ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 136

O Monte

Publicado em 05/03/2021

Um novo dia se inicia em Eólia e todos querem saber se haverá ou não uma nova prova.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Você dormia tranquilamente quando acorda com o som de seu despertador que tocava e logo o desliga. Assim que desliga seu alarme, você passa mais um tempo na cama ainda pensando sobre a competição, em especial a última prova e a próxima prova que iria começar.

Seu corpo ainda estava bem machucado e cansado da última prova que tinha sido bem pesada e complicada, mas infelizmente nem poderia sofrer por muito tempo pois se hoje realmente houvesse uma nova prova a ser feita, não poderia perder seu tempo sofrendo ou lamentando, tinha que se recompor para poder dar o seu melhor e ir bem na prova para receber sua carta do deus que criou a prova.

Você não fazia a menor ideia do motivo que serviria as cartas que os alunos estavam recebendo dos deuses, mas mesmo assim iria fazer de tudo para conseguir o máximo possível pois tinha certeza que havia algum significado por trás daquilo e iria não apenas descobrir, como também vencer seja lá o que fosse.

Era curioso como mesmo estando tão machucado(a) e cansado(a), você tinha uma enorme animação para as próximas provas da competição pois tinha muita curiosidade em saber quais eram as ideias malucas que os deuses teriam, sem contar que queria saber de quais deuses iria receber uma carta.

Mas antes de querer tanta ambição com o futuro, você teria que focar primeiramente no presente para conseguir passar por todas as etapas com boa pontuação e também sem se machucar tanto.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Depois de passar um bom tempo em sua cama pensando sobre a situação que sua vida estava, você finalmente cria coragem para se levantar e ir em direção ao banheiro para fazer sua higiene pessoal.

Ao se levantar, você foi caminhando em direção ao banheiro e se surpreendeu ao ver que Eric já estava acordado e mexia no celular enquanto estava deitado, já Laura e Sam não estavam em suas camas, mas vocês já imaginava que estavam na cozinha.

- Bom dia - Diz Sam ao sair do banheiro e dar de cara com você.

- Bom dia - Você fala dando passos para trás com o susto.

- Se assustou? - Sam pergunta rindo ao ver sua ação.

- Um pouco, não fazia ideia que você estava no banheiro - Você responde.

- Entendo, dormiu bem? - Sam pergunta.

- Sim e você? - Você pergunta.

- Também dormi bem, mas não sei se foi o bastante para descansar - Sam responde.

- Ainda está sentindo dor? - Você pergunta.

- Um pouco - Sam responde.

- Meu corpo também dói, mas sei que logo vai passar - Você fala.

- Espero que sim - Sam diz.

- Só precisamos de um pouco mais de tempo para que nossos corpos se recuperem - Você fala.

- Concordo, o problema é que não temos repouso nesse lugar - Sam diz.

- Verdade, um tempo em repouso seria ótimo para nos recuperarmos, mas como não temos isso aqui, essa recuperação irá demorar mais - Você fala.

- Esse lugar adora nos atrapalhar - Sam diz.

- Concordo - Você ri.

- E como estão as suas expectativas para a possível prova de hoje? - Sam pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Estou animado(a)
  • Estou ansioso(a)
  • Estou até que calmo(a)

Cena 3

- Entendo - Sam diz.

- E você? Como se sente? - Você pergunta.

- Nem sei o que dizer - Sam responde rindo.

- Como assim? - Você pergunta.

- Não queria que tivéssemos prova hoje devido ao cansaço, mas ao mesmo tempo estou tão curioso(a) para saber o que será que vai acontecer - Sam responde.

- É, vamos torcer que a prova seja um mais fácil e não tão cansativa - Você fala.

- Sim, essas provas são as melhores para nos recuperar, mas são as que não tem tanta emoção - Sam diz rindo.

- É verdade, infelizmente não podemos ter tudo - Você fala rindo.

- Pra mim, se eu continuar na competição sem me machucar muito grave, já está ótimo - Sam diz rindo.

- Eu concordo totalmente, contanto que eu, você, Laura e Eric estejam bem, já é ótimo - Você fala rindo.

- Agora vou deixar você tomar seu banho para para preparar o que for - Sam diz saindo.

- Certo, daqui a pouco vou ajudar com o café - Você fala.

- Ok - Sam diz e sai.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

Após falar com Sam, você entrou direto no banheiro para fazer sua higiene pessoal e principalmente para tomar um bom banho para que lhe ajudasse a despertar do cansaço que sentia.

Enquanto tomava seu banho, você já imaginava os mais diversos tipos de prova que poderia acontecer mais tarde, por mais que você quisesse que não houvesse nenhuma prova pois queria um dia livre para se recuperar por completo, era impossível não imaginar o que poderia acontecer.

Outra coisa que não saia da sua mente era a conversa que teve no dia anterior com seus amigos sobre a competição estar se aproximando do final pois isso significava que finalmente poderia sair de todo aquele sofrimento, sem contar que poderia ver sua família novamente após tanto tempo.

Pensar no fim da competição lhe causava sentimentos mistos pois seria uma grande realização terminar e conseguiria ser guerreiro(a) como seu pai era e como tantos queriam, mas ao mesmo tempo pensava que durante esse período, muitas pessoas seriam eliminadas e até mesmo se ferir de forma bem grave.

Além disso, saber que a competição estava se aproximando do fim lhe fazia relembrar que ainda tinha uma decisão bem difícil a ser tomada: A decisão sobre ser ou não um(a) rebelde que seria algo que mesmo evitar pensar a respeito, vez ou outra aparecia em sua mente.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Depois de tomar seu banho e se arrumar, você foi em direção a cozinha para ajudar seus amigos com a preparação do café da manhã. Não demorou muito e logo Eric também se juntou a você e todos foram tomam café da manhã.

- O que será que o dia de hoje nos reserva? - Eric pergunta.

- Acho que uma nova prova - Sam responde.

- Por mais que eu odeie pensar nisso, também acho que teremos prova - Eric fala.

- Infelizmente Eric, aquela conversa que tivemos ontem é real, só teremos descanso quando a competição acabar - Laura diz.

- Isso é horrível - Eric fala.

- Sim, mas é a realidade nua e crua - Laura diz.

- É, só espero que tudo isso valha a pena no final - Eric fala.

- Vai valer - Laura diz.

- E falando sobre a prova, o que será que teremos hoje? - Sam pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Prova com poderes
  • Combate
  • Prova de fuga
  • Prova de raciocínio

Cena 6

- Eu quero uma prova leve, seja lá qual for o tipo - Eric responde.

- Também iria adorar uma prova mais leve pois estou exausta, mas chuto uma prova de raciocínio pois acho que eles vão deixar combates e poderes para o final - Laura diz.

- Faz sentido o que você falou - Sam fala.

- Se for de raciocínio, a chance de que eu vá bem cresce muito - Eric diz rindo.

- Não se desmereça, você também é bom nas outras provas - Laura fala.

- Eu não acredito, mas agradeço pelo elogio - Eric diz rindo.

- Tenha mais confiança Eric, isso vai fazer muita diferença nesse lugar - Sam fala.

- Eu sei disso - Eric diz.

- Nós precisamos colocar em nossa mente que vamos vencer qualquer desafio aqui - Laura fala.

- É mais fácil falar do que fazer isso - Eric diz.

- Eu sei que é difícil fazer isso na prática, mas precisamos tentar para termos mais confiança pois não quero que nenhum de vocês seja eliminado - Laura fala.

- Não se preocupe Laura, nenhum de nós será eliminado - Você diz.

- Espero que você tenha razão - Ela diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Você e seus amigos passaram um bom tempo conversando enquanto tomavam o café da manhã, porém escutam a sirene que anunciava a chegada de alguém em Eólia, então saíram da cabana e foram em direção ao centro para ouvir o que Selena teria a falar.

Assim que saíram da cabana, você observava que muitos alunos corriam desesperados ao centro de Eólia, eles pareciam machucados, mas não parecia ser nada grave.

Não demora muito e assim que vocês se aproximam do palco, já veem Selena subindo e caminhando em direção ao microfone para falar:

- Olá a todos, espero que estejam bem. Ontem tivemos mais uma prova que foi bem mais difícil do que vocês imaginavam, ela consistia em uma luta contra o fogo, algo muito importante para o deus que a elaborou. Ao meu ver, foi uma prova bem interessante para avalia-los em diferentes circunstâncias e o que posso dizer é que a grande maioria apresentou um ótimo desempenho de prova, estou muito orgulhosa e vocês merecem ser parabenizados por isso. O principal foco da prova era ver como vocês lidavam com a situação e se conseguiriam sair dos cômodos, se você conseguiu fazer isso, não se preocupe pois não será eliminado, os outros critérios de julgamento não são relacionados com a permanência de vocês aqui. Dito isso, também quero elogiá-los pelas atitudes tomadas em prova, cada vez mais vocês estão sendo mais racionais e analisando muito bem as provas antes de tomarem suas decisões, espero que continuem assim e tenho certeza que irão longe na competição. Infelizmente, mesmo com a maioria apresentando um ótimo desempenho, houveram algumas eliminações, mas eles já foram contatados, então eles receberam os cuidados médicos e irão voltar para casa. Agora chega de falar de situações tristes e vamos falar da prova do dia que é o que realmente importa, na prova de hoje, os representantes irão levá-los ao local onde terão que cumprir algo, tomem muito cuidado com essa prova pois só existe uma forma de vencer e será bem óbvia. Agora irei me retirar e nos vemos amanhã, uma boa sorte e que a benevolência dos deuses caia sobre vocês.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Assim que Selena termina de falar, ela se retira do palco e no mesmo momento todos os alunos começam a correr em direção as cabanas para colocarem a roupa de treino.

Como você e seus amigos já imaginavam que haveria prova, já estavam vestidos e prontos para a prova, então apenas se despediram e seguiram em direção aos carros dos representantes que iriam levá-los.

- Olá S/N - Diz o representante.

- Oi - Você fala.

- Como está hoje? - Ele pergunta.

- Estou bem e você? - Você pergunta.

- Eu estou ótimo - Ele responde.

- Que bom ouvir isso - Você fala.

- Está bem recuperado(a)? - Ele pergunta.

- Não completamente, mas o bastante - Você responde.

- Entendo, não teve muito tempo para se recuperar não é? - Ele pergunta.

- Não, mas vou melhorar - Você responde.

- Podemos ir? - Ele pergunta.

- Claro que sim - Você responde.

- Ótimo, recomendo dormir um pouco pois dessa vez o local é bem longe - O representante diz.

- Tudo bem, é ótimo que posso descansar antes - Você fala.

- É, isso fará diferença - Ele diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

Depois de você dormir e acordar tantas vezes devido a demora, finalmente você sente o carro estacionar e já imaginava que tinham chegado ao local.

- Chegamos? - Você pergunta.

- Sim - O representante responde.

- Finalmente, achei que só chegaríamos a noite - Você fala.

- Eu disse para você que é uma viagem longa - Ele diz.

- Eu sei, mas não achava que era tão longa - Você fala.

- Esse é o seu problema, você não confia muito em mim - Ele diz rindo.

- Perdão voz da experiência - Você fala.

- Sei que você quis me atingir, mas vou ignorar - Ele diz rindo.

- Foi uma piada - Você fala.

- Eu sei - Ele diz.

- Mas me diga, onde estamos? - Você pergunta enquanto olhava ao redor e percebia que estavam em cima de uma montanha.

- Estamos no Monte Parnaso, não é lindo? - Ele pergunta.

- A vista é muito bonita mesmo - Você responde.

- Esse lugar parece uma pintura - Ele diz sorridente.

- Verdade - Você fala.

- Aproveite para admirar coisas que não tem em sua Casta - Ele diz.

- Como assim? A minha Casta é bem bonita - Você fala.

- Qual Casta que você escolheu? - Ele pergunta rindo.

Continua depois da publicidade
  • Casta de Zeus
  • Casta de Poseidon
  • Casta de Atena
  • Casta de Ártemis
  • Casta de Ares
  • Casta de Apolo
  • Casta de Afrodite
  • Casta de Dionísio
  • Casta de Hera
  • Casta de Deméter
  • Casta de Hermes
  • Casta de Hefesto

Cena 10

- É uma Casta bonita, mas nem sem compara com isso - Diz o representante.

- É, acho que você tem razão - Você fala rindo.

- Eu tenho certeza que tenho razão - Ele diz rindo.

- Qual será o meu dever nesse lugar? - Você pergunta.

- Já quer ouvir a missão? Não quer conversar um pouco? - O representante pergunta.

- Sim, vamos terminar isso primeiro - Você responde.

- Ótimo, então vou começar a explicação - Ele diz.

- Certo - Você fala.

- Essa é uma prova consideravelmente fácil, você terá que matar um inimigo que irá aparecer a qualquer momento com o uso de seus poderes - Ele responde.

- Sério? - Você pergunta e logo sente um nervosismo devido o trauma da última vez que utilizou seus poderes.

- Sim, é bem fácil e você vai conseguir terminar isso facilmente - Ele responde.

- É, espero que sim - Você fala.

- Seu adversário não é uma pessoa, então tente controlar seus sentimentos - Ele sussurra para você.

- Certo, vou conseguir - Você fala.

- Eu sei que vai, boa sorte e termine rápido que as coisas podem ficar mais difíceis se você demorar - Ele diz.

- Como assim? - Você pergunta.

- Estamos em um lugar muito alto e você pode se sentir um pouco mal devido a altitude - O representante responde.

- Entendi, vou acabar o mais rápido possível - Você fala.

- Certo, boa sorte - Ele diz.

- Obrigado(a) - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Um raio
  • Uma espada

Cena 12

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Uma lança
  • Uma espada

Cena 13

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Uma lança
  • Bombas

Cena 14

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Arco e flecha
  • Discos de luz

Cena 15

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Arco e flecha
  • Chicote de espinhos

Cena 16

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma poção
  • Chicote de espinhos

Cena 17

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma poção
  • Espada

Cena 18

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Tridente
  • Espada

Cena 19

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Lança
  • Espada

Cena 20

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Bombas
  • Adaga

Cena 21

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Arco e flecha
  • Espada

Cena 22

Assim que termina de falar com o representante, ele sai correndo para se afastar e você começa a caminhar pela montanha em busca de encontrar a tal cobra que ele havia falado.

Você estava com muito medo dessa luta pois sua última luta com poderes tinha sido complicada e até perdeu os controles, você não queria passar por tudo aquilo novamente e tentava se tranquilizar ao máximo, mas era quase inútil pois só conseguia pensar em tudo que viveu naquele hospital.

Mesmo estando com medo de perder o controle novamente, você fez de tudo para se manter tranquilo(a) pois sabia que seria uma simples cobra que não podia falar, então ela não ficaria lhe testando como Heitor, então poderia ser mais fácil de manter a calma.

Sua caminhada não demorou muito e logo uma enorme cobra se aproxima, ela era bem diferente de qualquer outra cobra que você tinha visto em vida pois ela era muito grande e tinha olhos estranhos e mortais, aquela não seria uma adversária fácil.

A cobra já avança em sua direção com uma enorme vontade, então você decide criar uma arma para se defender, mas qual a melhor arma?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma poção
  • Bastão

Cena 23

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar o raio e logo começa a correr em direção da cobra enquanto acertava vários raios na direção dela, até que conseguia acertar alguns nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os raios com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 24

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma espada e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 25

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma espada e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 26

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma lança e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 27

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma lança e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 28

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar várias bombas e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar algumas bombas nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para lançar as bombas com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 29

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um arco e flecha e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar algumas flechas nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar as flechas com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 30

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar discos de luz e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns discos nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os discos com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 31

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um arco e flecha e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar algumas flechas nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar as flechas com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 32

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um chicote de espinhos e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes do chicote com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 33

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um chicote de espinhos e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes do chicote com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 34

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma poção para induzir a cobra ao sono e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar a poção nela, mas ela era surpreendentemente rápida e por ser muito grande, precisaria de muitas doses, o que fazia você imaginar que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar a poção com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 35

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma poção para induzir a cobra ao sono e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar a poção nela, mas ela era surpreendentemente rápida e por ser muito grande, precisaria de muitas doses, o que fazia você imaginar que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar a poção com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 36

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma espada e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 37

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma espada e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 38

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um tridente e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 39

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma espada e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 40

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma lança e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 41

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar várias bombas e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar algumas bombas nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para lançar as bombas com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 42

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar várias adagas e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar algumas adagas nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar as adagas com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 43

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um arco e flecha e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar algumas flechas nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar as flechas com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 44

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma espada e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 45

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar um bastão e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar alguns golpes nela, mas ela era surpreendentemente rápida e você já imaginava que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar os golpes do bastão com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 46

Para sua sorte, seus poderes estavam mais fortes do que imaginava, então não tem dificuldade ao conseguir criar uma poção para induzir a cobra ao sono e logo começa a correr em direção da cobra para acertá-la, até que conseguia acertar a poção nela, mas ela era surpreendentemente rápida e por ser muito grande, precisaria de muitas doses, o que fazia você imaginar que não seria uma luta muito fácil.

Lutar contra aquela enorme cobra era algo bem complicado pois ao mesmo tempo que precisava se aproximar dela para acertar a poção com mais precisão, também precisava se afastar para evitar os golpes rápidos dela e principalmente evitar com que ela conseguisse acertar as enormes presas em seu corpo, pois o veneno de um ser como aquele não deveria ser normal.

A luta estava ficando cada vez mais intensa e você já começava a se machucar, ela tinha feito alguns machucados em você, sem contar que você já começava a sentir altitude fazendo efeito em você, o que dificultava muito para que conseguisse respirar, parecia que tinha algo lhe apertando, era uma sensação desesperadora tentar respirar com aquilo acontecendo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 47

A luta com a cobra não estava sendo fácil pois mesmo conseguindo acertá-la, ela não se machucava tão facilmente pois tinha uma pele bem forte, sem contar que muitas vezes ela conseguia te jogar para longe quando lhe acertava, o que fazia seus machucados doerem muito.

Parecia que toda vez que ela te acertava, ela conseguia potencializar ainda mais não apenas a dor dos machucados que ela fazia, quanto também dos machucados decorrentes das outras provas, aquilo era como uma tortura.

A situação era ainda pior pois a falta de ar ficava cada vez mais presente e você tinha que se afastar dela apenas para conseguir respirar um pouco mais já que estava se cansando muito por não ter tanto ar quanto estava acostumado(a).

Quando você não imaginava que a situação poderia pior, você vê um forte clarão por trás da cobra e no mesmo momento para de enxergar, tudo ao seu redor era apenas uma escuridão, você não via mais nada e aquilo deixava tudo mais desesperador. Será que você tinha ficado cego(a) ou aquilo fazia parte da prova?

Por mais que você estivesse em desespero já que seus olhos eram parte fundamental na luta, você não podia parar naquele momento pois agora estava ainda mais vulnerável e aquela cobra poderia lhe matar a qualquer momento, então respirou fundo tentou se controlar e resolveu lutar baseado apenas no som que ela fazia ao se mexer, não seria fácil já que você nunca tinha feito, mas era o único jeito de você ter ao menos uma chance de sobreviver.

Agora que estava bem machucado(a), com dificuldade para respirar e sem a sua visão, você tinha que acabar com aquela luta o mais rápido possível e então sabia que precisava dar o golpe final para acabar com tudo, mas qual seria o ponto fraco daquele ser? A cabeça ou o coração? Qual você deveria focar?

Continua depois da publicidade
  • Cabeça
  • Coração

Cena 48

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar um raio, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários raios para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 49

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar um raio, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários raios para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 50

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar um tridente, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários jatos de água para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 51

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar um tridente, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários jatos de água para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 52

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma adaga, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias adagas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 53

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma adaga, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias adagas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 54

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar um arco e flecha, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias flechas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 55

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar um arco e flecha, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias flechas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 56

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma rocha, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias pedras para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 57

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar rochas, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias pedras para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 58

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar discos de luz, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários discos para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 59

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar discos de luz, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários discos para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 60

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar flechas de espinhos, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias flechas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 61

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar flechas de espinhos, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias flechas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 62

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma tempestade de espinhos, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários espinhos para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 63

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma tempestade de espinhos, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários espinhos para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 64

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma lança, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários lanças para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 65

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma lança, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando vários lanças para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 66

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma bomba de espinhos, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias bombas de espinhos para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 67

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar uma bomba de espinhos, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias bombas de espinhos para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 68

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar rajadas de vento, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias rajadas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 69

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar rajadas de vento, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias rajadas para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 70

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria a cabeça daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar bolas de fogo, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser a cabeça dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias bolas de fogo para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 71

Você pensa muito até se decidir que o melhor alvo seria o coração daquela cobra, então começa a tentar anular todos os outros sons do local para focar apenas no som que fazia ao se mover.

Foi difícil e demorado, além de doloroso, mas logo você começou a perceber os sons que ela fazia ao se arrastar e o som que fazia com a boca, eles não eram tão altos assim, então você teria que tomar muito cuidado pois se errasse, poderia receber o bote dela e ter que lidar com o veneno dela em seu corpo.

Você então começa a correr em direção a ela com uma certa dificuldade devido a falta de ar, junta todas as suas forças para criar bolas de fogo, respira fundo e tentar acertar naquilo que você imaginava ser o coração dela devido ao som da língua.

Você escuta o barulho estranho e deduz que era de dor, então continua acertando várias bolas de fogo para ter certeza que ela tinha morrido já que não podia se aproximar demais dela.

Depois de algum tempo, você escutam o som de algo caindo e já imaginava que a cobra tinha morrido, no mesmo instante você cai no chão exausto(a) para respirar já que tinha chegado ao seu limite.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 72

Você estava no chão caído(a) com muitas dores pelo corpo e tentando respirar mesmo com a dificuldade que enfrentava, sua visão ainda não tinha voltado e você já começava a se desesperar com medo que não voltasse mais.

Você escuta os sons de passos rápidos como se fosse alguém correndo até que percebe que era o representante quando ele começa a falar.

- S/N - Ele grita desesperado.

- Estou aqui - Você fala.

- Está tudo bem? - Ele pergunta.

- Não está nada bem - Você responde.

- O que aconteceu? - Ele pergunta.

- Eu não consigo respirar direito, estou com muita dor e não estou enxergando - Você responde querendo chorar, mas se controla.

- Calma, já vamos resolver isso - Ele diz.

- O que está acontecendo comigo? - Você pergunta.

- Seu corpo está doendo pois ele ainda não está recuperando e sua respiração está ruim por causa da altitude, aqui é muito alto - Ele responde enquanto te ajuda a se levantar.

- E a minha visão? O que aconteceu? - Você pergunta.

- Isso faz parte da prova, não se desespere, vou te levar até Eólia e lá eles vão te ajudar para que sua visão volte - Ele responde.

- O quê? Mas que raio de ideia é essa? - Você pergunta.

- É um tipo de feitiço ou magia do deus que criou a prova, mas já vai passar, se acalme - Ele responde.

- Vai se difícil me acalmar - Você fala.

- Eu sei, mas descanse um pouco - Ele diz enquanto te coloca no carro.

- Tem chances de que eu perca minha visão de verdade? - Você pergunta.

- Claro que não - Ele responde de uma forma suspeita que só faz seu pânico aumentar.

- Você não pareceu muito firme em sua resposta - Você fala.

- S/N, se acalme, durma um pouco e logo resolveremos isso, não esqueça que a viagem é longa - Ele diz.

- Eu duvido que você se acalmaria se fosse a sua visão - Você fala com raiva.

- Eu entendo o que você está passando, agora se acalme que estamos indo embora - Ele diz.

- Eu ODEIO o deus que criou essa prova - Você fala.

- Não diga isso - Ele diz.

No mesmo instante, você fecha os olhos para tentar dormir e esquecer tudo o que estava acontecendo, pois queria acreditar que quando chegasse em Eólia, o feitiço seria desfeito e você voltaria a ter visão, por mais que a resposta do representante não fosse muito convincente, você nem quis pensar na possibilidade de algo dar errado, você precisava da sua visão de volta.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛

𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛 Maravilhoso! Nem tô acreditando que S/N conseguiu matar uma cobra só ouvindo o barulho dela kk, Isso mesmo S/n ODIAMOS o Deus que fez essa prova!

5/03/21 22 ResponderMais
karla schechtel

karla schechtel Certeza que a parte do "eu ODEIO o deus que criou essa prova" vai influenciar em algo :,)
Estou com medo k
Miss você é incrível sério sz

5/03/21 14 ResponderMais
Melissa

Melissa gente que perfeito,meudeus s/n e tão rodeado(A) de cobras q conseguiu matar uma só pelo som KKK,ai vc percebe q s/n é um(a) guerreiro(A) de respeitoKKKK representante,representante,não mente pra mim não que eu ainda te amo,obrigada pelo ep missss,ta perfeito como sempre

5/03/21 14 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca Perfeitoooo como sempreeee ♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️ que ideia de jirico foi essa? Gente esse Deus é mais louco que eu🤦🏻‍♀️

5/03/21 9 ResponderMais
Lynn

Lynn Ja estou vendo o final da carta "É uma pena você me odiar s/n" kkkkkkkk amei o capítulo

6/03/21 7 ResponderMais
Trio Maravilha

Trio Maravilha Que capítulo incrível! Vou confessar que me deu um baita medo quando descobri que a prova era com poderes, no entanto deu tudo certo menos a surpresa que envolve a minha visão né?! Que ideia mas inesperada, mal posso esperar para descobrir de qual Deus pertence essa criatividade insana. No entanto tenho algo a comentar, eu sou da Casta de Atena e fui na opção da cabeça nisso não apareceu a forma que a luta ocorreu apenas o que acontece a seguir quando ela mata a criatura. Isso apenas está acontecendo comigo ou não?

5/03/21 7 ResponderMais
LeBlanc_Fox

LeBlanc_Fox QUEM FOI O IDIOTA QUE CRIOU ESSA PROVA?!!! Perder a visão, sério isso?

Amei Miss

5/03/21 5 ResponderMais
keillion

keillion Eu falando q odeio o deus q criou a prova, mas aposto q foi o deus da casta q eu escolhi q criou a po*** da prova KAJSDJANKDASDASDJAK

10/03/21 2 ResponderMais
Koku the Beginning

Koku the Beginning Perfeito

5/03/21 2 ResponderMais
Gabriella Silva

Gabriella Silva Gente e a carta kkkkkk

5/03/21 2 ResponderMais
Cancelar