ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 162

"Até algum dia"

Publicado em 16/04/2021

Um novo dia se inicia na Casta de Hefesto e chega o momento de S/N treinar um pouco com o irmão.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Você dormia tranquilamente quando acorda com a luz do sol que invadia seu quarto pela janela que estava aberta junto com uma deliciosa brisa que refrescava o lugar.

Dava para ver na janela que era um dia muito bonito, bem ensolarado e com uma boa brisa, os pássaros cantavam alegremente enquanto voavam pelo céu. Era realmente um dia gostoso e convidativo para fazer algo de especial.

Chegava ser triste ver um dia tão lindo como o que fazia, mas não sentir nenhuma alegria ou vontade para aproveitá-lo já que sua mente só conseguia pensar em tudo o que tinha acontecido nos últimos dias.

Além de lidar com a dor de ter que perder Sam, também ainda absorvia o adeus do representante que era alguém que não imaginava que iria ter que se despedir tão cedo.

Você estava feliz por saber que Eric e Laura estavam bem e saudáveis, mas era bem triste ver o estado dele pois mesmo tentando se manter otimista, era impossível não se pensar na possibilidade de que o estado de Eric não fosse passageiro e ele não pudesse ser guerreiro.

Já tinham tantos sofrimentos diferentes para se lidar, pensar que ainda poderia perder Eric era algo bem assustador, mas mesmo sendo impossível não pensar sobre isso, queria fazer de tudo para limpar sua mente pois precisava de pelo menos um dia de paz em sua vida. Nesse momento era melhor focar apenas que estava junto de sua família e que seus amigos estavam bem, que era o que mais importava.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Imagem da cena

Após passar um bom tempo em sua cama pensando mais um pouco sobre tudo o que andava acontecendo em sua vida, finalmente resolve se levantar de sua cama para ir em direção ao banheiro e fazer sua higiene pessoal.

Assim que entrou no banheiro, foi direto para o chuveiro para poder tomar um bom banho que ajudasse com que sua mente pudesse relaxar um pouco e parar pensar em tantas coisas ao mesmo tempo.

Você tinha conseguido a chance de voltar para sua casa para poder aproveitar o tempo com sua família, para poder descansar de verdade e relaxar um pouco antes de começar uma nova fase em sua vida que seria ainda mais difícil que as últimas pois agora não iria simplesmente participar de uma competição com provas e situações hipotéticas, agora estaria em missões reais onde cada uma de suas atitudes teria um grande impacto.

A vida como guerreiro(a) não seria nada fácil e até mais difícil que a de um simples competidor pois agora sua vida estaria sempre em risco e além de tudo, ainda teria que defender outras pessoas, algo que não fazia parte da sua realidade atual.

A partir do momento que saísse da casa de sua mãe, sua vida toda iria mudar drasticamente e teria que se preparar para lidar com tantas responsabilidades e perigos constantes, realmente precisava mudar sua forma de ver a vida senão iria sofrer muito com o que estava por vir.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

Depois de terminar de fazer tudo o que tinha que fazer, você foi em direção a cozinha para tomar seu café da manhã. Ao chegar na cozinha, estava sua mãe e seu irmão sentados na mesa enquanto tomavam café.

- Bom dia - Você diz ao entrar na cozinha.

- Bom dia - Eles falam.

- Dormiu bem amor? - Sua mãe pergunta.

- Sim e vocês? - Você pergunta.

- Também dormimos bem - Seu irmão responde.

- Como você está? - Sua mãe pergunta.

- Eu estou bem e vocês? - Você pergunta.

- Estamos bem, mas você está bem mesmo né? - Ela pergunta.

- Claro que sim, por que a pergunta? - Você pergunta sem entender.

- Você ficou ontem até tarde na casa do Eric, achei que algo tinha acontecido - Ela responde.

- Ah, não se preocupe, está tudo bem - Você fala.

- Laura e Eric estão bem? - Ela pergunta.

- Sim, eles estão bem - Você responde.

- Que bom ouvir isso - Ela diz.

- É, o Eric até conseguiu alta do hospital - Você fala.

- Que boa notícia, estava com tanto medo de você receber alguma notícia ruim - Ela diz.

- Também estava, mas felizmente não aconteceu nada de rum - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

- Já que Eric e Laura estão tão bem quanto você, significa que todos vão conseguir serem guerreiros né? - Seu irmão pergunta.

- É, eu acho que sim - Você responde.

- Que incrível, isso vai ser muito legal - Ele diz animado.

- Também acho - Você fala.

- Vocês três tiveram muita sorte, é bem difícil amigos ficarem juntos até o final - Sua mãe diz.

- Sério? Não sabia disso - Você fala.

- Pois pode acreditar, isso é algo bem único - Ela diz.

- Você sabe o motivo disso mãe? - Seu irmão pergunta.

- Não acho que existe um motivo específico, é porque são provas difíceis que exigem muito, então não é todo mundo que consegue tal proeza - Sua mãe responde.

Seu irmão aceita a resposta, mas você não consegue engolir tão bem assim, sua mãe parecia saber de algo a mais, mas ela parecia não querer entrar em detalhes. Talvez ela tenha falado aquilo para que seu irmão não soubesse de nada, mas lembrou do que o representante falou sobre os superiores não gostarem muito que você e Laura estivessem em relacionamentos, então foi impossível não pensar na possibilidade dos superiores interferirem em alguns casos para que alguns laços fossem desfeitos.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

- S/N! - Diz seu irmão em voz alta lhe fazendo sair de seus pensamentos.

- Sim? - Você fala.

- Está tudo bem? - Ele pergunta.

- Está sim, por que a pergunta? - Você pergunta.

- Você parece tão distante - Ele responde.

- Não é nada, não se preocupe - Você fala.

- Tem certeza? - Sua mãe pergunta.

- Sim, só estava pensando em como me sinto privilegiado(a) de poder ter ido tão bem com meus amigos - Você mente para não preocupá-los.

- Entendo, é realmente uma sorte que deve ser celebrada - Sua mãe diz rindo.

- Concordo - Seu irmão fala.

- Mas o que foi? Queria me dizer algo? - Você pergunta.

- Sim, quero saber se hoje você está livre - Seu irmão responde.

- Estou sim, por que? - Você pergunta.

- Para treinar um pouco - Ele responde sorridente.

- Você é insistente não é moleque? - Você pergunta rindo.

- É claro, é preciso de determinação e persistência para conseguir o que quer - Ele responde rindo.

- Só você mesmo - Você fala rindo.

- Então, você vai me treinar um pouco? - Ele pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Claro que sim
  • Vou pensar no seu caso

Cena 6

- Você não tem jeito né menino? - Sua mãe pergunta.

- Por que mãe? - Ele pergunta.

- S/N ainda está em processo de melhorar após a competição - Ela responde.

- Está tudo bem mãe, não se preocupe, será um treino leve - Você fala.

- Leve? - Ele pergunta.

- Claro, pra quê você precisa de um treino pesado? - Você pergunta.

- Preciso estar preparado - Ele responde.

- Você ainda tem muito tempo até a sua vez de participar de Olympia - Você fala.

- Mas vocês querem que eu passe vergonha em Olympia? Isso será uma vergonha para toda nossa família e para a memória do pai - Ele diz.

- Que drama - Sua mãe fala balançando a cabeça em negação sem acreditar no que tinha ouvido.

- É uma realidade mãe, tenho certeza que você não iria querer que um de seus filhos passassem por essa vergonha - Diz seu irmão.

- Não importa o que você fale, vou te passar um treino mais leve - Você fala.

- Por que? - Ele pergunta.

- Porque estou cansado(a) e meus poderes ainda estão fracos já que os usei em grande quantidade a pouco tempo, sem contar que você ainda tem muito tempo até a competição, então quando estiver mais perto dos seus 18 anos, eu irei dar um treino melhor - Você responde.

- Tudo bem então, melhor um treino leve do que nada - Ele diz.

- Você é difícil de agradar em moleque - Você fala rindo.

- Esse menino está ficando cada vez pior - Sua mãe diz rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Imagem da cena

Depois de passarem mais um tempo conversando enquanto tomavam café da manhã, você e seu irmão se despediram de sua mãe e foram em direção a um local livre, mais afastado de sua casa para poderem treinar.

- Quanto tempo que não venho aqui - Você diz ao chegar naquele lugar que costumava treinar antes de Olympia.

- Eu adoro vir aqui - Seu irmão fala.

- Você fica treinando sozinho? - Você pergunta.

- Ás vezes treino só, ás vezes treino com meus amigos - Ele responde.

- Sério? Gosta de treinar sozinho? - Você pergunta.

- Sim, muitas pessoas falam que nosso pai costumava treinar sozinho e que não tinha muitos amigos - Ele responde.

- E você quer seguir os passos dele? - Você pergunta.

- Sim, amigos podem atrapalhar e se tornar um ponto fraco - Ele responde.

- Quem disse isso para você? - Você pergunta sem acreditar com a frieza da resposta dele.

- Eu vi na escola e concordo. Você teve sorte S/N de seus amigos serem tão fortes quanto você, mas não quero lidar com sentimentos alheios e ficar sofrendo por incompetência dos meus amigos - Ele responde tranquilamente.

- Menino, não esperava isso de você - Você fala.

- Pode parecer frieza, mas isso evita muitos problemas e dores de cabeça desnecessária - Ele diz.

- Se você diz, acredito - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Depois de passar mais um tempo conversando com seu irmão, logo começam a treinar com arco e flecha para saber quem acertava mais. Mesmo ainda sendo tão novo, seu irmão já mostrava uma ótima habilidade com o arco e flecha, os disparos eram sempre bem precisos, melhor do que de muitas pessoas que conheceu.

- Você melhorou muito - Você diz.

- Eu treino quase todos os dias - Ele fala.

- Dá para perceber, sua habilidade está ótima - Você diz.

- Mas não tão boa quanto a sua né? Sua pontaria é bem melhor - Ele fala.

- Mas é pouca coisa, eu tenho mais anos de experiência e já tive a chance de treinar com ótimos professores - Você diz.

- Tem razão, não tem como competir contra isso - Ele fala rindo.

- Exatamente, então você está ótimo para o momento em que está - Você diz.

- Você vai ver S/N, vou ser igual a você e o pai - Ele fala confiante.

- Eu acredito totalmente em você - Você diz.

- Mas posso te pedir um favor? - Ele pergunta.

- Claro que sim - Você responde.

- Você poderia me mostrar o seu poder? - Ele pergunta.

- É sério? - Você pergunta.

- Sim, só uma amostra, não precisa ser muita coisa - Ele responde.

- Está bom, mas é algo rápido viu? - Você fala.

- Está ótimo - Diz seu irmão animado.

Continua depois da publicidade
  • Mostrar poder de Zeus
  • Mostrar poder de Poseidon
  • Mostrar poder de Atena
  • Mostrar poder de Ártemis
  • Mostrar poder de Apolo
  • Mostrar poder de Ares
  • Mostrar poder de Afrodite
  • Mostrar poder de Dionísio
  • Mostrar poder de Deméter
  • Mostrar poder de Hera
  • Mostrar poder de Hermes
  • Mostrar poder de Hefesto

Cena 9

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma carga elétrica passando por todo o seu corpo até conseguir formar um pequeno raio em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar um pequeno tridente em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar um escudo em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar um arco e flecha em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 13

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar um arco e flecha em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 14

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar uma lança em suas mãos, ela era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 15

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar uma adaga em forma de rosa em suas mãos, ela era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 16

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir formar um chicote de espinhos em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 17

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir criar um pequeno golém de madeira, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 18

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir criar um cetro em suas mãos, ele era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 19

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir correr bem rápido de um lado para outro, sua super velocidade estava diminuída mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 20

- Estou tão ansioso por isso - Diz seu irmão.

- O que eu não faço por você - Você fala rindo.

- Você é o/a melhor irmã(o) do mundo - Ele diz animado.

Você se afasta bem de seu irmão para não acabar machucando ele pois mesmo sabendo que seus poderes estavam fracos, não queria que algo como o que aconteceu na luta contra Sam acontecesse novamente.

Você se concentra bem pois tinha que criar um poder que desse para que veja, mas ao mesmo tempo não poderia não ser nada muito chamativo já que nem sabia se podia estar fazendo aquilo, então teria que tomar cuidado para que ninguém além de seu irmão visse.

Depois de se concentrar bem, você começa a sentir uma energia passando por todo o seu corpo até conseguir criar uma espada em suas mãos, ela era bem inferior ao que estava acostumado(a) a criar, mas já imaginava que deveria estar relacionado fraqueza que vinha sentindo nos últimos dias.

- Isso é incrível - Diz seu irmão animado.

- Você gostou? - Você pergunta rindo.

- Sim, eu não esperava por isso - Ele responde.

- Está um pouco fraco pois ainda estou no meu 100%, mas acho que dá para o gasto - Você fala rindo.

- Está ótimo - Ele diz admirado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 21

- Agora chega - Você fala voltando ao normal.

- Que pena, foi tão rápido - Seu irmão diz triste.

- Sinto muito, mas nem sei se poderia estar fazendo isso - Você fala.

- Acho que eles não ligam para isso, são seus poderes, é seu direito usá-los como bem entender - Ele diz.

- É, acho que sim - Você fala.

- Espero que um dia eu esteja igual você, vai ser incrível - Ele diz animado.

- Você vai conseguir, não se preocupe - Você fala.

- Acho que o dia que receber meus poderes será o dia mais feliz da minha vida - Ele diz.

- E você já decidiu de quem vai querer os poderes? - Você pergunta.

- Não, ainda é muito difícil decidir. Não consigo escolher entre Zeus e Poseidon - Ele responde.

- Entendo, mas ainda tem tempo para pensar - Você fala rindo.

- Espero que até lá eu consiga decidir qual é a melhor, mas ainda acho que é Zeus pois os poderes dele são bem melhores e a Casta deve ser incrível - Diz seu irmão.

- É uma boa escolha - Você fala.

- Eu sei, tenho bom gosto - Ele diz rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 22

Seu irmão continuou treinando por mais um tempo até que você viu uma pessoa caminhando próximo ao local onde vocês treinavam e com um pouco mais de atenção, consegue perceber que era Ágatha, então resolveu caminhar até ela para descobrir o que fazia ali.

- Ágatha - Você diz correndo na direção dela.

- S/N, tudo bem? - Ágatha pergunta sorrindo.

- Estou bem e você? - Você pergunta.

- Estou ótima - Ela responde.

- O que faz aqui por aqui? - Você pergunta.

- Aqui na Casta de Hefesto ou nesse lugar? - Ela pergunta confusa.

- Os dois - Você responde rindo.

- Eu sou da Casta de Hefesto, então estou aqui para passar um tempo com minha família. E estava passeando porque adoro relaxar nesse lugar, mas como vi que tinha gente aqui treinando, resolvi sair, nem tinha visto que era você - Ela responde.

- Nós atrapalhamos? - Você pergunta.

- Não, está tudo bem - Ela responde rindo.

- Eu não esperava te ver aqui - Você fala.

- É, vamos nos ver com ainda mais frequência já que decidimos ser guerreiros(as) - Ela diz.

- Verdade, tinha até esquecido disso - Você fala.

- Espero que isso possa nos aproximar, iria adorar ser sua amiga - Ela diz.

- Isso pode ser possível - Você fala.

- Sinto muito pelos amigos que você perdeu - Ela diz.

- É, nem esperava por isso - Você fala.

- Ninguém nunca espera e muito menos está preparado para perder alguém importante - Ela diz.

- Concordo - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 23

- Posso te fazer uma pergunta? - Você pergunta.

- Claro que sim - Ágatha responde.

- Nós realmente nos encontramos aqui inesperadamente ou foi premeditado? - Você pergunta.

- Você acha que eu planejei te encontrar aqui? - Ela pergunta.

- Não sei - Você responde.

- Não se preocupe, sei que você está de luto por Sam, então não vim aqui para saber sua resposta da proposta que te fiz a um bom tempo atrás - Ela diz.

- Eu estava achando que era isso - Você fala.

- Eu sou um ser humano, tenho respeito pelo sofrimento alheio, não iria fazer esse tipo de pergunta em um momento tão delicado. Você perdeu Sam e quase perdeu Eric, merece um tempo para alinhar seus pensamentos antes de tomar decisões importantes - Ela diz.

- Agradeço por entender isso - Você fala.

- Nós entendemos - Ela diz.

- Ainda é tudo tão recente, então realmente preciso de um tempo para organizar meus pensamentos - Você fala.

- Leve o tempo que precisar, quando o momento chegar, eu irei até você, principalmente agora que vamos ter que nos aproximar por causa do nosso trabalho - Ágatha diz.

- Certo, prometo que da próxima vez não irei enrola e estarei com a resposta - Você fala.

- É bom mesmo pois será sua última chance - Ela diz.

- Então até qualquer dia - Você fala.

- Antes de você ir, preciso te entregar algo - Ela diz.

- O quê? - Você pergunta sem entender.

- Sam deixou isso para você - Ela responde entregando uma carta.

- Como assim? - Você pergunta.

- Eu não li, só foi pedido para que lhe entregasse - Ela responde.

- Muito obrigado(a) - Você fala.

- Leia em um lugar reservado - Diz Ágatha.

- Certo, obrigado(a) - Você fala.

- De nada, se cuide S/N e até a próxima - Ela diz.

- Até - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 24

Assim que Ágatha se despede, ela se afasta de você e começa a caminhar para bem longe até desaparecer, então você começa a caminhar em direção a seu irmão que treinava um pouco mais longe.

Ao ver que seu irmão estava tão concentrada no treino que havia passado, você aproveita o momento para ler a carta de Sam pois estava muito curioso(a) para saber o que estava escrito, então se senta perto de uma árvore e começa a abrir o envelope:

"Querido(a) S/N.

Não sei como começo a escrever essa carta pois nunca pensei que estaria fazendo isso, mas sei que é necessário, então tive que reunir toda minha coragem para escrever nesse papel.

Quero começar essa carta lhe pedindo desculpas. Eu realmente sinto muito. Sinto muito por tudo. Sinto muito por ter lhe causado tantas dúvidas. Sinto muito por nunca ter me aberto com você. Sinto muito por não conseguir passar confiança. Sinto muito por não ser a amizade dos seus sonhos. E sinto muito principalmente por estar lhe fazendo mal...

Se você está recebendo essa carta é porque eu morri e conhecendo você, sei que deve estar mal nesse momento pois mesmo eu não sendo a melhor pessoa do mundo, sei o quanto você sempre se importou com todos aqueles ao seu redor, então acho que tive a chance de também conseguir um pequeno espaço em seu coração.

Acredito que nesse momento você está se perguntando como eu escrevo uma carta de adeus assim? Será que eu já sabia que iria morrer? E a resposta é simples: Eu sempre soube que iria morrer desde a metade de Olympia. Eu nasci em uma família que foi desestruturada pelos superiores. Meu pai morreu em um combate para se tornar um guerreiro e minha mãe ficou com tanta raiva que resolveu se tornar uma rebelde e esse se tornou o motivo da morte dela, por isso tive que viver com meus avós. Quando tomei conhecimento da história da minha família, não consegui apenas aceitar tudo o que descobri, eu precisava fazer algo, então decidi seguir o legado da minha mãe, diferente da maioria das pessoas, quero ser rebelde desde quando tinha meus 13 anos e foram 5 anos planejando qual seria a melhor forma de fazer isso. Isso explica todas as minhas paranoias e pessimismo pois sempre esperava o pior.

Eu decidi me tornar rebelde apenas por meus pais, mas conforme conheci outros rebeldes, mais tive certeza da minha decisão pois queria lutar para que todos nós tivéssemos o mesmo direito, queria que fossemos todos livres para tomar nossas próprias decisões e queria que todas as profissões fossem igualmente valorizadas como ser um guerreiro. O sonho de se tornar um rebelde é algo lindo, mas também é bem perigoso pois é como uma sentença de morte já que caso alguém descubra sobre, a morte se torna inevitável.

Quando conheci você, tinha tantos medos e preocupações, achava que você poderia ser um(a) espiã(o) ou algo do tipo, então nunca falava nada muito aprofundado sobre mim, mas conforme o tempo foi passando, cada vez mais nos demos melhor, você me apresentou para seus amigos e me levou para seu mundo, um mundo de tantas possibilidades onde os sonhos pareciam tão possíveis, foi a primeira vez em anos que me senti parte de algo, eu realmente estava feliz por ter amigos e finalmente me senti em segurança.

Sinto muito por ter colocado não só você, mas também Laura e Eric sob perigo, espero que vocês consigam ser guerreiros e que todas suas vontades sejam realizadas, espero que seu irmão também consiga trilhar o mesmo caminho que o seu. Infelizmente nossos caminhos serão distanciados e não poderemos nos ver novamente, mas saiba que sempre estarei torcendo por vocês, eu sempre terei gratidão pela amizade de vocês, nunca pensei que teria a chance de experimentar algo tão sincero como foi fazer parte do seu grupo de amigos, nunca pensei que teria a chance de conhecer o amor, mas tudo isso se tornou possível ao encontrar você e por isso serei eternamente grato(a).

Sinto muito por não poder ter dito isso pessoalmente, mas nem eu sabia em que momento descobriram a verdade sobre mim. Estou escrevendo essa carta pois sei que será de uma forma onde você não fará ideia de como tudo aconteceu, então essa carta é o ponto final que você merece. Mais uma vez agradeço por ter me aceitado na sua vida e mais uma vez peço desculpas por causar sofrimento. Espero que você esteja feliz e que seus objetivos se cumpram, até algum dia.

Um abraço, Sam"

Ao terminar de ler a carta, você estava aos prantos, chorava tanto e agora colocava para fora tudo o que segurou nos últimos dias, ler aquela carta foi como um soco em seu estômago, era a confirmação que realmente tinha perdido Sam.

Mas como Sam já sabia que iria morrer? Será que alguém tinha denunciado Sam para os superiores? O que aconteceu para isso? Será que os superiores descobriram a verdade sobre Sam e resolveram terminar de matar no hospital com a desculpa do combate?

Sam lhe enviou a carta para esclarecer sua mente e dar paz para seu coração, mas agora você estava com ainda mais questionamentos e precisava descobrir as respostas para eles.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Maria Vitória

Maria Vitória O SAM TEM QUE TÁ VIVO. ELE FALOU "ATÉ UM DIA" "ATÉ UM DIAAAAA" AHHHHHHHHHHH

16/04/21 31 ResponderMais
Felipe Lopes

Felipe Lopes Esse "até algum dia" já me deixou iludido!!

16/04/21 26 ResponderMais
João Alex Pinheiro

João Alex Pinheiro Miss do ceu que cap bom foi esse como sempre arrasando nas historias esse cap foi esclarecedor pra mim pois no inicio eu desconfiava que sam era uma ou um rebelde pois ele ou ela era sempre misterioso foi nesse cap que tomei mais raiva dos superiores pois eles mataram sam e sn tava se cupando achando que foi ele/ela mais um motivo de me tornar um rebelde em segredo sem niquem saber e me tornar guerreiro pra pegar todos os poderes e me rebelar

16/04/21 14 ResponderMais
ѕєяgιинο🏳️‍🌈

ѕєяgιинο🏳️‍🌈 Capítulo maravilhoso 💗💗💗💗💗

Não vou fingir surpresa ou espanto com essa carta do(a) Sam, porque mesmo tendo dúvidas de que ele era rebelde ou não eu sempre soube que ele realmente era um rebelde. Agora sobre a morte dele(a), tenho certeza que não foi por causa do combate. Assim como aconteceu em Olympia, tanto a morte de Sam quanto a do(a) ex de S/N foram causadas pelos Deuses, um fato que comprova essa teoria é algo falado pelo representa em uma das provas, se não me engano, antes do combate final, onde ele fala que os representantes não gostavam que S/N e Laura estivessem em um relacionamento, que aliás é repetido nesse capítulo.

E agora com essa revelação de que Sam era rebelde, isso só aumentou a minha vontade de ser rebelde, coisa que eu venho dizendo desde quando comecei a acompanhar essa obra maravilhosa!!!💗💗💗💗💗

16/04/21 13 ResponderMais
Melissa

Melissa MANO MEUDEUS,ALÉM DE DESCOBRIR QUE SAM REALMENTE ERA REBELDE,ELE(a)AINDA SE DECLAROU PARA S/N,MISS EU TO----
ATÉ ALGUM DIA?AAAAAAAAA SAM VOLTA AQUI
eu sei,eu sei, ´´ser rebelde para honrar sam´´ , mas ainda prefiro esperar um pouco antes rebelar,se isso realmente acontecer,prefiro esperar ate ser um(A) guerreiro(A) experiente e com bastante controle dos poderes,para aí quem sabe até ser líder de uma guerra entre os rebeldes e os deuses,fico tão triste pelo irmão de s/n,ele gosta tanto de todo aquele caos,mal sabe ele....
tô só vendo a reação do erik se ele souber dessa carta,ele vai enlouquecer e querer virar rebelde

16/04/21 12 ResponderMais
𝑭𝒆𝒍𝒊𝒙 𝒍𝒆𝒆 💖🌈✨

𝑭𝒆𝒍𝒊𝒙 𝒍𝒆𝒆 💖🌈✨ To chorando legal aki , MISS EP INCRIVELLLL

Minha teoria do dia: SAM TA VIVO , todos realmente acham que ele morreu , mais SUZANA , que era pra matar ele , tinha um sentimento sobre sn , entao resolveu apenas encondelo em um lugar onde nem os deuses saberiam , onde ficam os corpos mortos , esqueci o nome , e suzana sempre ajudava sam com essas coisas , se passaram muito tempo de fic , todos com essa interrogação na cabeça , ate que suzana conta a verdade pra eles , e ela vai presa e pa , mais eles nao descobriram de sam ( Os deuses , eles so decobriram que ele ajudava rebeldes ) sam muda sua aprencia , muda de nome e vira amigo de todo o pessoal denovo sem eles saberem , ate q eles ligam os pontos e descobrem tudo , e as teorias ja se misturaram aki , por hoje e so KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

16/04/21 11 ResponderMais
Nally

Nally Sem palavras, as suspeitas deles do início, eram reais... Tenho quase certeza q deixaram ela morrer🥺

16/04/21 8 ResponderMais
~ Moon ~

~ Moon ~ Genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee, já suspeitava! kkkkkkkk
Não tenho hipóteses de como descobriram que ele era um rebelde, mas a teoria que mataram ele no hospital faz 76% de sentido!!

16/04/21 7 ResponderMais
Beren

Beren Amei Miss, capítulo perfeito como sempre S2😍🤩 Sabia que o/a Sam era rebelde, mal posso esperar para me tornar um também!! Muito Obrigado

Ps: Acabei de terminar de ler Ecos do Silêncio, final muito surpreendente e tocante, animado para ler outras obras suas!! Se cuida e que vc continue escrevendo e desenvolvendo suas histórias e escrita!🔝🔝🎉

16/04/21 7 ResponderMais
Luck C 😜👽🖖

Luck C 😜👽🖖 Ameiiiiii!!! 😍😍♥️♥️♥️ Não sei se Sam.voltar agora ou não, até pq a carta pode muito bem ter sido escrita por Ágata, mas espero que volte, de alguma maneira impossível.

16/04/21 6 ResponderMais
Cancelar