei se estou feliz ou triste com sua investigação - Você fala.

- Pode ficar feliz, Suzana disse que todos os casos estão sendo bem cuidados e eles podem ser liberados amanhã - Diz Taylor.

- Sério? Que bom - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 13

- Agora que cumpri meu papel na investigação, vou embora - Diz Taylor.

- Muito obrigado(a) Taylor, você foi de grande ajuda - Você fala.

- Você não vai me dar nenhuma recompensa mesmo? - Taylor pergunta sorrindo.

- Eu te agradeci e não te xinguei, já é uma ótima recompensa - Você responde.

- Que mal humor - Taylor fala rindo.

- Tchau Taylor - Você diz.

- Eu vou ir, mas amanhã volto para ver como você está - Taylor fala.

- Certo, então até amanhã - Você diz.

- Até, vê se não se esforça demais e se cuida - Taylor fala.

- Pode deixar, vou me cuidar - Você diz.

- Boa noite S/N - Taylor fala na porta.

- Boa noite - Você diz.

Assim que Taylor sai, você se aconchega na cama e se prepara para dormir, mesmo que não tenha recebido as informações que esperava, estava feliz em saber que seus amigos estavam bem na medida do possível. Agora poderia dormir em paz e focar apenas na próxima prova que logo iria acontecer.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Melissa

Melissa por mais q taylor pode parecer meio misterioso e frio dms p mt gnt eu acho ele(a) tão fofin cm S/N,ai shippoKKKK
eu não aguento mais ficar em hospital todo diaaaa liberdadeeee KAKAKAKAK
mais um ep perfeito como SEMPRE,obg pelo capitulo miss,amei

2/03/21 33 ResponderMais
karla schechtel

karla schechtel Não sei qual das interações eu mais gostei, a da S/N e do Taylor ou da Suzana e do Representante kkkkk.
Sério esse cap foi bem divertido, espero ansiosa pelo próximo.

2/03/21 23 ResponderMais
𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛

𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛 Mesmo que antes eu shippase S/N e Sam, acho que agora shippo ela com Taylor, alias ele é tão fofo com ela!! Adorei aquela parte que Suzana e o Representante ficam brincando kkkk

Capítulo Perfeitooooooo!!!!

2/03/21 17 ResponderMais
࿌ʟᴀɪꜱ ᴄᴀʀʀᴇɢᴀʀɪ࿌

࿌ʟᴀɪꜱ ᴄᴀʀʀᴇɢᴀʀɪ࿌ Achei q Taylor merecia uma recompensa sim viu kkkkkkkkkk

2/03/21 16 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca Perfeitoooo como sempreeee ♥️♥️♥️♥️♥️♥️ aii taylor para de ser fofo pq sou iludida e trouxa cara! Aiai amo as palhaçadas do representante (Enzo) e de Taylor kkkkk

2/03/21 11 ResponderMais
my conquister

my conquister não taylor, você não é meu amigo. vc vai ser meu namorado 🤨

se ele dissesse pra mim que queria uma recompensa, eu diria:
tudo que vc quiser bb, é só pedir 😏

2/03/21 8 ResponderMais
Natália

Natália Cara eu acho que a parte da Suzana e do representante foi a melhor, cara eu achei muito fofo eles três brincando, agr tipo eu até achei fofinho Taylor com S/N mas eu não consigo shippar os dois cara e nem confiar em Taylor sério, caraaaaa eu sou louquinha por Sam e por mais que tenha sido brincadeira o negócio da casta de Hefesto e tenha sido até um pouco engraçado eu não gostei muito, achei desrespeitoso, Sam não tem cara de que faria uma coisa dessas, espero que eu não esteja sendo uma Lumena da vida

2/03/21 8 ResponderMais
fire ball

fire ball Mano que fofa a Taylor ajudando o S/N quero cenas assim com Sam também

2/03/21 7 ResponderMais
LeBlanc_Fox

LeBlanc_Fox Amei a "discussão" que Suzana e o representante teve.

Taylor estava muito engraçadinho nesse capítulo e eu simplesmente AMEI!

AMEI muito esse capítulo Miss!!

2/03/21 7 ResponderMais
𝑭𝒆𝒍𝒊𝒙 𝒍𝒆𝒆 💖🌈✨

𝑭𝒆𝒍𝒊𝒙 𝒍𝒆𝒆 💖🌈✨ Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Necessito de novo episodio , Serio essa e a melhor Fic que eu ja li, Missnvc poderia fazer um triangulo amoroso com o(a) Taylor e o(a) Sam , ideia pra proxima prova ser em equipe , e seja Taylor , Sn , Marina e Melissa , e eles vao pra uma especie cidade abandonada e ter que salvar um familia , so que a Sn acaba tendo que lutar com uma indra e o Taylor vai atras dela , so que a melissa tenta para lo , Assim nada ver , eu so tive essa ideia , mas nao ligue eu sei que e ruim!! kkk

2/03/21 6 ResponderMais
Cancelar