RPurple231

RPurple231

28
A Herdeira 🌹
L

A Herdeira 🌹 Capítulo 7

❤️ Parte 6

↪ Meu Instagram: https://www.instagram.com/rpurple.231/
↪ Meu Wattpad: https://www.wattpad.com/user/RPurple231

Não se esqueça de curtir e comentar! ❤️

Cena 1

Imagem da cena

~10:08
- Não, não, não! Segure a taça pela haste. - ralha Charlotte e você se segura para não revirar os olhos.
Já haviam se passado dois dias desde o ataque em público. Depois do ocorrido, seu pai não lhe deixou sair nem mesmo para os jardins.
Enquanto isso, as aulas com Charlotte haviam começado. Com elas, você descobriu que a Duquesa podia ser muito irritante quando queria.
Você já havia aprendido a caminhar com postura (depois de derrubar diversas vezes os livros que a Duquesa te obrigava a colocar sob a cabeça) e sabia acenar devidamente, mas hoje estava aprendendo a se portar na mesa.
Repentinamente, alguém abre a porta. Você se vira para olhar e visualiza Louis entrando no aposento.
- Louis? - questiono confusa. - O que está fazendo aqui?
- Querido. - Charlotte sorri docemente, completamente diferente de poucos segundos atrás. - Marie, Louis irá nos auxiliar nas aulas de dança.
- Dança? - exclamo incrédula, me levantando.
- Exatamente. Diferente de você, não preciso mais de "aulas de etiqueta". - debocha, sorrindo divertido ao se aproximar.
Segura sua cintura com uma das mãos e, com a outra, pega em sua mão.
- Coloque a outra mão no meu ombro. - instrui e você obedece.
Uma valsa lenta ecoa pelo salão, provavelmente colocada por Charlotte. Vocês começam a se mover no ritmo da música.

  • Não posso deixar de corar com a curta distância entre nós.
  • Piso em seu pé propositalmente. // - Desculpe! - declaro cínica, segurando o riso. Ele revira os olhos.
  • Bufo irritada, mas continuo a dança.
  • Me esforço para não errar nenhum passo, seguindo as instruções e conselhos que ele murmurava.

Cena 2

Ao decorrer da música, se encaram profundamente. Você não percebe quando a melodia se encerra e ambos não saem da posição, ficando nesta por tempo demais.
Charlotte pigarreia, chamando sua atenção. Vocês se afastam rapidamente.
- Terminamos por hoje. - ela declara. Você sai da sala o mais rápido possível, imersa em pensamentos. Nem sequer percebe que tem alguém a sua frente, até esbarrar no mesmo.
- Ah, eu sinto mu... - se interrompe ao perceber que é o mesmo soldado que te salvou no dia do ataque. Você reconheceria aqueles olhos verdes em qualquer lugar.
- Perdão, Alteza. - ele faz uma reverência rápida.
- Não, a culpa foi minha... Mas foi você, não foi? Você me salvou no ataque! - pergunta.
- Sim...? - ele responde, confuso.

  • - Nem tive a chance de te agradecer depois. - sorrio contente por tê-lo encontrado. // - Não é necessário. Apenas fiz o meu trabalho. - ele diz, sorrindo. - E está tendo a chance agora, não é? // Ambos rimos.
  • - Eu só queria agradecer... Você sumiu depois. - digo, meio sem jeito. // - Em meio a todo aquele caos, tive que ir logo, mas não foi nada. Eu só cumpri meu dever. - explica com um sorriso.
  • - E qual seria o nome daquele que salvou minha vida? - questiono divertida. // - Thomas. Thomas Clement. - se apresenta, retribuindo o sorriso. - E quanto ao ataque, não há de quê, princesa.
  • - Bom... Obrigada. - resmungo a contragosto, desviando o olhar. // - Não precisa agradecer. - responde surpreso.

Cena 3

Imagem da cena

~13:44
- ...então eu agradeci, é claro, era o mínimo que eu poderia fazer. - tagarela, com um suspiro. - Me alcança a toalha, por favor.
Após o almoço, você enfim foi para seus aposentos, cansada. Tudo o que queria era um bom banho e, enquanto relaxava na banheira cheia de espuma, contava cada detalhe de sua manhã para Sophie, que estava sentada na bancada da pia até o momento, tendo acabado de se levantar para pegar o solicitado.
- Então... Esse guarda. - pergunta enquanto procura na gaveta. - Cabelos castanhos, olhos bem verdes... Sabe o nome dele? - ela joga a toalha branca até você, tendo achado-a.
- Isso. - confirmo, pegando a toalha e fechando a cortina em torno da banheira para me secar com mais privacidade. - Não sei o nome, mas no uniforme estava escrito seu sobrenome. É Clement, se não me engano. Por que?
- Clement? - ela exclama. - Marie, ele é meu irmão!
- O QUE?! - grito surpresa, abrindo a cortina, já enrolada na toalha. - Por que nunca me disse que tem um irmão?
- Nunca entramos no assunto. - explica, rindo incrédula. - Ah, já pensou que maravilha seria se nos tornássemos cunhadas? - diz sonhadora enquanto te acompanha até o closet.

  • - Não viaja. - alerto, revirando os olhos. - Seria legal, mas seu irmão não faz meu tipo.
  • - Que coincidência! - a acompanho no riso.
  • - Eu iria adorar! - solto, sorrindo marota.
  • - Sophie! - repreendo, corando, enquanto a mesma ri.

Cena 4

Imagem da cena

~13:44
- ...então eu agradeci, é claro, era o mínimo que eu poderia fazer. - tagarela, com um suspiro. - Me alcança a toalha, por favor.
Após o almoço, você enfim foi para seus aposentos, cansada. Tudo o que queria era um bom banho e, enquanto relaxava na banheira cheia de espuma, contava cada detalhe de sua manhã para Sophie, que estava sentada na bancada da pia até o momento, tendo acabado de se levantar para pegar o solicitado.
- Então... Esse guarda. - pergunta enquanto procura na gaveta. - Cabelos castanhos, olhos bem verdes... Sabe o nome dele? - ela joga a toalha branca até você, tendo achado-a.
- Thomas. Thomas Clement. - respondo, lembrando de ter perguntado a ele mais cedo. Pego a toalha e fecho a cortina em torno da banheira para me secar com mais privacidade. - Por que? Conhece ele?
- Thomas Clement? - ela exclama. - Marie, ele é meu irmão!
- O QUE?! - grito surpresa, abrindo a cortina, já enrolada na toalha. - Por que nunca me disse que tem um irmão?
- Nunca entramos no assunto. - explica, rindo incrédula. - Ah, já pensou que maravilha seria se nos tornássemos cunhadas? - diz sonhadora enquanto te acompanha até o closet.

  • - Não viaja. - reviro os olhos. - Seria legal, mas seu irmão não faz meu tipo.
  • - Que coincidência! - a acompanho no riso.
  • - Eu iria adorar! - solto, sorrindo marota.
  • - Sophie! - repreendo, corando, enquanto a mesma ri.

Cena 5

Você estava se arrumando quando alguém bate a porta.
- Atende, por favor. - pede para Sophie, que não perde tempo em obedecer. Minutos depois, ela volta com um sorriso malicioso no rosto.
- Quem era? - você pergunta, mas pela cara dela, já pode imaginar a resposta.
- O Louis. - cantarola divertida, pegando a escova de sua mão e começando a escovar seus cabelos. - Ele te convidou para um passeio.
- E o que você disse? - questiono temerosa.
- Que você vai, óbvio! - esbraveja. - Mesmo eu preferindo você com o meu irmão, não posso negar que você e o Louis ficam muito fofos juntos.

  • - Sophie! - grunho, batendo a mão na testa. Era só o que me faltava.
  • Suspiro. Passear não estava nos meus planos, mas como ela aceitou... Não tenho muita escolha.
  • - "Fofos juntos"? De onde você tirou isso? - pergunto, revirando os olhos.
  • - Obrigada. - suspiro aliviada. Obviamente, eu não iria recusar!

Cena 6

- Vai logo! - você escuta Sophie reclamando do lado de fora do closet.
Assim que termina de colocar o vestido, abre a porta, revelando seu visual para a morena.
- E então? - pergunta, dando uma voltinha.
- Está perfeito! - ela bate palmas. - Agora vá. Não podemos deixá-lo esperando!
Sophie praticamente te empurra até a porta, abrindo-a rapidamente. Do lado de fora, um elegante Louis te espera.
Ele te olha de cima a baixo, surpreso.
- Marie. - cumprimenta. - Você está... Muito bonita.
- Obrigada. - responde constrangida. Ele te oferece o braço e você o segura, escutando sua criada fechar a porta atrás de si.

Qual vestido você estava usando?

  • Curto
    Curto
  • Curto
    Curto
  • Curto
    Curto
  • Longo
    Longo
  • Longo
    Longo
  • Longo
    Longo

Cena 7

Ele te guia pelo castelo pacientemente.
- Para onde estamos indo? - você pergunta, curiosa.
- Desde o ataque, não nos deixam sair. - ele murmura disfarçadamente ao passar por alguns guardas. - Mas acho que sabemos nos cuidar.
Assim que saem do campo de visão dos soldados, ele acelera o passo, praticamente te arrastando.

  • Rio, tentando acompanhá-lo.
  • Reviro os olhos, me desvencilhando, mas o sigo.
  • Mesmo temerosa por estar desobedecendo meu pai, o acompanho.
  • Ergo as sobrancelhas, surpresa, enquanto ele me arrasta. Não imaginava que Louis fosse do tipo que quebra regras.

Cena 8

Ele para abruptamente, te puxando para trás de uma parede quando percebe que tem alguém no corredor.
- Shh. - pede, mas assim como você, continua a rir.
Abruptamente, a pessoa vira pelo corredor, fazendo ambos se calarem.
- Vincent? - você pergunta surpresa, ainda ofegante por ter corrido. O olhar dele parece mudar quando nota sua mão na de Louis.
- Alteza. - ele cumprimenta seco antes de se afastar.
Você abre a boca para responder, mas ele sai antes que possa dizer qualquer coisa.
- Quem é esse cara? - pergunta Louis, parecendo alarmado.

  • - Você está com ciúmes? - pergunto rindo. // - De você? Claro que não! - ele nega imediatamente, mas Louis nunca foi bom em mentir. // Você ri mais ainda.
  • - N-ninguém... - respondo, ainda com o olhar fixado no mordomo. - Vamos. // Balanço a cabeça para afastar os pensamentos e continuo a andar. Louis ergue uma sobrancelha, mas não diz nada.
  • - Vincent! - exclamo, seguindo-o e ignorando completamente o loiro.
  • - Ele é... Eu... Ugh, eu já volto. - digo rapidamente antes de seguir Vincent.

Cena 9

Assim que viramos no corredor mais próximo, saindo do campo de visão de Louis, ele para, me encarando.
- Marie... Fazem dias que não nos vemos, e quanto eu te encontro, você está agarrada com aquele projeto de príncipe mimado! - explica, frustrado. - É por isso que não nos falamos mais? Você está com ele?

  • - Eu não estava agarrada com ninguém! - exclamo, franzindo a testa. - Estamos apenas passeando.
  • Meu queixo cai. // - Quem você pensa que é? Meu dono? - pergunto irritada.
  • - Você está com ciúmes? - questiono surpresa.
  • Colo meus lábios aos seus, calando-o.

Cena 10

Você suspira.
- Eu ando muito ocupada. Comecei as aulas com Charlotte e meu pai não tem me deixado sair desde o ataque. - explica.
- O ataque... Eu fiquei tão preocupado! - ele balança a cabeça, te abraçando. - Desculpe. Acho que eu estava mesmo com ciúmes. - completa após alguns segundos de silêncio.

  • Solto um riso baixo. // - Não precisa ter ciúmes. - retribuo o abraço. - Eu estava com saudades.
  • Suspiro novamente. // - Vincent, somos amigos. Nada mais. - lembro. - Desculpe por não poder retribuir seus sentimentos. // - Eu entendo. - ele desvia o olhar.
  • Reviro os olhos. // - Somos só amigos. Sabe disso, não sabe? - pergunto, me afastando um pouco. // - Sim. - ele suspira.

Cena 11

- Eu preciso ir. - você diz, o encarando.
- Até mais tarde. - ele dá um leve sorriso, que você retribui antes de voltar para onde estava anteriormente.
Louis te esperava com uma cara nada amigável.
Você suspira antes de explicar, afinal era o mínimo que você poderia fazer.

  • - Ninguém com quem você precise se preocupar. - digo revirando os olhos. - Vamos? // Ele bufa, mas segue o caminho.
  • - Era o Vincent. É meu amigo. - declaro. // - Amigo? - pergunta irônico. // - Amigo com benefícios. - respondo no mesmo tom, sorrindo. // Ele revira os olhos e continuamos o passeio.
  • - Desculpe. Era um amigo. - esclareço, me sentindo mal por tê-lo deixado esperando. // Ele ergue uma sobrancelha, mas não diz nada.

Cena 12

- Marie, estou falando sério. Quem era aquele? - Louis pergunta assim que Vincent some de vista, caminhando ao meu lado.

  • - Ninguém com quem você precise se preocupar. - digo revirando os olhos. // Ele bufa, mas continua andando.
  • - Era o Vincent. É meu amigo. - declaro. // - Amigo? - pergunta irônico. // - Amigo com benefícios. - respondo no mesmo tom, sorrindo. // Ele revira os olhos e continuamos o passeio.
  • - Desculpe. Era um amigo. - esclareço, me sentindo mal pela interrupção no passeio. // Ele ergue uma sobrancelha, mas não diz nada.
  • - Não é da sua conta. - dou um sorrisinho irônico para o loiro. // Ele bufa, irritado, mas continuamos a caminhar.

Cena 13

Imagem da cena

Vocês caminham até uma saída meio escondida, debaixo das escadas. Louis olha para os lados, conferindo se não há ninguém por perto, e abre a porta.
- Entrada de funcionários. - explica. - Primeiro as damas. - faz um gesto com a mão, te incentivando a entrar.
Você ergue as sobrancelhas, surpresa, mas passa pela porta. Ele te segue e fecha a passagem silenciosamente.
Respira profundamente o ar puro, suspirando aliviada.
- Como eu senti falta disso! - confessa sorridente.
- Vem. Quero te mostrar um lugar. - ele caminha por entra as árvores e você o segue.

  • Avançar

Cena 14

Imagem da cena

Louis te leva a um enorme lago, ao lado de uma plataforma de pedra com uma escada que levava até próximo da água. No horizonte, eram visíveis montanhas e cachoeiras.
Seus olhos brilharam.
- Eu gosto daqui. - explica ele, se apoiando na cerca. - Quase ninguém vem pra cá. É bom para relaxar...
Você se aproxima, se apoiando na cerca ao lado dele enquanto admira a paisagem.
- É lindo... - suspira encantada.
Quando olha para o lado, percebe que Louis te observa, com um leve sorriso nos lábios.
- Marie... Eu queria te dizer... - começa.

  • - Não diga nada. - sussurro, sorrindo antes de beijá-lo intensamente.
  • - ...eu estou apaixonado por você. - ele completa. // Sinto meu rosto queimar. Ele se aproxima lentamente até que nossos lábios se encontram. Retribuo o beijo.
  • - ...eu estou apaixonado por você. - ele completa. // Suspiro entristecida. // - Louis, sinto muito, mas... Não sinto o mesmo. - digo, tomando cuidado para não magoá-lo.

Cena 15

Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Não perca o próximo capítulo!

RPurple231 ainda não publicou o próximo capítulo.


Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

Anterior
O que você achou deste capítulo?
Unicorn_blue

Unicorn_blue eu pegando todo mundo fodasee

2d 2 ResponderMais
Vitoria Souza

Vitoria Souza Kakaka

2d 1 ResponderMais
ISABELA

ISABELA Kkkkkk

2d 1 ResponderMais
Môdinha baby

Môdinha baby Tô amando, ansiosa para o próximo capítulo 😍

1h 0 ResponderMais
Sandrine Mingues Bruhns

Sandrine Mingues Bruhns Acho q é o meu capitulo favorito

1d 0 ResponderMais

WebFic

Entre no WebFic para ler & interagir com suas webfics favoritas!

Cancelar
Cancelar