Miss Chanandler Bong

Miss Chanandler Bong

127
ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 156

Lágrimas

Um novo dia se inicia e tudo o que S/N mais quer é descobrir como seus amigos estão.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Você ainda dormia tranquilamente quando percebe que tinha alguém ao seu lado mexendo em algo, então você começa a piscar várias vezes tentando ver e com uma certa dificuldade consegue ver que era uma enfermeira.

Como nunca tinha visto aquela mulher em sua vida, apenas ignora o que ela estava fazendo pois ela mexia nos aparelhos e anotava algo na ficha que carregava nos braços.

Ao olhar ao redor do quarto, percebe que não havia mais ninguém ali e ficou pensando se o representante iria lhe vir novamente te visitar ou se Taylor aparecia ou até mesmo um de seus amigos iria aparecer.

De onde você estava em sua cama, conseguia ver que o dia estava ensolarado e lindo, os pássaros cantavam animados, chegava a ser cômico ser um dia tão bonito como aquele e você não se sentia tão feliz como queria.

Por mais que você tentasse se manter otimista a todo o custo, era difícil não pensar no pior, principalmente após ter tantos pesadelos sobre o que poderia ter acontecido com seus amigos como você teve durante a noite.

Como era possível em uma única noite uma pessoa sonhar com Laura sendo presa por ter se descontrolado, Eric te sido mandado para aquela ilha por ter se recusado a lutar e Sam ter morrido após o combate? Realmente sua mente não estava lhe ajudado para que conseguisse manter otimista naquele momento.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Você estava ainda pensando sobre sua vida quando a enfermeira se despede e logo se surpreende ao ver Suzana entrando em seu quarto.

- Olha quem acordou - Diz Suzana sorridente.

- Bom dia - Você fala.

- Bom dia, como está? - Ela pergunta.

- Estou bem e você? - Você pergunta.

- Eu estou ótima, ainda melhor agora vendo você acordado(a) - Ela responde.

- Sinto muito por ter feito você se preocupar comigo - Você fala.

- Não importa o que você diga, eu sempre me preocupo com todos os competidores - Ela diz.

- Então pode me tirar da lista de preocupação pois estou bem - Você fala.

- Acho impossível, você é uma das pessoas que mais me causa preocupações - Ela diz.

- Que horror, não gosto de ser essa pessoa - Você fala.

- Não sei o motivo, mas tenho um enorme apreço por você, então sempre vou me preocupar - Ela diz.

- Agradeço por esse carinho que você tem comigo - Você fala.

- Não sei o que você pensa sobre mim, mas é um sentimento sincero - Ela diz e você percebe que ela parecia querer chorar.

- Obrigado(a) Suzana - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

- Como você está se sentindo? - Suzana pergunta.

- Já disse que estou bem - Você responde.

- Não estou falando fisicamente - Ela diz.

- Essa resposta eu não tenho - Você fala.

- Sinto muito por tudo o que aconteceu - Ela diz.

- Foi tudo muito difícil - Você fala.

- Eu imagino, além de ter que ver seus amigos naquela situação, ainda teve que lutar contra alguém que considera. Você realmente lidou com muitos problemas - Ela diz.

- Nem sei como estou resistindo até agora - Você fala.

- Você é uma pessoa forte e sei que vai conseguir suportar - Ela diz.

- Espero que sim - Você fala.

- Você ainda vai lidar com muitas coisas em sua vida, então precisa ser forte para não se deixar abalar - Ela diz.

- Parece que você quer me dizer algo - Você fala.

- Não, só estou dando um conselho para a vida - Diz Suzana.

- Tem certeza? - Você pergunta.

- Sim, não se preocupe, não é nada - Ela responde.

- Tudo bem então - Você fala.

- Agora que vi que você está bem, se levante coloque essa roupa aqui pois você recebeu alta - Ela diz colocando uma roupa na mesa ao lado de sua cama.

- Eu já posso ir embora? - Você pergunta.

- Sim, mas tome cuidado pois seu corpo ainda está bem machucado - Ela responde.

- Eu entendo - Você diz feliz com a notícia.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

Após conversar mais um pouco, logo Suzana se despede de você e sai do quarto lhe deixando só para poder se vestir já que finalmente iria embora daquele quarto e poderia procurar saber sobre seus amigos.

Enquanto se vestia, você não conseguia parar de pensar em como Suzana estava estranha, ela ainda forçava um sorriso, mas os olhos dela estavam visivelmente triste e ela não parecia a mesma. Normalmente Suzana sempre estava muito atenta e parecia estar sempre analisando tudo o que estava acontecendo, mas agora ela parecia abatida e triste.

Será que Suzana tinha descoberto algo chocante? Será que ela realmente tinha algo para te falar, mas não teve coragem ou será que era apenas uma tristeza por ter perdido tantos alunos?

Por mais que sua mente estava lhe fazendo sempre pensar nas possibilidades mais pessimistas possíveis, você preferiu apenas pensar que Suzana estava daquela forma devido ao clima triste de despedida já que a competição tinha chegado ao final e agora ela teria que se despedir de todos.

Era melhor manter esse pensamento em mente pois você realmente não queria nem ao menos cogitar em pensar algo ruim, o dia ainda estava apenas começando e você ainda teria muito tempo para encontrar seus amigos antes da celebração final de despedida de Eólia.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Imagem da cena

Assim que terminou de se trocar, você saiu de seu quarto e começou a andar pelos corredores do hospital ainda em passos lentos devidos aos machucados e ao cansaço que estava sofrendo.

O clima do hospital era realmente ruim, todos as pessoas que passavam por você durante o caminho pareciam bem cansadas e abatidas, alguns você já imaginava que deveriam ser familiares dos alunos que acabaram se machucando gravemente durante o combate, já outros deveriam ser os profissionais que trabalhavam no hospital que deveriam estar exaustos de tanto trabalhar nesses últimos dias para salvar vidas.

Durante sua caminhada pelo hospital, percebe que muitas pessoas estavam reunidas e olhavam para algo que estava na parede, muitas choravam compulsivamente, o que era uma cena de cortar o coração.

Você resolveu se aproximar para tentar entender o que estava acontecendo que fazia todos ficarem tão mal assim. Quando se aproximou, percebeu que era um mural com várias coisas escritas, mas não conseguiu identificar o que poderia ser aquilo que causava tanta comoção.

- Com licença - Você fala para uma mulher que assistia a cena.

- Sim? - A mulher pergunta.

- O que está escrito ali? - Você pergunta.

- Você não ficou sabendo desse mural? - Ela pergunta.

- Não - Você responde sem entender.

- Nesse mural está sendo colocado o nome de todos os jovens que não resistiram ao combate - Ela diz.

- O quê? - Você pergunta sem acreditar.

- Sim, ele está sendo atualizado a cada vez que uma vida é perdida - Ela responde.

- Eu não acredito nisso - Você fala ainda em choque.

- É, infelizmente muitos não resistiram - Ela diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

Desde o momento que a mulher falou o que significava aquele mural, foi como se o mundo inteiro tivesse ficado em silêncio e você apenas ouvia o som das batidas de seu coração que estava bem acelerado. A mulher continuava falando algo para você, mas devido ao choque, o som estava tão abafado que você nem conseguia prestar atenção nela.

Seu coração estava realmente muito acelerado, seu corpo todo parecia tremer e você não fazia ideia de como agir naquele momento. Não sabia se deveria olhar para conferir se o nome de seus amigos estaria naquela lista pois não iria conseguir lidar com tanto sofrimento, mas ao mesmo tempo sabia que tinha que fazer isso para descobrir logo a verdade.

Você se afasta da mulher, respira bem fundo e começa a andar em direção ao mural, você se desviou de algumas pessoas que estavam em sua frente e logo chega bem perto do mural, então começa a olhar procurando pelo nome de um de seus amigos.

Seu cérebro parecia estar em negação, sua mente estava embaralhada e parecia que toda a lista só tinha várias vezes os nomes de Laura, Eric e Sam.

O primeiro nome que você viu foi o de Marina, depois o de Gustavo, Leon, outras pessoas que você nunca tinha visto e então chegou ao fim da lista. No mesmo instante sente um enorme alívio ao ver que nenhum de seus amigos estava na lista, mas ainda era cedo para comemorar pois como a mulher havia dito, a lista estava sendo atualizada a todo instante, então ainda existia a chance de algo acontecer.

Você se afastou daquelas pessoas para respirar melhor pois já estava começando a se sentir sufocado(a) naquele lugar devido ao nervosismo, então respirou bem fundo e sabia que estava na hora de procurar por seus amigos.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Assim que você se recompõe novamente após passar por uma emoção tão forte, você caminha em direção a entrada do hospital para procurar por Suzana pois sabia que ela deveria ter alguma informação sobre seus amigos já que ela sempre sabia de tudo.

Enquanto caminhava em direção a Suzana, você se surpreende ao ver Laura que estava andando pela entrada com uma expressão bem nervosa, mas logo muda para uma de alegria e até mesmo alívio quando ela lhe vê.

- S/N - Laura dá um grito e corre em sua direção.

- Laura, que bom te ver - Você fala enquanto a abraça.

- S/N, eu nem acredito que estou te vendo. Que alívio - Ela diz te abraçando ainda mais forte.

- Também é um alívio te ver bem - Você fala.

- Como você está? Está bem? - Ela pergunta se afastando para te avaliar.

- Eu estou bem e você? - Você pergunta.

- Eu estou bem, mas ao mesmo tempo muito mal - Ela responde.

- Como assim? - Você pergunta.

- Só vou ficar realmente bem quando saber como Sam e Eric estão - Ela responde.

- Eu também me sinto da mesma forma - Você fala.

- Eu estou tão preocupada S/N, parece que a qualquer momento vou ter uma parada cardíaca, principalmente quando eu vejo uma pessoa passando chorando - Ela diz.

- Eu sei, isso de não receber nenhuma notícia está me matando - Você fala.

- Você acha que Sam e Eric estão bem? - Ela pergunta nervosa.

Continua depois da publicidade
  • Claro que estão
  • Eu realmente não sei
  • Não tenho certeza

Cena 8

- Eu quero saber se eles estão bem, mas ao mesmo tempo estou com tanto medo de descobrir a verdade - Diz Laura.

- Eu também me sinto assim, mas precisamos nos manter forte e ir em busca de descobrir a verdade - Você fala.

- Tem razão, eu não suporto mais ficar nesse medo constante toda vez que um enfermeiro vem atualizar aquela lista - Ela diz apontando para o mural.

- Eu fui olhar aquele mural com tanto medo, acho que nem li direito - Você fala.

- O importante é que até agora não tem o nome de Sam e Eric - Ela diz.

- Verdade, isso é o que mais importa - Você fala.

- E se tudo der certo, vai continuar assim - Ela diz.

- E vai dar certo - Você fala.

- Vamos? - Ela pergunta estendendo a mão para você.

- Sim, já chegou a hora de descobrir a verdade - Você responde.

- Não dá mais para adiar - Ela diz.

- Eu concordo - Você fala.

- Por mais dolorida que ela possa ser - Laura diz com os olhos marejados.

- Temos que nos preparar para tudo - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

Você e Laura caminham em direção a Suzana, que logo que vê vocês abre um enorme sorriso.

- Olá crianças - Diz Suzana.

- Oi - Vocês falam.

- Estão precisando de algo? Sentiram algo? - Ela pergunta.

- Acho que você já imagina o motivo de estarmos aqui - Você responde.

- Eu sei - Suzana diz e dá um suspiro profundo.

- Por que você mudou de feição? - Laura pergunta.

- O quê? - Suzana pergunta confusa.

- Você ficou mais séria - Laura responde.

- Nós vamos tratar de um assunto sério agora, não tem como manter uma expressão leve - Suzana diz.

- Então você não tem boas notícias? - Laura pergunta.

- Por favor, me sigam - Suzana diz e começa a andar.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

Você e Laura começam a seguir Suzana que apenas começou a caminhar em silêncio, vocês caminharam por um tempo até que Suzana finalmente para.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- Olhem pela janela - Suzana responde.

No mesmo instante que vocês olham pela janela, veem Eric desacordado que estava com vários curativos e cheio de aparelhos ligado a ele, a cena era tão horrível que no mesmo instante Laura começa a chorar.

- Nós podemos entrar? - Você pergunta.

- Sinto muito, mas é proibido entrar na Unidade de Terapia Intensiva - Suzana responde.

- Por favor, vai ser rápido - Laura diz.

- Sinto muito, mas isso não será possível - Suzana fala.

- Qual é o estado dele? - Você pergunta.

- É um estado moderado, ele ainda está desacordado, mas já responde a alguns estímulos - Ela responde.

- Ele ainda corre risco de vida? - Você pergunta.

- Infelizmente sim - Suzana responde.

- Isso não pode estar acontecendo - Laura diz chorando ainda mais.

- Eu sinto muito, não é uma notícia fácil de se dar - Suzana fala.

- E como ele está na competição? - Você pergunta.

- Eu realmente não sei, hoje a noite durante a festa final, Selena deve dizer - Suzana responde.

- A festa ainda será hoje? - Você pergunta.

- Sim, eles não querem adiar mais - Suzana responde.

- Isso é inacreditável, não há como comemorar algo assim - Laura fala entre soluços.

- Não me cabe falar sobre isso - Suzana diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

- Onde Sam está? - Você pergunta.

- Olha, eu preciso que vocês sejam muito fortes - Suzana responde.

- Não, por favor, não diz o que estou pensando que você vai dizer - Diz Laura já em desespero.

- Por enquanto, ainda não é isso - Suzana fala.

- Como assim "Por enquanto"? - Você pergunta.

- Sam está em estado gravíssimo, lutando para sobreviver - Suzana responde.

No exato momento que Suzana responde, ela já estava com olhos marejados como se nem ela acreditasse muito no que estava falando, Laura no mesmo instante dá um grito e começa a chorar compulsivamente.

Aquilo não poderia ser verdade, Suzana só poderia estar fazendo uma brincadeira ou seus ouvidos não estavam funcionando bem, não era possível que tinha acabado de escutar. Isso não poderia estar acontecendo com Sam, você não iria se perdoar por aquilo.

- Eu realmente sinto muito - Suzana diz tentando segurar as lágrimas.

- Suzana, por favor, me diz que Sam tem chance de sobreviver - Você fala.

- Existe a chance, mas é muito pouca. Nós já ligamos para os familiares para que se preparassem pois são chances mínimas - Suzana diz.

- Você só pode estar brincando, eu não acredito nisso - Laura fala.

- Eu nunca brincaria com algo do tipo - Suzana diz.

- Então por que não podemos ver Sam? - Laura pergunta.

- O estado de Sam é crítico, só familiares poderão ter acesso - Suzana responde.

- Por favor, nos deixe ver Sam - Você fala.

- Sinto muito, mas são contra as regras - Ela diz.

- Suzana, pode ser a última vez que a gente consiga ver Sam - Laura fala.

- Eu realmente sinto muito, mas não posso - Suzana diz.

- Por favor Suzana - Você fala.

- Mantenham a esperança na bondade dos deuses e tenham fé que Sam e Eric irão melhorar - Diz Suzana.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

Suzana se despede as pressas deixando você e Laura sentados(as) no chão do corredor do hospital. A surpresa de descobrir a situação de Eric e Sam foi tão grande que nem tiveram forças para sair daquele lugar.

- S/N, por favor, me diga que isso é um pesadelo - Diz Laura entre soluços.

- Eu também iria adorar se fosse Laura - Você fala tentando segurar o choro.

- Isso só pode ser uma brincadeira de extremo mal gostou - Ela diz.

- Ninguém faria uma brincadeira desse tipo - Você fala.

- Então deve ser uma ilusão, talvez ainda estejamos na prova e eles estão nos testando - Laura diz.

- Laura, você sabe que o que está acontecendo a verdade, por mais que doa, é a verdade - Você fala.

- Não, não pode ser verdade, eu me recuso a acreditar nessa realidade - Ela diz chorando ainda mais.

- Eu também não queria, mas infelizmente é a verdade - Você fala.

- Não é possível que eu estou vivendo isso novamente, primeiro Diego, depois Gustavo e agora Eric e Sam. Eu sou o problema, só pode ser isso, devo ser amaldiçoada - Laura diz.

- Nunca diga isso, você não é amaldiçoada - Você fala.

- E por que tudo isso está acontecendo? - Ela pergunta.

- Se você for amaldiçoada, eu também sou pois também perdi muitas pessoas - Você responde.

- Talvez eu tenha passado minha maldição para você, eu sinto muito - Ela diz te abraçando.

- Você não passou nada para mim, você só me proporcionou coisas boas - Você fala.

- Eric e Sam também - Ela diz chorando ainda mais.

- Eu sei - Você fala.

- S/N, eu não quero perder mais ninguém - Laura diz te olhando.

- Eu também não, por mais que seja difícil, vamos torcer para o melhor - Você fala.

- Tem razão, eu vou tentar - Ela diz secando as lágrimas.

- Temos que nos prender a nossa esperança pois é a única coisa que nos resta - Você fala.

- Como nós iremos naquele festival nesse estado? - Ela pergunta.

- Eu realmente não sei, nem tenho energia para isso - Você responde.

- Eu nem sei se quero pensar mais em meu futuro, meu presente já está sendo tão doloroso - Ela diz.

- Vamos não pensar nisso agora, vamos apenas ficar aqui esperando por novas informações de Sam e Eric, torcendo por boas notícias - Você fala.

- Eu sou a favor disso - Ela diz segurando sua mão - Vamos ver o que o futuro nos reserva.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Kailane

Kailane Se por acaso,Sam e Eric morrerem,eu vou ficar muito abatida sério mesmo e ainda mais pq a morte de Sam foi eu que causei e tipo a S/n e o Sam nem tiveram o romance deles ainda .😭😭😭😭😭

Nunca mais vou acordar com o Sam ao meu lado falando das teorias malucas, porém , que fazem sentido dele .

Nunca mais vou acordar com Eric ao meu lado com o péssimo humor dele de manhã cedo , quando for a uma festa e ouvir ele falar " vamos curtir pessoal " ou até então, sentir sdd dele de quando rolava um clima entre a S/n e o Sam e ele sempre aparecia perguntando se atrapalhou alguma coisa kkkkkk🤣😂😭😭🥺

Autora eu necessito dos meu menino ! Eu os amo muito ❤️

7/04/21 21 ResponderMais
Kailane

Kailane Pensando aqui ...

Bem que se um dos meninos morrer a S/n poderia ressuscita um deles , porém, seria bem impossível né ?!

7/04/21 11 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca Miss do céu pense bem oque vc vai fazer! Pq nunca chorei lendo uma fic mas nesse ep foi quase, só não choro pq vai começar minha aula!
Miss entenda, eu te amo mas não é por isso que vc pode ficar quebrando meu coração e dps concertando para dps quebrar de volta, já não basta a vida me fazer isso vem vc? Isso é um relacionamento abusivo Miss.... Por mais q eu já estivesse triste pq hj as aulas são chatas pra desgraçaaaaaaaa e talvez esse capítulo tenha piorado, está perfeito como sempre ♥️♥️♥️♥️. Aiai só imaginei o/a Taylor chegando enquanto a laura e s/n estavam chorando no chão e ele/a ia lá sentar no chão e tentar consolar elas/e e dps ia abraçar a/o S/n kkkkkk ai preciso parar de ficar imaginando cena clichê com personagens e comigo q possa acontecer no futuro mais claramente n vai acontecer kkkkkkkkkkkkkkkkkk. Já perceberam q todo comentário meu tem aiai ou ai ou os dois? Tenho q parar com essa mania tbm....

7/04/21 11 ResponderMais
Franklin Lins

Franklin Lins Parece que chegamos num momento muito especial, acredito que sam irá acordar pois na minha opinião ele ainda e muito crucial na série, mas ao mesmo tempo a morte dele seria como "abrir uma nova porta" deixando todo (S/N,Laura e Eric ) mais frios e preparamos para enfrentar oque tem pela frente.

7/04/21 8 ResponderMais
𝐄my 𝐃elacruz.

𝐄my 𝐃elacruz. Miss como sempre despertando as emoções que ela tanto quer que os leitores tenham lendo tal capítulo, eu mesma comecei a chorar desde a primeira cena desse capítulo. Tá muiiiiito perfeitoooo! Arrasa demaissss.

Pelo oque eu conheço a Miss ela não tem piedade com os personagens das fics então só complica minha situação, mas me recuso a acreditar que Eric e Sam não vão continuar vivos.

Antes eu tava querendo ser guerreira e tava mantendo essa idéia, isso até chegar nos capítulos da prova final, agora tô com ódio dos deuses e só quero vingar Eric e Sam. Por mais que não tenham morrido, estão em estado crítico e com poucas chances de sobrevivência. Também Diego, Marina e vários outros alunos que morreram no combate.
E vamos de rebelião!

7/04/21 6 ResponderMais
Nally

Nally Fico feliz por Laura estar bem, mas triste pela situação de Sam e Eric...Miss, Não deixe eles morrerem por favor🥺Sabia q a festa seria hj msm, esses deuses n tem sentimentos msm😒🤦‍♀️

7/04/21 5 ResponderMais
🌙 Moon & Sun ☀️

🌙 Moon & Sun ☀️ aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Vc quer me matar do coração???? Capítulo perfeito, como sempre, mas mt triste!! Por favor, não faz com que Sam e Eric morram por favor!!! N sei se choro ou se choro

7/04/21 4 ResponderMais
Kailane

Kailane Quem lhe deu permição ?

7/04/21 3 ResponderMais
Jeniffer Silva

Jeniffer Silva Nossa cara tô muito triste eu espero que o Sam e o Eric fiquem bem,tava pensando aqui a Artemis não tem poder de cura? Será que a s/n não conseguiria curar tbm? Seria muito bom ela invadir o quarto dos dois e da uma de médica kkkkk tá tô sonhando de mais.
Mas o capítulo msm sendo triste ficou perfeito como sempre miss ❤️

7/04/21 3 ResponderMais
Luck C 😜👽🖖

Luck C 😜👽🖖 Sam não pode morrer!!! NÃO PODE! ERIC NAO PODE MORRER! Graças a Deus Laura tá bem.

7/04/21 3 ResponderMais

WebFic

Entre no WebFic para ler & interagir com suas webfics favoritas!

Cancelar
Cancelar