Pokémon Generations
L

Pokémon Generations Capítulo 7

Capítulo 7 - O Chute de Fogo

Publicado em 23/06/2022

Nish faltou ao treino para o campeonato de artes marciais que agora faltava apenas quatro dias... Ao mesmo tempo que ele precisa lidar com as consequências das escolhas em seu passado.

Continua depois da publicidade

Cena 1

Imagem da cena

Na manhã seguinte, Squarts havia levantado mais cedo do que todo mundo, estava em seu quarto reassistindo e reassistindo a transmissão com Leon na abertura do Campeonato Mundial de Mestres Pokémon diversas vezes, ouvia as duras palavras do antigo campeão que pareciam apertar o seu coração com as próprias mãos, a medida que uma dose de raiva era adicionada a esse caldeirão de emoções.

Embora Red e Green tentassem não influenciar os filhos para essa parte da história da vida deles, com o segundo filho, eles não obtiveram muito sucesso. Squarts passava muito tempo com os pokémons sempre que podia e desde os seus cinco anos de idade, começou a acompanhar os jogos competitivos pela televisão. Sabia tudo sobre o assunto e sobre o impacto que seu próprio pai teve no cenário. Red nunca procurou ser uma referência para o garoto nessa parte, o que não o impediu de observar outros grandes mestres treinadores.

Leon acabou sendo a grande referência no mundo Pokémon para Squarts. Ou pelo menos, foi.

Nish não tivera uma noite de sono muito boa e não demorou muito para acordar e ir treinar um pouco antes de partir para o dojo naquele dia. Então ele desceu as escadas e foi para o quintal da casa, onde havia um grande carvalho cujo o casco do tronco estava completamente desgastado. Aquele era o seu momento, o seu lugar, sua terapia. Ele respirou fundo e pensamentos distantes começaram a surgir.

"Você deve ser uma decepção para o seu pai"... Nish desferiu um chute.
"O Nish nem deve saber o que é um pokémon"... outro chute.
"Você é esquisito garoto, por que eu sairia com você?!"... outro chute.
"O Nish apanhou de uma garota, Hahaha"... outro chute.
"Sr. Windwalker, as confusões que seu filho tem causado por agressão nunca param... sinto muito, acredito que ele não deveria continuar a estudar conosco nesta escola"... outro chute.

O treino durou por algum tempo. Nish ficou de olhos fechados a maior parte do tempo. Seus pés pareciam arder em chamas e o tronco da árvore também estava quente.

Depois do treino, o rapaz subiu para tomar banho e se arrumar. Red e Green já haviam acordado. Green foi em direção ao quarto de Nish e percebeu que o filho já estava no banho e então, foi ver Squarts, que também já estava de pé.

- O que está fazendo meu pequeno? - Disse Green, encontrando o garoto deitado na cama, assistindo a um vídeo no celular, a ponta do nariz estava um pouco vermelha. - Você está bem?
- Tá tudo bem, eu só espirrei forte. - Respondeu o menino em um tom meio desanimado.
- Tem certeza? Olha lá em... Qualquer coisa você fica em casa hoje.
- Não, tá tudo bem mamãe.
- Então tá bom... Seu irmão saindo do banho, você já pode entrar pra debaixo do chuveiro, ok? - Passado alguns segundos, Nish saiu do banheiro e Green fez um sinal com a cabeça para o garoto correr para o banho.

Nish deu um tapão na cabeça do irmão, quando o garoto passou por ele, achando que o garoto brincaria de volta, mas foi ignorado... Parecia distraído a ponte de nem ter percebido a brincadeira. Nish achou estranho a reação do irmão, que simplesmente entrou no banho sem olhar para trás.

- Ei mãe, o que aconteceu com ele? - Perguntou Nish.
- Dá um tempo pra ele, ele deve estar com medo de voltar pra escola hoje... - Respondeu Green. - Ele estava com o nariz vermelhinho, acho que estava chorando mas não quis perguntar para não irritá-lo.
- Hmm... - Respondeu Nish desconfiado. - Não acho que seja medo.
- A propósito meu bem, você consegue desligar o celular dele? ele deixou ligado ali em cima da cama e a mãe não sabe desligar haha. - Disse Green colocando a mão no rosto de Nish, o acariciando. - Tá gatão em meu filho! Tá com a barba feita... vai encontrar alguém? - Green deu um sorrisinho brincalhão indo em direção as escadas.
- N-não mãe... É que tava me incomodando só. - Respondeu Nish contendo um sorrisinho.
- Sei... Não demora muito pra vir tomar café em.

Green desceu as escadas. Nish se aproximou do celular de Squarts e para sua surpresa, ouviu o nome de seu pai no vídeo. Ele pegou o celular e assistiu a transmissão por completo.

A cada palavra que Nish ouvia desse tal de "Leon", fazia novamente seus pés aquecerem de tanta raiva, como se ele estivesse lá fora novamente, treinando seus golpes. Sua respiração acelerava a cada segundo que via o rosto daquele homem. Ele nunca sentira uma vontade tão grande de chutar alguém na sua vida e ele escolheu o alvo, como um touro que olha atentamente para o pano vermelho. Não tinha mais volta, ele avançou.

Desde a sua infância, Nish nunca deu muita bola para pokémons, ele sabia que sua família era famosa por causa disso... ele bem sabia disso, por isso se afastou ao máximo desse cenário e achou um lar aconchegante nos tatames do seu dojo.

Ele pensou sobre o pai... as histórias que ele contara na noite anterior... o seu amor por seus pokémons e seus amigos... ele pensou em seu irmão, enquanto Squarts estivesse sozinho naquela escola, ele não poderia fazer nada para ajudar... Ele pensou na maneira bruta e desumana que Squarts tratou seu único pokémon, pensando que talvez o irmão tivesse agido diferente, se Nish o pudesse ter aconselhado melhor.

"E se... Não! É besteira!" Pensou Nish balançando a cabeça, forçando-se a abandonar a ideia.
"Mas e esse tal Leon vai continuar falando porcarias sobre meu pai...eu não posso deixar, EU NÃO VOU DEIXAR."

Nish largou o celular de Squarts e desceu as escadas.

Continua depois da publicidade
Gostou do capítulo?

Continua no próximo capítulo

Não perca o próximo capítulo!

Squarts ainda não publicou o próximo capítulo.


Adicione à sua biblioteca para ser notificado(a) de novas publicações!

Anterior
O que você achou deste capítulo?
Cancelar