Destinos traçados
14

Destinos traçados Capítulo 2

-“lar doce lar”

Publicado em 12/11/2022

Problemas não impedem ninguém de ser feliz. Roberto shinyashiki

Desculpem pelos erros ortográficos!

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Nesse exato momento estou voltando para Paris onde nunca deveria ter saído!

Benício dorme em um sono profundo 🙏🏽

Enquanto eu vejo uns filmes no avião


O relógio marcava 08:40 e o aeromoça avisa que iríamos aterrisar as 09:00

Saímos de San Francisco as 22:30 da noite

São 11 horas de voo

Estou morta de cansada dormi apenas 4 horas e não consegui mais.....


09:00 em ponto

Acabamos de aterrissar e pego o Benício que estava chorando

Pego as malas e minha família vem em ajudar

Eu- que saudade

Todos- também estávamos

Luísa- é essa coisa linda aqui
Fala pegando o Benício que começa a chorar mais

Luísa- é titia meu amor, não me reconhece?

Eu rio enquanto ajudava meu pai com as malas

Eu- vem com a mamãe vem
Pego ele

Agatha- ele deve tá com fome

Eu concordo e entramos no carro

Eu- ele mamou faz três horas

Luísa- aaa então é por isso

Joaquim- como vc tá filha?

Eu- to me recuperando pai
Sorrio fraco

Joaquim- qbomm meu amor
Ele sorri

Eu- eu nunca deveria ter ido para SAN Francisco

Agatha- não fala assim minha filha os erros nos fazer mais fortes

Luísa- e vc aprende muito com eles

Eu- mas eles doem!

Joaquim- esqueça o que já passou e foque no agora no nosso Benício

Eu- sim pai, ele precisa do meu melhor

Luísa- agora que voltou vc pode me ajudar na confeitaria

Eu- calma lá kkkkkk

Agatha- ela acabou de chegar Luísa

Ela ri


Chegamos em casa

Lar doce lar

Eu- que saudade desse lugar

Luísa- e vc não acredita

Eu- diga

Agatha- temos vizinhos novos

Eu abro a boca surpresa

Luísa- mãe, eu queria contar

Ela ri

Luísa- eles são japoneses

Eu- uauuuu,que tudoooo não esperava

Luísa- psé mulher

Eu- quanto tempo faz?

Joaquim- duas semanas
Ele ri

Descemos do carro e coloco o Benício no bebê conforto

E ajudo eles a carregarem a mala

Joaquim- filha não precisa deixa que agente carrega

Eu- não tem problema pai

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

Imagem da cena

Narração Sayuri

Estava lá eu muito focada em meus estudos no jardim e vejo os vizinhos chegando em casa vejo uma mulher descendo do carro essa eu não conhecia

Bom eu conheço eles só de rostos mas ela ainda não tinha visto por aqui

Corro para dentro de casa

Eu- mãe, chegou uma mulher nova com os vizinhos

Mari- espionando eles Sayuri!

Eu- claro que não mãe, eu estava estudando e vi eles chegarem

Mari- deve ser filha deles

Eu- eles têm mais uma?

Ela concorda

ichiro- larga mão de ser curiosa

Eu- me deixa ichiro
Eu reviro os olhos

Mari- parem vcs dois e venham tomar café

Nos sentamos à mesa

Eu- ela é muito bonita

Yuri- de quem vc tá falando? Filha

Mari- dos vizinhos amor

Eu- agente pode marcar um jantar com eles

Ichiro- para que Sayuri

Eu- para gente conhecer eles ué

Mari- eu acho uma boa ideia

Yuri- eu também

Ichiro- afff

Eu- anti-social

Ele revira os olhos

Narração Sayuri off


Pego o Benício e fomos para dentro

Eu- vcs mudaram aqui

Agatha- algumas coisinhas

Subimos para o andar de cima

Eu- continua a mesma coisa
Eu me emociono vendo o quanto do Benício que eu havia preparado

Luísa- agente não quis mudar nada

Eu sorrio

Agatha- agora vai descansar que agente cuida desse garotão

Eu- vcs tem certeza?

Agatha- temos agora vai

Vou direto para o banheiro e tomo um banho quentinho e relaxante

Logo coloco uma roupa e me deito na cama já sentindo meus olhos pesarem






.....

16:00 da tarde

Eu me acordo e vejo as horas,eu dormi demais estou com fome e faço um pedido no Starbucks

Me levanto e desço para cozinha

Luísa- até que enfim mariposa

Eu rio

Eu- cadê meu filho

Joaquim- aqui minha filha
Ele me entrega o Benício

Eu me sento na poltrona para amamentar

Ágatha- depois vc vai comer

Eu- eu já pedi meu café da tarde mãe

Agatha- vc não almoçou e pediu café da tarde

Eu- simm
Eu falo rindo

Agatha- ayla vc sabe que precisa de comida

Eu- mãe eu não vou almoçar uma hora dessa por isso pedi

Agatha- ok ok

Eu- e como anda o trabalho de vcs, e aliás quanto tempo eu dormi olha tudo isso

A Luísa ri

Luísa- eu capricho kkkkkkk

Ágatha- vai indo bem

Joaquim- isso, eu viajo ainda essa semana

Eu- mas já

Joaquim- sim eu preciso terminar as séries

Eu concordo

Terminando de amamentar o Benício ele acaba dormindo coloco ele no berço dele e ligo a babá eletrônica

Luísa- já que o beni dormiu vc pode me ajudar

Eu- depois que eu comer
Falo comendo lkkkkkkk

Luísa- me dá um pedaço

Eu reviro os olhos e dou um pedaço para ela

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

😍😍
😍😍

Segunda-feira ☀️❤️

Bom dia Paris, bom dia França 🤩

Hoje a noite foi meio difícil o Benício não conseguiu dormi nada a noite, ele estranhou o lugar a noite

Só umas seis horas da manhã que elencou dormi novamente e eu também

Agora era 10:30 da manhã

Eu me levanto pego o Benício e vamos tomar um banho

Encho a banheira dele e dou um banho

Eu- quem é o amor da mamãe quem é
Falo brincando com ele enquanto enxugava o mesmo

Agatha- bom dia filha
Ela me abraça

Eu- bom dia mãe

Agatha- e cadê o netinho da vovó
Fala dando um beijo na bochecha do Benício

Agatha- a noite foi longa

Eu concordo

Eu- ele estranhou a noite

Agatha- agora eu tenho que ir
Fala me dando um beijo não bochecha

Eu- cadê o pai e Luísa

Agatha- já foram trabalhar

Eu- ataaa,bom trabalho mãe

Ela sorri

Coloco o Benício no berço e arrasto ele para o banheiro

Como o berço tem bastante agilidade

Enquanto tomo meu banho meu baby fica brincando com o mordedor

Saio do chuveiro

Me enrolo na toalha e coloco uma roupa formal e confortável

Escolho uma das minhas bolsas preferidas

Pego o Benício e coloco o mesmo no carrinho

Vamos tomar café no Starbucks

Vou andando até o mais próximo

Enquanto o Benício vai olhando para o céu se encantando


Insta:gossip

Vcs viram quem está em solo francês novamente isso mesmo Ayla Muller Bethencourt, e com seu lindo presentinho Benício mas cadê o..... vcs sabem né


Escuto uma notificação assim que faço meu pedido me sento na mesa no ar livre e pego meu celular e vejo que era insta de notícias da França


Ai sério, pelo menos ela não falou o nome dele...🧘🏽‍♀️

Espero meu pedido enquanto tiro varias fotinhas do Benício sou apaixonada por esse menino

Meu grande amor 💖

Aproveito para postar uma foto


.....

Voltando para casa

Eu- oii família

Luísa- oii maninha
Fala confeitando um bolo

Agatha- conseguiu entregar o currículo

Eu- nas maioria que eu fui disse que não contratava mães

Joaquim- não é possível

Eu- eles disseram pelo fato de o bebê ser pequeno poderia ficar doente e eu precisar sair muito

Agatha- mas será que eles não pensam que vc tem que cuidar do seu filho

Eu- então mãe, mas eu vou esperar mais eu coloquei currículo em duas empresas que estavam precisando de uma secretaria

Luísa- dessa vez vai dar certo

Eu sorrio

Continua depois da publicidade
  • A roupa que vc estava
    A roupa que vc estava

Cena 4

Imagem da cena

Meu príncipe, meu eterno amor..❤️🤱

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Duas semanas depois☀️

Já faz duas semanas que eu to esperando resposta da empresa e nada!! Já estou ficando sem esperanças

Me levanto da cama escutando o Benício chorando

Pego o mesmo e tento acalma-lo, oq não tava tendo muito resultado


Dou de mamãe para ele que se acalma um pouquinho

Desço para tomar meu café da manhã

Eu- bom dia
Falo colocando o Benício no bebê conforto

Agatha- bom dia minha filha

Joaquim- houve alguma resposta sobre o currículo?

Eu- não pai, e já estou sem esperanças

Luísa- oque?! Ayla Müller Bethencourt sem esperanças

Eu rio

Eu- psé

Luísa- muitas pessoas mandam currículo para essas empresas

Eu- é mesmo

Estava terminando de lavar a louça quando escuto meu celular tocando

Seco minha mão e pego meu celular

E vejo uma mensagem da empresa

Omggggggg!

Eu- gente genteeee
Falo animada

Ágatha- oq foi ayla?

Eu- uma das empresas que eu mandei currículo retornou falando sobre uma entrevista de emprego

Luísa- viu eu disse que ia dar tudo certo

Joaquim- parabéns filha

Agatha- parabéns meu amor

Eu- a entrevista é hoje as duas horas da tarde

Luísa- tem tempo para vc se preparar

Eu- simm kkkkkkk, tem como vcs ficarem com o Benício

Ágatha- ai filha não da eu tenho muito trabalho hoje

Joaquim- eu tenho que preparar minha viagem

Luísa- eu tenho muitos pedidos para fazer e entregar

Eu- a tudo bem
Eu sorrio fraco

Todos- desculpa ayla

Eu- não tem problema família

Subo para cima e escuto o Benício chorando

Eu- ô meu amor oq foi em
Pego ele e vejo que ele tava meio quentinho

Decido dar um banho para ver se abaixa a temperatura dele

Dou um banho nele e escolho uma roupa bonitinha para ele

Dou de mamar para ele para ver se ele consegue dormir

Feito isso com muita dificuldade

Vou ver que roupa eu posso ir para a entrevista, tenho que escolher uma roupa formal!

Luísa- oq tanto faz nesse quarto

Eu- estou procurando uma roupa formal

Luísa- vc tem umas quinhentas de quando trabalhava com o Cauê

Eu- não mencione esse nome Luísa

Luísa- ai desculpa

Eu- acho que essa tá bomm

Luísa- tá ótimo

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

A roupa que vc estava
A roupa que vc estava

13:30

Eu estava pronta para a reunião peguei a bolsa do Benício com seu bebê conforto

E corri para chamar um uber espero em frente à minha casa vendo o carro vindo entro no mesmo e falo onde eu iria

Benício estava muito inquieto


Chego na empresa pago o uber e saio do carro

Já eram duas horas subo para o elevador tentando acalmar o Benício que estava chorando muito


Chego na mesma e falo coma recepcionista

Eu- boa tarde eu tenho uma entrevista de um emprego as duas

Xxx- boa tarde, pode se sentar ali que já chamamos vc

Eu concordo e me sento junto com mais umas pessoas

Eu- eiii meu amorzinho tá tudo bem
Falo brincando com o Benício para tentar acalma-lo

E não estava ajudando

Escuto as pessoas cochichando dizendo que não pode trazer crianças para a entrevista

Isso não me ajuda

Narração ichiro

Estava terminando de verificar os currículos

Ayla muller Bethencourt

Eu- Bethencourt me parece familiar

Escuto um choro extremamente alto de uma criança

Eu- Laura!

Laura- sim senhor

Eu- de quem é esse choro, vc sabe muito bem que eu não aceito crianças no trabalho

Laura- é da senhorita que veio para entrevista

Eu- chame ela imediatamente

Ela concorda e vai até a porta

Vejo uma doce e meiga mulher entrando pela porta

Que por sinal era linda

Mas estava desesperada pelas criança estar chorando


Eu- bom dia
Falo sério

Ela se senta e ainda tentando acalmar a criança ela diz

Ayla- bom dia
E pela primeira vez ela me olha

Eu- vc leu oq agente te mandou né

Ela concorda

Eu- e vc sabe muito bem que agente disse que crianças não eram permitidas na entrevista

Ayla- eu sei, perdão mas eu não tinha ninguém para deixar ele

Eu- que cheiro é esse

Ayla- ele fez coco eu posso ir no banheiro

Eu reviro os olhos e concordo

Voltando para a narração da Ayla

Chego no banheiro que inclusive era chique

Coloco o Benício no trocador

E limpo e troco o mesmo

Eu- e garotão
Falo rindo

Saio do banheiro e volto para sala

Ele parecia impaciente

Eu- desculpa senhor
Falo me sentando na cadeira

Ichiro- já deu a sua hora

Eu- oi?

Ichiro- isso mesmo eu ainda tenho que entrevista muitas pessoas e cá entre nós não daria certo vc sendo mãe

Eu me altero

Eu- oq vc quer dizer com isso?

Ichiro- vc teria que sair muitas vezes caso eles passasse mal e se oque aconteceu hoje acontecesse numa reunião extremamente mais importante isso seria um problema

Eu- vc acha que uma mãe não tem capacidade de fazer um trabalho importante mesmo tendo um filho

Ichiro- não, eu acho que vc que não tem!

Meu olhos se encham de lágrimas eu pego a bolsa do Benício e o bebê conforto, tremendo

Estava de frente com a porta mas eu não vou levar desaforo para casa

Eu- olha aqui!
Eu me viro para o mesmo apontando meu dedo na cara dele

Eu- eu vim aqui para uma entrevista de emprego não pra vc me humilhar, oque vc não tem nem direito pois não me conhece
Eu ainda estava tremendo mais agora com autoridade

Eu saio da sala e as lágrimas caiem e o Benício também começa a chorar porque estava assustado

Entro correndo no elevador e já chamo um uber

E vou acalmar meu filho

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Cancelar