ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 172

Devaneios

Publicado em 05/05/2021

Após a festa de comemoração da primeira missão, chega o momento dos alunos voltarem a vida real de Reia.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Você ainda dormia tranquilamente quando acorda com o som de seu celular despertando e logo o desliga, ainda estava com muito sono devido a festa que havia acontecido na noite anterior.

Seu corpo ainda estava tão cansado por causa da festa e percebeu que Laura já estava no banheiro, então podia ficar mais tempo deitado(a) para poder relaxar um pouco mais antes de ter que realmente se levantar.

Enquanto estava na cama não conseguia parar de pensar em todas as informações que havia recebido na noite anterior principalmente em relação a Sam já que realmente nunca tinha imaginado que Sam um dia considerou a possibilidade de se tornar Crônidas, mas isso também lhe fez pensar em tudo o que Sam poderia ter sofrido na vida para chegar a cogitar essa ideia.

Parecia que ainda havia tanto sobre Sam que você não fazia a menor ideia, mas talvez nunca iria descobrir a verdade sobre isso já que nunca mais veria Sam novamente, o que lhe causava um enorme aperto no peito pois queria tanto saber mais sobre Sam.

Por mais que você não conseguisse mais saber sobre Sam e seu passado devido as circunstâncias, ainda tinha algo para descobrir que era em relação ao que teria acontecido para que os superiores descobrissem sobre Sam ser rebelde. Você precisava saber qual das teorias de Ágatha era certa, só aquilo poderia lhe dar um pouco de paz pois tinha que descobrir se havia algum espião entre vocês que denunciou Sam ou se os superiores realmente tinham matado Sam apenas por causa da aproximação de vocês durante a competição.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Você ainda pensava sobre as teorias que Ágatha havia lhe contado quando seus pensamentos são interrompidos ao ouvir o som da porta do banheiro que se abre e Laura sai.

- Bom dia - Diz Laura sorridente.

- Bom dia - Você fala.

- Dormiu bem? - Ela pergunta.

- Sim e você? - Você pergunta.

- Também dormi muito bem - Ela responde.

- Mas não posso negar que gostaria de dormir mais um pouco - Você diz rindo.

- Verdade, também gostaria de dormir mais um pouco - Ela fala e ri.

- Como você está? - Você pergunta.

- Estou bem e você? - Ela responde.

- É, também estou bem - Você responde.

- Eu confesso que estou um pouco triste também - Ela diz.

- Por qual motivo? - Você pergunta sem entender.

- Eu estava esperando que ontem fossemos descobrir quem seria o aluno que iria receber todos os poderes dos deuses - Ela responde.

- Entendo, também esperava por isso - Você diz.

- Estou achando que isso vai demorar mais do que pensei - Ela fala.

- É, também acho, eles devem nos treinar um pouco mais até terem certeza - Você fala.

- É, eu também acho - Ela diz impaciente.

- Vamos ter que esperar - Você fala.

- Você acha que será apenas uma pessoa? - Laura pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Eu acho que sim
  • Não faço ideia
  • Talvez seja mais que uma pessoa

Cena 3

- O que você acha? - Você pergunta.

- Eu realmente espero que seja mais que uma pessoa - Laura responde.

- Isso é bem difícil de acontecer não é? - Você pergunta.

- Eu sei, mas ainda tenho esperanças que eles decidam fazer uma mudança - Ela responde rindo.

- É, eu também iria gostar muito se eles escolhessem dar esses poderes para mais de uma pessoa, mas é difícil acreditar nessa possibilidade - Você fala.

- Eu sei, acho que o máximo que deram até hoje foram três pessoas - Ela diz.

- Se escolherem três ainda é bom - Você fala.

- É, eu iria adorar que isso acontecesse - Ela diz.

- Eu também - Você fala.

- As pessoas ficam falando que a disputa está entre você, eu e Taylor, mas ainda tenho minhas dúvidas - Ela diz.

- Eu acho que as pessoas falam demais, todos nós temos chance de conseguir, então nem devemos ligar para isso - Você fala.

- É, tem razão. Vou dar o meu melhor para conseguir, mas caso eu não consiga, vou ficar, mas vou tentar entender e ficarei muito feliz por qualquer um que conseguir - Ela diz.

- Você tem muitas chances de conseguir Laura, se mantenha confiante - Você fala.

- Espero que sim - Ela diz.

- Pode acreditar - Você fala.

- Mas se você ou Taylor ou Eric ganhar, vou ficar tão feliz quanto como se fosse uma vitória minha - Diz Laura.

- Também vou ficar muito feliz se vocês ganharem - Você fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

Imagem da cena

Você e Laura conversam por mais um tempo até que você decide se levantar de sua cama e ir em direção ao banheiro para poder tomar seu banho e fazer sua higiene pessoal para se preparar para mais um dia.

Assim que entrou no banheiro, você foi direto para debaixo do chuveiro pois tudo o que mais precisava era de um bom banho que lhe ajudasse a se despertar e também lhe dar energia para esse dia que estava apenas começando.

Enquanto tomava banho, você não conseguia parar de pensar na conversa que havia tido com Atlas pois ao mesmo tempo que tinha ficado com raiva da indiferença e frieza de Atlas, tinha que concordar que Atlas tinha razão em relação ao que disse sobre você tentar se manter mais racional e demonstrar menos seus sentimentos e suas fraquezas em relação aos seus amigos pois aquilo poderia realmente ser usado contra você.

Se você recebesse um pouco dos poderes de todos os deuses, você iria ter ainda mais força, mas também isso iria exigir mais de você para conseguir controlar seus poderes e suas emoções já que estava sofrendo com apenas um poder, então talvez realmente poderia se tornar uma bomba caso não tivesse controle sobre tantos poderes ao mesmo tempo.

Mesmo com toda a raiva que tinha sentido com Atlas na noite anterior, não conseguia parar de pensar sobre a conversa que tinham tido, principalmente sobre Atlas saber sobre seu pai e até mesmo ter o conhecido. Não seria algo fácil, mas você precisava tentar se aproximar mais de Atlas para saber se descobria mais sobre seu pai, tanto sobre que tipo de pessoa ele era quando guerreiro e quem sabe até mesmo saber mais sobre a morte dele.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Imagem da cena

Depois de terminar de se arrumarem e fazer tudo o que precisavam fazer, você e Laura saíram do quarto e foram em direção ao elevador para ir ao refeitório onde iriam se encontrar com Eric e Taylor.

Assim que chegaram no refeitório, pegaram suas bandejas com o que iriam tomar café da manhã e foram em direção a mesa onde Taylor e Eric estavam, mas se surpreenderam ao ver Yuri sentado com eles na mesa.

- Bom dia - Diz Eric quando vocês se aproximam.

- Bom dia - Vocês falam.

- Como estão? - Taylor pergunta.

- Bem e vocês? - Você pergunta.

- Estamos bem também - Taylor responde.

- Responda por você pois eu estou acabado - Eric fala.

- Por causa da festa? - Laura pergunta rindo.

- Sim, acho que aproveitei mais do que deveria - Eric responde.

- Você sempre aproveita mais do que deveria, parece até que esquece que essas festas quase sempre acontecem durante a semana - Você fala rindo.

- Eu sei, acho que nunca vou saber o meu limite - Eric diz.

- Você não tem mais jeito Eric, achei que Taylor seria uma boa influência, mas me enganei, você já é um caso perdido - Laura fala rindo.

- Eu tentei Laura, mas falhei miseravelmente - Taylor diz e ri.

- Vocês são péssimos amigos, até parece que eu sou algo horrível, eu apenas gosto de festa, isso não é crime - Eric fala.

- Para sua sorte - Laura diz rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

- E você Yuri, como está? - Você pergunta.

- Eu estou bem, obrigado por perguntar - Yuri responde.

- Que diferente ver você aqui sentado com a gente - Laura fala.

- Eu e Eric nos aproximamos muito ontem na festa e ele me convidou para sentar aqui, mas caso vocês se importem, eu posso sair - Ele diz.

- Não, pode ficar - Você fala.

- Você sempre será bem vindo - Laura diz rindo.

- Que bom ouvir isso - Ele fala.

- Yuri é da Casta de Atena e achei isso muito legal - Eric diz.

- Eu também sou de lá, então sei o quão incrível essa Casta é - Laura fala.

- É uma boa Casta - Taylor diz.

- Acho que todas as Castas que escolhemos são boas Castas - Yuri fala.

- Isso é verdade, nós temos bom gosto - Eric diz rindo.

- Eu tenho que concordar - Laura fala também rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

- Sobre o quê vocês conversavam antes da gente chegar? Parecia ser algo bem sério - Laura pergunta.

- Yuri ficou sabendo sobre uma fofoca e estava nos contando - Eric responde.

- Que tipo de fofoca? - Você pergunta.

- Por favor, que não seja uma que nos meta em encrenca - Laura diz preocupada.

- Não, não se preocupem, é uma fofoca boba - Yuri fala rindo.

- E o que seria? - Você pergunta.

- Yuri ficou sabendo que ontem os guerreiros queimaram aquele lugar que nós encontramos durante a missão - Eric responde.

- Eu imaginava que eles iriam demolir já que era um lugar ilegal, colocar fogo é mais dramático, mas não é algo irreal - Laura fala.

- Verdade, também não vejo nada demais - Você diz.

- Mas é que vocês não sabem do resto da história - Eric fala.

- E qual seria? - Você pergunta.

- Dizem que eles colocaram fogo com aquelas pessoas dentro - Eric responde.

- O quê? - Laura pergunta incrédula.

- Sim, isso mesmo que você ouviu - Eric responde.

- Tem certeza disso? - Você pergunta.

- Sim, uma fonte bem confiável me contou isso - Yuri responde.

- Eu não consigo acreditar nisso, mesmo que aquelas pessoas tenham ideias bem deturpadas, ainda assim é uma atitude bem extrema - Laura diz.

- Eu sei, também fiquei em choque quando ouvi - Eric fala.

- Não entendo o motivo de tanto espanto, eu acho que é algo bem a cara dos superiores - Taylor diz tranquilamente.

- Mas isso é muito sério, era melhor eles terem prendido essas pessoas - Laura fala.

- Se fossem rebeldes, eles iriam prender, mas eles não suportam crônidas, então nem querem conversar, só existe uma pena para os crônidas - Taylor diz.

- Isso é muita maldade - Laura fala.

- Eu também achei, mas fazer o quê né? - Eric diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Depois de passarem mais um tempo conversando enquanto tomavam o café da manhã, vocês finalmente terminaram de comer e foram em direção ao local de treino para se preparar para mais uma vez.

Yuri teve que sair para pegar algo em seu quarto e Taylor se afastou para conversar com os treinadores, deixando apenas você, Laura e Eric caminhando em direção ao local de treino.

- O que vocês acharam sobre a história que o Yuri contou? - Eric pergunta.

- Eu achei horrível - Laura responde.

- Também achei bem extrema - Você responde.

- Eu achei completamente horrível e ver como Taylor reagiu me deixou surpreso - Eric diz.

- Como assim? - Você pergunta.

- Taylor parece tão indiferente com isso, como se não fosse nada - Eric responde.

- Taylor pensa como os guerreiros e os superiores, para eles, os crônidas são as piores criaturas que já existiram na terra - Laura diz.

- É, nem dá para se surpreender muito com essa frieza - Você fala.

- Eu entendo o que vocês querem dizer, mas isso ainda me deixou em choque, é assustador pensar que existem pessoas que acham isso normal - Eric diz.

- Eu entendo você, mas muitas pessoas pensam assim - Laura fala.

- Vocês acham que tem chance de fazermos missões onde temos que fazer coisas assim? - Eric pergunta preocupado.

- Existe uma grande possibilidade - Laura responde.

- E vocês fariam? - Eric pergunta.

Continua depois da publicidade
  • Sim
  • Não sei
  • Depende da situação

Cena 9

- Eu realmente não sei o que te responder - Laura responde.

- Como assim? Achei que vocês não teriam coragem - Eric diz.

- Eu concordo com você que aquilo foi horrível, mas não podemos ter problemas com os superiores por causa de outras pessoas - Laura fala.

- Isso é sério? - Eric pergunta.

- Sim, não esqueça que aqueles crônidas também não são boas pessoas - Laura responde.

- Mas isso é o que dizem, não sabemos se é verdade o que falam sobre eles - Eric diz.

- Acho melhor não falarmos sobre esse assunto por aqui, tem muitas pessoas por perto - Você fala.

- Tem razão, isso pode ser perigoso - Laura diz.

- Tudo bem, eu entendo - Eric fala.

- E Eric, preciso falar mais uma coisa - Laura diz.

- E o que seria? - Eric pergunta.

- Tome muito cuidado com Yuri - Laura responde.

- Como assim? - Eric pergunta confuso.

- Não conhecíamos Yuri, não lembramos dele na competição, então não podemos ter certeza se ele é de confiança, então tome muito cuidado com o que você conversa com ele - Laura responde.

- Você acha que ele pode ser um espião? - Eric pergunta.

- É uma possibilidade - Laura responde.

- Claro que não, ele é um ótimo amigo, isso não tem nada a ver - Eric diz.

- Nunca se sabe Eric, é melhor ter cuidado antes de sair confiando em pessoas que conheceu a tão pouco tempo - Laura fala.

- Eu acho que você está enlouquecendo em teorias, isso é o que está acontecendo - Eric diz e sai.

- Mas... - Laura começa a falar, mas Eric continua andando sem olhar para trás.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

- Ele parece ter ficado com raiva - Você fala enquanto observa Eric se distanciar.

- Será que eu peguei pesado? - Laura pergunta.

- Claro que não, você falou o que precisava ser dito - Você responde.

- Eu também pensei assim, mas pela reação dele, acho que exagerei - Ela diz.

- Não liga para isso, ele vai entender, só precisa de um tempo - Você fala.

- Espero que ele entenda, não quero brigar com ninguém, só falo isso porque me preocupo - Ela diz.

- Está tudo bem Laura, não se preocupe com isso - Você fala.

- Depois do que aconteceu com Sam, estou com ainda mais medo de perder você ou o Eric, então é impossível não me preocupar - Ela diz.

- Isso é normal, nós entendemos sua proteção - Você fala.

- Você entende, já o Eric não tenho tanta certeza - Ela diz.

- Ele vai entender - Você fala.

- Eu estou com medo S/N - Ela diz.

- Medo do quê? - Você pergunta sem entender.

- Estou com medo do que pode acontecer com a gente, a morte de Sam revela que nós somos alvos dos superiores. Eles devem estar atentos em tudo o que fazemos, então devemos tomar muito cuidado - Ela responde.

- Mas o que você acha que está acontecendo? - Você pergunta.

- Eu acho que é possível que tenham espiões entre nós que estão de olho para saber se estamos fazendo algo de errado ou não - Ela responde.

- Será? - Você pergunta.

- Eu acho que sim, por isso só podemos confiar em nós mesmos. Não sabemos quem é amigo de verdade e quem tem interesse - Ela responde.

- É, precisamos tomar cuidado mesmo - Você fala.

- Você acha que estou enlouquecendo? - Laura pergunta.

- Claro que não, você tem razão - Você responde.

- Ainda bem que você me entende - Ela diz aliviada.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

Você e Laura ainda conversavam quando logo o treinador Dion começa a falar e então todos ficam em silêncio para prestar atenção no que ele tinha para dizer.

- Bom dia alunos, como estão? - Dion pergunta.

- Bem - Todos respondem.

- Que bom ouvir isso, estava com uma certa preocupação de vocês estarem cansados devido a difícil missão que tiveram e também pela festa de celebração - Ele diz.

- Essa é a melhor parte de ter jovens guerreiros, a energia é tanta que precisa de muito mais para cansá-los - Cleo fala sorrindo.

- Verdade, sinto falta de quando eu também era assim, agora me canso tão rápido que nem aproveito muito as festas - Diz Dion.

- Isso é normal, a idade chega para todos - Cleo fala sorridente.

- Com licença treinadores, posso fazer uma pergunta - Nicole diz levantando a mão.

- Claro que sim - Dion fala.

- Quando será que teremos missões novamente? - Nicole pergunta.

- Nicole, essa é uma pergunta que infelizmente não podemos lhe responder com certeza pois missões são acontecimentos inesperados. Pode ser que aconteça uma missão daqui a uma semana ou daqui a um mês, mas também pode acontecer de ter uma missão daqui a pouco - Dion responde.

- Exatamente, as missões só acontecem se algo acontecer, então se não temos nenhuma emergência em nenhuma das Castas ou em nenhum lugar, não há missão para fazer - Cleo responde.

- Missões sempre serão de última hora, então pode ser que um dia vocês sejam acordados no meio da noite para participar de uma missão. Sinto muito, sei que vocês gostaram, mas não há como prever - Dion diz.

- Entendo - Nicole fala.

- Sinto muito decepcionar a todos, mas vamos torcer para uma vida animada - Cleo diz.

- Sim, vou tentar colocar vocês em todas as missões possíveis, das mais simples até as mais complexas, mas isso não depende de mim - Dion fala.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 12

- Agora que eu disse tudo o que foi preciso, vamos para a parte importante? - Dion pergunta.

- Sim senhor - Todos respondem.

- Eric? - Dion fala.

- Sim - Eric responde.

- Sinto muito para você, mas hoje teremos mais um treino que você não poderá participar - Dion fala.

- Tudo bem, eu já imaginava - Eric diz.

- Nós sentimos muito e torcemos para que você se recupere logo para treinar conosco - Cleo fala.

- Eu também espero treinar logo - Eric diz dando um sorriso desanimado.

- Hoje vocês irão ter uma luta de espadas, mas não é para machucar seu adversário. Seu objetivo é tirar a espada de seu adversário - Dion fala fazendo todos os alunos ficarem animados.

- Nós iremos nos enfrentar? - Eva pergunta.

- Não, hoje vocês irão lutar contra alguns de nossos guerreiros - Dion responde.

- Não se preocupem, eles se tornaram guerreiros a pouco tempo, então a diferença de experiência entre vocês é pequena, ambos tem grande chance de vencer - Cléo diz.

- Dito isso, peguem suas espadas pois o treino irá começar - Dion fala animado.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 13

Depois de pegar sua espada, você vai em direção ao local onde iria começar a sua luta e fica apenas esperando por seu adversário que não demora muito para chegar e se posicionar. Era um menino da mesma altura que a sua, ele tinha cabelos castanhos e parecia um pouco mais nervoso do que você imaginava para alguém que era mais experiente que você.

Logo vocês escutam o som do apito de Dion que significava que podiam iniciar as lutas, então logo você vai para cima do menino pois queria mostrar para seus treinadores toda a sua habilidade.

Lutar com os treinadores observando não era algo fácil pois eles observavam com muita atenção cada movimento, o que lhe fazia se questionar o tempo todo com medo de estar fazendo algo de errado.

Para sua sorte, a sua luta contra o menino estava sendo de igual e tanto você quanto ele mostravam ter uma boa habilidade, o que lhe dá um certo alívio já que quando ouviu que iria enfrentar um guerreiro, estava com medo de enfrentar alguém bem mais superior do que você em habilidade, mas felizmente aquele não era o caso.

A luta não era nada fácil pois mesmo ainda parecendo um pouco mais nervoso do que deveria, o menino tinha uma ótima habilidade e um bom domínio com a espada, o que já lhe fazia perceber que agora estava realmente lutando contra pessoas que eram realmente fortes e habilidosas, diferentes de algumas pessoas que conheceu nas outras competições que havia participado.

Não seria fácil ganhar daquele menino, mas você sabia que precisava mostrar um bom trabalho para conseguir chamar a atenção dos treinadores pois agora iria começar seu plano de se tornar uma lenda e principalmente mostrar para eles que você merece receber todos os poderes.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 14

Por ter se precipitado um pouco mais do que deveria devido a sua vontade de mostrar um bom serviço, você acabou perdendo o primeiro round devido a um descuido bobo, mas conseguiu vencer o segundo round que lhe deu mais confiança e agora esperava pelo terceiro round para desempatar a luta e principalmente para vencê-la.

Você resolveu se sentar um pouco na grama para descansar e beber um pouco de água antes do último round da luta começar, então aproveitou o momento para observar um pouco mais das outras lutas que estavam acontecendo quando se surpreende ao ver Taylor se sentando ao seu lado.

- Como está sendo sua luta? - Taylor pergunta ao se sentar.

- Boa, mas está empatada. E a sua? - Você pergunta.

- Boa, eu ganhei os dois rounds, mas o menino insiste em lutar o terceiro para que ele consiga diminuir a diferença - Taylor responde.

- Meus parabéns - Você fala.

- Você também vai vencer, não consigo nem entender como você perdeu o primeiro round - Taylor diz.

- Você estava observando minha luta? - Você pergunta rindo.

- Mas é claro - Taylor responde.

- Ás vezes você me assusta - Você diz sem acreditar.

- Eu sou uma pessoa atenta - Taylor fala.

- Não sei se usaria essa palavra para te descrever - Você diz rindo.

- Espero que seja uma palavra boa pelo menos - Taylor fala rindo.

- É melhor você nem saber - Você diz e ri.

- Posso te perguntar algo? - Taylor pergunta.

- Claro - Você responde.

- O que você acha de Atlas? - Taylor pergunta te olhando.

Continua depois da publicidade
  • Eu gosto dele(a)
  • Ainda não tenho uma opinião formada
  • Não gosto dele(a)

Cena 15

- Qual o motivo dessa pergunta? - Você pergunta.

- Ontem eu vi você saindo da festa para conversar com Atlas - Taylor responde.

- Pela segunda vez, você realmente me assusta - Você diz rindo.

- Eu apenas vi você passando, não te segui se é o que você pensa - Taylor fala.

- Não confio tanto em você - Você diz rindo.

- Pense o que quiser - Taylor fala sacudindo os ombros.

- Você se importa com isso? - Você pergunta.

- Só me causou curiosidade, nada demais - Taylor fala.

- Certo - Você diz.

- Você realmente não vai me dizer nada? - Taylor pergunta rindo.

- Você disse que não se importa, por qual motivo falar sobre isso? - Você pergunta.

- Não acredito - Taylor diz e ri.

- Não conversamos nada demais, só achei estranho que Atlas se distanciou. Também queria saber mais sobre como é ter todos os poderes - Você fala.

- E quais foram as respostas? - Taylor pergunta.

- Apenas respostas frustrantes, Atlas disse que não fala sobre si para ninguém, muito menos para alguém que nem conhece - Você responde.

- Entendo - Taylor diz tentando segurar o sorriso.

- Você está rindo? - Você pergunta.

- Não, claro que não - Taylor responde rindo.

- Você está feliz porque Atlas me odeia? É isso mesmo? - Você pergunta.

- Claro que não. É impossível te odiar, Atlas não faria isso e se fez é porque deve ser uma pessoa morta por dentro - Taylor responde.

- Não sei, eu posso ser bem irritantes ás vezes - Você fala.

- Só ás vezes? - Taylor pergunta arqueando a sobrancelha.

- Sim, só ás vezes - Você responde rindo.

- E depois diz que eu que tenho muita confiança - Taylor diz.

- Mas isso é verdade, ninguém mais confiante que você - Você fala.

- Então você está aprendendo comigo - Taylor diz e ri.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 16

Você e Taylor ainda conversaram por mais um tempo até que finalmente chegou o momento de todos voltarem para suas posições para se prepararem para o round final da luta que iria começar.

Logo você se posiciona em seu lugar e assim que escuta o apito de Dion, vai para cima do menino para conseguir acabar logo com a luta e principalmente para conseguir vencer.

Não foi uma luta fácil pois tanto você quanto ele estavam dando o melhor já que aquele round seria a decisão final para saber quem venceu e ambos queriam mostrar um bom trabalho. Sem dúvidas foi uma luta bem mais longa que o de costume, mas muito boa, você estava enfrentando um adversário bom de verdade.

Depois de mais um tempo de luta, alguns pequenos cortes e muito cansaço, você consegue derrubar o menino fazendo com que ele perda a espada e ainda coloca sua espada perto dele fazendo com que ele ficasse completamente imobilizado e assim vencendo a luta.

- Meus parabéns - Diz o menino quando a luta acaba.

- Obrigado(a), você também foi muito bem - Você fala enquanto o ajuda a levantar.

- Eu me surpreendi com sua habilidade, não imaginava que iria enfrentar alguém tão bem preparado(a) sendo que chegou a pouco tempo - Ele diz.

- Fico feliz em ouvir isso, tenho maior habilidade com arco e flecha, então sempre tento treinar com espada - Você fala.

- Se já achei você incrível com espada, estou curioso para saber como você é com o que mais tem afinidade - Ele diz.

- Quem sabe um dia - Você fala.

- Foi um prazer lutar com você - Ele diz estendendo a mão para te cumprimentar.

- O prazer foi meu - Você fala enquanto segura a mão dele.

- É como dizem, uma maçã não cai tão longe da macieira - Ele diz sorridente.

- Não entendi - Você fala confuso(a).

- Você faz jus ao legado de seu pai, tenho certeza que ele estaria orgulhoso de você - Ele diz.

- Ah, você sabe sobre ele? - Você pergunta.

- Como não saber? Ele é uma lenda entre todos os guerreiros, todos querem ser como ele, mas acho que você é a pessoa que tem mais chance de ser como ele - Ele responde.

- Ainda tenho muito a aprender para ser como ele - Você fala.

- Se continuar se dedicando, acredito que não demorará muito - Ele diz.

- Espero que sim - Você fala.

- Até algum dia S/N, boa sorte - Ele diz.

- Até, obrigado(a) e boa sorte para você também - Você fala.

Enquanto o menino se afastava, você continuava o olhando fixamente como se tentasse o analisar de alguma forma. Chegava a ser curioso como qualquer pessoa parecia saber mais sobre seu pai do que você, será que um dia iria conseguir saber mais sobre ele também?

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛

𝙴𝚞𝚣𝚒𝚗𝚑𝚊_𝙱𝚛 Acho que Laura tá certa, na questão de ter espiões que podem estar observando ou até mesmo interagindo com eles, Eric meu kirido cê tem que entender que nn pode sair confiando assim nas pessoas. Se bem que eu achei a reação de Eric meio exagerada, tipo em todas as conversas anteriores ele ficava neutro ou até concordava, será que rolou alguma coisa entre esses dois?

EU VI CIUMEESSSSSS BRASIL?! Taylor tava com ciúmes! Relaxa Taylor, por enquanto Atlas tá mais pra amigo do que pra crush, pelo menos por enquanto...

Capítulo Perfeito!!!

5/05/21 18 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca Perfeitoooo Miss♥️♥️♥️♥️ aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que infernooooooooooooo que é isso! Todo mundo conhece meu pai e eu aqui que nem uma pamonha sem saber porcaria nenhuma infernoooooooooooooooooooooooooooo.
Uhmmmmmmm Taylor ficou com ciúmes foi bb? Bom mesmo, saiba q sua vaga no meu coração tá bem preocupante.
Aiai Eric minino, fica bravo com a gente não plis🥺 eu te amo mas vc é mais trouxa que sla oq, queria ser tão boazinha e paciente igual ele kkkkkkkkkkk sou muito implicante como já diz minha mãe, minha irmã, meu pai e minhas amigas kkkkkkkkkkk

5/05/21 9 ResponderMais
࿌ʟᴀɪꜱ ᴄᴀʀʀᴇɢᴀʀɪ࿌

࿌ʟᴀɪꜱ ᴄᴀʀʀᴇɢᴀʀɪ࿌ Poxa vida, tava esperando lutar com Atlas kkkkkkkkkkkk mas enfim

Por mais q eu até goste de yuri, eu não tenho tanta certeza sobre ele, tipo, por quem ele ficou sabendo da "fofoca"? Sei não viu

5/05/21 9 ResponderMais
gabs2454

gabs2454 Só eu acho Eric muito despreparado? Acho que ele não tá preparado pra viver no mundo, ele é muito besta sabe, porque ele sempre acha que as pessoas são boas, que pode conversar com todo mundo, que as pessoas não são espiãs ou algo do tipo, gente os crônidas são ruins também, eles querem matar os deuses e vende rebeldes e guerreiros, são sem piedade, eu entendo os deuses matarem os crônidas, não que eu tenha gostado, por que eu não gostei, ele poderiam prender numa cela que seja impossível fugir, não sei, mas eu entendo, e como eu falei, eu não me influencio fácil, então continuo querendo ser uma guerreira. Capitulo perfeito Miss

5/05/21 6 ResponderMais
Melissa

Melissa Eu não dúvido que S/N descubra sobre o pai,por meio dos crônidas,e ai teremos dois caminhos,ou S/N ficará revoltado(A) com os deuses,ou com os próprios crônidas.

5/05/21 6 ResponderMais
Jeniffer Silva

Jeniffer Silva Mas gente a reação do Eric foi exagerada? Não se pode confiar em ninguém não meu bem eu hein, eu não confio muito nesse Yuri sla tipo que fontes são essas que ele diz ser seguras dessa fofoca suspeito.

Taylor com ciúmes Brasil???? Passada

A sn está estranha kkkkk ela nunca foi de se amostrar, se continuar assim vai acabar perdendo alguma luta por causa disso.

Só queria uma luta com o atlas pra dar uns socos nele tá parei kkkk

Capítulo perfeito como sempre miss💜

5/05/21 5 ResponderMais
Fabi_

Fabi_ Eric não fique triste, a gente só quer seu bem. Acho que a teoria da Laura tem bastante sentido e isso me deixa um pouco preocupada.
BRASIILL TAYLOR ESTÁ COM CIÚMES, oh gente Atlas nem amizade consegui ainda imagina.
Geral sabe do pai menos a filha, que hipocrisia viu.

Amei, capítulo perfeito.

5/05/21 4 ResponderMais
LeBlanc_Fox

LeBlanc_Fox Eric garoto! Meteu a cabeça em algum lugar? Deixa de ser iludido criatura! Segue o conselho de Laura

Eu acho que sou uma mistura de Laura e Taylor. Porque eu não achei nada de mas por terem colocado fogo com as pessoas dentro. E também estou desconfiada do Yuri. Ninguém nunca tinha o visto na competição antes. E depois que eu li duas histórias que os personagens eram God, tudo da paz, fofinhos e engraçados; no final descobri que eles eram estilo Evil. Vê se pode?

Taylor, se eu não gostasse de Sam iria querer que você e S/n ficassem juntos. Mais ainda tenho suspeitas que você talvez tenha denunciado Sam para ficar com o caminho livre. Estou de olho

Amei Miss!!!

5/05/21 4 ResponderMais
AnnaBlack

AnnaBlack Meu Deus o Taylor com ciúmes é muito fofo. Capítulo perfeito

5/05/21 3 ResponderMais
Maria Luiza Martins Diniz

Maria Luiza Martins Diniz mds eu amei??

7/05/21 1 ResponderMais
Cancelar