ØLYMPIA
12

ØLYMPIA Capítulo 181

A Cerimônia

Publicado em 26/05/2021

Enfim todos chegam na Ilha de Erítia para a cerimônia e estão bem ansiosos para descobrir o que aconteceu na rebelião.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Você tentava dormir, mas acabava acordando a todo instante já que era difícil conseguir acalmar sua mente que estava trabalhando a todo vapor devido a ansiedade para descobrir o que iria acontecer e principalmente o que iria descobrir na cerimônia.

Mesmo dando pequenos cochilos durante o caminho, já era o bastante para ter péssimo pesadelos sobre os mais diversos assuntos, principalmente em relação a Eric e também sobre a cerimônia. Sua mente estava realmente tentando lhe pregar uma peça pois chegou até mesmo a ter pesadelos sobre a cerimônia ser uma armadilha para que os Crônidas pegassem todos vocês desprevenidos, mas com certeza aquele não era o caso já que os guerreiros não iriam cair em algo tão bobo e simples.

Durante o caminho, você teve vários pesadelos, mas nenhum tinha mexido tanto com você quanto aqueles que eram relacionados a Solon, ainda tinha tanto que gostaria de saber mais sobre aquele homem misterioso, mas infelizmente nunca iria conseguir respostas já que por ser líder dos Crônidas, ninguém iria querer tocar mais nesse assunto.

Solon parecia saber tanto sobre seu pai e sua mãe, ele tinha lhe falado sobre assuntos que ninguém mais tinha contado para você, sempre ouvia falar sobre a história de seu pai como guerreiro e como ele era incrível e inspirador, mas nunca tinha ouvido falar sobre ele durante as competições, no máximo sobre o talento dele, mas nunca sobre a personalidade dele.

Talvez Solon pudesse estar mentindo para você, mas se ele tivesse falado a verdade, talvez seu pai não fosse essa pessoa certinha e fiel aos deuses como você tanto imaginava, talvez ele também teria um lado com dúvidas assim como você, talvez ele fosse mais humano e menos uma lenda como tanto diziam.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Imagem da cena

Você tinha desistido de dormir já que não estava conseguindo de qualquer jeito e então resolveu apenas aproveitar o momento de silêncio no carro já que todos estavam dormindo, para olhar a paisagem durante o caminho enquanto esperava chegar finalmente na Ilha de Erítia.

Enquanto observava as belas paisagens pela janela, sua mente não conseguia parar de imaginar os mais diversos cenários possíveis do que poderia acontecer quando chegasse na cerimônia de condecoração, alguns cenários eram bem legais e positivos, já outros eram bem tristes e devastadores.

Tudo o que você mais torcia era para que a grande maioria das pessoas estivessem bem, que os instrutores e os guerreiros estivem bem e que a rebelião tenha acabado da melhor forma possível, sem tantas destruições ou mortes como estava no momento em que vocês tinham chegado para ajudar.

Você também estava bem curioso(a) para encontrar a população que vivia na Ilha de Erítia, aquelas pessoas já sofriam tanto normalmente e para piorar tiveram seu lar destruído devido a rebelião. Tantos lugares foram destruídos e tantas pessoas inocentes acabaram morrendo no meio de tudo aquilo.

Seria bem estranho voltar a Ilha de Erítia depois de tudo o que tinha passado naquele lugar, teria que se controlar e respirar fundo para conseguir desvincular a imagem daquele lugar com as memórias horríveis que tinha vivido antes de desmaiar.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

Você ainda viajava em seus pensamentos quando é surpreendido(a) pelo som da voz de Agnes que se virava para falar com todos.

- Pessoal, acordem - Diz Agnes com a voz doce.

- O que aconteceu? - Laura pergunta assustada.

- Nós chegamos? - Taylor pergunta depois de um longo bocejo.

- Se acalmem, está tudo bem, não foi nada grave - Agnes responde rindo ao ver a reação de surpresa de todos.

- Nós chegamos? - Você pergunta.

- Estamos quase lá, então é por isso que vocês precisam acordar para não chegar lá com a cara amassada de sono - Ela responde.

- Ainda falta muito? - Nicole pergunta.

- Claro que não - Agnes dá uma olhada no relógio que tinha no punho - Estamos quase lá.

- Ótimo, não vejo a hora de sair desse carro - Nicole fala.

- Eu também, nunca pensei que seria uma viagem tão longa - Taylor diz.

- Mas foi bom para descansar um pouco antes da cerimônia - Laura fala enquanto se alongava.

- Eu não vejo a hora de sair desse lugar, estou cansada de ficar sentada - Nicole diz rindo.

- Não é só você, posso garantir - Você fala rindo.

- É um sentimento que também temos - Taylor diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

- Você conseguiu dormir? - Laura pergunta.

- Bem pouco - Você responde.

- Sério? Por quê? - Ela pergunta.

- Não foi nada, acho que estava sem sono já que tinha dormido tanto durante a noite - Você responde.

- Sério? Não foi por um motivo maior? - Ela pergunta.

- Não, não se preocupe. Eu passei uma semana em coma, acho que já dormi muito nesses últimos dias - Você responde rindo e Laura ri.

- Nossa, eu também passei o mesmo tempo e mesmo assim sinto que não foi o suficiente - Ela diz.

- Isso é normal, nós passamos por um momento intenso e tivemos que usar nossos poderes para sair daquele lugar - Você fala.

- Verdade, acho que nunca tinha me esforçado tanto quanto naquela noite da rebelião. Eu ainda estava relaxando daquele treino quando fomos jogados(as) naquele lugar do nada - Ela diz.

- Verdade, nem faz tanto tempo assim, mas já parece que foi a tanto tempo atrás - Você fala.

- Tem razão e espero não ter que enfrentar algo parecido nem tão cedo - Ela diz.

- Verdade, precisamos de um tempo antes da próxima vez - Você fala rindo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Imagem da cena

Vocês conversavam quando começam a sentir o carro tremendo e logo todos começam olhar pela janela assustados em busca de descobrir o que estava acontecendo. Não demora muito para que todos consigam perceber que já estavam passando pela ponte que levava até a Ilha de Erítia.

Enquanto o carro seguia em direção ao local da cerimônia, todos apenas olhavam pela janela o que tinha sobrado da Ilha de Erítia, o lugar estava todo destruído, não havia uma casa que não tinha sido derrubada, a bela parte da natureza que ficava no local também estava péssima, cheia de queimados.

Como ainda era dia, vocês puderam ver claramente tudo o que tinha acontecido já que a última vez que tinham estado naquele lugar era noite e a fumaça atrapalhava a visão, mas agora poderiam ver com clareza todos os estragos que a rebelião causou no lugar, era uma cena muito triste por sinal.

Mesmo que já fazia um certo tempo desde a rebelião, o local ainda estava sob perigo e tinham várias placas que sinalizavam o risco de desabamento, sem contar que em algumas partes, a forte fumaça ainda persistia e até mesmo o fogo.

O carro não parava de tremer durante todo o tempo e o percurso foi bem difícil pois o solo estava bem desnivelado devido as várias explosões das bombas que haviam sido colocadas no subsolo do lugar e que tinham causado diversos buracos.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

Finalmente o carro estaciona e você pode ver que o local da cerimônia estava sendo a céu aberto.

- Crianças, nós chegamos - Diz Agnes.

- Finalmente - Taylor fala feliz.

- Achei que esse momento nunca iria chegar - Laura diz.

- Também estava com a mesma impressão - Nicole fala.

- Eu vou liberar para que vocês saiam do carro, mas assim que descerem do carro, vão em direção as cadeiras para assistirem a cerimônia - Agnes diz.

- Sim senhora - Todos falam.

- Por favor, não se afastem muito. Como vocês viram, a Ilha de Erítia está passando por alguns problemas, então pode ser perigoso sair andando por aí - Agnes diz.

- Não se preocupe Agnes, nós vamos nos cuidar - Nicole fala.

- É bom mesmo - Ela diz

- Pode confiar na gente - Taylor fala.

- Certo, espero que não me decepcionem pois sou uma instrutora e não babá - Ela diz.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 7

Finalmente a porta da van é aberta e vocês podem sair para ir em direção as cadeiras que Agnes tinha falado. Assim que vocês saem, um aroma forte e horrível impregna o lugar, era uma mistura de algo queimando com mais alguma coisa que você não fazia ideia, mas também nem queria imaginar o que poderia ser.

- Que cheiro é esse? - Laura pergunta tossindo.

- Nós ainda não sabemos, mas como a rebelião acabou a pouco tempo, acreditamos que deve ser devido as queimadas pós explosão - Agnes responde.

- Nossa, isso fica mais suportável? - Nicole pergunta.

- Eu não faço ideia, mas acredito que logo vocês começam a se acostumar com o cheiro e ele será inofensivo - Agnes responde.

- Assim espero - Nicole fala.

- Agora vão se sentar em seus lugares pois ainda está na cerimônia de homenagem com aqueles que nos deixaram - Agnes diz.

- E a condecoração? - Taylor pergunta.

- Será depois, primeiro temos que homenagear aqueles que nos deixaram antes de ir para a celebração - Ela responde.

- Certo - Taylor diz.

- Já estou vendo que essa primeira parte não será fácil - Nicole fala.

- Não é, todos ainda estão triste, tudo é muito recente, então todos estão vivendo o luto - Agnes diz.

- Não é algo fácil - Laura fala dando um suspiro profundo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 8

Logo Agnes se afasta de vocês para ir em direção ao local onde os outros instrutores estavam, então vocês começaram a caminhar em direção as cadeiras que elas havia dito.

Assim que começou a andar, você percebeu que Laura não estava lhe acompanhando e ao se virar para trás percebe que ela estava ainda parada no mesmo lugar desde o momento que saiu da van.

- Laura? - Você pergunta correndo em direção ela.

- Você pode ir andando S/N, eu preciso de um tempo - Diz Laura.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- Eu acho que ainda não estava pronta para voltar a esse lugar - Ela responde com lágrimas nos olhos.

- Mas por quê? - Você pergunta.

- Eu quase morri nesse lugar S/N e ainda tive que ajudar aquelas pessoas inocentes sem nenhum preparo - Ela responde.

- E você fez um ótimo trabalho, não só conseguiu sobreviver como ajudou aquelas pessoas - Você fala.

- Não, eu não consegui - Ela diz agora chorando.

- Como assim? - Você pergunta sem entender.

- Nós estávamos fugindo quando uma bomba nos atingiu - Ela responde.

- O quê? - Você pergunta sem acreditar.

- Aquelas pessoas inocentes morreram por minha culpa - Laura responde entre lágrimas.

- Laura, você não pode se culpar por isso - Você fala a abraçando - Você fez tudo o que pode, mas não tinha como controlar um ataque de bombas.

- Você acha mesmo? - Ela pergunta se soltando do abraço para te olhar nos olhos.

- Claro que sim, eu te conheço e sei que você faria de tudo para salvá-los - Você responde.

- Eu não me sinto uma guerreira S/N, eu me sinto uma falha - Ela diz entre soluços.

- Você não é uma falha, você arriscou sua vida para salvar aquelas pessoas, mas infelizmente não conseguiu. Tenho certeza que você fez tudo que estava no seu alcance - Você fala.

- Eu realmente fiz - Diz Laura.

- Então não precisa se preocupar, o importante é ter sua consciência limpa - Você fala.

- É fácil falar quando você agiu como um(a) guerreiro(a) de verdade - Ela diz.

- Claro que não, é fácil de falar porque eu te conheço e sei da sua capacidade, você nunca abandonaria alguém, você é alguém que protege e não tem medo de enfrentar qualquer situação - Você fala.

- Obrigada S/N, isso significa muito - Ela diz.

- Agora vamos? - Você pergunta estendendo a mão.

- Vamos - Ela responde segurando sua mão.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 9

Você e Laura caminham em direção as cadeiras até finalmente chegar no lugar onde Taylor e Nicole já estavam, então começam a assistir a cerimônia de homenagem com aqueles que tinham morrido.

Você até tentou focar no que o homem no palco falava sobre lutas e despedidas, porém logo começou a olhar ao redor em busca de encontrar rostos conhecidos em meio ao mar de pessoas que haviam na cerimônia.

O clima do lugar era bem triste e pesado, todos pareciam bem abatidos, sem contar que haviam alguns chorando muito. Você percebeu que não tinham apenas as pessoas de Reia, como também algumas pessoas que moravam na Ilha de Erítia.

Não era difícil de encontrar pessoas machucadas com vários curativos, tanto entre os civis quanto entre os guerreiros. Aquela rebelião com certeza não seria esquecida pois tinha feito algo surreal e que você nem imaginava que iria viver algo do tipo quando era mais jovem.

Não demora muito e você sente uma certa felicidade ao ver Cléo e Dion, seus treinadores que estavam mais a frente assistindo a homenagem com expressões sérias, eles pareciam bem e tinham apenas alguns pequenos ferimentos no rosto.

Você se surpreendeu ao ver Júlia, a guerreira que tinha conhecido durante uma das provas da competição dos guerreiros, ela estava em uma cadeira de rodas e sem uma perna, uma imagem que lhe causou muita surpresa pois já imaginava que ela teria que mudar de cargo pois seria difícil conseguir ser uma guerreira naquela situação.

Até tentou encontrar Atlas juntos daquelas pessoas, mas não conseguiu, o que já lhe fez pensar o pior pois se Atlas não estava junto dos outros guerreiros, só poderia significar que o pior tinha acontecido.

Pensar que Atlas realmente tinha morrido acabou lhe afetando mais do que deveria pois sentiu um certo aperto em seu coração e um gosto amargo em sua boca, por mais que vocês não tivessem a melhor das relações, você ainda acreditava que poderiam se aproximar e até mesmo aprender um pouco mais com Atlas já que você também queria receber um pouco de todos os poderes, mas infelizmente isso não seria possível. Atlas realmente se sacrificou pelo bem maior.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 10

- Isso não pode ser verdade - A voz de Nicole lhe traz de volta a realidade.

- O que aconteceu? - Você pergunta.

- É.. a... - Ela faz uma pausa com lágrimas nos olhos como se tentasse lutar contra a voz embargada - Ágatha.

- O quê? - Você pergunta sem acreditar.

- Não, não pode ser verdade - Laura diz em choque.

- É ela - Nicole fala aos prantos.

Vocês olham para o telão e percebem que uma foto com o rosto de Ágatha aparecia no telão enquanto a mãe dela carregava uma foto e chorava muito, você não conseguia acreditar no que estava vendo.

Você tinha feito de tudo para conseguir ajudar e salvar Ágatha, mas pelo jeito ela estava muito mal e seu esforços não haviam sido o suficiente, infelizmente ela não tinha resistido.

Ver a imagem de Ágatha naquele telão foi como levar um soco direto no estômago e teve que se conter ao máximo para não chorar ali naquele lugar pois se sentia tão mal e impotente já que não tinha conseguido ajudá-la. Ela sempre te tratou tão bem e aos poucos vocês estavam até mesmo construindo uma amizade pois ela tinha lhe entregado aquela carta de Sam, mas agora tudo tinha acabado.

Era impossível não sentir uma enorme culpa em meio a tudo aquilo. Culpa por ter se separado dela e dos outros durante a rebelião. Culpa por não ter a encontrado mais rápido naquele castelo. Culpa por não ter conseguido tirá-la assim que a encontrou presa naquela máquina. Culpa por não ter matado Solon no primeiro momento que o viu.

- Eu preciso ir lá - Nicole diz se levantando.

- Não - Laura começa a falar.

- Deixa ela ir, vai fazer bem para ela - Taylor diz.

Vocês apenas ficam observando Nicole ir correndo em direção a família de Ágatha e logo ela abraça a mãe de Ágatha e as duas começam a chorar muito sem soltar do abraço. Tudo o que você mais queria era ir até aquela mulher para pedir desculpas por não ter feito mais, mas nem conseguia fazer isso de tanta vergonha que sentia.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 11

- Olha ali - Diz Laura lhe trazendo de volta a realidade.

- O que foi? - Você pergunta.

- Não é aquela guerreira que tinha sido capturada? - Laura diz apontando para uma foto que um casal carregava.

- Sim, é a Pamela - Você responde sem acreditar.

- Pelo jeito, todas as famílias foram convidadas para participar da cerimônia - Ela diz.

- É, eles merecem já que é o último adeus - Você fala.

- É tão triste ver tantas pessoas sofrendo e chorando juntas - Ela diz.

- Verdade, já passei por isso e sei que não é algo fácil - Você fala.

- Não sei se eu me sinto pior pelo povo de Erítia que não tinham nada a ver com a rebelião e mesmo assim sofreram com as consequências ou se me sinto pior pelos guerreiros que ainda eram tão jovens - Laura diz.

- É difícil de dizer - Você fala.

- Nada contra o povo de Erítia, mas me sinto pior pelos guerreiros - Diz Taylor - Eles passaram por duas competições bem difíceis para acabar morrendo assim.

- Verdade, foi uma jornada bem complicada - Laura fala.

- Mas pelo menos morreram como verdadeiros heróis - Taylor diz.

- Isso é verdade - Você fala.

- Eles morreram lutando por aquilo em que acreditam, então não há forma mais honrada de morrer - Taylor diz.

- Tem razão - Laura fala.

- Você ainda tem esperanças que Atlas esteja bem? - Taylor pergunta para você.

Continua depois da publicidade
  • Claro que sim
  • Não sei o que pensar
  • Receio que não

Cena 12

- Sinto muito S/N, mas as chances são quase nulas - Laura diz com uma expressão triste.

- Eu sei, mas pelo menos ainda não vi nenhuma imagem de Atlas - Você fala.

- Acho que Atlas era uma pessoa tão introvertida que nem deve ter a família para fazer isso - Diz Taylor.

- Não diga isso, todo mundo tem uma família, não acredito que Atlas seja diferente - Laura fala.

- Enquanto eu não ver a família de Atlas, eu ainda tenho esperanças - Você diz.

- Nossa, não sabia que vocês tinham se aproximado tanto assim - Taylor fala.

- Isso não tem nada a ver, só me sinto mal por não ter ajudado Atlas e vou me sentir culpado(a) - Você diz.

- Não se sinta, você fez o que pode, mas Atlas tinha bem mais experiência que você - Laura fala.

- Obrigado(a) Laura - Você fala dando um leve sorriso.

- S/N, acho que a homenagem a Atlas será a última - Laura diz.

- Será? - Você pergunta.

- Acredito que sim pois Atlas se sacrificou pelos guerreiros, não tem nada mais incrível que isso - Ela responde.

- É, acho que faz sentido - Você fala.

- Tem chance de Atlas se tornar uma lenda como seu pai - Laura diz.

- Não é para tanto - Taylor diz.

- Vai ser difícil ter que esperar tanto - Você fala.

- Eu sei - Laura diz colocando a mão em seu ombro.

Você não conseguia imaginar que teria que esperar até o final da homenagem para finalmente descobrir o que teria acontecido com Atlas, seria um enorme martírio, mas você ainda acreditava na chance de Atlas estar bem e agora o que lhe restava era aguardar.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
ѕєяgιинο🏳️‍🌈

ѕєяgιинο🏳️‍🌈 Capítulo maravilhoso 💗💗💗💗💗

Só tenho uma coisa pra falar nesse capítulo: EU ME RECUSO A ACEITAR A MORTE DE ATLAS E ÁGATHA! ME RECUSO!

Dito isso, fico feliz em saber que Dion e Cléo estão vivos, isso acalma meu coração. Agora só resta saber se o meu amor tá vivo também.

Sério Miss, não mata o Atlas! Sei que dentro do seu peito bate um coração, então seja boazinha e deixe meus crush's(Atlas e Eric, e sim, eu tenho crush no Eric) vivos.

26/05/21 19 ResponderMais
Melissa

Melissa MISS N FAZ ISSO COMIGO NN PFVRRR SÉRIO KKKK RINDO DE NERVOSO
ATLAS POR FAVOR EU IMPLORO QUE VOCÊ APAREÇA DO NADA BELEZA?VC NN TA MORTO,NÃO TA

26/05/21 13 ResponderMais
chistian Olimpio

chistian Olimpio Taylor meu querido,pensa q não sei do seu ciumes, to só de olho👀

26/05/21 9 ResponderMais
mah 🦋 | offzona

mah 🦋 | offzona Miss o capítulo tá perfeito como sempre.
Eu tô----
Mano eu tô chorando muito, tipo real, eu tô sem reação e tudo que faço é chorar e pensar positivo em relação a Atlas. Atlas não pode ter morrido, não podeee. Eu me recuso a aceitar isso...

26/05/21 8 ResponderMais
mah 🦋 | offzona

mah 🦋 | offzona Vou me agarrar na minha teoria sobre o Atlas estar vivo que coloquei no capítulo anterior, eu tô pasmaaa e não vejo a hora do próximo capítulo.

26/05/21 7 ResponderMais
Evelyn Mariane Nicolem

Evelyn Mariane Nicolem Miss, seja boazinha e não mate o Atlas, por favor!!! Eu já estou sem o Sam, agora se o Atlas for também...

Capítulo perfeito!!!!!

26/05/21 6 ResponderMais
࿌ʟᴀɪꜱ ᴄᴀʀʀᴇɢᴀʀɪ࿌

࿌ʟᴀɪꜱ ᴄᴀʀʀᴇɢᴀʀɪ࿌ Eu esperando ver Atlas vivin nesse capítulo ainda🤡

Miss mulher, faz uns 3 capítulos q tu ta enrolando a gnt pra saber se Atlas ta bem, desse jeito eu não aguento kkkkk

Na minha cabeça Atlas vai aparecer vivo(a), S/N vai sair correndo pra abraçar ele(a), Taylor vai ficar no canto querendo matar Atlas, S/N vai BEIJAR Atlas e dizer q ele(a) deu um susto nela(e) e q é pra Atlas nunca mais fazer isso, nisso Atlas vai sentir um cuidado q nunca tinha sentido antes e vai começar a se apaixonar por S/N✨

26/05/21 6 ResponderMais
ManuellaPacca

ManuellaPacca O god, sim eu perdi a resposta de novo igual ontem...
Ai dor, conseguiu distinguir? Miss meu amor, minha vida, minha musa inspiradora, pelo amor de nossa senhora da bicicletinha, por favor n mata o Eric nem o Atlas por favor🥺🤧 Ay mi corazón estás roto, rotissimo, peor qué vidrio cuando golpeo el suelo.
Laura meu bb pelo amor de Deus não chora pq ai eu eu vou chorar junto! E eu n posso chorar em pleno ead!
Atlas tu me escuta homi! Se vc morrer eu te volto a vida e te mato de novo, dps me mato, mato minha familia, minhas amigas e meus bichos pq eu n vivo sem eles! Ai q vida ruim.

Diário da Manu para não surtarmos.

Bommm, beleza, ontem o professor chato (o q eu comentei ontem) veio substituir uma prof ai a sala q ficou falando de assédio e feminista e essas coisas ai o professor q em umas aulas ai tava tentando falar q a mulher tem o direito de ser livre, trabalhar e ganhar igual o homem e dps ele fala q a mulher ainda tem q arrumar a casa e cuidar do homem e eu e minha melhor amiga (duas implicantes q n gostam de praticamente ninguém) ficamos assim🤨 professor? Ai ontem ele falou q é feminista ai minhas amigas explicaram o pq ele não pode ser feminista mas pode apoiar, mas ser feminista n pode ai ele fala no final da aula não importa q eu n posso ser feminista eu sou, e vou levantar bandeira para ajudar na causa, eu bem brava já saí da aula pq já tinha acabado né, ai minha amiga falou q nem ele nem homem nenhum vai saber oq nós mulheres passamos e ela deu o exemplo que ela foi assediada um dia levando a cachorra pro pet shop. E vcs me conhecendo melhor doq ninguém pq eu desabafo aqui algumas coisas, e eu já fui assediada diversas vezes, sei o sentimento, e sempre q acontece fico me sentindo sla uma porcaria e as vezes acabo tendo alguma crise de choro, falta de ar, e eu me segurando para n dizer tudo q quero pq n quero ser expulsa nem levar bronca e tbm eu me incomodo pq as vezes meus pais ou minha irmã escutam oq eu falo pq eu falo alto né hehehhe ai n me sinto muito a vontade, principalmente pq faço aula no meu quarto e o quarto dos meus pais é do lado, grudado no meu ai n me sinto a vontade de falar. Ai me desejem sorte pq justo hj tenho aula com ele, e ainda por cima 2! DUAS AULAS! me explica pq a vida faz isso comigo? Sabe o pior? ( Me desculpem pessoas q gostem da matéria) ele da aula de filosofia, filosofia, na minha humilde opinião, é uma porcaria, só faz pergunta e n responde nada, faz pergunta vaga q n tem sentido nenhum. Ai fica eu e minha melhor amiga assim 🤨😒 para alguns professores e a outra melhor amiga do grupo assim 😁. Bom pessoinhas do meu coração, qualquer desabafo, conversar pode ir no meu perfil, talvez eu demore para responder pq tenho q ajudar minha mãe a limpar a casa pq vamos viajar e vai ficar meu pai e minha irmã aqui, mas eu juro q vou responder hehehe, amo ocês ♥️♥️ e não sejam idiotas igual meu professor

26/05/21 4 ResponderMais
duh

duh meu deus que cap incrivel!!! mas por favor deixe atlas vivo kkkkkkkkkk

26/05/21 4 ResponderMais
Maria Luiza Martins Diniz

Maria Luiza Martins Diniz vc quer me matar só pode, miss KKKKKK, já é se eu não me engano o 3 capítulo que eu to esperando pra ver se o Atlas tá vivo vey KKKKKKK

26/05/21 3 ResponderMais
Cancelar