Meu colega de quarto
16

Meu colega de quarto Capítulo 2

Bem, já tive dias piores - Cap 01

Publicado em 24/05/2021

Indicação de música: Ducan Lawrence - Arcade

Repostandoooooooooooo por que deu b.o na outra!!!

Continua depois da publicidade

Cena 1

--------------------------------------BRYCE--------------------------------------------


14 de junho, segunda feira
10:13 AM

Merda, merda, minha cabeça... merda

Parece que meu corpo todo foi atropelado por uma manada de elefantes, antes de ser jogado em baixo de um trem, só... merda.

Me mexo na poltrona do ônibus que ocupo ao lado da minha melhor amiga, Olívia. Não consigo achar uma posição confortável, então me remexo na cadeira até ouvir um resmungar da poltrona à minha direita, a desgraçada consegue dormir em qualquer lugar, solto uma respiração irritada, é meio que culpa dela eu estar nessa situação, então ela que aguente. Desisto e me aconchego na primeira posição que encontro, que no caso é só encostar a testa na janela e tentar esticar as pernas.

Algumas memórias das horas anteriores retornam à minha cabeça e me lembro de xingar Olívia mentalmente, quando minha cabeça parar de doer.

ALGUMAS HORAS ATRÁS:

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

13 de Junho, Domingo
21:35 PM

- Vamos logo, eu quero voltar cedo - anuncia Liv (Olívia) do quarto em frente ao meu, em um apartamento classe média que dividimos nas proximidades do campus da universidade, os dormitórios ficaram cheios demais no ultimo semestre então decidimos que estava na hora de nos mudarmos - É só uma rave Bryce, agiliza!

- Hoje é o meu dia de beber- falei quando terminei de me arrumar e invadi o seu quarto, em tom de acusação apontei o dedo pra ela e disse - Nem invente nada!

- Faça bom proveito, Deus me livre de fazer uma viagem de pelo menos 6 horas de ônibus e com ressaca - ela devolveu em tom de desdém - Aliás, precisamos fazer isso hoje? - completou

- Você sabe que sim - digo, voltando ao meu quarto e pegando minha bolsa em cima da cama e o celular em cima da mesinha ao lado da cama - Bem, eu sei que eu preciso.

Não era mentira, esse meio que era o meu trabalho. Desde minha adolescência eu sempre fui popular na escola, o que levava à convites de festas, ahhh... sejamos honestos, eu sempre fui muito festeira e isso só se ampliou quando entrei na faculdade, convites de festas toda semana, ganhei alguns milhares de seguidores no instagram. Os novatos começaram a me procurar e me perguntar quais lugares eram legais na cidade, digamos que realmente eu conheço praticamente todos os lugares da cidade, boates e repúblicas começaram a ver que minhas indicações realmente davam bastante público e começaram a me contratar para divulgar ou aparecer nos locais, e isso meus amigos, dá bastante dinheiro.

Essa festa no entanto, não é trabalho. A festa é do Hunter Davenport, ele dá as melhores festas do campus e quando se fala das melhores festas, bem, se fala de mim.

Olho para o celular assim que uma notificação chega.

- O táxi chegou - grito para que Liv possa ouvir.

Sua roupa:

Continua depois da publicidade

Cena 3

13 de Junho, Domingo
23:40 PM


- Você vai mesmo beber? - Liv pergunta no meu ouvido, já que não dá pra ouvir nada com a música tocado e as quase centenas de pessoas que estão agrupadas na sala de estar da pequena mansão que o Hunter e seus amigos do time de hóquei alugam - Eu não quero ter que te carregar - ela diz, desviando minha atenção para seu rosto que beira o ridículo de tão bonito, não é atoa que ela é uma das garotas mais populares da faculdade, praticamente uma abelha rainha, bem vibe Regina George.


- Humrum - sorrio com malícia por que sei que deixa ela com uma pulguinha atrás da orelha, afinal ela não sabe o motivo pra mim beber e não é sempre que faço isso, então quando uma de nós duas queremos beber a outra é obrigada a ficar sóbria, você sabe, só por precaução mesmo - O que me lembra... que preciso encher meu copo - faço um movimento, levanto meu copo para enfatizar que tá vazio e saio em direção da cozinha.

Conheço tão bem esse lugar que é como se eu morasse aqui, entro no meio da multidão e dobro no corredor que leva até a cozinha. A cozinha, graças aos deuses está mais vazia, abro a geladeira atrás de qualquer coisa que não tenha álcool. Não, eu não vou beber, só menti por que não queria ser eu cuidando de uma bêbada hoje. Pego um refrigerante e coloco no copo só pra manter as aparências, quando sinto mais do que ouço uma mensagem chegar no meu celular.

- VOCÊ TÁ LINDA HOJE - a mensagem dizia, sorri pro número que me enviou e respondi, ciente de que o mesmo estava me observando.

- SÓ HOJE? - enviei.

- Todos os dias, você tá mais bonita a cada dia que te vejo - falou uma voz no meu ouvido que eu conhecia muito bem, senti os pelos do meu braço se arrepiando involuntariamente com a proximidade do corpo à minhas costas, os braços abraçaram minha cintura e ele beijou o meu pescoço.

- Cuidado, ou vão achar que você tá apaixonado, Ben- sorri, me virando e dando de cara com um rosto lindo e um sorriso de lado que seria capaz de deixar uma garota de joelhos se ela não estivesse preparada para aquilo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

13 de Junho, Domingo
23:53 PM


- Eu estava me perguntando quando você ia aparecer - ele se encostou no balcão de frente para mim e esticou a mão para pousar no meu quadril e sorriu maliciosamente, olhando diretamente pra minha boca, desgraçado, ele estava querendo brincar hoje.

- E se eu resolvesse não aparecer?- virei a cabeça de lado deixando o meu cabelo cair atrás do meu obro e comecei a passar um dedo distraidamente pelo meu pescoço, se ele queria brincar... olhei deliberadamente para ele, o analisando de cima a baixo, ele vestia uma calça de um jeans escuro, um moletom e um tênis, e tinha um copo na mão que eu imaginava ser whisky ou algo mais forte. Absurdo, era um absurdo alguém se vestir tão simples assim e ficar tão gato, mordi meu lábio inferior.

- Bem, então eu acho que teria que te visitar outra vez no seu apartamento - ele me puxou para mais perto me posicionando entre suas pernas - Já faz um tempinho que não vou lá - ele fala com um tom de tristeza fingida que me faz rir.

Coloco minha mão no braço que está na minha cintura e massageio de leve, músculo, músculo duro e definido é o que eu consigo sentir, olho no olho dele e falo - Você tá mais dramático do que da última vez, deveria tentar entrar em teatro - e por que eu preciso fazer isso antes que eu faça qualquer besteira, eu me desvencilho do seu braço e sento no balcão ao lado dele.

Comigo e com Ben sempre foi assim, a gente se conheceu através de amigos em comum e começamos a nos encontrar nas festas depois disso, em uma dessas, depois de uns drinks eu acordei na cama dele, depois disso a gente passou uns tempos se pegando ás escondidas por que eu não queria que nossos amigos ficassem em cima demais. Ele concordou e ficamos bem por um tempo, mas eu não queria nada sério e ele dizia que também não, então resolvemos ver outras pessoas e acabamos nos afastando naturalmente, mas sempre que nos vemos é chamas e mãos aqui e ali, o mais emocionante disso tudo é que os outros não sabem. Mas sempre me afasto quando as coisas ficam intensas demais, por que eu sei onde isso vai acabar, na cama dele ou na minha.


- Viu o Dean por aí?- pergunto tentando não ceder á leve pressão que me faz querer apertar minhas pernas.

- Ele não disse se vinha - ele diz desviando o olhar para o copo em sua mão.

- Ele nunca diz - respondo com uma leve pontada de sarcasmo.

Mas naturalmente que o normal ele se coloca entre minhas pernas e agarra uma para que eu permaneça no lugar, meu corpo para por um momento, ele tá muito perto... então ele fala:

- Eu tô com saudades - eu consigo ouvir a urgência em sua voz, uma parte sensível entre minhas pernas começa a latejar - Sem joguinhos, eu só senti sua falta - meu sangue ferve com a afirmativa.

Minhas pernas se fecham ao redor dele o envolvendo, por puro reflexo, a única coisa que consigo fazer é um leve aceno de cabeça, mas ele entende o recado.

Mas antes que ele conseguisse me beijar eu ouço uma voz muito familiar:

- Eu preciso dessa bebida - então Olívia pega o copo da mão de Ben.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Imagem da cena

14 de Junho, Segunda Feira
00:15 AM


Congelei por um momento, mas Ben entendeu a situação e se afastou o mais rápido possível, mas Olívia não parecia perceber a situação enquanto virava o copo de Ben na boca e então outro copo e outro e outro.


Depois disso é tudo um borrão na minha mente de Olívia reclamar sobre ter pegado o seu ex transando no banheiro de cima com uma morena peituda, Ben sussurrando no meu ouvido sobre me mandar uma mensagem depois, uma Olívia bem louca dançando em cima da mesa e me obrigando a seguir ela por mais uns três bares na redondeza, eu tendo que colocar e tirar ela de vários táxis, ela dando trabalho para entrar em casa às 05:26 da manhã e eu tendo que dar banho e remédio e segurar ela quanto a bendita vomitava no tapete da sala. Depois só tive tempo de arrumar as malas pras duas semanas que vamos passar no chalé nas montanhas, ainda tive que acorda-la e conseguir levar ela até o ônibus. O que me leva a situação do momento.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 6

14 de Junho, segunda feira
10:37 AM


Tento achar outra posição confortável na poltrona, nada. Eu nem percebi que o ônibus estava lotado a essa altura, vejo Dean uns cinco bancos a frente com a sua namorada Jenna, reviro um pouco os olhos, não que eu não goste dela mas ela já deixou claro em muitas situações que não acredita em amizade verdadeira entre homens e mulheres, não sem ter um interesse amoroso de um dos lados. Mas isso nunca rolou com Dean, conheço ele desde que eu tinha 10 anos e nunca, em nenhum momento eu o vi com interesse, e nunca achei que ele tenha me olhado assim também. No ensino médio conhecemos Olívia e nos tornamos inseparáveis desde então. Jenna por alguma razão não conseguia entender o por que disso.


Olho ao redor e vejo metade do time de hóquei sentado do lado direito do ônibus, espero realmente que não seja uma daquelas viagens barulhentas, eu só queria dormir . Então eu o vejo entrar, Ben estava lindo como sempre, sorrio pra mim mesma enquanto viro o rosto na direção da janela e fecho os olhos esperando sentir uma pequena possibilidade de que conseguiria dormir.


Sinto uma mão mexer em meu cabelo, no que seria mais uma tentativa de arrancar meus cabelos do que um toque carinhoso, olho em direção do dono do braço que eu queria quebrar no momento e vejo um sorriso presunçoso em um rosto lindo. Todo mundo nessa faculdade tem que ser tão bonito?


- Você tá destruída hoje - Ele diz entre risos


Solto um gemido de frustração, eu e Hunter não somos tão amigos assim, somos mais conhecidos que tem amigos em comum, ele é popular e tem as melhores festas do campus e eu sempre estou em suas festas, essa é a nossa relação.

Dou um tapinha em sua mão, eu nem percebi que ele tinha entrado atrás de Ben, que é seu melhor amigo, nem o vi na festa ontem, não que ele sempre estivesse presente em todos as suas festas. Dou um sorriso em sua direção que dizia mais um "vou te matar se me tocar de novo" do que uma gentileza.

Ele entende o motivo do meu sorriso e passa a mão em meu cabelo, agitando novamente. Babaca, dou um tapa mais forte dessa vez e mostro o dedo em sua direção, não espero pra ver sua resposta e volto o rosto pra janela novamente, eu realmente preciso dormir nessa viagem, então mexo na minha bolsa de mão e pego um remédio que espero que alivie as marteladas que estou sentindo na minha cabeça.

Essa viagem não pode ser tão ruim assim, pode? - penso enquanto me encosto mais uma vez na janela e estico minhas pernas por baixo do banco à minha frente. Bem, eu espero que não.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

vou já soltando o resto...

- aelin
Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
manon

manon nem parece que o hunter chora no banho pela B kkkkkkkkkkkk

24/05/21 5 ResponderMais
Taina Santos

Taina Santos PERFEITA!!! VC ARRASA LINDA. 💞💓💖

24/05/21 5 ResponderMais
꒦꒷ ᴳᵉᵃᶠᶠ ꒦꒷

꒦꒷ ᴳᵉᵃᶠᶠ ꒦꒷ Vou comentar e muitooo para dar engajamento

24/05/21 4 ResponderMais
Patrícia souza

Patrícia souza Adorei continua perfeito kkk

13/06/21 1 ResponderMais
Juliana de souza Rabelo Souza

Juliana de souza Rabelo Souza Eu só preciso comentar que ameiii🥰

24/05/21 0 ResponderMais
alinaa

alinaa vai dar certo amigaaa

24/05/21 0 ResponderMais
Yasmin Assis

Yasmin Assis 31s, vai mudar alguma coisa nas partes que vc está postando agora?

24/05/21 0 ResponderMais
COBRA BURGUESA

COBRA BURGUESA AMEIIII!!!!

24/05/21 0 ResponderMais
Beca

Beca AMEI

13/06/21 0 ResponderMais
꒦꒷ ᴳᵉᵃᶠᶠ ꒦꒷

꒦꒷ ᴳᵉᵃᶠᶠ ꒦꒷ E

24/05/21 0 ResponderMais
Cancelar