ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 154

A Prova Final - Parte 3

Publicado em 02/04/2021

Então chega o momento de S/N descobrir quem irá enfrentar no combate, será que irá vencer e controlar seus poderes?

Continua depois da publicidade

Cena 1

Você ainda estava tentando se recuperar depois de ver o que tinha acontecido com Laura, mas era bem difícil conseguir se concentrar depois de assistir tudo aquilo. Seu coração estava ainda mais acelerado e sua mente estava tão confusa pois eram muitas coisas para absorver ao mesmo tempo.

Naquele momento, sua preocupação com Laura era muito grande pois sabia que ela deveria estar muito mal já que ela sempre foi um exemplo de pessoa equilibrada e agora tinha perdido total controle dos poderes. Mesmo que se Laura melhorasse, ela iria ficar muito mal por ter se descontrolado e descontado tudo em Gustavo que era alguém que ela realmente gostava, sem contar que ainda tinha o problema dela ter se descontrolado em vão já que agora ela poderia correr o risco de ser eliminada da competição.

Você sabia que precisava tentar se controlar e relaxar para que não acontecesse o mesmo que aconteceu com Laura pois você poderia machucar alguém sem intenção e ainda poderia se descontrolar pela segunda vez, o que poderia ser ainda mais complicado já que os superiores iriam te tratar diferente do que na primeira vez.

Relaxar parecia algo quase impossível na situação que você se encontrava pois tantas preocupações diferentes rondavam sua mente ao mesmo tempo, mas você realmente precisava controlar todas essas emoções e pensamentos senão iria ter grandes problemas no momento de sua luta. Seria bem difícil lutar naquele combate enquanto estava enfrentando uma batalha interna, mas você não iria desistir, iria conseguir vencer ambas as batalhas, você precisava fazer isso.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

- Está tudo bem? - O representante lhe pergunta tirando de seus pensamentos.

- Nem um pouco - Você responde.

- Eu imagino, ver sua amiga naquela situação não é algo bom - Ele diz.

- Você não faz a menor ideia - Você fala.

- Eu realmente sinto muito, nem sei o que te dizer - Ele diz.

- Não há o que você possa me dizer, a única coisa que iria fazer com que melhorasse era se eu pudesse ver meus amigos e se eu não enfrentasse nenhum deles, mas já entendi que não é algo possível - Você fala.

- Infelizmente sou apenas um funcionário que recebe ordens dos superiores, eu gostaria de poder te ajudar nisso, mas não posso ir contra o meu trabalho - Ele diz.

- Tudo bem, eu já aceitei - Você fala.

- A única coisa que posso fazer é ser o seu ombro amigo e te dar conselhos - Ele diz.

- Eu já sei exatamente o conselho que você vai me dar - Você fala.

- Que bom, então assim não precisamos discutir sobre isso - Ele diz.

- Acho melhor assim, já estou com muitos problemas nesse momento, não quero lidar com mais nada - Você fala.

- Eu entendo - Ele diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

Vocês ainda conversavam quando então escuta que a próxima luta seria de Taylor contra um menino que você nunca tinha visto em sua vida, o que lhe causou muita estranheza já que não esperava por aquilo.

- Taylor, um dos maiores orgulhos dos superiores, espero que não tenha o mesmo fim que Marina - Diz o representante.

- Quem é esse menino que vai lutar contra Taylor? - Você pergunta sem entender.

- É um dos melhores amigos de Taylor - Ele responde.

- É sério? Não conheço esse menino - Você fala.

- Não conhece? Que estranho - O representante diz confuso.

- Realmente não conheço - Você fala.

- Taylor e esse menino, Leon, vieram da Casta de Zeus para Olympia - Ele diz.

- Eu não sabia disso, Taylor nunca me disse nada sobre esse menino - Você fala.

- Achei que vocês já sabiam tudo sobre suas vidas já que tem uma amizade - Ele diz.

- Pelo jeito, acho que não sei nada sobre Taylor - Você fala.

- Nós nunca sabemos nada sobre ninguém, as pessoas apenas nos mostram o que querem - Ele diz.

- É, acho que você tem razão - Você fala.

- Por isso não confie tanto em seus amigos - Ele diz.

- Já vai começar? - Você pergunta.

- Estou brincando, não toco mais nesse assunto - Ele responde levantando as duas mãos em rendição.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

Você ainda estava tentando entender o motivo de Taylor nunca ter falado nada sobre esse tal amigo que tinha, mas qual seria o motivo para aquilo? Será que Taylor e Leon não tinham uma grande ou amizade ou será que Taylor não confiava o bastante em você para falar sobre isso?

Sua mente ainda tentava entender o motivo desse mistério de Taylor quando sua atenção é atraída pelos gritos altos e animados das pessoas da arquibancada quando Taylor e Leon entram na arena, realmente Taylor tinha conseguido chamar a atenção de muitas pessoas com o desempenho na competição.

A luta finalmente começa e você percebe que o tal Leon tinha os poderes da Casta de Poseion, já Taylor tinha os poderes da Casta de Zeus, então a luta seria muito interessante já que eram os poderes de duas Castas bem altas.

Será que as vezes em que se encontrava com Taylor no hospital era porque ele(a) estava indo visitar Leon no hospital e não para ir ver você? Pois Taylor nunca estava mal quando vocês se encontravam lá no hospital.

Será que Taylor tinha um sentimento de traição em relação a Leon já que ele tinha escolhido entrar na Casta de um dos maiores rivais de Zeus? Mas se houvesse essa briga, os superiores não iriam colocar eles para se enfrentar já que a amizade tinha chegado ao fim.

Você não fazia a menor ideia do que pensar a respeito dessa situação e muito menos qual pensamento era o mais correto, sem contar que seria difícil que Taylor se abrisse para falar desse assunto já que Taylor não falava quase nunca sobre assuntos mais pessoais. Pelo jeito Taylor seria pra sempre um enigma indecifrável em sua mente.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Seja lá qual fosse a relação que Taylor e Leon tivessem, não parecia que isso estava sendo levado em consideração pois ambos estavam dispostos a derrotar e até mesmo finalizar.

Por mais que você ainda tivesse tantas dúvidas em relação a Taylor, você estava torcendo para que ele(a) vencesse ou que ao menos não fosse finalizado(a) naquela situação.

Mas se preocupar com Taylor era bem desnecessário, já que de repente, o céu fica totalmente nublado e uma forte luz aparece como um raio, era o poder que Taylor tinha usado para dar um golpe fatal em Leon que caiu no mesmo instante.

Todos que estavam na arquibancada estavam surpresos com a força daquele raio, mas logo se levantam para aplaudir Taylor devido a vitória. Quando a câmera volta a filmar Taylor, ele(a) não parecia nem um pouco mal por ter enfrentado um amigo, pelo contrário, até mesmo dá uma piscadinha e um sorriso para a câmera antes de fazer uma reverência aos deuses e depois sair da arena como se nada tivesse acontecido.

- Como esperado, Taylor não decepciona - Diz o representante animado.

- Taylor tem um ótimo controle sobre os poderes - Você fala surpreso(a) ainda com a luta.

- Você, Laura e Taylor são os orgulhos dos superiores, eles sabem das capacidades de vocês e nunca iriam correr o risco de perder um de vocês - Ele diz.

- Então você já sabia que eu não iria enfrentar Taylor ou Laura? - Você pergunta.

- Claro que eu já sabia, era óbvio. Vocês três são muito importantes para lutarem entre si - Ele responde.

- Eu não acredito nisso - Você fala.

- Mas não é bom não ter que enfrentar nem Taylor e nem Laura? - Ele pergunta.

Continua depois da publicidade
  • É bom
  • Não sei se é bom

Cena 6

- Mas por que você não já me disse isso? - Você pergunta.

- Você sabe que não posso contar né? É contra as regras - O representante responde.

- Você não é um bom amigo - Você fala.

- Sinto muito, mas não posso falar sobre isso. Só disse isso agora pois Marina, Laura e Taylor já lutaram - Ele diz.

- Tudo bem, vou aceitar pois não quero que você perca seu emprego por minha causa - Você fala.

- Que bom que você entende - Ele diz sorrindo.

- E acho que você tem razão, seria uma grande perda ter um dos quatro que tiveram a escolha especial eliminado - Você fala.

- Sim, se você parar para pensar, faz sentido - Ele diz.

- É, faz mesmo - Você fala.

- Agora falta Sam, Eric e Eva - Ele diz.

- Eu realmente espero que seja Eva - Você fala.

- Tem certeza? - O representante pergunta.

- Claro que sim - Você responde.

- Eva parece ser do tipo que é capaz de tudo para vencer, se você enfrentá-la terá que finalizar - Ele diz.

- Mas é mais fácil machucar ela do que Sam e Eric - Você fala.

- Tá bom então, vamos ver o que acontece - Ele diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Mais algumas lutas se passaram e sua ansiedade só aumentava pois não sabia mais se estava com mais ansiedade para saber sobre sua luta ou sobre as lutas de Sam e Eric.

Como algumas lutas não tinham tanta importância para você, aproveitava o momento para tentar relaxar para se preparar quando fosse o momento de seu combate, até que algo chama sua atenção:

- Agora temos uma luta bem especial nesse momento. Sei que não são dois nomes muito conhecidos, mas podemos encarar essa luta como uma luta de revanche pois nesse exato momento iremos repetir uma luta que aconteceu em Olympia. Agora teremos a revanche da luta entre Eric e Eva, dois competidores que já foram amigos e agora serão novamente adversários. Na primeira luta Eva ganhou lindamente em um golpe único, vamos ver quem irá vencer dessa vez e ver se um deles irá finalizar dessa vez. Senhora e senhores, recebam Eric da Casta de Apolo e Eva da Casta de Ares.

Assim que Tales termina de falar, todos começam a gritar muito e logo Eva e Eric entram na arena. Eva, como sempre, esbanjava confiança e não parecia estar com medo ou ansiedade, já Eric exalava desespero em sua expressão, ele parecia tão nervoso que só lhe fazia se sentir mal por ele.

- Uma luta revanche? - O representante te pergunta.

- É, não imaginava que eles iriam se enfrentar novamente - Você responde.

- Vai ser bem interessante, mas me sinto mal por seu amigo - Ele diz.

- Tantas pessoas, por que logo a Eva? - Você pergunta.

- Calma, desde Olympia ele deve ter melhorado, então pode ser que ele tenha uma chance - Ele responde.

- Mas o Eric não gosta de finalizar e gosta da Eva - Você fala.

- Sério? Ele gosta da pessoa que tentou matá-lo em uma luta? - O representante pergunta confuso.

- Pois é, Eric é assim - Você responde.

- Então ele realmente enfrentará grandes problemas - Ele diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

A luta de Eric e Eva logo começa, era difícil assistir aquilo pois tinha que lidar com o medo que a qualquer momento ela parecia que iria finalizá-lo para conseguir chamar a atenção dos deuses.

Enquanto Eva usava os poderes que ela tinha da Casta de Ares para atacar Eric de todas as formas possíveis, ele apenas usava os poderes para se defender criando escudos e outras coisas, ele parecia não querer machucá-la mesmo sabendo que isso seria impossível.

- O que ele está fazendo? Por que não ataca? - O representante pergunta.

- Eu não faço ideia - Você responde.

- Ele precisa entender que ela não vai ceder, ela vai tentar atacá-lo de todas as formas possíveis - Ele diz.

- Eric, por favor, reaja - Você fala.

- Ela é uma das pessoas mais determinadas que já vi nessa competição, ela não vai desistir de lutar pois vai querer mostrar o talento para os deuses - Diz o representante.

- Exatamente, parece que ele não percebe que a Eva não vai ter piedade - Você fala.

- Acho melhor você não assistir essa luta - Ele diz.

- Claro que não, eu quero assistir - Você fala.

- S/N, essa luta tem uma grande chance de não acabar do jeito que você quer e isso vai lhe fazer muito mal - Ele diz.

- Não, eu acredito que o Eric vai conseguir e vou ver ele vencer - Você fala.

- Sua luta está se aproximando, não é bom lidar com fortes emoções nesse momento - Ele diz.

- Eu quero assistir essa luta - Você fala olhando para o representante que estava com uma expressão preocupada.

- Tudo bem - Ele diz após um longo suspiro.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

O representante tinha razão, seus sentimentos já estavam bem aflorados após ver o que tinha acontecido com Laura e agora se algo de ruim acontecesse com Eric, você nem sabia como iria conseguir reagir.

Mas mesmo com sua mente sabendo que tudo poderia lhe afetar, seu coração não permitia desligar aquela televisão pois queria ver como a luta de Eric iria terminar. Por mais que tudo mostrasse ao contrário, você mantinha a esperança que ele iria conseguir vencer aquilo.

A luta estava bem difícil e finalmente Eric começou a lutar também, porém já era um pouco tarde já que ele tinha se cansado muito de tanto se defender e Eva ainda parecia bem melhor. Seria bem difícil para que ele conseguisse rever o resultado naquele momento.

A cada novo golpe de Eva, você já fechava seus olhos com medo do que poderia acontecer, mas felizmente, pelo menos Eric estava sendo muito ótimo em se defender, o que ajudava já que ele não era tão bom em golpes quanto ela.

A luta estava cada vez mais complicada e era difícil de saber qual seria o desfecho, mas em uma atitude inesperada, Eva arremessa uma lança contra uma flecha que Eric havia lançado e quando ambas se chocam, um enorme clarão acontece fazendo com que se torne impossível de saber o que tinha acontecido.

Todos que estavam assistindo estavam confusos e não faziam ideia do que tinha acontecido, até que o clarão some, a fumaça começa a desaparecer e então todos perdem que tanto Eva quanto Eric estavam caídos desacordados no chão da arena.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

Ninguém conseguia entender o que tinha acontecido, então o juiz logo corre para o centro da arena e encerra a luta, novamente a transmissão é encerrada e vai para algum tipo de comercial.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- Eu não sei - O representante responde com uma expressão assustado.

- Eles dois mo... - Você começa a falar, mas não tem coragem de terminar.

- Não sei o que te responder, estou tão confuso quanto você - Ele diz.

- Isso não pode estar acontecendo, não pode - Você fala colocando a mão no rosto.

- Eu sinto muito S/N - Ele diz.

- Eu preciso saber se o Eric está bem, por favor, eu tenho que ir lá - Você fala.

- Você sabe que isso não é permitido, infelizmente não dá - Ele diz.

- Eu não acredito - Você fala.

- Vamos torcer para que ele esteja bem e que tenha sido apenas um susto - Ele diz.

- Mas não é o que parece - Você fala.

- Calma, não vamos nos precipitar - Ele diz.

- Esse só pode ser o pior dia da minha vida - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

Você ainda estava em desespero com o que tinha acontecido com Eric quando vê uma luz verde na porta.

- O que é isso? - Você pergunta.

- É a sua vez - O representante responde.

- O quê? Mas agora? - Você pergunta.

- Eu sei que é um péssimo momento, mas não dá para mudar - Ele responde.

- Eu realmente não acredito nisso - Você fala.

- Você vai sair por aquela porta e eles irão te levar até a arena - Ele diz.

- Você não vai comigo? - Você pergunta.

- Não posso - Ele responde cabisbaixo.

- Certo, então eu vou já que não tenho escapatória - Você fala enquanto se levanta.

- Boa sorte - Diz o representante.

- Vou precisar bem mais do que sorte - Você fala.

- Seja forte e tente se manter tranquilo(a) - Ele diz.

- Vou tentar, tchau - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

Imagem da cena

Você sai da sala em que estava com o representante e assim que passa pela porta dois homens altos com roupa de combate se posicionam do seu lado para te acompanhar até a arena.

Os dois homens não falam nada e apenas começam a andar, então você já imaginava que teria que segui-los. O caminho foi por um enorme corredor escuro que tinha uma luz ao final, que já dava para supor ser a arena.

A cada passo que vocês davam, mais seu nervosismo e ansiedade aumentavam, com isso seu coração também acelerava e o suor se formava em seu corpo. Nunca tinha se sentido tão mal em toda a sua vida e parecia que a qualquer momento teria uma parada cardíaca.

Tudo indicava que iria encontrar Sam naquela arena pois era a única pessoa próxima a você que faltava lutar, mas mesmo assim, você torcia para que os superiores estivessem enganados e que colocassem para lutar contra uma pessoa que não tinha uma aproximação tão grande.

- S/N - Diz um dos homens.

- Sim - Você fala.

- Você tem alguma arma? - Ele pergunta.

- Não - Você responde.

- É bom que não tenha nenhuma senão irá sofrer uma punição - O outro homem fala.

- Você irá caminhar até aquela luz e lá irá se posicionar para a luta. A luta só se inicia quando o juiz permite, então não tente fazer nada de errado - Ele diz.

- Sim senhor - Você fala.

- A qual Casta você pertence? - Ele pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Zeus
  • Poseidon
  • Atena
  • Ártemis
  • Apolo
  • Ares
  • Afrodite
  • Dionísio
  • Hera
  • Deméter
  • Hermes
  • Hefesto

Cena 13

Imagem da cena

- Certo, apenas os poderes dessa Casta serão sua arma - Diz o homem.

- Sim senhor - Você fala.

- Agora pode ir, boa sorte - Ele diz.

- Certo, obrigado(a) - Você fala.

Assim que o homem autoriza, você começa a caminhar pelo corredor em direção a entrada para arena, algo que era bem difícil já que tinha que lutar contra seu próprio corpo pois seu impulso primário era querer fugir daquele lugar, mas sabia que não poderia fazer isso.

Finalmente você entra na arena e logo todos que estavam na arquibancada começam a gritar animados, você caminha até para dentro da arena e se posiciona no lugar que estava demarcado.

Não demora muito e logo você vê Sam entrando pela outra entrada que tinha no lado oposto, as pessoas começam gritar animadas. Você dá um leve belisco em seu braço para ver se não era um péssimo pesadelo, mas infelizmente era a dura realidade.

- Senhora e senhores, vamos para uma das maiores lutas do dia em nossa competição. Sam que nasceu na Casta de Poseidon, uma das maiores Castas irá enfrentar S/N que nasceu na pequena Casta de Hefesto, mas mostrou todo o seu talento em Olympia e conseguiu a escolha especial. Sam e S/N pertencem a mesma Casta atualmente e construíram uma boa amizade, mas vamos ver se a amizade realmente resiste a tudo. Bom divertimento para nós e boa luta para vocês - Diz Tales.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 14

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Evocar um raio
  • Garras de águia

Cena 15

Enquanto corria em sua direção, Sam cria alguns raios nas mãos e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você consegue evocar raios e acertá-los em Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus raios, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, Sam já tinha lhe machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar?

Continua depois da publicidade
  • Pressão atmosférica
  • Tempestade elétrica

Cena 16

Enquanto corria em sua direção, Sam cria alguns raios nas mãos e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você prepara suas garras de águia para acertar Sam.

Acertar as garras de águia em Sam seria algo difícil pois tinha que se aproximar muito enquanto se desviava dos raios que Sam jogava em você.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes com as garras, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam com cortes.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Pressão atmosférica
  • Tempestade elétrica

Cena 17

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando os raios sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os raios não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar um raio ainda maior dos que os anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo o céu ensolarado é substituído por um céu escuro e nublado, os raios logo começam a surgir. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, a pressão atmosférica poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a pressão estava ficando cada vez mais forte e isso fez com que Sam caísse no chão no mesmo instante para tentar aliviar.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 18

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando os raios sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os raios não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar um raio ainda maior dos que os anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo o céu ensolarado é substituído por um céu escuro e nublado, os raios logo começam a surgir. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, a tempestade de raios poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas os raios caiam com muita força e causavam a eletrocussão e isso fez com que Sam caísse no chão no mesmo instante para tentar aliviar.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 19

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar um tridente
  • Criar esferas de água

Cena 20

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas esferas de água e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um tridente para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes com o tridente, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Tempestade de água
  • Ciclone

Cena 21

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas esferas de água e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você também começa a criar esferas de água para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes com as esferas de água, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Tempestade de água
  • Ciclone

Cena 22

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as esferas de água sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as esferas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma esfera ainda maior dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo o céu ensolarado é substituído por um céu escuro e nublado, os raios logo começam a surgir. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, a tempestade de água poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a força da água daquela tempestade era muito grande, então Sam apenas cai no chão sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 23

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as esferas de água sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as esferas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma esfera ainda maior dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo o céu ensolarado é substituído por um céu escuro e nublado, os raios logo começam a surgir. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o ciclone poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a força do ciclone era muito grande, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 24

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma espada
  • Criar um arco e flecha

Cena 25

Enquanto corria em sua direção, Sam cria uma espada e começa a tentar lhe acertar, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um espada para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes com a espada, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Grito supersônico
  • Controle mental

Cena 26

Enquanto corria em sua direção, Sam cria uma espada e começa a tentar lhe acertar, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um arco e flecha para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Grito supersônico
  • Controle mental

Cena 27

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as espada sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma espada ainda maior dos que a anterior e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir pegar muito folego, então dá um grito supersônico. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o grito poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a força do grito era muito grande, então Sam apenas cai no chão tentando tampar os ouvidos.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 28

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as espada sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma espada ainda maior dos que a anterior e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e assim controlar a mente de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o controle mental poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas o corpo começa a ficar completamente paralisado, o que era perfeito para que você acertasse golpes e acabar com a luta.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 29

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma espada
  • Criar um arco e flecha

Cena 30

Enquanto corria em sua direção, Sam cria um arco e flecha e começa a tentar lhe acertar, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um espada para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes com a espada, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Chuva de flechas
  • Transformar em um animal

Cena 31

Enquanto corria em sua direção, Sam cria um arco e flecha e começa a tentar lhe acertar, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você também cria um arco e flecha para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Chuva de flechas
  • Transformar em um animal

Cena 32

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as flechas sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as flechas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar flechas especiais e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo várias flechas começam a cair do céu em direção a Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, as flechas poderiam ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitas flechas ao mesmo tempo para conseguir se desviar, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 33

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as flechas sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as flechas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar flechas especiais e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam para conseguir se concentrar e então se transforma em uma enorme harpia. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, poderiam ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir não se atingir por você, mas por estar em sua forma animal, sua velocidade e suas garras eram inevitáveis, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 34

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar um arco e flecha
  • Criar discos de luz

Cena 35

Enquanto corria em sua direção, Sam cria alguns discos de luz e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um arco e flechas para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Chuva de flechas
  • Tempestade solar

Cena 36

Enquanto corria em sua direção, Sam cria alguns discos de luz e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você também cria discos de luz para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Chuva de flechas
  • Tempestade solar

Cena 37

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando os discos de luz sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os discos não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar discos ainda maiores dos que os anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo várias flechas começam a cair na direção de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, as flechas poderiam ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitas flechas que caíam ao mesmo tempo, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 38

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando os discos de luz sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os discos não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar discos ainda maiores dos que os anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo vários raios de fogos começam a cair na direção de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o fogo poderiam ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitos raios que caíam ao mesmo tempo, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 39

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma lança
  • Lançar bolas de fogo

Cena 40

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas bolas de fogo e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria uma lança para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Grito supersônico
  • Aumentar seu tamanho

Cena 41

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas bolas de fogo e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você também cria bolas de fogo para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Grito supersônico
  • Aumentar seu tamanho

Cena 42

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as bolas de fogo sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as bolas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma bola de fogo ainda maior dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir pegar muito folego, então dá um grito supersônico. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o grito poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a força do grito era muito grande, então Sam apenas cai no chão tentando tampar os ouvidos.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 43

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as bolas de fogo sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as bolas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma bola de fogo ainda maior dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e então consegue aumentar o seu tamanho ficando bem maior que Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois qualquer movimento mais forte poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a o fato de estar maior, também ajudava com que sua força fosse aumentada, então poucos golpes são o suficiente para que Sam cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 44

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Chicote de espinhos
  • Rajada de ventos

Cena 45

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas rajadas de vento e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um chicote de espinhos para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Controle mental
  • Tempestade de espinhos

Cena 46

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas rajadas de vento e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria rajadas de espinhos para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Controle mental
  • Tempestade de espinhos

Cena 47

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as rajadas de vento sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar rajadas de vento ainda mais fortes que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e assim controlar a mente de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o controle mental poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas o corpo começa a ficar completamente paralisado, o que era perfeito para que você acertasse golpes e acabar com a luta.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 48

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as rajadas de vento sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar rajadas de vento ainda mais fortes que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e levanta suas mãos para o céu formando uma tempestade de espinho que vai em direção a Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, a tempestade poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitos espinhos para conseguir desviar, então logo Sam cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 49

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Chicote de espinhos
  • Criar uma espada

Cena 50

Enquanto corria em sua direção, Sam cria uma espada e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um chicote de espinhos para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Controle mental
  • Criar clones

Cena 51

Enquanto corria em sua direção, Sam cria uma espada e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria uma espada para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Controle mental
  • Criar clones

Cena 52

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as espada sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma espada ainda maior dos que a anterior e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e assim controlar a mente de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o controle mental poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas o corpo começa a ficar completamente paralisado, o que era perfeito para que você acertasse golpes e acabar com a luta.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 53

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as espada sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma espada ainda maior dos que a anterior e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e criar vários clones seus. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tentava usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitos clones ao mesmo tempo, então alguns seguram Sam, enquanto outros batiam em Sam que logo cai no chão sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 54

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar uma espada
  • Criar um chicote

Cena 55

Enquanto corria em sua direção, Sam cria uma espada e começa a tentar lhe acertar, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um espada para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes com a espada, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Controle mental
  • Tempestade de espinhos

Cena 56

Enquanto corria em sua direção, Sam cria uma espada e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um chicote de espinhos para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Controle mental
  • Tempestade de espinhos

Cena 57

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando a espada sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma espada ainda maior que a anterior e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e assim controlar a mente de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o controle mental poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas o corpo começa a ficar completamente paralisado, o que era perfeito para que você acertasse golpes e acabar com a luta.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 58

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando a espada sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois os golpes não eram bem diretos e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma espada ainda maior que a anterior e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e levanta suas mãos para o céu formando uma tempestade de espinhos que vai em direção a Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, a tempestade poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitos espinhos para conseguir desviar, então logo Sam cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 59

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Chicote de espinhos
  • Criar bombas de espinhos

Cena 60

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas bombas de espinhos e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria um chicote de espinhos para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Tempestade de espinhos
  • Paralisia

Cena 61

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas bombas de espinhos e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria uma bomba de espinhos para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Tempestade de espinhos
  • Paralisia

Cena 62

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as bombas de espinhos em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as bombas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar bombas de espinhos ainda maiores que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e levanta suas mãos para o céu formando uma tempestade de espinhos que vai em direção a Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, a tempestade poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitos espinhos para conseguir desviar, então logo Sam cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 63

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as bombas de espinhos sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as bombas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar bombas de espinhos maiores que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e então libera um pólen para causar paralisia em Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas logo o corpo começa a ficar completamente paralisado, o que era perfeito para que você acertasse golpes e acabar com a luta.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 64

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Criar adagas
  • Rajadas de vento

Cena 65

Enquanto corria em sua direção, Sam começa a lançar rajadas de vento em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria várias adagas para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Criar bombas
  • Criar um ciclone

Cena 66

Enquanto corria em sua direção, Sam começa a lançar rajadas de vento em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você também começa a lançar rajadas de vento para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Criar bombas
  • Criar um ciclone

Cena 67

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as rajadas de vento sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as rajadas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar rajadas ainda maiores dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo o céu ensolarado é substituído por um céu escuro e nublado, os raios logo começam a surgir. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o ciclone poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a força do ciclone era muito grande, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 68

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as rajadas de vento sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as rajadas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar rajadas ainda maiores dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, então respira fundo para conseguir se concentrar e então começa a lançar várias bombas em Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, as explosões poderiam ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir se desviar e sair daquela situação, mas a quantidade de bombas eram tão altas que era impossível desviar de todas, então logo Sam cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 69

Assim que Tales termina de falar, ele sai da arena e todos começam a gritar animados com a luta. Agora você tinha razão que tudo foi bem pensado já que eles queriam testar a amizade de vocês. Chegava ser cômico ouvir aquilo já que eles tanto falaram sobre a importância do trabalho em equipe, mas não gostavam que vocês se aproximassem demais.

Você olha para Sam que estava com uma expressão péssima de nervosismo e uma certa tristeza, mas mesmo assim Sam força um leve sorriso para tentar mostrar pra você que estava tudo bem.

Enfim o juiz autoriza a luta e um sino toca, no mesmo instante todos ficam em silêncio para prestar muita atenção no que estava para acontecer. Você e Sam respiram fundo e se encaram antes da luta começar.

- Boa sorte - Sam sussurra e sorri para você.

- Para você também - Você fala forçando um sorriso.

As pessoas começam a gritar já que mesmo com a autorização de luta vocês ainda não começaram a lutar, então logo escutam um grito do juiz para que vocês começassem a lutar.

Então finalmente Sam começa a correr em sua direção para atacar, você respira fundo e perceber que também tinha que fazer algo, mas qual arma usar?

Continua depois da publicidade
  • Lançar bolas de fogo
  • Criar uma lança

Cena 70

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas bolas de fogo e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você também cria bolas de fogo para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Amentar seu tamanho
  • Tempestade de fogo

Cena 71

Enquanto corria em sua direção, Sam cria algumas bolas de fogo e começa a jogar em você, então começa a se desviar enquanto você também corria em direção a Sam.

Enquanto lutava contra Sam, você sabia que tinha que encontrar um equilíbrio perfeito entre usar seus poderes para conseguir derrubar Sam, mas sem que o/a machucasse gravemente.

Para sua alegria, Sam estava bem mais forte do que você se lembrava, pelo jeito Sam levava mais jeito em combate com poderes do que com armas, então a luta tinha tudo para ser bem difícil.

Você conseguia se desviar dos golpes, mas sabia que se também não atacasse, iria acabar se cansando como Eric na outra luta. Então você cria uma lança para acertar Sam.

Sam também conseguia se desviar de seus golpes, mas não rápido o bastante para evitar todos, então alguns golpes eram certeiros e já machucavam Sam.

A luta estava sendo bem difícil, tanto você quanto Sam já tinham machucado demais, então sabia que iria ter que acabar logo com aquilo, mas qual seria o melhor poder para conseguir derrubar Sam, sem machucar muito?

Continua depois da publicidade
  • Aumentar seu tamanho
  • Tempestade de fogo

Cena 72

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as bolas de fogo sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as bolas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma bola de fogo ainda maior dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, respira bem fundo para conseguir se concentrar e então consegue aumentar o seu tamanho ficando bem maior que Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois qualquer movimento mais forte poderia ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas a o fato de estar maior, também ajudava com que sua força fosse aumentada, então poucos golpes são o suficiente para que Sam cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 73

A luta entre vocês não estava sendo fácil e era difícil saber quem iria vencer pois Sam estava realmente lhe surpreendendo com a força, o que era bom pois assim lhe dava menos medo de dar um golpe fatal.

Sam continuava usando as bolas de fogo sem medo em você, mas você percebeu que tinha algo de errado pois as bolas não eram bem diretas e apenas lhe acertava de raspão, o que tornava ainda mais fácil para se desviar.

Era como se Sam não quisesse lhe machucar, o que você conseguia entender já que vocês realmente não queriam lutar entre si, mas com aquilo a luta não iria ter um fim. Por mais que fosse difícil, vocês precisavam lutar de verdade pois os superiores não iriam ficar nada felizes com aquilo que estava acontecendo e podiam até mesmo fazer algo inesperado.

- Sam você tem que me acertar - Você diz ao se aproximar de Sam.

- Mas eu não quero - Sam fala.

- Eu também não quero, mas é preciso - Você diz.

- Você tem certeza disso? - Sam pergunta.

- Sim, é a única forma de sairmos daqui - Você responde.

- Eu vou tentar, mas não posso garantir - Sam fala.

- Só vamos tentar não nos finalizar - Você diz.

- É, acho que é o melhor - Sam fala.

Logo Sam consegue criar uma bola de fogo ainda maior dos que as anteriores e começa a te acertar para valer, o que lhe surpreende pela súbita mudança. Sam realmente queria terminar aquela luta o mais rápido possível.

Agora que Sam estava lhe atacando de verdade, você poderia dar o golpe final pois assim terminaria logo a luta e iria descobrir como Eric e Laura estavam.

Você se afasta de Sam, levanta suas mãos para o alto e logo vários raios de fogos começam a cair na direção de Sam. Você tinha que conseguir se controlar pois se usasse muita força, o fogo poderiam ser fatal em Sam.

Sam ainda tenta usar os poderes para conseguir sair daquela situação, mas eram muitos raios que caíam ao mesmo tempo, então Sam apenas cai no chão já sem forças.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 74

Durante a luta, você percebe que após cair no chão, Sam não reage mais e você percebe que tinha passado dos limites, então logo para de lutar e corre para descobrir o que tinha acontecido.

- Sam, você está bem? - Você pergunta ao chegar perto de Sam.

- S/N? - Sam pergunta com uma voz fraca.

- Sim, sou eu. Sam, eu exagerei, eu sinto muito - Você responde.

- Está tudo bem S/N, não se preocupe - Sam fala.

- Não está nada bem, você está mal - Você diz em desespero.

- Não se preocupe - Sam fala.

- Como não me preocupar? Olha o seu estado, eu não acredito que fiz isso - Você diz.

- Está tudo bem S/N, foi um prazer ter lutado contra você - Sam fala.

- Sam, calma, eles já vão te levar ao hospital e vai ficar tudo bem - Você diz.

- Foi um prazer te conhecer S/N, diga ao Eric e a Laura que também gostei muito de conhecer eles - Sam fala já quase sem forças.

- Para de falar isso, você vai melhorar e sair daqui bem - Você diz.

- Obrigado(a) por sua amizade, acho que nunca tinha tido algo do tipo em toda a minha vida. Eu realmente espero que você vá longe e que não deixe que ninguém mude você - Sam fala.

- O que você está dizendo? Por que está se despedindo? - Você pergunta.

- Eu acho que não vou aguentar - Sam responde.

- Por favor, não diga isso - Você fala com lágrimas em seus olhos.

- Adeus S/N - Sam diz passando a mão em seu rosto para enxugar suas lágrimas.

- Sam, não - Você fala.

- Eu sinto muito por não poder cumprir a promessa de ir na final com você, Laura e Eric. Eu realmente queria ter feito isso - Sam diz.

- Mas você vai conseguir cumprir, só precisa aguentar mais um pouco - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 75

Você ainda tentava manter Sam acordado(a) quando finalmente os paramédicos entram na arena para tirar Sam e levar ao hospital.

- Tomem cuidado, Sam está muito mal - Você fala.

- Adeus S/N - Sam diz segurando sua mão.

- Para de falar isso, por favor - Você fala.

- Sei que nunca fui de demonstrar e muito menos deixei isso claro, mas saiba que você sempre foi muito especial em minha vida. Queria ter tido a chance de te conhecer em uma situação melhor, assim poderia ter falado a verdade com você - Sam diz ainda segurando a sua mão.

- O que você está falando? Que verdade? - Você pergunta.

Quando Sam iria falar, os paramédicos saem o/a levando e você fica na arena aos prantos em desespero com o momento que estava acontecendo. Sua cabeça estava rodando e sentia um gosto muito amargo em sua boca.

Tudo estava tão confuso, você não sabia o que tinha acontecido com Laura, com Eric e agora não sabia o que estava acontecendo com Sam, parecia que tudo estava saindo do controle e você não conseguia suportar aquilo, estava sentindo uma dor inexplicável que não era física, mas que doía tanto quanto.

Seus sentimentos estavam tão a flor da pele e sua energia estava bem baixa pois tinha usado muito de seus poderes naquele combate, então cai de joelhos na arena devido a fraqueza, sua visão estava embaçando cada vez mais e conseguiu ver com muita dificuldade, Tales e o representante correndo em sua direção com uma expressão assustada, mas não conseguiu ver mais nada, tudo escureceu e então você desmaiou.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

O que será que vai acontecer com Laura, Eric e Sam? Por favor não me odeiem por esse capítulo🥺

Feliz Páscoa a todos, fiquem bem e até semana que vem💜😘

- Miss Chanandler Bong
Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
conta desativada

conta desativada se eu tiver matado o sam, não vou nem conseguir ler mais sabendo que ele não vai mais estar nos próximos capítulos com suas teorias loucas, saber que eu não vou mais dar de cara com ele na porta do banheiro, eu estou chorando agora, inacreditável.

2/04/21 34 ResponderMais
Koku the Beginning

Koku the Beginning Ninguem aqui vai te odiar, fica tranquila, nos aqui que lemos as suas fics, nao te odiamos, pelo contrario, te amamos, por vc ter essa paciencia de escrever todo dia, e feliz pascoa

2/04/21 27 ResponderMais
Melissa

Melissa MEU DEUS DO CÉEEEEEEEEEEEEEU,EU (QS) MATEI SAM(N SEI SE MATEI OU NN)SAM SE DECLAROU P S/N?AINDA TENHO CHANCES CM TAYLOR MDSSSSS EU TO EM CHOQUE-----
OQ ACONTECEU CM ERIK?A LAURA VAI PARA A ILHA?MANO QUE TANTO DE DUVIDAAASS,MISS QUE PERFEIÇÃO

2/04/21 17 ResponderMais
Wicktoria🏹🐾

Wicktoria🏹🐾 MANU DU CÉU...o Sam TEM que ficar bem,não podemos perder ele...ele é fundamental pro trisal...

Tá perfeito🥺🥺👏🏼👏🏼

2/04/21 16 ResponderMais
@;;𝙠𝙖𝙤𝙧𝙤𝙠𝙖𝙩𝙞𝙚

@;;𝙠𝙖𝙤𝙧𝙤𝙠𝙖𝙩𝙞𝙚 NÃO NÃO NÃO NÃO ISSO NÃO PODE ESTAR ACONTECENDO. POR QUE LOGO VOCÊ, SAM??? POR FAVOR QUE ELE(A) ESTEJA VIVO POR FAVOR!
Já não bastava eu me preocupar com a Laura, aí o Eric luta e “desmaia” (PELO AMOR DE DEUS QUE ELE ESTEJA VIVO TBM), aí depois eu me surpreendo com Sam- Miss eu estou >>desesperada<<

Provavelmente levaram a Laura para aquele hospital que levaram S/N quando os poderes se descontrolaram, mas acho que ela vai ficar bem. Fiquei com pena do Gustavo, mas é a vidaKK

Já o Eric, não sei o que dizer. Eu acho que ele só desmaiou, espero muitíssimo que ele não tenha morrido. O resultado da luta é uma incógnita, acho que deu empate, pois tanto a Eva quanto o Eric estavam caídos no chão.

Mas a minha maior preocupação no momento é com Sam. TAVA NA CARA QUE ELE(A) TAVA SE DECLARANDO PARA S/N. Eu surtei de mais. Sério, se ele morrer, eu vou chorar que nem eu chorei na morte do Itachi, até o vizinho escutou eu chorando e gritando kkkkkk
Mas vou tentar pensar positivo, se Sam não morrer, no máximo vai ficar internado ou sei lá, eu só quero que ele viva e se declare pra S/N. Seria muito fofo mesmo eles como um casal 🥺

Acabei não comentando nos últimos capítulos, mas acho que o representante é uma pessoa muito confiável. Eu concordei com o conselho dele, porque se S/N só ficar pensando nos amigos e esquecer de se preocupar com si mesmo(a), vai se prejudicar. Mas é óbvio que os amigos levam muito em conta, é uma das maiores preocupações que vc deve ter, mas nunca devemos parar de se preocupar com nós mesmos.

Não tenho palavras pra descrever o capítulo de hoje, foi uma mistura de sentimentos kkkk
Então toma essa balinha e feliz Páscoa, Miss! •w•)/ 🍬

2/04/21 10 ResponderMais
Luck C 😜👽🖖

Luck C 😜👽🖖 Primeiramente, Feliz Páscoa!
Sam não pode ter morrido!!!!!! NAOOOOOOO!!!! ERIC TAMBEM NAO PODE TER MORRIDO!!!!!! TEMOS QUE SAIR TODOS OS QUATRO JUNTOS! Eu, Sam, Eric e Laura! E se der Taylor pode virar amigo da gente TB.

ELES NAO PODEM MORRER!!! EU PROÍBO!!!

2/04/21 9 ResponderMais
Fernanda Melo

Fernanda Melo MISS PELO AMOR DE DEUS EU TÔ TREMENDO NÃO DEIXA NINGUÉM MORRER MDS POR FAVOR, SAM TEM QUE FICAR BEM PRA SE DECLARAR PRA S/N E ELES CASAREM, ERIC TEM QUE MELHORAR E LAURA VAI VOLTAR BEM TAMBÉM PELO AMOR

2/04/21 9 ResponderMais
Melissa

Melissa O TANTO Q EU ATUALIZEI ESSA PG ESPERANDO ESSE EP

2/04/21 9 ResponderMais
Yasmin Almeida

Yasmin Almeida Eu não acredito, eu tô em choque, pfvr me diz que o Sam não morreu e que ele vai ficar bem .Nossa eu tô chorando com esse capítulo 😢😢

2/04/21 6 ResponderMais
gabs

gabs Geral falando dos amigos de S/N,mas ele desmaiou,ou será q não?eu realmente acredito que ele apenas desmaiou,a expressão assustada de Tales seria por preocupação,ou por que depois de uma vitória tão linda(por que foi) ele não estava aguentando e caindo

Cap incrível Miss,parabéns!!!!

2/04/21 6 ResponderMais
Cancelar