Meu colega de quarto
16

Meu colega de quarto Capítulo 4

As vezes o frio pode ser bom - Cap 03

Publicado em 24/05/2021

Indicação de música: Sasha Sloan - Older

Repostandoooooooooooo por que deu b.o na outra!!!

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

-------------------------------------BRYCE--------------------------------------

14 de Junho, segunda feira
20:06 PM


Saí do salão alguns momentos atrás, no momento estou sentada em uma mesa no meio de uma área que claramente é uma gigantesca praça de alimentação, o lugar é no meio de um pátio gigante, cheio de pequenos restaurantes e os mais diversos tipos de lanchonetes, a maioria são pequenos trailers e food trucks, que em conjunto dão uma vibe de acampamento para o chalé. A mesa é grande e a minha esquerda estão alguns veteranos e jogadores de hóquei, a minha direita está Olívia, Dean e Jenna estão nos bancos da frente, nenhum sinal de Alissa, Ben ou Hunter.

Como um Hambúrguer que pedi, junto com uma porção de batata frita e uma coca média.

Há uns vinte minutos atrás, uma das organizadoras chegou com a notícia que o ônibus que trazia as malas tinha furado o pneu alguns quilômetros antes de chegar aqui, hummm que merda. Acontece que as malas vem em um ônibus separado, pois eles disseram que com o peso extra das bagagens o ônibus levariam pelo menos umas 9 horas para chegar aqui. E justo qual ônibus tinha que dar problema? Incrível.

Ela informou que as malas chegariam aqui de madrugada e que de manhã cedo já estaria nos nossos dormitórios. Ou seja, teríamos que nos virar essa noite com o que temos na nossa bolsa de mão. Poderia ser pior.

Me despeço dos meus amigos e me levanto indo em direção aos dormitórios.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

14 de Junho, segunda feira
20:47 PM


O pátio onde eu estava comendo estava lotado, me dou conta assim que levanto da mesa, ao que parecia faltava algumas faculdades chegarem ainda, e o pátio poderia ser confundido facilmente com algum tipo de festival musical com o número de pessoas no local.

Aceno para alguns conhecidos que me chamam no meio da multidão, tem uma porção de rostos conhecidos aqui.

No caminho do dormitório vejo um pequeno lago que rodeia o chalé, é uma vista linda e existe alguns bancos ao redor, reconheço de longe a forma de alguns caras e umas garotas conversando ao lado da borda do lago, reconheço Ben e Hunter no local e me aproximo para perguntar se já estavam sabendo sobre o ocorrido das malas.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

Imagem da cena

14 de Junho, segunda feira
21:06 PM

Minha intenção era apenas perguntar aos meninos se já estavam sabendo sobre as malas, mas de longe vejo Hunter com uma perna dentro do lago e percebo que o idiota não devia tá sabendo, já que estava se molhando.

Nos dias mais quentes o lago normalmente fica escasso, nos dias mais frios e chuvosos a água ficava acima do joelho, que era onde estava no momento pelo que vi da perna do Hunter, mas o problema não era o altura da água, mas a temperatura.

Me aproximo e Hunter percebe minha chegada, mas mal consigo perguntar o que tinha indo perguntar, quando vejo um vulto passando as minhas costas e se chocando em mim, tropeço para frente e me choco nas costas de Hunter, que desequilibra a perna que estava dentro do lago e escorrega para dentro da água.

Merda.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 4

14 de Junho, segunda feira
21:10 PM


Hunter se levanta em menos de segundos e me puxa pra frente, por sorte consigo me equilibrar e a água só molha a parte de baixo do meu corpo.

Sinto a temperatura da água e a respiração estaca no meu peito na mesma hora, gelado... muito gelado. E Hunter estava com o corpo todo ensopado. Olho incrédula e irritada para o rosto dele.

- Eu não fiz de propósito - falo um pouco alto demais.

Ele me lança um olhar que só podia ser entendido como que ele queria me matar no momento. Ele faz um movimento de que ia jogar água na minha direção e me apresso em falar:

- Espera, espera, espera - estico o braço entre nós dois para tentar impedir ele de continuar, ele para por um momento, então eu completo - Desculpa, não tive a intenção, você viu que fui empurrada assim como você - percebo que comecei a tremer por causa da água.

Ele não parece convencido e eu me encolho esperando o jorro de água gelada no corpo, quando escuto a voz de Ben falar:

- Vocês dois na água, já estão entregando as senhas dos dormitórios - não me movo quando Hunter olha de mim para Ben, então ele vem na minha direção, paro de respirar, ele passa por mim e sussurra para que só eu ouça:

- Salva por pouco, amor - relaxo meu corpo e me permito respirar de novo, ele saí da água e em seguida some no mesmo caminho que usei pra chegar lá, não me permito pensar no que ele disse uma segunda vez.

Ben me oferece o braço para me ajudar a sair, agradeço e vou na mesma direção que Hunter fez momentos antes, por sorte não o encontro de novo.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 5

Imagem da cena

14 de Junho, segunda feira
21:25 PM


Voltei apressada para o salão e consegui pegar a senha do meu quarto, encontrei Olívia e contei o motivo de estar com metade do corpo molhado, ela só sorriu.

Me apressei na direção do quarto, Olívia me acompanhou por que o dela ficava no mesmo corredor, ainda bem. Deixo ela no quarto e corro na direção do meu, estava muito frio e minha roupa estava quase toda ensopada.

Os dormitórios de cada chalé eram divididos em corredores, bem como hotéis de estradas típicos dos EUA, onde os quartos eram externos.

Coloquei a senha na fechadura digital, os quartos aos lados estavam bem movimentados e barulhentos, entro no meu e fecho a porta atrás de mim, solto um suspiro, não estava tão quente mas era melhor que lá fora, então me lembro de olhar ao redor.

Não parecia ter alguém ali a não ser pelo som do chuveiro no banheiro em frente as camas e todos a luzes acesas. Tinha esquecido que eu tinha um companheiro (a) de quarto. Ao que parecia ele estava tomando banho, não vi nenhuma bolsa de mão, que provavelmente estava no banheiro com ele, estava louca para banhar também, com a água mais quente possível.

Comecei a olhar ao redor, a pessoa não parecia ter escolhido uma cama ainda, então coloquei a minha bolsa em cima do balcão que dividia a pequena cozinha do resto do quarto e esperei.

Eu estava em pé encostada no balcão de costas para o banheiro, quando ouvi a porta abrir, no momento levantei a cabeça e a virei em direção ao barulho, soltei um ruído de dor quando vi a cena:

- Não é possível - falo quando vejo um Hunter só com uma toalha enrolada na cintura sair do banheiro, olhei pro outro lado e abaixei a cabeça nas minhas mãos, então falei baixinho - Só pode ser castigo.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
alinaa

alinaa esse cap me mata de sorrir eu nem sei o por quê

24/05/21 7 ResponderMais
Marina

Marina Quem vê assim nem imagina quão lendário estava o EP 15, meu deus, pena que nem todos conseguiram ler a tempo kkkkkkkkkkk ÉPICO

24/05/21 7 ResponderMais
alinaa

alinaa quem vê o hunter assim nem pensa...

24/05/21 7 ResponderMais
Cris.Hyerin

Cris.Hyerin Acabei de perceber o quanto me viciei e apaixonei nessa fic, porque li tudo de novo e ainda surtei como se fosse a primeira vez lendo KKKK

25/05/21 4 ResponderMais
Raquelsay

Raquelsay Eu acho que eu parei no capítulo 12 quando Vc vai postar o 12?

24/05/21 2 ResponderMais
Lara Maia

Lara Maia mulher eu tava lendo o cap 4 ou o 5 hj ai du nd sumiu os ep, me assustei, achando q tu tinha apagado

24/05/21 2 ResponderMais
manon

manon kkkkkkkkkkkkk tá bom agora tira a toalha

24/05/21 2 ResponderMais
Taina Santos

Taina Santos Graças à esse banho "acidentalmente " que as coisas começaram a acontecer. 😊

24/05/21 1 ResponderMais
cassia rebeca

cassia rebeca Perfeito ❤️❤️❤️❤️

24/05/21 1 ResponderMais
Sofhia Gomes

Sofhia Gomes Quando sai o próximo ??

25/05/21 1 ResponderMais
Cancelar