Meu colega de quarto
16

Meu colega de quarto Capítulo 5

Pequenas consequências - Cap 04

Publicado em 25/05/2021

Indicação de música - Brian Mcknight - Marry Your Daughter

Repostandoooooooooooo por que deu b.o na outra!!!

Continua depois da publicidade

Cena 1

--------------------------------------BRYCE----------------------------------------

14 de Junho, segunda feira
21:27 PM


Levanto minha cabeça e o vejo encostado na porta do banheiro, me olhando de cima a baixo, depois de um longo minuto o desgraçado solta um suspiro sarcástico e sai caminhando na direção da cama encostada na parede, não quero assunto no momento então pego minha bolsa e entro no banheiro.

Eu já tomei banho tem uns 30 minutos, mas estou encostada na pia mexendo no celular. Estou vestindo uma camisa do Dean, que ele faz questão de guardar na minha bolsa só pra "garantir" como ele diz sempre. Graças a Deus ele fez isso dessa vez, minhas roupas estavam encharcadas e não serviriam nem para pano de chão, por sorte eu tinha um conjunto de roupas íntimas na bolsa. Por fim, saio do banheiro.

O quarto tá escuro e para não arrumar uma discursão que só tiraria meu sono sigo direto para a cama, no meio da escuridão consigo distinguir uma forma em cima da cama à minha direita, pelo menos ele já tá dormindo.

Me ajeito na cama e me preparo pra dormir.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 2

15 de Junho, terça feira
01:14 AM


Um barulho estranho me acorda, fico deitada tentado distinguir de onde vem o som.

tec tec tec tec... um soluço abafado

Me sento na cama, olho na direção da única pessoa presente além de mim... tá muito escuro então não consigo ver nada.

tec tec tec... um soluço

Me levanto um pouco sonolenta, não que estivesse fácil dormir, estava muito frio. Acendo todas as luzes e vou na direção da cama do Hunter e o chamo:

- Ei - tento mexer de leve no seu braço, mas nada - Hunter - chamo outra vez.

Então percebo uma leve macha incolor no travesseiro e a toco por curiosidade, molhada. Sem pensar no que estava fazendo passo a mão em seus cabelos, encharcado.

- Fala sério - reclamo baixinho, então toco sua testa, quente. - Hunter - chamo com mais um pouco de urgência agora, ele abre os olhos e tenta me afastar.

Olho desconfiada para ele e encosto sem querer na cama, onde devia estar suas coxas no momento, molhado. Olho para o ponto que trisquei e antes que ele pudesse protestar, levanto o cobertor.

Continua depois da publicidade
  • Avançar

Cena 3

15 de Junho, terça feira
01:22 AM


- Mas que... - ele fala, tentando pegar o cobertor que agora está nas minhas mãos - Bryce - ele protesta.

- Isso tá ensopado - falo mais pra mim mesma do que pra ele - O que você tá fazendo? - pergunto em tom de acusação.

- O que VOCÊ tá fazendo? - ele vociferou, puxando o cobertor da minha mão

Como se respondesse a pergunta dele eu coloco a mão na cama bem onde o seu quadril estava momentos antes - Você só pode ser maluco, tá querendo morrer?

- Sai - diz em tom de aviso, ele acha realmente que isso funciona.

- Eu até queria deixar você morrer graças a sua idiotice, mas você não tá me deixando dormir - eu falo ironicamente, enquanto saio na direção da minha bolsa, volto com um remédio que tomo toda vez que pego um resfriado, isso deve ajudar - Bebe - digo, entregando um comprimido e uma garrafinha de água mineral.

O olho de cima a baixo e só agora percebo que ele está apenas de cueca.

- O que houve com sua roupa? - pergunto enquanto o observo tomar o remédio, mas logo me arrependo da pergunta, por que eu sei a resposta.

- Se molharam, quando você acidentalmente me empurrou no lago - faço questão de revirar os meus olhos quando ele usa um tom de desdém no "acidentalmente" .

Saio na direção da minha bolsa novamente e volto com uma calça de moletom, conjunto da blusa que eu estava usando, a blusa já era grande demais então não usei a calça, acho que não serviria mesmo que quisesse. Estendo a mão e a calça na direção dele.

Ele olha de mim para a calça e sorri de lado, então fala :

- Isso tudo é culpa, B? - Desgraçado, um grande desgraçado, me permito um breve momento para me deliciar com a ideia de deixar ele aqui, morrendo de frio.

- Eu só não quero ser considerada suspeita ou cumplice se você aparecesse, você sabe, morto por hipotermia - lhe lanço um sorriso malicioso que sugeria que se ele fosse encontrado morto, não seria por causas naturais.

Então jogo a calça do lado dele na cama.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Próximo Capítulo / Continue jogando

Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

O que você achou deste capítulo?
Vick Carina

Vick Carina oiiiiii tem insta queria falar com voce?

25/05/21 1 ResponderMais
manon

manon aaaaaaa posta mais

25/05/21 1 ResponderMais
vanellope von sweet

vanellope von sweet esta ficando interessante

30/05/21 1 ResponderMais
Mafer Silveira

Mafer Silveira To lendo tudo não kkkk já li mesmo

27/05/21 1 ResponderMais
COBRA BURGUESA

COBRA BURGUESA gentee, sério eu nunca li uma fic tão boa igual a sua!! ❤️❤️

25/05/21 0 ResponderMais
alinaa

alinaa "sou um detento apaixonado sem carinho sem cuidado desprezado em cela" é a música do Hunter

25/05/21 0 ResponderMais
Fanfiqueira😻

Fanfiqueira😻 Como assim o que aconteceu repetiu não entendi

25/05/21 0 ResponderMais
꒦꒷ ᴳᵉᵃᶠᶠ ꒦꒷

꒦꒷ ᴳᵉᵃᶠᶠ ꒦꒷ Perfwct

26/05/21 0 ResponderMais
Marina

Marina Aaaaaaaa

25/05/21 0 ResponderMais
Mariana De Matos Paranaguá

Mariana De Matos Paranaguá Perfeito ❤️👏

25/05/21 0 ResponderMais
Cancelar